FANDOM


4ª Temporada 5ª Temporada 6ª Temporada
1ª Temporada 2ª Temporada 3ª Temporada


"Whatever the Case May Be" foi o décimo segundo episódio da primeira temporada de Lost, e foi ao ar em 5 de janeiro de 2005.

Jack, Kate e Sawyer lutam pela posse de uma recente descoberta, uma maleta de metal que talvez contenha particularidades do misterioso passado de Kate. Paralelamente, Sayid pede a uma relutante Shannon que traduza os mapas que ele pegou da Francesa, a maré cada vez mais sobe e ameaça engolir os restos da fuselagem e o acampamento da praia inteiro, e Rose e um triste Charlie tentam superar o estranho desaparecimento de Claire.

Sinopse

Flashback

Kate Jason.JPG

Kate e Jason na sala do gerente do banco.

Um grupo de ladrões com máscaras entra em um banco no qual Kate está preenchendo um formulário para um empréstimo, sob o pseudônimo de Mrs. Ryan. Os ladrões tomam-ma como refém, junto com os presentes, ameaçando matar todo mundo se não tiverem acesso ao cofre. Contudo, um dos homens tenta agarrar um dos ladrões, forçando-o a largar a arma, que escorrega pelo chão na direção de Kate. Kate diz que não sabe como usar a arma, o que causa uma pequena revolta nos presentes. Para puni-la, Jason (um dos ladrões) a leva para dentro de uma sala e começa a beijá-la, mostrando que ela é na verdade uma das comparsas do roubo. Os dois se beijam.

Safety deposit box.jpg

Kate abrindo o cofre.

Para manter as aparências, Maggie (esse é o nome que ela deu a Jason) pede que ele bata nela. Kate retorna com a cara ensanguentada e Jason a ameaça na frente de todos, mandando alguém abrir o maldito cofre. Vendo que o funcionário está entregando a chave, Kate ainda continua fingindo e diz para ele não entregar a chave, porque o bandido vai matá-la de qualquer maneira mesmo. O funcionário, entretanto, resolve salvar a vida dela e entrega a chave para Jason. Dentro do cofre, ele pede para que libertem Kate, apenas para descobrir que Kate, na verdade, é comparsa deles. Jason aponta a arma na direção do guarda, mas é atingido por Kate, que lhe dá um tiro na perna e ainda atira nos dois comparsas de Jason. Ela, então, pede a chave novamente ao funcionário do cofre com o número 8 15, revelando que a chave que fica em poder do cliente do cofre está com ela. Quando pega a chave e abre o cofre, ela tira um envelope lá de dentro.

Tempo Real

Kate holding case.JPG

Sawyer, vendo a tentativa de Kate em abrir a maleta.

O episódio começa na floresta com Kate em cima de uma árvore colhendo frutas. Após descer da árvore, ela ouve algo se movendo nos arbustos. Kate rapidamente atira uma pedra em direção aos arbustos e acaba descobrindo que era Sawyer quem a espiava. Sawyer sai do local dizendo que ele apenas estava a observando. Eles ouvem barulho de água ali perto e seguem o barulho até descobrirem uma cachoeira. Sawyer tira sua camisa e sai correndo para a água, encorajando Kate a segui-lo. Ela concorda e entra na água com Sawyer e escalam até o topo da cachoeira e mergulham lá de cima.

Debaixo da água, eles se deparam com dois cadáveres do avião, ainda com o cinto de segurança colocados. Vindo à tona, Sawyer decide mergulhar de novo e “checar” os passageiros para ver se eles têm algo que os ajude. Kate se mostra enojada com a atitude de saquear os corpos e o segue para impedir. Porém, ela nota uma pasta Halliburton encaixada embaixo de um dos assentos do avião. Kate e Sawyer emergem da água e Kate pede a Sawyer para ajudá-la a recuperar a pasta, dizendo que a pasta é dela. Eles mergulham de novo e Sawyer consegue retirar a pasta debaixo do assento e depois dá para Kate. Ela parece intrigada em como abrir a pasta e Sawyer acaba percebendo que a pasta não é dela e pega a pasta de volta para checar a sua reação. Kate age indiferentemente e se dirige para o campo, deixando a pasta com ele para que não precise responder a nenhum questionamento.

Jack Sayid dragging luggage.JPG

Jack e Sayid pegando as coisas.

De volta ao campo, os sobreviventes estão ocupados em retirar o que restou da bagagem que chegou com a maré. Jack nota com Sayid que, se a maré continuar a subir, logo a fuselagem do avião estará de baixo da água e aconselha as pessoas a abandonarem a praia em direção às cavernas que encontraram. Contudo, Sayid nota que muitos dos sobreviventes estão com medo de ir rumo à selva por causa dos barulhos que eles constantemente ouvem vindo de lá. Isso, aliado ao rapto de Claire por Ethan, tirou a confiança deles. Jack, então, pede a Sayid que o leve até Rousseau porque ele quer saber mais sobre Os Outros de que ela falou, mas Sayid duvida da sanidade de Rousseau. Como alternativa, Sayid concorda em tentar decifrar os mapas e notas que ele roubou do abrigo de Rousseau e tentar obter algum tipo de indicação e informação sobre onde poderia estar Claire. Enquanto isso, Boone mente para Shannon quando ela pergunta sobre o tempo que ele passou com Locke, e ele alega o tempo todo que estava procurando por Claire, ignorando o fato de que eles acharam uma porta de escotilha no chão da floresta. Ele diz a Shannon que os dois são vistos como piada pelos sobreviventes e que pelo menos ele está tentando contribuir com todos enquanto ela é uma inútil.

Sayid asking Shannon.JPG

Sayid perguntando a Shannon se ela poderia ajudá-lo a traduzir os mapas.

À noite, Kate vê Sawyer indo em direção à barraca dele e arrastando a pasta. Ela o espera cair no sono, entra na barraca e começa a tentar achar a pasta. Contudo, Sawyer sente o movimento dela e agarra o seu braço. Kate tenta bater nele e, não conseguindo, pede que Sawyer entregue a mala para ela, o que ele nega.

No dia seguinte, Sayid se aproxima de Shannon, que está tomando sol, perguntando se ela o ajudaria a traduzir as anotações de Rousseau nos mapas. Inicialmente, ela suspeita que isso é uma pegadinha de Boone, mas concorda em ajudar. Michael e Hurley passam por Sawyer e tiram sarro dele, que está tentando abrir a pasta, infrutiferamente. Hurley ainda diz que é praticamente impossível abrir uma pasta Halliburton. Michael, porém, diz que com força e um grande impacto talvez a pasta possa abrir. Na selva, Locke e Boone continuam tentando abrir a Escotilha, usando um machado que Boone encontrou na praia. Na praia Rose, tenta ajudar Charlie a sair da depressão pedindo que ele ajude a carregar a bagagem para longe da maré.

Sawyer the case.JPG

Sawyer tentando abir a maleta.

Mais tarde, podemos ver que Sawyer acolheu o aviso de Michael e está batendo na mala com pedras, mas a pasta ainda se recusa a abrir. Frustrado, ele sobe em uma árvore e joga a pasta em direção às rochas, e mesmo assim ela não abre. Enquanto ele tenta descer da árvore, Kate surge detrás de uma moita, pega a mala e sai correndo. Sawyer sai em perseguição a ela e consegue alcançá-la, jogando-a no chão. Então, ele faz uma proposta a Kate. Ele entrega a pasta a ela se ela disser o que está dentro. Kate, mais uma vez, se recusa a falar e sai andando em direção à praia. De volta à barraca de Sayid, vemos Shannon tentando decifrar as inscrições no mapa, que estão todas em francês. Ela fica desapontada ao descobrir que, além de francês, ela vai ter que ajudar com matemática, e se acha incapaz de ajudar.

Tentando mais uma vez resgatar a mala, Kate decide falar com Jack, que está na caverna falando com Sun sobre o uso medicinal de ervas para dor de cabeça. Kate revela a Jack que a pasta que Sawyer achou pertence ao Policial Edward Mars. Quando Jack pergunta o que tem dentro da mala, ela diz que contém 4 armas de calibre nove milímetros, algumas caixas de munição e os pertences pessoais do policial. Kate, então, diz a Jack que a chave para abrir a pasta estava na carteira do policial e se encontra enterrada junto com o corpo dele. Jack desconfia que Kate ainda esconde algo dele e pergunta se existe algo dentro da pasta que ela queira. Kate diz que não e diz que somente está preocupada com o fato de Sawyer possuir as armas. O incrédulo Jack diz que tentará recuperar as armas com uma condição, que eles abram a pasta juntos, e Kate acaba concordando.

Rose and Charlie.JPG

Rose conforta Charlie pelo sequestro de Claire.

Kate e Jack se dirigem até onde o policial está enterrado e começam a desenterrar o corpo dele. Kate diz a Jack que pode pegar a carteira do policial. Ela consegue e rapidamente abre a carteira, ignorando os vermes que estão dentro da carteira. Não achando nada, ela joga a carteira no chão. Jack pega a carteira, olha dentro e não acha nada. Kate age de maneira suspeita, mas Jack percebe, agarra sua mão e a força a abri-la, revelando a chave que Kate tentou pegar escondida durante a encenação. Kate tenta explicar, mas Jack vira as costas e sai andando decepcionado.

Enquanto isso, Sayid acha que a tradução que Shannon fez das anotações em Francês estão sem sentido, não guardando nenhuma relação com as equações que se encontram no mesmo papel. Aparentemente, as anotações incluídas por Rousseau dizem respeito a repetidas referências a “lua” e um “mar com ondas prateadas”. Contudo, de alguma forma, essas frases lembram alguma coisa a Shannon, mas ela não sabe o quê. Shannon fica frustrada com as indagações de Sayid e deixa a tenda dele chorando.

Wha3.jpg

Jack força Kate a abrir sua mão, revelando a chave dentro.

Jack se aproxima de Sawyer e pede para ele a pasta. Quando Sawyer inicialmente protesta, Jack o ameaça dizendo que não irá mais medicá-lo. Sawyer relutantemente passa a pasta para Jack e pergunta a ele se Kate revelou o que havia dentro da pasta. Jack mente a Sawyer e diz que ela não revelou nada. Antes de entregar a pasta, Sawyer alerta Jack que qualquer coisa que Kate falou para Jack é uma mentira. De volta às cavernas, Kate e Jack abrem a pasta juntos, por insistência dele. Jack fica espantado porque o conteúdo é exatamente aquilo que Kate descreveu a ele, com a exceção de um envelope amarelo, marcado como “Pessoal”, o qual ele passa para Kate. Kate abre o envelope e tira de lá um pequeno avião de brinquedo. Quando Jack lhe pergunta a verdade sobre aquilo, Kate diz apenas que aquilo pertenceu ao homem que ela amava Tom Brennan. Porém, após uma pequena briga entre eles, ela admite que aquilo pertencia ao homem que ela matou. Espantado com a revelação, Jack fecha a pasta e vai embora.

Shannon singing.JPG

Shannon cantando La Mer para Sayid.

À noite na praia, Rose continua tentando ajudar Charlie a sair da depressão, quando Charlie lhe pergunta se ela ainda tem esperanças de se reunir novamente com seu marido que também se encontrava no avião, Bernard. Rose explica que “existe uma tênue linha entre a esperança e a fé”. Charlie, chorando, pede ajuda a ela, mas Rose diz a ele que ela não tem aquele poder, e então segura a mão dele e reza com ele. Ao mesmo tempo, Shannon se aproxima de Sayid e conta a história do filho do seu namorado Francês, “Laurent”, que repetidamente assistia a um desenho dublado em Francês sobre um peixe (Finding Nemo). Aparentemente, o desenho tinha uma música cuja letra bate com as anotações de Rousseau. Quando Sayid pergunta a ela qual seria a música, Shannon começa a cantar La Mer. Enquanto ela canta, podemos ver Boone olhando para ela com raiva atrás de uma árvore. Passando por eles, Jack se dirige à caverna com a pasta, mas para para olhar para Kate, que fita perdidamente o fogo da fogueira com a face coberta de lágrimas. Quando ele vai embora, Kate começa a brincar com o avião de brinquedo.

Curiosidades

O nome do episódio Whatever the Case May Be é um pequeno jogo de palavra, podendo signficar a expressão "Qualquer que possa ser o caso" assim como "Qualquer coisa que a maleta possa ser", se referindo justamente a maleta Halliburton do episódio.

Referências Culturais

Referências
(somente referências diretas)
ArtesLivrosAutomóveisJogosFilmes e TVMúsicas TocadasReligião e Ideologias

La Mer

  • As Anotações de Rousseau são a letra de La Mer uma baladinha de Charles Trenet.
  • La Mer é a versão francesa original de Bobby Darin classico Beyond The Sea.
  • As conexões entre a música La Mer e Lost são inúmeras, e podem ser achadas aqui.

Nemo

  • Finding Nemo é um desenho onde um pai “peixe” perde seu filho e passa por diversas aventuras e perigos para recuperá-lo, uma situação que pode ser comparada a vivida por Michael e Walt.
  • "Nemo", ainda é uma referência ao famosos “Capitão Nemo”, uma lendária personagem do livro de Jules Verne The Mysterious Island e Thousand Leagues Under the Sea. The Mysterious Island é uma novela francesa sobre um grupo de sobreviventes vivendo em uma ilha cheia de mistérios e que usam suas habilidades para construer uma sociedade functional.

Temas Recorrentes


Temas Recorrentes em Lost
Preto e BrancoAcidentes de CarroConexões entre PersonagensDestino contra o Livre ArbítrioGolpesOlhosCriançasAmputaçõesAprisionamentosIsolamentoApelidosChuvasSonhosVida e MorteReligiões e IdeologiasOs NúmerosSegredosTempoGravidezQuestões Familiares


Galeria


Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória