Fandom

LOSTpédia

The Other 48 Days

3 425 páginas
nesta wiki
Adicione uma página
Falar0 Compartilhar
4ª Temporada 5ª Temporada 6ª Temporada
1ª Temporada 2ª Temporada 3ª Temporada


"The Other 48 Days" foi o sétimo episódio da 2ª Temporada e o trigésimo segundo de Lost; foi ao ar em 16 de Novembro de 2005.

Os primeiros 48 dias angustiantes na vida dos sobreviventes da cauda do avião são revelados.

Sinopse

Entre 22 de Setembro e 8 de Novembro

Depois da cauda do avião cair dentro da água, os sobreviventes nadam em direção a terra firme. Um menino com um urso de pelúcia avista sua irmã boiando na água. Um homem negro num terno (Mr. Eko) tira ela da água, e uma mulher latina (Ana-Lucia) faz uma ressuscitação cardiopulmonar na garota, salvando sua vida. Um homem sai correndo da floresta pedindo por ajuda, dizendo que tem alguém vivo na floresta. O homem, que depois diz se chamar "Goodwin", leva Ana a Bernard, que ainda está preso com o cinto em seu assento do avião preso em uma árvore. Ana pede com paciência para ele se agarrar ao tronco da árvore, assim que o assento cai no chão.
Oth1.jpg

O acidente da cauda do avião.

De volta a praia, Goodwin, que alega pertencer ao Peace Corps, acende uma fogueira. Bernard pergunta a Eko se ele acgou uma mulher "Afro-americana" entre os corpos, se referindo à sua esposa Rose quem ele não consegue encostrar; Eko diz que não, mas que irá rezar por ela e pela sua salvação. Naquela noite, três adultos são pegos e Eko mata dois dos "Outros" com uma pedra quando ele tentam pegá-lo. Desde aquela noite, ele se recusa a falar.

Um sobrevivente que se identifica como Nathan sugere que fiquem na praia e o grupo assim faz; no quinto dia, um homem morre de um problema na perna e é enterrado. No décimo segundo dia, os Outros levam mais nove, inclusive as duas crianças. Ana consegue matar mais um, que é descoberto carregando uma antiga faca do Exército Americano e uma lista das nove pessoas a serem pegas, junto com suas descrições.

Os sobreviventes optam por entrar na floresta. Eles armam acampamento perto do início de água fresca e árvores frutíferas. Ana cava um buraco, o qual ela transforma em uma prisão. Assim que termina, ela golpeia Nathan deixando-o inconsciente e o joga dentro do buraco.
Oth3.jpg

Os sobreviventes encontrando a estação Flecha.

Ela interroga Nathan, acreditando que ele é um daqueles que levaram as crianças, devido às suas suspeitas ausências e por não ser reconhecido por ninguém como passageiro do voo. Quando questionado de onde vem, ele responde: "Canadá". Ana o deixa sem alimento, exigindo saber a localização das crianças, mas outro membro do grupo o alimenta quando Ana não está olhando. Ana diz a Goodwin que pretende começar a torturar Nathan no próximo dia. Naquela noite, Goodwin liberta Nathan avisando-o sobre o plano de Ana; quando Nathan se vira para sair, Goodwin estrangula seu pescoço, matando-o. Os sobreviventes se mudam novamente e acham um abrigo marcado com um logo da Iniciativa Dharma, com uma flecha no centro. Dentro de uma caixa eles acham um olho de vidro, uma Bíblia e um rádio. Goodwin e Ana vão para o mais alto possível para tentar achar um sinal. Enquanto lá em cima, Ana revela que sabe que Goodwin é um dos Outros, porque no primeiro dia ele saiu da floresta com suas roupas completamente secas, dez minutos depois deles terem caído na água.
Oth4.jpg

Ana matando Goodwin.

Goodwin admite ter matado Nathan, e confirma que as crianças estão vivas, dizendo que elas são "melhores". Ele também diz que aqueles que foram pegos eram "boas pessoas" e que Nathan não estava na lista poruqe ele era uma "má pessoa".

Ana volta para os sobreviventes e diz: "Nós estamos seguros agora", mas não revela que matou Goodwin. Nos primeiros 40 dias, Bernard capta Boone no radio (do epsiódio 1x19, Deus Ex Machina), e responde para Boone, "Nós somos os sobreviventes do voo 815". Antes que qualquer conversa possa se estabelecer, Ana desliga o rádio, dizendo que o rádio é mais um truque dos Outros. "Eles sabem que nós estávamos no Voo 815 porque Goodwin sabia que nós estávamos no Voo 815", ela argumenta. "Essa é a nossa vida agora", ela diz. Ela sai sozinha para chorar, e Eko, falando pela primeira vez desde a noite em que matou os dois Outros, diz que agora tudo ficará bem. Ana o pergunta por que demorou 40 dias para falar; enquanto Eko a pergunta porquê demorou 40 dias para chorar.

2x07 cindy libby.JPG

Libby e Cindy tiram Jin da água.

Logo depois, Cindy e Libby acham Jin abatido na margem da praia. Depois de tirá-lo da água, eles o amarram e tampam seus olhos enquanto tentam descobrir quem ele é. Enquanto Eko e Ana-Lucia discutem, Jin se liberta e corre para a praia, nesse ponto os eventos mostrados no episódio anterior são mostrados novamente.

O restante dos 48 dias são mostrados como uma montagem dos eventos já vistos, inclusive aceitação de Jin, Sawyer e Michael pelos sobreviventes da cauda, a viagem para o acampamento dos sobreviventes da seção intermediária, Sawyer adoecendo, Cindy escutando os sussurros da floresta e logo depois sendo pega, e o tiro de Ana-Lucia em Shannon.

Curiosidades

  • Esse é o primeiro episódio que a maioria dos personagen principais -- notavelmente Jack, Locke, Kate, Sun e Hurley -- não aparecem.
  • Esse foi o último episódio a creditar Maggie Grace como personagen principal. Ela foi creditada como atriz convidada no episódio seguinte.

Temas Recorrentes


Temas Recorrentes em Lost
Preto e BrancoAcidentes de CarroConexões entre PersonagensDestino contra o Livre ArbítrioGolpesOlhosCriançasAmputaçõesAprisionamentosIsolamentoApelidosChuvasSonhosVida e MorteReligiões e IdeologiasOs NúmerosSegredosTempoGravidezQuestões Familiares

Galeria

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no Fandom

Wiki aleatória