FANDOM


JULIET: Então, o quê, é amnésia?
DANIEL: Não. Isso não é amnésia.
- Sobre Desmond ("The Constant")

Para outras teorias e referências à tempo, e sua duração na Ilha,

Veja Também: Tempo

Viagem Física de tempo e espaço

Qualquer físico irá dizer que o tempo e o espaço têm uma ligação que se estendem por muitos domínios da física e é difícil discutir ou analisar fundamentalmente um sem o outro.

Islandmoves

A Ilha é movida.

Casos não-humanos Confirmados

Em "There's No Place Like Home: Parte 2", o Dr. Edgar Halliwax durante o vídeo de orientação dA Orquídea, fala de como as propriedades da Ilha, em conjunto à DHARMA, podem conduzir à ambas experiências, viagens no tempo e no espaço. Ele coloca um coelho com o número 15 dentro de uma pequena cabine que denomina de "caverna", construída com um aparelho "carregado negativamente com partículas exóticas". Ele explica que o coelho viajará 100ms para frente da quarta dimensão, o espaço - três consistindo uma de espaço e uma de tempo. Um outro exemplo no mesmo episódio é quando Ben move a Ilha, após abrir um buraco atrás do aparelho, colocando objetos metálicos no mesmo lugar do coelho, onde no vídeo era orientado a não se fazer isso.

A partir daí, a Ilha começa a se movimentar no tempo. Inclusive seus habitantes.

Quando a Ilha foi movida, Vincent também se moveu no tempo juntamente com os sobreviventes, mas não se sabe se ele sofreu dos mesmos efeitos colaterais que os humanos experimentaram, pois ele aparenta estar saudável quando Sawyer, Kate e Juliet o encontram na praia depois de fugirem do submarino. ("The Incident")

Casos Humanos Confirmados

Em "The Shape of Things to Come" Ben se encontra no Deserto do Saara, vestindo o mesmo casaco que usava quando movia a Ilha em "There's No Place Like Home: Parte 2", em conjunto à sua desorientação, os ferimentos no braço, que ele fez na escada, só pode significar uma coisa. Ben foi "levado" no tempo de 31 de dezembro de 2004, para 24 de outubro de 2005.

Outro resultado de girar a Roda Congelada embaixo da Orquídea, é que os sobreviventes restantes na Ilha começaram a viajar randomicamente no tempo, após os chamados "clarões", "luzes" ou "flashes", parecidos ao que aconteceu durante a Descarga, ou enquanto Ben girava a Roda. Aparentemente, os que não foram afetados pelo movimento da Ilha, não podem ver a "luz". As pessoas que foram afetadas pela viagem no tempo e são suscetíveis a ela, incluem Sawyer, Locke, Rose, Bernard, Juliet, Daniel, Charlotte, Miles, Neil "Frogurt" e mais 11 sobreviventes da praia. Além de Juliet, Os Outros, incluindo Richard, não parecem ser afetados por girar a Roda Congelada e não viajam no tempo do mesmo modo dos sobreviventes/tripulantes/Juliet. Os tempos para os quais os sobreviventes da Ilha viajaram foram:

  • Inicialmente, um período antes da queda do Voo 815 na Ilha, após a chegada de Ethan na Ilha, no mesmo dia da queda do Beachcraft na Ilha.
  • Depois, para um ano que parece ser 2004, após a implosão da Escotilha, após Charlie e Eko queimarem o Bimotor, mas antes do corpo de Yemi sumir do avião. Richard sabia exatamente onde Locke estaria, e lhe dá uma bússola.
  • Um período antes dos sobreviventes encontrarem a Escotilha, quando Desmond já estava lá. Não se sabe se é antes ou depois dos sobreviventes chegarem na Ilha.
  • O ano de 1954, onde os Hostis atacam os sobreviventes na praia com flechas em chamas matando 8 deles. O Exército Americano tentou conduzir testes com uma Bomba de Hidrogênio, conhecida como "Jughead"., mas eles foram mortos pelos Outros, deixando uma bomba não detonada para trás. Um jovem Widmore está no presente na Ilha, assim como Richard Alpert. Locke devolve a bússola para Richard.
  • Todos viajam outra vez, para o dia 1º de Novembro de 2004, Locke se ouve esmurrando a porta da Escotilha e Sawyer vê Aaron nascer.
  • Logo após Aaron "nascer de novo", há mais um clarão. Eles vão para um futuro desconhecido.
  • Agora, eles estão em 1988, quando o Time de Expedição Científica chega a Ilha.
  • Daniel, viajou pelo menos uma vez para mais um período onde a Iniciativa DHARMA ainda está construindo a Estação Orquídea, a parte subterrânea, presumivelemente nos anos 70.

Viagem no Tempo de Consciência e Constantes

Casos Confirmados não-Humanos

Em "The Constant", no ano de 1996, Faraday demonstra à Desmond que ele pode transportar para frente no tempo usando uma máquina que transmite radiação em uma frequência desconhecida. Uma vez exposta à ela, Eloise, seu rato de laboratório, Eloise consegue andar por todo um labirinto, Daniel explica que ele só iria ensinar para o rato a caminho uma hora depois. Mais tarde, o rato morre e Daniel diz que é por causa de um aneurisma cerebral.

Casos Humanos Confirmados

Nem Desmond ou Minkowski estiveram em contato com a máquina para se moverem no tempo, entretanto, foi explicado que sua proximidade à Ilha causou esse deslocamento. A consciência de Desmond viajava através do tempo entre 24 de Dezembro de 2004 e uma data desconhecida em 1996. Faraday conta que para uma mente sobreviver à tais transições, e pará-las, é preciso encontrar algo que sirva como uma âncora, uma Constante, algo ou alguém que exista nos dois tempos e que ele seja muito apegado, que ele tenha um grande laço. Para Desmond, essa "âncora", é Penny.

4x05 Des in bed

Desmond acorda num campo militar em 1996

Em seu diário, Daniel anotou que se algo der errado, ele usaria Desmond como sua constante. Minkowski não sobreviveu às viagens no tempo (porque ele não achou sua constante); ele entrou em convulsão e morreu. Antes de morrer entretanto, durante as convulsões, ele afirma que não é capaz de "voltar". Faraday diz que isso irá acontecer à Desmond e que sua viagens se tornarão bastante caóticas e ele não conseguirá diferenciar um tempo de outro, ele eventualmente terá dificuldade de "voltar", até ser impossível, resultando, em sua morte.("The Constant")

Similaridades e Diferenças à Flashbacks e Flashforwards

Diferentemente de flashbacks, a pessoa está consciente de suas ações e as faz o presente, mesmo estando no passado. Eles sofrem de desorientação e confusão até conseguirem descobrir em que tempo estão. A transição na tela é nítida e vem sem aviso, já os flashbacks/forwards, vem com aviso sonoro. Entretanto, ambas são representações do passado de um personagem que está na Ilha ou perto da mesma. Nem um dos dois foi confirmado ou negado que é apenas uma técnica literária. Do mesmo modo, após causar A Descarga, Desmons sofre de uma série de flashes, que podem ser considerados flashforwards, comparados à suas contra-partes.

Paradoxos e Regras de Viagem no Tempo

Um dos muitos problemas de viagem no tempo são os paradoxos que são criados com a sua pratica, por exemplo;

Se eu voltar no tempo e matar meu próprio avô antes de meu pai nascer, eu existirei? Mais importante: se eu não existo, como eu voltaria no tempo para matá-lo?

Esse e muitos outros exemplos do qualquer interferência no passado foram explicados pelos produtores em "Flashes Before Your Eyes", pela Sra. Hawking que disse à Desmond que o universo tem um jeito de consertar tudo, ou o Destino daria conta dessa "arrumação" (no caso, minha avó se casaria com outro homem, gerando meu pai).

Entretanto, em "The Constant", foi mostrado um encontro de Daniel e Desmond, e se uma pessoa, que não deveria nem mesmo conhecer o viajante se encontrar com ele no passado e no presente, ela terá duas memórias, uma com tal encontro, outra sem esse encontro no passado. Esse foi o caso de Daniel Faraday ào se encontrar com Desmond.

Mas, em "Eggtown", foi mostrado que Daniel sofreu de uma aparente perda de memória, que poderia resolver o paradoxo do encontro com Desmond e ser talvez parte do curso de correção que a Sra. Hawking falou.

Veja Também


Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória