Fandom

LOSTpédia

James "Sawyer" Ford

Redirecionado de Sawyer

3 425 páginas
nesta wiki
Adicione uma página
Falar4 Compartilhar


James Ford, mais conhecido como Sawyer e pela Iniciativa DHARMA como Jim LaFleur foi um dos sobreviventes da seção intermediária do voo 815 em 2004. Seu sotaque rural, egoísmo, machismo e o uso frequente de apelidos maldosos contrariam o lado sofisticado e gentil de sua personalidade como um ávido leitor e um amante dedicado que se tornaram mais aparentes conforme ele passou mais tempo na Ilha.

A infância de Sawyer foi arruinada quando seu pai matou a mãe do jovem James e depois se suicidou, uma tragédia que o menino imputou ao golpista que seduziu e enganou sua mãe. James assumiu o nome deste golpista e passou a fazer o mesmo que ele. Como Sawyer, ele conheceu e teve uma filha com Cassidy.

Na Ilha, James tentou se manter alheio ao grupo, mas logo entrou para o Time A, já que passou a recolher tudo que lhe fosse necessário - e logo, estes itens se tornaram necessários para os demais. Por causa de seu egoísmo, Sawyer se tornou o mais odiado entre os sobreviventes, conseguindo, apenas, se aproximar de Kate. Entre todos, James formou uma rivalidade com Jack e Sayid, que se resolveu ao longo do tempo que passaram na Ilha.

Sawyer, saiu da Ilha, junto de Jin, Michael e Walt, na jangada, para buscar o resgate, mas eles foram interceptados pelos Outros e acabaram voltando para a Ilha e encontrando os sobreviventes da cauda do avião. Dias depois, ele realizou um golpe e tomou posse de todas as armas. Porém, ele logo foi capturado pelos Outros, depois da traição de Michael. Logo, ele e Kate fugiram da Ilha da Hidra. Locke lhe pediu que matasse um homem, Anthony Cooper, que se revelou, sendo o verdadeiro "Sawyer", que tinha aplicado o golpe nos pais de James. James matou Cooper e seguiu com Locke, depois que Jack ligou para o Cargueiro de Naomi, acreditando que a tripulação estava vindo para matá-los, abrigando-se na Vila. Depois de batalharem com os tripulantes, James voltou para o grupo de Jack, a tempo de embarcar no helicóptero que levou os 6 da Oceanic para fora da Ilha. Porém, o helicóptero não aguentava o peso e James pediu para Kate cuidar de sua filha, beijando-a em seguida e terminando o relacionamento dos dois, quando ele pula do helicóptero e volta para a Ilha.

Ben moveu a Ilha, fazendo que os remanescentes começassem a "pular" através do tempo. James liderou Juliet, Miles, Daniel, Charlotte, Locke e Jin, para que Locke movesse a Ilha novamente e parassem os "pulos". O grupo parou de pular, e ficou preso em 1974 durante os tempos da Iniciativa DHARMA. Eles se infiltraram e viveram durante três anos, como membros da DHARMA. Ele se envolveu muito com Juliet, e se tornou o chefe de segurança da DHARMA, até que em 1977, Jack, Kate e Hurley voltaram para a Ilha. Daniel criou um plano, para mudar o passado e impedir que o voo 815 caísse, detonando O Cisne com uma bomba de hidrogênio. Juliet detonou a "Jughead".

O grupo apenas voltou para o presente e Juliet morreu como resultado da explosão. James abandonou os amigos e se refugiou na Vila, onde foi recrutado pelo Homem de Preto. Nos dias seguintes, James descobriu que ele e mais alguns, são Candidatos, a substituir Jacob - já morto -, como guardião da Ilha e impedir o Homem de Preto de sair da lá. Seguindo O Homem de Preto a todo tempo, James o traiu, quando este tentava sair da Ilha. O Homem de Preto então, colocou uma bomba na bolsa de Jack, quando o grupo o traiu novamente e entraram sem ele no submarino roubado de Charles Widmore. James tentou desarmar a bomba, porém, ele apenas a ativou, matando Jin, Sun e Sayid. Quando Jack assumiu o posto de protetor da Ilha, James o seguiu para matar O Homem de Preto e ajudou Jack. Quando a Ilha começa a fundar, James, Kate, Claire, Miles, Richard e Frank conseguiram embarcar no avião da Ajira e sair da Ilha de uma vez por todas.

Antes da Ilha

Infância e Adolescência (1968-1987)

Sawyerpequeno.jpg

Sawyer pequeno, escondido embaixo da cama.

James Ford nasceu no ano de 1968 em Knoxville, Tennessee, EUA. Quando tinha 8 anos, viu seus pais morrerem em um assassinato seguido de suicídio após terem todo seu dinheiro roubado por um trapaceiro chamado Sawyer, que seduziu sua mãe. Durante o enterro de seus pais, escreveu uma carta para entregar ao verdadeiro Sawyer e a partir disso ficou obcecado em caçá-lo, apesar de seu tio Doug dizer para ele esquecer aquilo. É importante lembrar que Jacob estava presente no enterro. ("Confidence Man")  ("The Incident")

Seu tio morreu de tumor no cérebro e ele largou a escola na 9º Série. A partir dos 19 anos, quando ele estava devendo US$ 6.000,00 para alguém, começou a aplicar golpes e adotou o nome do homem que ele considera responsável pela morte de seus pais. Em algum ponto de sua vida, contraiu uma doença venérea em Tallahasee; ela foi tratada com amoxicilina. ("Confidence Man")

Vida como Golpista (1987-2003)

Sawyer continuou praticando golpes. Um vez, tentou praticar o mesmo golpe com um casal, mas desistiu ao ver seu filho. Aceitou uma mulher chamada Cassidy como aprendiz, como parte de um plano para roubar seu dinheiro. Pode ou não ter se apaixonado por ela, mas isso não o impediu de continuar com seu plano. Cassidy prestou queixa contra ele e Sawyer acabou indo para a prisão. Enquanto estava lá, Cassidy o visitou e lhe disse que eles tiveram uma filha, Clementine, e que ela gostaria que ele mandasse uma carta para ela. Sawyer a rejeita, dizendo que não tem filha nenhuma. Ainda na prisão, trapaceou e enganou um sujeito chamado Munson para conseguir sua liberdade. Ao conseguir sua liberdade, recebe também uma recompensa em dinheiro, a qual deposita em uma conta no nome de sua filha, Clementine. ("Confidence Man")  ("Outlaws")  ("The Long Con")

Austrália e o Voo 815 (2004)

Cassidysawyer.jpg

Sawyer e Cassidy, a mãe de sua filha.

Teve um caso com Mary Jo, a mulher que sorteou os números premiados de Hurley. Participou com seu antigo parceiro Hibbs de "trabalho de Tampa", que não deu muito certo para ele. Foi convencido por Hibbs a viajar para Sydney, Austrália, e matar um homem, Frank Duckett, que Hibbs disse ser o verdadeiro Sawyer, mas era apenas um homem que devia dinheiro a Hibbs. O revólver usado foi comprado de Laurence, outro parceiro de Hibbs. ("Outlaws")

Encontrou o pai de Jack, Christian Shephard, do lado de fora de um bar quando ele o acertou com a porta do carro. Eles mais tarde se encontram no mesmo bar, onde eles conversaram e beberam juntos. Christian contou a Sawyer sobre ele e sua situação com seu filho e disse: "Estamos na Austrália. Estamos o mais próximo do Inferno que podemos chegar sem nos queimarmos." Também encorajou o golpista a terminar o trabalho que foi fazer lá, fosse ele qual fosse. Foi preso e levado para um delegacia em Sydney, Austrália, após dar uma cabeçada no ministro da Agricultura em uma briga de bar. Boone estava na mesma delegacia. Por isso, foi deportado da Austrália depois que a polícia viu sua ficha criminal, e foi colocado no Voo 815. ("Outlaws")

Na Ilha

Dias 01-44 (1ª Temporada)

Sawershotting.jpg

Sawyer mirando no urso polar.

Após cair na Ilha, os instintos ociosos e ofensivos de Sawyer tomaram conta de seu caráter, o instigando a tomar posse de qualquer pertence dos destroços que pudesse vir a trazê-lo algum benefício. Isto envolve roubar as bagagens dos compartimentos e ainda as maletas dos cadáveres, dando a ele uma imagem duvidosa e suspeita perante os outros sobreviventes. Entretanto, Sawyer se cansou de seu retraimento e acompanhou o grupo de sobreviventes que seguia a alguma área mais alta na Ilha (buscando dar funcionamento ao plano com o sinal de rádio).
Saweyrkateletter.jpg

Sawyer contando a Kate sobre sua carta.

Nesse momento, ele firmou sua convivência com Kate e ainda mostrou a todos a existência de algum mau elemento no grupo, já que, após balear e matar um urso polar, evidenciou a existência de uma arma, a qual havia sido roubada de um agente policial americano. ("Pilot, Parte 2")

Sua atitude vaidosa e teimosa foi reafirmada mais ainda logo depois do acidente, quando Jack e o resto do grupo se convenceu de que ele havia roubado o inalador para asma de Shannon. Sua relutância em revelar a absoluta verdade aos sobreviventes fez com que Jack e Sayid o torturassem, e Kate o beijasse (ela o fez relutante, mas logo mostra fortes sentimentos pelo golpista), apenas para descobrirem que Sawyer, logo após ter seu pedido atendido, nunca havia possuído o remédio, ainda que assim permitisse que todos tirassem suas conclusões sobre sua má natureza. ("Confidence Man")

Sawyerbalsa.jpg

Sawyer na jangada.

O relacionamento de Kate e Sawyer se intensificou quando Kate encontrou a carta que Sawyer escreveu enquanto garoto endereçado ao homem que golpeou seus pais. Em adição a isso, buscando um javali que vandaliza a cabana de Sawyer, os dois brincaram de um jogo conhecido como Eu Nunca, o qual revelou pontos importantes sobre o passo de Sawyer. No dia seguinte, quando encontraram o javali em questão e Sawyer se preparou para matá-lo, ele então se lembrou do homem que havia matado em Sydney. Ainda naquele dia, Sawyer ouviu sussurros na selva, dando suporte à teoria de Sayid de que não estariam sozinhos na Ilha.

Logo Sawyer demonstrou grande aptidão à vocação de leitor obstinado, o que logo o trouxe dores de cabeça. Analisando seu caso, Jack constatou que ele havia desenvolvido um problema na visão e o forneceu duas lentes soldadas juntas para resolver o problema. Ainda que aparentassem se ajudar, Jack e Sawyer compartilhavam certa rivalidade, acentuada quando se tratava de Kate, sobre quem ambos pareciam ter atração. ("Deus Ex Machina")

Quando Michael construiu sua balsa, Sawyer conseguiu um lugar nela por meio de seus equipamentos roubados essenciais. Entretanto, Kate quis tomar seu lugar, fato potencializado quando Sawyer revelou a todos os sobreviventes sua condição de fugitiva perante à lei, o que criou grande animosidade entre os dois. Antes de ir embora na balsa, Sawyer por fim revelou a Jack que havia conhecido seu pai em Sydney antes que ele morresse, o que pareceu atenuar o relacionamento entre eles. Enquanto na balsa, Sawyer foi acometido pelo ataque dos Outros, e, após tentar impedi-los de levarem Walt, foi baleado no ombro, sendo jogado ao mar. O que não foi muito bom, pois seu sangue logo atraiu um tubarão. Quando se agitava no oceano, Sawyer contemplou a destruição da balsa por um molotov lançado pelos sequestradores.("Exodus: Parte 1")

Dias 44-67 (2ª Temporada)

Sawyerhole.jpg

Sawyer no buraco cavado por Ana-Lucia.

Após a explosão da balsa, Sawyer e Michael procuraram se firmar num dos destroços, com Jin aparentemente desaparecido. Durante seu tempo à deriva, Sawyer salva a vida de Michael com uma respiração boca-a-boca (ainda que nunca o conte), e em seguida tira a bala aprisionada em seu ombro com a própria mão.
2ftR3.jpg

Ana e Sawyer se beijando.

Os dois são levados de volta à praia pela corrente, ao que Sawyer diz "lar doce lar". Lá, eles encontram seu amigo perdido, no entanto, sob o controle de um povo desconhecido. Sawyer tenta se comunicar com eles, mas é desmaiado após sofrer um golpe de bastão na cabeça por um homem, depois anunciado como Eko.("Adrift")

Junto com seus companheiros, foi aprisionado num buraco. Após serem mantidos prisioneiros por um longo tempo, eles fizeram contato com Ana-Lucia, e então descobriram que eles faziam parte da cauda do avião no Voo Oceanic 815. O grupo os guiou até sua nova morada, a estação Flecha. Quando todos caminhavam de volta ao acampamento principal, a situação de Sawyer se agravou (devido à ferida da bala), e então, inconsciente e incapaz de se mover, foi carregado numa espécie de maca pelos outros.("Orientation"), ("Everybody Hates Hugo"), ("...And Found"), ("Abandoned")

Sawyeranamciahel.jpg

Sawyer olhando o corpo de Ana na cova.

De volta ao acampamento, Sawyer ficou nervoso com Jack por pegar suas coisas. Sawyer o avisou sobre pegar suas coisas, mas Jack simplesmente o ignorou, incitando o golpista a buscar vingança. Com a ajuda de Charlie, elaborou um engenhoso plano; primeiramente, enganando a todos no grupo como se os Outros os tivessem atacando (Charlie sequestraria Sun), e, em seguida, dizendo que Jack e Ana-Lucia estariam disponibilizando armas procurando organizar um exército. O golpe permitiu a Sawyer que retomasse o controle de todas as armas e remédios que se encontravam na estação Pérola, e ele sabia que isso enfureceria Jack quando ele descobrisse. Entretanto, Jack consegue de volta os remédios num jogo de pôquer em que ganha e humilha Sawyer.("The Long Con"),("Lockdown")

Sawyer ainda emprestou armas a parte dos sobreviventes. De início, deu uma arma a Kate em sua empreitada buscando pela Estação Médica (O Cajado). Além disso, Ana-Lucia conseguiu roubar uma arma dele depois que praticaram sexo na selva. Esta mesma arma permitiu a Michael que atirasse e matasse Libby e Ana-Lucia, fazendo com que Sawyer sentisse remorso pelas perdas, como também desistisse da manutenção da localização dos remédios e armas e os passasse a Jack quando Libby precisou de morfina para amenizar sua dor. ("Two for the Road"),("?")

Presente na lista das pessoas que Michael deveria levar aos Outros, Sawyer estava convencido de que participava dessa missão para recuperar Walt. No caminho, Sawyer mata um Outro que os espionava. Logo perceberam o plano de Michael, porém, não havia mais volta. Enquanto caminhavam, foram todos emboscados e levados à Balsa Pala pelos Outros. Com Hurley livre para voltar ao acampamento, o triângulo amoroso (Jack, Kate e Sawyer) foi sequestrado pelo misterioso grupo dos Outros. ("Three Minutes"), ("Live Together, Die Alone")

Dias 67-91 (3ª Temporada)

Enquanto estava preso pelos outros, Sawyer foi severamente machucado por Ben, Pickett, Matthew. Conseguiu escapar de sua jaula com a ajuda de Karl, mas foi capturado por Juliet. ("A Tale of Two Cities") Ele beijou Kate, com o intuito de perceber quais Outros eram bons de briga e quais não eram. ("The Glass Ballerina")

3x03-ballerina-cap417.jpg

Sawyer beijando Kate na pedreira.

Ben levou Sawyer até uma sala de cirurgia e amarrou-o à cama; quando Sawyer retomou a consciência, foi dito a ele que haviam implantado um marcapassos em seu peito; caso ele se agitasse e seus batimentos fossem de 140 batimentos por minuto (ou mais), seu coração "explodiria". Mais tarde, Ben disse que foi uma maneira de conseguir o bom comportamento de Saywer. Entretanto, ficou a dúvida se o marcapasso foi ou não foi implantado. Ben mostrou a ele que não podia fugir dali, pois eles estavam em outra ilha, ao lado da ilha dos sobreviventes Pickett, com raiva porque sua esposa Colleen havia morrido, o espancou até Kate dizer que o amava, assim Pickett foi embora. ("Every Man for Himself")

Transou com Kate. Pickett voltou armado e resolveu matá-lo, porém, Sawyer entrou em luta corporal com ele. Mas o comparsa de Pickett ameaçou Kate, então Sawyer se entregou. Foi derrubado e colocado de joelhos, prestes a ser executado e Pickett mandou Kate assistir. ("I Do") Com a intervenção de Tom ao walkie-talkie, Sawyer ganhou tempo. Jack fez exigências e num momento de distração, Sawyer conseguiu desarmar Pickett. Ele bateu a cabeça de Danny no botão da jaula três vezes, para que este levasse um choque, e fugiu deixando-o caído no chão e inconsciente. ("Not in Portland")

Pickettarmasawyer.jpg

Pickett ameaçando Sawyer.

Ele e Kate chegaram à praia e Sawyer mostrou a ela que a "outra" ilha estava a algumas milhas de distância. Pickett e mais dois "outros" chegaram à praia e começaram a atirar. Sawyer e Kate fugiram e foram ajudados por Alex que combinou com eles que se a ajudassem a salvar seu namorado, Karl, ela conseguiria um barco para tirá-los de lá e mandá-los à Ilha principal. Após resgatar Karl, eles estavam prestes a sair da ilha menor quando Pickett surgiu na praia. No momento em que Pickett ia atirar em Sawyer, Juliet surgiu e matou Pickett. Ela deixou que Sawyer, Kate e Karl escapassem para a outra ilha. ("Not in Portland")

Sawyer remou a pequena balsa de volta para a Ilha, quando Kate pediu a ele que voltasse para que eles pudessem resgatar Jack. Mas o golpista negou dizendo que foi o próprio médico que disse para que não voltassem lá. Sawyer, a Sardenta e o companheiro de viagem deles, Karl, chegaram à Ilha, mas não exatamente no acampamento dos sobreviventes. Kate aproveitou para fazer perguntas a Karl sobre o modo de vida dos Outros e Sawyer achou “bonitinho” o fato de eles terem quintal. ("Stranger in a Strange Land") Na manhã seguinte, Sawyer conversou com Karl que estava chorando de saudades de Alex e o aconselhou a ir atrás dela. Karl foi embora e Kate brigou com Sawyer por ele ter aconselhado o garoto a ir. O golpista disse que o fez porque ele era um alvo e os dois começaram a discutir. Sawyer afirmou que Kate estava arrependida pelo que aconteceu entre eles. Chateados, eles resolveram continuar o caminho até o acampamento dos sobreviventes.

Sawyerfaltakate.jpg

Sawyer sentindo falta de Kate.

Sawyer pisou num dardo durante caminhada de volta à praia. Ele e Kate chegaram até o acampamento dos sobreviventes e foram recebidos com muito carinho por todos. Mas Sawyer logo descobriu que seus suprimentos particulares foram saqueados e saiu à procura os culpados. Foi tirar satisfações com Hurley e viu a Kombi que ele encontrou, ficando muito interessado pelas cervejas que estão dentro do veículo. Enquanto bebia, discutiu com Hurley que insistia em tentar fazer a Kombi funcionar, mas Sawyer disse que não havia esperança na Ilha. Ensinou inglês para Jin e ajudou a empurrar a Kombi Dharma morro abaixo. Depois que o veículo pegou no tranco, passeou nele com os amigos. Ao voltar para o acampamento e ver Jin com Sun e Charlie com Claire, Sawyer ficou triste e começou a beber sozinho, com o olhar perdido no mar. ("Tricia Tanaka is Dead")

Hurley e outros sobreviventes montaram uma mesa de ping pong, que provavelmente estava na estação Cisne, na praia. Sawyer atento observava e percebeu que eles não tinham uma bola. Com uma na mão, propõe um desafio de ping pong para tentar recuperar seus pertences e pede que o restante dos sobreviventes escolha um representante. Hurley é o escolhido e, seguindo a sugestão de Sun, diz que se Sawyer ganhasse, teria suas coisas de volta, mas se perdesse teria que ficar uma semana sem chamar os outros por apelidos. Mas Sawyer acabou perdendo e foi consolado por Hurley que lhe devolveu uma de suas revistas, dizendo que ele precisava mais dela e que não ficasse preocupado com Kate, pois ela estava com Locke e Sayid. Irritado, Sawyer manda “Hugo” sumir. ("Enter 77")

Expose-promo14.jpg

Sawyer fechando os olhos de Nikki.

Enquanto lia recostado em sua tenda, ouviu a ideia de Claire de mandar mensagens através de gaivotas e quase a chamou por um apelido, descumprindo sua parte na aposta feita com Hurley. Mais tarde, deixou de lado a leitura e olhou apreensivo para o mar, como se estivesse esperando alguma coisa. ("Par Avion")

Sawyer e Hurley estavam jogando ping pong quando Nikki saiu de dentro da selva e entrou em colapso na frente deles. Depois que Hurley deduziu que as últimas palavras dela foram "Paulo mente" os dois foram procurar pelo brasileiro e também o encontraram morto, mas sem nenhuma causa aparente. Junto com Charlie, Jin e Sun eles tentaram descobrir o que tinha acontecido com os dois até aquele momento. Depois de procurar Desmond, Hurley descobriu que Sawyer tinha discutido com a atriz naquele mesmo dia. Enquanto cavavam as covas, os companheiros do golpista perguntaram se ele havia matado os dois e Hurley pediu a arma que estava com ele. Sawyer mostrou que a arma nem estava carregada e contou que Nikki o tinha procurado em busca de uma arma e que não revelou que tinha encontrado mais cedo porque percebeu que, já que ela tinha terra embaixo das unhas, podia estar escondendo alguma coisa. Com a desculpa de “vasculhar o perímetro”, Sawyer encontrou o saquinho com os diamantes e os deu a Sun. Mais tarde, a coreana, que tinha descoberto que seu sequestro tinha sido planejado por Charlie e Sawyer, procurou o golpista, lhe devolveu os diamantes e lhe deu uma boa bofetada. Depois, ele ajudou Hurley a enterrar Paulo e Nikki e não percebeu que os dois não estavam mortos e sim paralisados. Ele nem viu que a atriz já começava a abrir os olhos, que tinham sido fechados por ele, enquanto a areia cobria o seu rosto. ("Exposé")

No dia seguinte, Hurley foi até Sawyer e disse que ele seria banido do acampamento se não mudasse suas atitudes, pois haveria uma votação na qual seu destino seria decidido. Sawyer se fez de durão e diz que não pediria desculpas a ninguém. Ele tentou pescar um peixe sozinho, totalmente desajeitado e viu Sun e Jin pegando vários peixes. Ele sorriu para Sun, mas ela não retribuiu o sorriso, então ele acabou concluindo que não teria o voto dos coreanos.
Promo-oneofus25.jpg

Sawyer abraçando Kate.

Vendo que não sabia se virar sozinho, Sawyer foi até Hurley e pediu sua ajuda. O milionário disse que o voto de Claire seria muito importante, já que ela era bastante influente entre os sobreviventes. Hurley mandou que Sawyer a chamasse pelo nome, perguntasse sobre Aaron e oferecesse cobertores. Sawyer assim o fez, mesmo envergonhado, mas Hurley disse que ele se saiu bem. No outro dia, Sawyer pediu a ajuda de Desmond para caçar javalis. O "brotha" perguntou o motivo pelo qual ele resolveu falar com ele depois de três meses e Sawyer respondeu que ele tinha corações e mentes para mudar. Depois de caçar o javali, Sawyer o assou, e distribuiu cervejas para o grupo. Todos ficaram muito felizes e agradeceram muito a Sawyer por poderem aproveitar um dia sem se preocupar com o amanhã. Sawyer disse para Charlie lembrar do javali na hora do voto, mas o músico perguntou sobre o que ele está falando. Então, o golpipsta percebeu que caiu numa armadilha e perguntou ao milionário o motivo do golpe. Hurley perguntou a ele se era bom ser bonzinho, pois o grupo o via como líder agora. Quando Sawyer disse que não queria ser um líder, Hurley o lembrou que Jack também não escolheu ser um. Assim Sawyer, feliz, distribuiu comida a todos e segurou Aaron no colo para que Claire pudesse comer, sendo observado atentamente por Sun, que ainda não o perdoou. ("Left Behind")

Quando Claire começou a se sentir mal pela manha, Sawyer se ofereceu para pegar uma aspirina. No caminho de sua tenda, viu Jack apontar na praia e junto com ele Kate a quem recebeu com um longo e carinhoso abraço. Ao avistar Juliet, ele se irritou e perguntou o porquê de ela estar lá. Mais tarde, na reunião com Jack, ele deixou bem claro que não concordava com a presença da médica e os dois discutiram. Depois, ele foi com Sayid atrás de Juliet quando ela foi pegar o remédio para Claire. Eles exigiram que a médica contasse tudo o que queriam saber, mas ela disse que não haveria tempo. Os dois insistiram, dizendo que tinham todo o tempo do mundo. Juliet se irritou e surpreendeu a ambos, falando coisas sobre seu passado recente fora da Ilha. Também falou que se a impedissem, teriam mais sangue em suas mãos: o de Claire. Então, eles a deixaram ir. ("One of Us")

Thebrig11.jpg

Sawyer enforca Cooper com correntes no Black Rock.

Sawyer entrou na tenda de Kate e a surpreendeu se vestindo. Ele sugeriu que eles passassem o dia juntos, mas a “Sardenta” nem deu ouvidos. À noite, ele lia em sua tenda, quando Kate entrou, pulou em cima dele, mandou que calasse a boca e começou a beijá-lo. Sawyer não entendeu nada, mas não resistiu e os dois passaram a noite juntos. No dia seguinte, ele abordou Jack e o convidou para jogar ping-pong. Durante o jogo, Jack revelou eu tinha conversado com Kate na noite anterior, mas que tinha jantado com Juliet. Sawyer então, percebeu que Kate só tinha ficado com ele por ciúmes. Ele abordou a “Sardenta” e disse que ela não precisava usá-lo, era só pedir. ("Catch-22")

Enquanto estava na floresta sozinho, Sawyer foi abordado por Locke, que o disse que havia raptado Ben e queria que Sawyer o matasse. Sawyer não confia em Locke, mas mesmo segue com ele até o local onde mantêm o prisioneiro. Quando perguntado por que ele mesmo não matava Ben, Locke respondeu que não era um assassino, e lembrou a Sawyer sobre o homem que ele matou na Austrália (fato que Locke tomou conhecimento através do arquivo que Os Outrostem sobre a dele. ("The Brig")

Os dois chegaram a Black Rock, e entraram no navio, onde Locke disse que Ben estava preso. Assim que Sawyer entra na sala, Locke tranca a porta e o mantém lá dentro com um homem encapuzado, que ele descobre não ser Ben, mas sim Anthony Cooper. Depois de conversar com ele, Sawyer descobre que Anthony era um golpista. Sawyer o pergunta quais nomes ele costuma usar, e quando Cooper começa a listar os nomes, fala entre eles "Tom Sawyer". Sawyer (James Ford) percebe que Anthony é o homem que deu o golpe em sua mãe. Sawyer tira a carta do bolso carta que ele escreveu quando criança ao "Sr. Sawyer" e manda que Anthony a leia.
Man-promo25.jpg

Sawyer contando a todos sobre o gravador de Juliet.

Ele começa a ler mas para, e explica a Sawyer sua teoria sobre não estarem numa ilha e, realmente, no inferno. Sawyer manda que Anthony continue lendo, mas ele rasga a carta. Sawyer então o enforca até a morte com as correntes que o estavam prendendo. ("The Brig") Depois de voltar de sua jornada com Locke, Sawyer chamou Sayid e lhe mostrou o conteúdo da fita gravada pela médica dos Outros. Os dois foram até a tenda de Juliet, mas Kate os encontrou e disse que ela havia saído com Jack logo depois de saberem sobre Naomi. Sawyer ficou confuso, pois não tinha ideia de quem ela era. O muçulmano ficou nervoso e saiu, depois de ouvir de Kate que aquele era o momento para contarem a todos sobre a paraquedista, mas antes pediu que o golpista tocasse a fita para a Sardenta. Durante a noite, os sobreviventes estavam discutindo sobre a confiabilidade de Jack, depois de tomarem conhecimento sobre as revelações de Naomi. Sayid voltou a afirmar que ele não era confiável, já que tinha passado um tempo com os Outros e até tinha trago uma deles para junto do grupo. Sun interferiu, dizendo que Jack nunca faria nada para feri-los e que Juliet não era má pessoa. Ao ouvir isso, Sawyer sacou o gravador que Locke havia lhe dado e tocou a gravação que a médica dos Outros havia feito, contando a Ben sobre o bebê da coreana. Todos ficaram bastante assustados e nesse momento, Jack e Juliet apareceram. O médico perguntou como Sawyer tinha conseguido o gravador e ele responder que os dois não estavam na posição de fazer perguntas.
Sawyerjules.jpg

Sawyer perguntando a Juliet o porquê de ela querer ir junto com ele.

Juliet, então, pediu que o golpista virasse a fita e ele obedeceu meio a contragosto. Ao apertar o play, todos puderam ouvir uma gravação onde Ben dizia que os Outros atacariam o acampamento em dois dias para sequestrarem Sun e quem mais estivesse grávida. Juliet explicou que havia contado ao médico o que a estavam obrigando fazer na noite em que fez o ultrassom na coreana. Sayid então perguntou por que ele não tinha contado o que sabia e Jack respondeu que não tinha dito nada porque não havia decidido ainda o que fazer. Sawyer fez cara preocupado, assim como todos os outros sobreviventes presentes. ("The Man Behind the Curtain")

Sawyer estava caminhando junto com outros sobreviventes pela mata. Eles seguiam Jack, que tinha dito ter uma ideia para surpreender os Outros. Em certo ponto da floresta, o líder dos sobreviventes parou e disse que Juliet já havia lhe contado há algum tempo sobre os planos de Ben e que, desde então, ele pensava em uma maneira de se defenderem. Nesse momento, ele chamou Danielle e disse que ela estava ajudando em seu plano. Ele contou que Juliet marcaria as tendas, mas ao invés de grávidas, os Outros encontrariam dinamite. Todos já estavam de volta à praia, quando Hurley viu um barco se aproximando. Dele, saiu um rapaz que correu em direção aos sobreviventes. Sayid o interceptou e pulou em cima dele. Sawyer gritou dizendo para deixar o garoto em paz e o ajudou a se levantar. Era Karl que vinha trazendo o recado de que os Outros estavam chegando. O golpista disse que eles já sabiam e que já haviam se preparado para a batalha da noite seguinte, mas o garoto disse que os Outros já estavam a caminho, para a surpresa de todos. O namorado de Alex contou tudo a Jack durante a reunião com os sobreviventes, em que Sawyer também estava, mas não se manifestou. ("Greatest Hits")

Sawyerbehindkombi.jpg

Sawyer escondido do lado da kombi de Hurley para pegar os Outros.

Sawyer arrumou suas coisas e seguiu junto com os outros sobreviventes em direção à Torre de Rádio. No caminho, todos pararam na beira de um riacho para se refrescarem e Kate se aproximou do golpista. Ela comentou sobre a preocupação que todos sentiam com o fato de terem havido apenas duas das três explosões programadas na praia, mas Sawyer parecia nem estar ouvindo. Kate então se irritou e perguntou o porquê de ele estar tão distante desde o encontro com Locke, mas ele desconversou e disse que não havia nada de errado. De volta à caminhada, todos seguiam morro acima, quando Sawyer disse a Jack que estava voltando à praia para saber o que tinha acontecido com os atiradores, mas o médico disse que não permitiria. O golpista então disse que não estava pedindo permissão e iria mesmo assim. Kate se ofereceu para ir junto, mas ele disse um sonoro não, deixando a Sardenta bastante irritada. Juliet disse que acompanharia Sawyer, pois sabia onde haviam algumas armas. Enquanto a médica dos Outros se despediu de Jack com um romântico beijo, Sawyer nem ao menos se despediu de Kate. No caminho, o golpista quis saber se Juliet e Jack estavam juntos, mas ela disse que não e contou também que não havia nenhuma arma, se justificando com o fato de que, se não dissesse isso, Jack não os deixaria voltar.

Ao chegar à praia, Sawyer observou que haviam restado 3 Outros, que estavam com 4 armas em seu poder e disse que seria fácil dominá-los, mas Juliet não concordou, dizendo que seria suicídio. De repente, Hurley surgiu dirigindo sua Kombi e atropelou um dos Outros. Jason também foi dominado por Sayid, que quebrou seu pescoço usando apenas as pernas. O único que sobrou foi Tom, que se rendeu, mas mesmo assim acabou morrendo. Sawyer pegou uma das armas que estavam no chão e atirou no peito do ex-barbudo a sangue frio, para o espanto de Juliet e Hurley. O milionário disse a Sawyer que Tom já havia se rendido, mas o golpista se justificou dizendo que não tinha perdoado o ex-barbudo por ter sequestrado Walt na balsa. ("Through the Looking Glass")

Dias 91-108 (4ª Temporada)

Sawyerpuxandoben.jpg

Sawyer puxando Ben.

Sawyer, junto com o grupo da praia, espera por Desmond e Charlie. Ele bebe uma cerveja enquanto Juliet cava uma cova para Tom. Eles ajudam Desmond a tirar seu barco e ficam sabendo da morte de Charlie. Depois, discutem se devem avisar Jack ou não, e Sawyer é a favor de avisar o médico. Mais tarde, enquanto o grupo está indo até a parte da frente do avião, Sawyer vai falar com Hurley sobre a morte de Charlie, para consolá-lo. Hurley corta Sawyer, que continua andando. O golpista ajuda Sayid a separar a briga de Jack e Locke e na hora de escolher um dos grupos, ele escolhe o de Locke. Quando Kate pergunta o que ele está fazendo, Sawyer responde que está fazendo o mesmo de sempre, sobrevivendo. ("The Beginning of the End")

No dia seguinte, quando estavam indo em direção ao quartel, Sawyer pergunta por que estão indo na direção errada, ao que Locke responde que eles precisam parar numa cabana antes. Sawyer pergunta quem está falando tudo isso a Locke, se é a mesma pessoa que disse para ele matar Naomi. Locke responde que foi Walt, que Ben lhe deu um tiro (Locke mostra sua barriga e mostra que a bala atravessou seu corpo porque não tem um dos rins), e que Walt o salvou, mas estava um pouco crescido. Sawyer fica confuso, assim como todo mundo, mas continua andando e seguindo Locke.

Mais tarde, quando Ben insiste falar com Alex e Karl fica nervoso pegando sua arma, Sawyer o acalma e pega a corda para continuarem levando Ben. Ben faz mais um de seus jogos mentais, dizendo que Kate escolheu ficar com Jack, porque fora da ilha Sawyer não vale nada enquanto Jack é um cirurgião de primeira classe. Sawyer espanca Ben na frente de todos e pergunta por que não o matam. Um pouco depois, o desejo de Sawyer quase se realiza quando Ben atira em Charlotte. Saywer parte para cima do líder dos Outros ameaçando matá-lo, mas Locke quer fazer isso. Quando Ben abre a boca e conta tudo o que sabe sobre Charlotte e seu grupo, Sawyer, assim como os outros, ficam chocados. ("Confirmed Dead")

Sawyerkatetsalking.jpg

Sawyer com Kate em sua casa.

Mais tarde, Sawyer e o resto do grupo de Locke fazem uma emboscada a Sayid, Miles e Kate na casa de Ben na Vila dos Outros. Sawyer controla Kate enquanto Locke e Sayid negociam. Sawyer revela que não quer sair da ilha já que não tem para onde ir ou para quem voltar. Ele questiona Kate sobre os seus motivos em sair da ilha, relembrando-lhe que se ela sair da ilha a única coisa que a espera é a cadeia. Diz-lhe ainda, que ficaria feliz se ela resolvesse ficar e viver ali. Kate pergunta-lhe quanto tempo poderiam eles "brincar de casinha" e Sawyer responde que eles deveriam experimentar. ("The Economist")

Depois de Kate chegar, ela fica morando com Claire e é visitada por Sawyer. Sawyer, então, menciona a gravidez, e Kate o manda ir embora. Ela o visita depois, perguntando se ele pode ajudá-la a ver Ben. Ele, então, conta isso a Locke, o distraindo para Kate. No entanto, Locke volta e pega Kate no flagra, e diz que ela está banida das barracas. Ela vem ao quarto de Sawyer, e ele promete protegê-la. Eles dormem juntos, mas, então, entram numa briga por causa da gravidez, que Kate jura não ter. Sawyer, então, diz que ter um bebê seria "a pior coisa do mundo", e Kate vai embora. ("Eggtown")

Dois dias depois, Sawyer está jogando de acertar as ferraduras com Hurley e acaba perdendo. Enquanto isso, Ben, que já está livre para andar pela vila, aparece na frente deles levando lençóis para sua casa. O golpista e Hurley ficam perplexos e se perguntam o que ele está fazendo ali. Ben apenas diz que os vê no jantar. ("The Other Woman")

Sawyerexplode.jpg

Sawyer procurando por Claire.

Um dia depois, Sawyer está na casa de Claire junto com todos reunidos lá. Quando Locke traz Miles para a "reunião", eles contam que a equipe de Miles matará todos depois de pegarem Ben. Quando Ben revela que o espião no cargueiro é Michael, Sawyer pergunta se é o mesmo Michael que matou Ana-Lucia e Libby; os traiu; e saiu da ilha com o filho. Locke responde que sim, é o mesmo. Depois da reunião, Locke leva Miles de volta a casa do lago e Sawyer vai atrás dos dois perguntando o motivo de Locke não ter comentado sobre o dinheiro que Miles pediu a Ben. Locke diz que não viu importância nisso, já que não teria como Ben conseguir o dinheiro. Miles, então, responde que sim. ("Meet Kevin Johnson")

Sawyer está jogando WAR contra Hurley quando o telefone toca, anunciando a iminente chegada de Keamy e grupo dele. Sawyer tenta fazer com que todos os residentes da Vila entrem em suas casa, mas o grupo de Keamy atira e mata três sobreviventes e tenta desarmar Sawyer. Sawyer se protege e vai em direção a casa de Claire, porém o grupo de Keamy a explode com uma granada. O grupo, então, cessa o fogo, permitindo que Sawyer entre nos escombros da casa de Claire. Ao encontrá-la ainda viva, ele a carrega para casa na qual Ben, Locke e Hurley estão usando como escudo. Ben tentar impedir a entrada de Sawyer, mas ele e Claire conseguem entrar com segurança pela janela.

Naquela noite, Sawyer está presente quando o Monstro ataca o grupo de Keamy. Enquanto o pessoal do cargueiro é distraído pelo Monstro, Sawyer, Ben, Locke, Hurley, Claire e Miles fogem da Vila. Sawyer, não concorda com o misterioso plano de Ben e Locke em ir consultar Jacob e declara a intenção de retornar ao grupo de Jack no acampamento da praia. Ele também se oferece em levar Claire e Aaron, Claire concorda, e Miles também se junta a ele.
33.jpg

Sawyer encontrando Aaron sozinho.

Entretanto, quando Sawyer convida Hurley para ir com eles, Ben e Locke exigem que Hurley junte-se a eles para ir a Casa de Jacob. Sawyer aponta uma arma para Locke em defesa do amigo, enquanto Locke faz o mesmo com Sawyer. Na conclusão, Hurley convence Sawyer a deixá-lo ir com Ben e Locke. Sawyer concorda, mas adverte Locke que se ele ferir um fio de cabelo de Hurley, ele irá matá-lo. Sawyer, Claire e Miles tomam o caminho da praia. ("The Shape of Things to Come")

Sawyer continuou a comportar-se de forma protetora em relação a Claire e Aaron, impondo uma ordem de "distância mínima" a Miles durante o caminho até a praia. Ele foi rápido para tirar Claire da área onde foram encontrados os corpos de Rousseau e Karl, e a protegeu quando escutou alguém chegar por entre os arbustos (Que descobriu-se ser Frank). Na manhã seguinte, Sawyer notou que a área que Claire estava dormindo estava vazia. Ele pediu a Miles onde ela estava e ele respondeu que ela foi em direção à floresta, Sawyer não acreditou que ela teria saído sozinha na floresta mas Miles disse que ela não estava sozinha, e sim com alguém a quem chamou de "Pai". Sawyer perguntou por que Miles não tentou impedi-la e Miles mencionou, sarcasticamente, que ele tinha uma ordem de distância. Quando Sawyer está prestes a bater em Miles, ele ouve o choro de Aaron. Sawyer corre pela floresta seguindo o choro e acha o bebê sozinho ao pé de uma árvore. O golpista pega Aaron no colo e começa gritar desesperadamente por Claire, que não se sabe onde está. ("Something Nice Back Home")

Sawyer, Miles e Aaron estão retornando à praia quando encontram Kate e Jack, que estão rastreando o helicóptero. Após uma breve discussão, Kate pega Aaron e ela e Miles retornam à praia, enquanto Jack e Sawyer continuam em direção ao helicóptero. Eles chegam ao helicóptero, onde encontram Frank sozinho e algemado ao assento. Ele os informa o destino de Keamy e seus homens e, também, sobre o perigo da Orquídea. Frank promete tirá-los da ilha, com o helicóptero, imediatamente, até que Sawyer percebe que Hurley está em perigo na Orquídea. O grupo se embrenha na selva, a procura da Orquídea, para salvar a vida de Hurley. ("There's No Place Like Home: Parte 1")

Eles logo encontram Hurley e Locke na Orquídea. Após Jack decidir ignorar os pedidos de Locke para que eles ficassem, eles partem com Hurley. Sawyer deixa a ilha no helicóptero com Lapidus, Kate, Jack, Sayid, Aaron e Hurley. Logo fica evidente que há um vazamento de combustível no tanque do helicóptero e que eles precisam perder peso. Atirar diversos itens soltos não os ajuda; então, Sawyer examina a situação por um momento. Após sussurrar algo em seu ouvido, ele beija Kate apaixonadamente e salta do helicóptero no mar, o que acaba por salvar os Oceanic Six. Sobrevivendo à queda, Sawyer nada de volta à ilha e encontra Juliet sozinha na praia com uma garra de rum Dharma. Apesar de estar inicialmente animado, ele se preocupa quando Juliet aponta para a coluna de fumaça no lugar do cargueiro. Neste momento, a ilha se move, levando Sawyer com ela. ("There's No Place Like Home: Parte 2")

Viagens no Tempo (5ª Temporada)

Julesandsawyerrun.png

Sawyer e Juliet fogem

Sawyer e Juliet se espantam ao ver que o Kahana desapareceu. Eles vêm o acampamento desaparecido, e levam Daniel até a Escotilha. Sawyer briga com Daniel, e lhe manda explicar o que está acontecendo. Este tenta, mas não se sabe se conseguiu. Eles levam Daniel até a Escotilha. Lá, após o 3º pulo no tempo da Ilha, Sawyer vai até a porta do Cisne e bate sem parar. Dan diz que não vai adiantar. E não adianta. Ele volta para a praia. ("Because You Left")

Jughead28.jpg

Sawyer salvando Dan de Ellie.

Duas hoas depois, ele pergunta por que Daniel demorou tanto. A noite, durante o Ataque das Flechas, Sawyer puxa Juliet, para que ela não seja atingida. Mais tarde, na floresta, os dois são rendidos por três homens, e Jones pergunta por que eles estão na Ilha "deles". Quando Sawyer tenta explicar, Jones ordena que cortem a mão de Juliet. Por sorte, eles são salvos por John Locke. ("The Lie")

Na manhã seguinte após a captura dos 3, Sawyer propõe que eles matem Cunningham e "Jones". Os cinco partem em direção ao acampamento, dos Hostis, e quando Charles Widmore quebra o pescoço de Cunningham, Sawyer pega a arma de Locke e tenta atirar nele, ficando indignado ao ver que Locke não o fez. Sawyer decide salvar Daniel ("O cara que vai realmete nos salvar"), ao invés de ir com Locke perguntar a Richard como sair da Ilha. Quando ele chega apontando sua arma para Ellie, e mandando-a abaixar a arma, Ellie pergunta para Dan se Sawyer e Juliet também são do futuro. Sawyer responde com um "Você contou para ela?". Depois disso, acontece outro Movimento na Ilha no tempo, e Sawyer vê Charlotte tendo um "colapso temporal". ("Jughead")

Aparentemente preocupado com Charlotte, Sawyer é obrigado por Juliet a parar de gritar com Daniel. Sawyer acusa Daniel de saber o que ia acontecer com Charlotte e não fazer nada a respeito. Depois de levar uma bronca de Juliet, Sawyer se afasta e se aproxima de Locke, que diz a ele que decidiu ir até a praia pegar o barco a motor para poder chegar mais rápido à estação Orquídea. Locke conta a Sawyer seu plano para sair da ilha usando a estação Orquídea, já que eles precisam que todos os Oceanic 6 voltem à ilha para que os saltos no tempo parem. Locke pergunta a Sawyer se ele não quer que Kate volte e Sawyer diz que o que ele quer não é importante. Depois que Charlotte acorda, Sawyer se junta a ela, Juliet, Miles, Daniel e Locke. Durante a noite na trilha a caminho da praia, Sawyer quer saber o que Locke vai dizer a Kate para convencê-la a voltar, uma vez que ela estava desesperada para sair da ilha. Quando Locke assume que ainda não sabe o que vai dizer, todos veem ao longe a luz da escotilha Cisne acesa em direção ao céu. Locke não quer passar perto da escotilha e decide dar uma volta maior para chegar na praia.

SawyerClaire.jpg

Sawyer assiste ao nascimento de Aaron.

O grupo está andando quando todos ouvem gritos de uma mulher e Sawyer sai correndo na frente para verificar. Depois de se afastar do grupo, Sawyer vê quem está gritando. Claire está gritando durante o parto de Aaron, que está sendo realizado por Kate, e Sawyer olha tudo de longe. Mais um clarão de salto no tempo ocorre, e Kate, Claire e Aaron desaparecem. Quando Locke se aproxima e pergunta a Sawyer o que ele viu, Sawyer apenas diz que não faz diferença, pois “já passou”. Durante o resto da caminhada até a praia, Locke tenta sem sucesso saber o que foi que Sawyer viu. Eles chegam à praia, onde encontram o acampamento deles, que voltou para onde estava, mas todos os alimentos Dharma foram consumidos, está tudo abandonado e o barco a motor sumiu. No lugar dele eles encontram um barco a remo com uma garrafa de água da Ajira Airways. Eles pegam o barco e decidem usá-lo para chegar até a Orquídea.

Death-promo24.jpg

Sawyer, quando Charlotte tem mais um colapso.

Uma vez em alto mar Sawyer conta a Juliet que viu Kate na floresta na noite do nascimento de Aaron. Nesse momento tiros começam a serem disparados em direção a eles de um outro barco a remo que está atrás deles. Antes que algum deles sejam atingidos, um novo salto do tempo ocorre e eles caem no meio de uma tempestade e rapidamente remam para a praia. Na praia Sawyer termina de contar a Juliet sobre a sua visão de Kate e mostra para Juliet que ela está com o nariz sangrando. Nesse momento Charlotte começa a gritar chamando a atenção de todos para restos de um aparente naufrágio que tinha acabado de acontecer e que as ondas haviam trazido objetos para a praia. Pela escrita dos objetos eles assumem que o navio devia ser francês. ("The Little Prince")

Na caminhada até a Orquídea, depois de mais alguns flashes, Sawyer encontra alguém na mata, e quando essa pessoa se vira, ele percebe que é Jin. Os dois se abraçam e ficam felizes em se verem. Sawyer questiona, pensando que Jin estivesse morto e tenta explicar tudo o que está acontecendo desde a explosão do cargueiro. Sawyer conta que Sun saiu com o helicóptero e que eles estão viajando no tempo. Eles continuam a caminhada e Charlotte entra em colapso mais uma vez. Eles tentam ajudar a ruiva, mas Locke quer continuar. O nariz de Sawyer também começa a sangrar e eles decidem continuar enquanto Dan fica com Charlotte. Quando chegam na Orquídea, Juliet se diz feliz ao estarem no mesmo tempo em que a estação e então mais um flash acontece e a estação desaparece. Eles seguem até o poço e Sawyer ajuda Locke a descer, mas está preocupado com a descida do amigo. Quando Locke cai e mais um flash acontece, Miles percebe que o poço sumiu, apenas a corda que Sawyer segura está alí. O golpista tenta cavar desesperadamente para encontrar Locke, mas Juliet diz que eles não podem fazer mais nada e o grupo retornar até onde Dan e Charlotte estão. ("This Place is Death")

Sawyer, Jin e Juliet olham onde Miles aponte após ele dizer que eles estão muito no passado. Eles veem a Estátua rapidamente, antes de Locke recolocar a Roda Congelada em seu eixo, e eles são mandados para 1974. ("LaFleur")

1974-1977

5x08-06.jpg

Sawyer na casa de Amy.

Sawyer tenta ir ajudar Locke descendo o poço, mas descobre que ele ainda não foi cavado. Ele sugere que eles voltem para a praia, e Miles reclama dizendo que o único plano deles é ir e vir da praia para a Orquídea. Juliet ajuda Sawyer e, em particular para James, ela admite que foi uma má ideia.

O grupo ouve tiros e vê dois Outros fazendo uma mulher de refém. Sawyer confronta-os e pede que eles abaixem como suas armas, mas quando um deles tenta atirar nele, Juliet mata o atirador. Sawyer mata o segundo Outro. Eles soltam Amy, que chora por seu marido morto a tiros, Paul. Ela insiste que eles enterrem os corpos dos outros, e levam Paul com eles. Sawyer a consola, depois de dizer-lhe que o seu grupo naufragou na Ilha, mas, quando eles chegam na Cerca Sônica, Juliet exige que Amy desligue-a. Ela a desliga, mas, na verdade, ela põe tampões de ouvido. Quando Sawyer e os outros cruzam a cerca, eles ficam inconscientes.

Quando Sawyer acorda, ele é confrontado por Horace Goodspeed, que pergunta como ele chegou lá. Ele diz o seu é James 'Jim' LaFleur, e diz que ele foi o capitão de um navio de resgate que procura o Black Rock. Horace diz que ele será posto no submarino pela manhã, mas Sawyer pede tempo para encontrar o resto da sua tripulação. Quando Richard Alpert invade o acampamento da DHARMA, Horace vai conversar, mas logo volta, e pergunta como Sawyer enterrou os corpos. Sawyer, então, vai conversar com Richard e lhe fala a verdade. Richard não acredita inicialmente que Sawyer não fosse da DHARMA, mas Sawyer pergunta se eles enterraram a "Jughead". Ele, então, reconta a viagem dele com Locke & CIA há 20 anos em detalhes. Richard, então, acredita que Sawyer não é um DHARMA; então, eles não violaram a trégua. Contudo, ele ainda precisa de justiça. Eles aceitam levar o corpo de Paul como uma troca pelos dois mortos.

5x08-23.jpg

Sawyer e Juliet vivendo juntos e felizes.

Em troca por resolver o caso, Horace dá a Sawyer duas semanas para encontrar o resto da sua tripulação. Sawyer implora que Juliet fique duas semanas com ele na Ilha. Ela acaba aceitando. Duas semanas se tornam três anos. Sawyer vira chefe da segurança, Juliet vira sua amante, Amy e Horace se casam, Jin aprende inglês fluente e eles, Daniel e Miles são parte da Iniciativa DHARMA. Como chefe da segurança, ele ganha respeito considerável e é temido pelos seus subordinados, tanto que dois trabalhadores seus discutem sobre acordá-lo ou não ao ver pelas câmeras Horace, bêbado, explodindo árvores com dinamite. Sawyer rapidamente chama Miles. Eles levam Horace até Amy, que admite que eles tiveram uma briga antes que ele começasse a beber; logo, ela entra em trabalho de parto. Quando o médico da DHARMA admite que não poderia fazer a cesariana para salvar a vida dela, Sawyer chama Juliet, que agora é mecânica. Ela consegue salvar tanto a mãe quanto o bebê. Depois, Sawyer fala com Horace, após ele acordar, de ressaca, e diz que ele é papai, mas ele faltou ao nascimento. Horace revela que a briga com Amy foi por causa de Paul, porque Amy guardava um colar de Ankh como lembrança. Ele pergunta se três anos é tempo suficiente para esquecer alguém. Sawyer conta sobre a sua relação com Kate, mas não que foi na Ilha, e diz que é possível, com certeza, esquecer alguém em três anos.

Um feliz Sawyer pega uma flor para Juliet e vai para casa dizendo que o cheiro do jantar está delicioso, e que ele a ama. Contudo, depois de uma noite na cama com Juliet, ele é acordado por um telefonema de Jin, que tem notícias importantes. Ele não conta para Juliet, mas sai em um jipe para encontrar Jin em uma kombi DHARMA, junto com Jack, Hurley, e Kate. ("LaFleur")

SawyerRadJin.jpg

Sawyer e Radzinsky discutindo.

Sawyer não entende, mas gosta do fato de que eles voltaram para a Ilha. Ele cumprimenta Kate, Jack e Hurley e é questionado por eles. Sawyer conta que se passaram três anos, e que é 1977. Miles começa a chamar Jin pelo rádio, e Sawyer decide levar os três para a Vila e disfarçar eles de novos recrutas. Sawyer volta para a Vila, conta para Juliet, e leva roupas novas para os recém-chegados. Os quatro voltam para a Vila. Hurley conta a Sawyer sobre a Purgação e pergunta se ele não vai interferir. Sawyer diz que algumas coisas ruins podem acontecer segundo Daniel, mas ele não está mais lá. Enquanto Sawyer dá as instruções aos três, dizendo que a entrevista no Centro de Inscrições não é um questionário, Jin avisa que eles têm um Código 14-J, sinalizando uma invasão hostil, que, na verdade, é Sayid. Sawyer vai até A Chama, mas Radzinsky já o trancou num armário, e sugere que eles atirem no suposto hostil.

SawyerhappyDHARMA.jpg

Sawyer entregando os colares.

Ao invés disso, Sawyer segue "A Trégua". Ele pede que Sayid, se identifique como um hostil, ou ele tem o direito de matá-lo, e Sayid o faz, Sawyer decide levá-lo como prisioneiro. Durante a foto de boas-vindas, Sawyer leva Sayid para a Vila, para prendê-lo em uma cela, e manda que Phil traga comida para ele, porque eles "não são selvagens", e ainda dá um sorriso "meia boca" para Sayid.

Tarde da noite, Jack vai até a casa de Sawyer, onde Juliet atende a porta. Jack percebe rapidamente que os dois agora têm um relacionamento, quando ele é convidado para entrar. Sawyer está sentado no sofá, lendo, e oferece cerveja a Jack. Jack não aceita e, então, pergunta a Sawyer como eles vão sair da Ilha. Sawyer diz que está pensando, e Jack responde "Sério? Porque pra mim parece que você está lendo um livro". Sawyer, por sua vez, diz: "Eu uma vez ouvi que Winston Churchill lia um livro toda noite. Ele dizia que isso o fazia pensar melhor. Isso mostra como eu lido com as coisas. Eu penso. Eu tenho certeza que isso não quer dizer muito sobre você porque, quando você comandava, você agia muito por impulso. Viu, você não pensava, Jack, e, como resultado, muitas pessoas acabaram mortas [...]. Então, eu vou voltar a ler meu livro, eu vou pensar, porque foi assim que eu te salvei hoje. E é como eu vou salvar Sayid amanhã. E tudo que você deve fazer é ir para casa, ter uma boa noite de sono. Me deixe fazer o que eu faço". Jack se defende dizendo que os tirou da Ilha, mas Sawyer comenta que "aqui está você, onde começou". Sawyer leva Jack até a varanda, de onde ele segue para sua casa. Da varanda, Sawyer vê Kate a algumas casas dali e dá um sorriso. ("Namaste")

Sawyerfire.jpg

Sawyer tentando apagar o fogo.

Pela manhã, ele vê Juliet preocupada e vai conversar. Ela está com medo que tudo pelo qual eles lutaram por três anos acabe agora. Sawyer diz que nada mudará pelo fato de que os Oceanic Six voltaram. Horace chega na hora, dizendo que Sayid não quer falar. Sawyer diz que, com ele, Sayid falará. Chegando na Cela, Sawyer bate em Sayid para fingir que ele o torturou, e pede que Sayid finja quer não quer mais ser um hostil e quer desertar para ser da DHARMA. Sayid não aceita, mas pede que Sawyer simplesmente o deixe fugir, mas Sawyer não pode. Sawyer é obrigado a levar Sayid até Oldham, e, quando Sayid pergunta quem é Oldham, ele responde: "Ele é o Nosso Você (torturador)". Sawyer presencia Oldham "torturar" Sayid, que revela a maior parte das coisas na Ilha que ele sabe, mas quando Sayid diz que veio do futuro, Horace, Radzinsky e Oldham desacreditam nele. Durante uma reunião para decidir o que fazer com Sayid, todos decidem matá-lo, mas Sawyer discute o tempo todo, até que finge ceder. Porém, logo depois, Sawyer vai à cela e liberta Sayid. Sawyer manda-o socá-lo e fingir que fugiu à força, mas Sayid não quer e está "bem" onde está, pois descobriu por que a Ilha o trouxe de volta. Sawyer, indignado, vai perguntar para Kate por que ela voltou para a Ilha, mas, antes de ela responder, uma Kombi da DHARMA em chamas atinge uma casa. Sawyer comanda o grupo durante o incêndio, mandando cada um fazer algo. Enquanto todos estão distraídos com o incêndio (Sawyer manda todos irem até a casa 15), Ben e Sayid fogem. ("He's Our You")

Sawyer é visto após o incêndio olhando as câmeras de segurança no centro de Segurança. Kate vem falar com ele, perguntando o que aconteceu com Ben. Logo em seguida, Horace chega desconfiado. Ele pergunta o que Kate está fazendo ali, e Sawyer finge que ele a chamou para interrogá-la, e então ela sai. Horace e Sawyer vão investigar a cela, e descobrem que alguém ajudou o prisioneiro a fugir, porque as Chaves de Zelador estão ali, na fechadura. E só há três zeladores: Roger, Willie e Jack.

5x11-01.jpg

Sawyer pedindo para Jack operar Ben.

Ao ver que tudo está saindo do controle, Sawyer manda Miles manter Jack, Kate e Hurley em uma casa. Enquanto isso, James vai ver como está o jovem Ben, que foi baleado por Sayid. Lá, ele vê Roger e pergunta onde estão as chaves dele, e Roger percebe que não está com ele. Sawyer diz que está tudo bem e vai falar com Juliet que faz a cirurgia do adolescente. Ela diz que está fazendo o possível, mas está muito difícil conter a hemorragia, e eles precisam e um cirurgião de verdade. Então, o golpista vai falar com Jack, para pedir que ele faça a cirurgia, mas ele se recusa a ajudar.

Mais ou menos uma hora depois, Kate, foge da casa e vai levar Ben para que Richard Alpert possa curá-lo. Sawyer, chega na hora que ela está na Cerca Sônica, e diz que está lá para ajudá-la. Kate pergunta por que ele vai ajudá-la, e ele diz que perguntou o mesmo para Juliet quando ele descobriu do plano delas. Ela disse que é errado deixar uma criança morrer. Ele, então, diz que está fazendo aquilo por Juliet. Os dois entram na floresta e vão até A Linha, para achar Os Outros. Na Linha, Kate conta para Sawyer sobre Cassidy e Clementine. Kate diz que Clementine é idêntica a Sawyer quando ri. Ele diz que não está preparado para ser pai nem namorado de Kate. Ela diz que ele se deu bem com Juliet, e ele comenta que amadureceu muito nos últimos 3 anos. Nesse momento, os Outros chegam e Sawyer pede que eles os levem até Richard Alpert. Eles são escoltados até Richard, que pega Ben no colo, que reconhece Sawyer, mas não sabe quem é Kate. Richard pergunta se o menino é Benjamin Linus e Sawyer pergunta se eles se conhecem. Richard diz que curará Ben, mas ele perderá a memória e a inocência. Logo em seguida, Richard leva o pré-adolescente. ("Whatever Happened, Happened")

Mais tarde, Sawyer e Kate estão voltando pela cerca, e ele liga para Miles em seu rádio. Ele pergunta em qual câmera ele está aparecendo, e Miles responde que é na 4. Sawyer pede, então, que o filho do Dr. Chang apague "acidentalmente" aquela fita. Ele desliga e vai procurar Sayid.

5x15 SawyerHandsUp.jpg

Sawyer e Juliet são descobertos por Radzinsky.

À noite, quando volta para casa, Sawyer diz a Juliet que seu dia foi muito cansativo. Ela mostra que Jack foi vê-lo. Jack conta que Roger desconfia que foi Kate quem sequestrou Ben, mas, por enquanto, ele não falará nada. Sawyer pergunta onde estava a cabeça dela nessa hora, mostrando que não ficou feliz com a notícia. Jack vai embora e, logo em seguida, Phil chega dizendo que ele tem que acompanhá-lo para o escritório agora. James, como quem não sabe a resposta, pergunta quem foi. Phil levanta uma fita e responde: "Você". Os dois entram e Phil diz que ainda não contou para Horace porque achava que, após 3 anos trabalhando com ele, deveria lhe dar o benefício da dúvida. Na hora, Sawyer atinge Phil com um soco, derrubando-o no chão, e pede a Juliet uma corda. ("Some Like it Hoth")

Na manhã seguinte, Jack bate à porta de Sawyer para informá-lo que Daniel havia retornado e se encaminhado para a Orquídea. Sawyer responde que ele estava muito ocupado para ajudar, mas é convencido por Juliet a contar a verdade sobre a situação – Phil, amarrado no armário. Mais tarde, Sawyer encontra Jack, Kate, Jin, Juiet e Hurley em sua casa para discutir as opções que tinham. Ele sugere que todos vão embora no submarino antes de serem pegos ou vão para a selva para "começar do zero". Eles são interrompidos quando Miles e Daniel chegam perguntando onde ele – Daniel – poderia encontrar os Hostis. Sawyer se recusa a ajudá-lo, mas Jack se junta a Kate na ajuda. Sawyer argumenta que Jack estava cometendo um erro e que ele, Jin, Hurley e Juliet os encontrariam na praia quando o plano inevitavelmente falhasse.

Mais tarde, Sawyer e Juliet estão fazendo as malas para ir embora para a praia quando são interrompidos pelo alarme. Radzinsky e seus assistentes invadem a casa de Sawyer e o informam da situação, mas logo descobre Phil amarrado e amordaçado. Sawyer e Juliet são obrigados a se render sob a mira do revólver. ("The Variable")

5x15 SawyerIsHurt.jpg

Sawyer é torturado. ("Follow the Leader")

Juliet e Sawyer são levados até a estação de monitoramento. Lá, são algemados em cadeiras e interrogados por Radzinsky, Phil e Horace. Quando começam a bater muito em Sawyer, Juliet não aguenta e pede que Radzinsky pare. Ela diz que eles se conhecem há três anos e que são amigos, e não irão lhe fazer mal. Nesse momento, Sawyer pede que Juliet pare de falar, pois nada irá adiantar. Phil diz que sabe como fazer Sawyer falar onde levaram Ben. Ele dá um soco em Juliet e Sawyer fica furioso, dizendo que irá matá-lo, enquanto o lábio de Jules começa a sangrar. Quando Dr. Chang chega, Sawyer diz que falará tudo, se deixarem ele e Juliet irem com o submarino. Antes de entrarem no submarino, Sawyer brinca sobre comprar a Microsoft e pede desculpas a Juliet, por não tê-la deixado ir embora três anos atrás. Juliet diz que agradece por não ter ido embora. Lá dentro, Sawyer fala que tudo ficará bem e que ele ainda vai cuidar dela. Juliet diz que nem sabe mais o que "mundo real" significa e que o ama. Logo após isso, Kate é colocada ao lado deles, e o submarino parte com Juliet, Sawyer e Kate. ("Follow the Leader")

5x16-5x17-02.jpg

Sawyer visita a nova casa de Bernard e Rose. ("The Incident")

Kate tenta convencer Sawyer e Juliet a voltar e impedir Jack de detonar a Jughead, mas Sawyer diz que tomou a decisão de sair da Ilha. Juliet, então, desmaia um trabalhador da DHARMA que trazia os sedativos e diz a Sawyer que "ambos decidiram sair", e pega as chaves das algemas com o trabalhador e os liberta. Eles mantêm o Capitão do submarino na mira do revólver e lhe dizem para emergi-lo. Eles conseguem remar de volta para a Ilha usando um bote inflável do submarino. Assim que chegam à Ilha de volta, eles veem Vincent saindo da floresta, seguido por Rose e Bernard (agora ostentando uma barba), que afirmam ter sabido sobre a entrada deles na Dharma, mas eles estavam aposentados e aquela era a vida que eles queriam viver. Sawyer lhes pede o favor de apontar a direção das Barracas para ajudá-los e Bernard aponta na direção correta, mas diz que não importava a ele e a Rose o que aconteceria, porque eles queriam simplesmente ficar juntos.

5x16-5x17-111.jpg

Sawyer para Jack, tentando convencê-lo a não explodir a bomba. ("The Incident")

Sawyer, Kate e Juliet interceptam a kombi da DHARMA e bloqueiam seu caminho para o Cisne. Sawyer pede para conversar cinco minutos a sós com Jack, afirmando que Jack "o devia aquilo". A sós na floresta, Sawyer conta a Jack sobre o que aconteceu com seus pais quando ele tinha 8 anos. Sabendo que isso havia acontecido no ano anterior, ele poderia ter embarcado no submarino e impedido seu pai de matar alguém, mas ele não o fez porque "o que está feito, está feito". Jack lhe diz que não tinha de ser daquele jeito e que era seu destino mudar o destino de todos eles. Sawyer lhe diz que não acredita em destino e lhe pergunta o que ele queria com tudo aquilo. Jack diz a Sawyer que ele teve Kate, mas a perdeu, e que era muito tarde para tê-la de volta. Sawyer percebe que não conseguiria mudar a opinião de Jack e o soca no rosto, dizendo-lhe que ele não tinha o direito de ir ali e arruinar a vida que construiu. Sawyer derruba Jack no chão e o manda interromper sua missão. Jack se recusa, e Sawyer continua a bater nele até que Juliet intervém, dizendo a Sawyer para parar, porque Jack estava certo. Sawyer lhe pergunta de onde tudo aquilo estava vindo, já que foi ela quem disse para que voltassem para deter Jack. Juliet lhe diz que mudou de ideia quando viu o modo como ele olhou para Kate. Ela diz que o ama, mas sabia que não era para eles ficarem juntos. Ela diz que, se Jack mudar tudo, ela nunca o encontrará, mas isso a livraria da dor de ter de perdê-lo. Juliet e Sawyer voltam para a kombi passando por Jack; Sawyer e Jack se olham com raiva e Jack diz a Sawyer: "Te vejo em Los Angeles".

Fora da kombi, Miles questiona se Jack, na verdade, estava indo causar o Incidente mais do que impedi-lo. Todos, então, veem Phil dirigindo para o Cisne, e eles decidem ir ajudar Jack. Eles entram na kombi e um tiroteio começa entre a Dharma e os sobreviventes. Sawyer domina Phil e aponta uma arma para sua cabeça, ordenando-lhe que mandasse seus homens jogarem suas armas no chão. Jack se aproxima e joga a Jughead no buraco da escotilha, mas nada acontece. Então, de repente, todos os objetos metálicos começam a ser puxados para o buraco. Phil engatilha um rifle e, quando está prestes a matar Sawyer, um andaime cai sobre ele e barras de ferro entram em seu peito, matando-o.

C-users-jeremy-videos-capture-snapshot-5x17-png-5x17 00122.jpg

Sawyer grita e chora por Juliet enquanto ela cai. ("The Incident")

Quando Juliet é envolta por correntes e puxada para o buraco, Sawyer a agarra pela mão e a segura, prometendo que não a deixaria ir embora. Juliet se dá conta de que vai ser puxada e diz a Sawyer que o ama, antes de cair definitivamente no poço. Sawyer grita para que ela volte, mas o andaime estava prestes a cair sobre ele. Kate tenta levar Sawyer para longe do buraco, mas ele se recusa; então, Jack e Kate são forçados a arrastá-lo dali, quando enfim, a bomba explode. ("The Incident")

2007 (6ª Temporada)

6x01 GoodbyeJules.jpg

Juliet morre nos braços de Sawyer ("LA X, Partes 1 & 2")

Sawyer sobrevive a explosão da Jughead, e acorda próximo à cratera da escotilha. O vendo, Sawyer empurra Jack para o buraco, pensando que seu plano falhou. Kate os separou imediatamente para evitar uma briga. Uma discussão começa entre os dois, mas Kate exige silêncio, pois começa a escutar os pedidos de socorro de Juliet. Sawyer, Jack, Kate, Jin e Miles se viram para ajudá-la. Juliet está presa embaixo de uma grande quantidade de matais e, usando a kombi da DHARMA, eles conseguem limpar o caminho para permitir que Sawyer chegasse até ela. Lá dentro, ela está deitada nos destroços da escotilha muito machucada, mas ainda viva. Tirando mais objetos de fora do caminho, Sawyer pega Juliet em seus braços, a confortando. Eles se beijam, e quando Juliet diz que tem uma coisa muito importante para contar, ela morre. Enquanto sai dos restos da escotilha carregando Juliet, Sawyer encara Jack cheio de raiva e diz: "Você fez isso".

Mais tarde, Sawyer pede para que Miles o ajude a enterrar o corpo de Juliet. Depois deles a enterrarem, Sawyer exige que Miles use sua habilidade para saber o que Juliet queria lhe dizer. Apesar as afirmações de Miles que ele não pode fazer sua habilidade funcionar, Sawyer o ameaça, e Miles escuta Juliet dizer: "Funcionou". Logo mais tarde, Sawyer e Miles são capturados pelos Outros e levados até o Templo, apesar de Sawyer lutar consideravelmente para não ser pego, um deles lhe deixa inconsciente. Depois de acordar ao lado dos outros sobreviventes, ele diz a Kate que ele não quer matar Jack, falando que "se alguém precisar sofrer nessa vida, seria ele". Então, Sawyer testemunha Sayid, quem era considerado morto, acordar. ("LA X, Partes 1 & 2")

603-SawyerWantsToLeave.jpg

Sawyer abandona o Templo. ("What Kate Does")

Depois de Sayid acordar, Sawyer pergunta para Kate quantos guardas ela acha que existe e indica que ele está planejando fugir. Mais tarde, ele pega uma arma de um dos Outros e escapa do Templo, os avisando a não ir atrás dele e atirando em um dos Outros. Sawyer vai até a casa onde vivia com Juliet no Acampamento DHARMA, e debaixo das tábuas de seu quarto, ele retira uma caixa. Kate o segue e o observa, mas ela acaba fazendo barulhos e ele a descobre.

6x03 LordOfTheRing.jpg

Sawyer segura a aliança que ele daria para Juliet. ("What Kate Does")

Os dois têm uma conversa na doca do submarino onde Kate diz que sente muito pela morte de Juliet, se culpando por ter a convencido a voltar para a ilha para impedir Jack de explodir a bomba. Contudo, Sawyer a interrompe, e diz que a culpa é dele, porque ele a convenceu a ficar na ilha há três anos já que ele não queria ficar sozinho. Então, Sawyer revela a Kate que ele iria pedir Juliet em casamento, e joga o anel de noivado que estava escondido sob as tábuas de seu quarto na água. ("What Kate Does")

SawyerrealizeTheManInBlack.jpg

Sawyer deduz logo que O Inimigo não é John Locke. ("The Substitute")

Sawyer ficou na Vila, bebendo, quando John Locke entrou em sua casa. Sawyer disse que John estava morto, e Locke confirmou. Sawyer, rapidamente percebeu que o John Locke que estava ali, não era o verdadeiro, "porque Locke vivia com medo". "O Inimigo" (o homem que estava na forma de John) confirmou e então, convenceu Sawyer de que ele poderia lhe dar a resposta para a pergunta mais importante do mundo: "Por que eles estão naquela Ilha?". Sawyer relutou, mas pouco tempo depois, aceitou seguir o misterioso homem na forma de John Locke.

Os dois seguiram em frente na floresta, até eles encontrarem um adolescente loiro. Sawyer perguntou quem era o garoto, para a surpresa do Inimigo que pensava que só ele estava vendo-o. Imediatamente, O Inimigo começou a correr perseguindo freneticamente o garoto, que correu dele, afastando-o de Sawyer. Sawyer percebeu que quando O Inimigo se afastou, alguém tinha se aproximado dele, até que Richard, aparece correndo, para pedir que Sawyer vá com ele até O Templo, porque aquele homem, não era John Locke e ele iria matar Sawyer - e todos que conseguisse. Sawyer não aceitou, dizendo que O Inimigo tinha respostas. Então, quando o Inimigo voltou, Richard conseguiu se esconder na floresta a tempo de não ser visto. Em seguida, Sawyer mentiu, quando O Inimigo perguntou com quem ele estava falando ("Ninguém"), e O Inimigo mentiu quando Sawyer perguntou do garoto ("Que garoto?", rindo).

Próximos de seu objetivo, Sawyer contou para O Inimigo que seu livro favorito era "Ratos e Homens". Sawyer carregou sua arma e apontou-a para O Inimigo, dizendo que imaginava o que aconteceria se ele puxasse o gatilho. O Inimigo, foi questionado, e então contou para Sawyer que já tinha sido um humano, como ele. Sabia o que era ter emoções. Sawyer perguntou-lhe: "O que você é?". O Inimigo lhe respondeu: "O que eu sou...preso.". E disse que estava preso há tanto tempo que tinha esquecido o que era ser livre, mas seria uma vergonha para Sawyer voltar naquela hora, que eles estavam tão "perto". Sawyer abaixou sua arma.

Cliffsidefall.jpg

Sawyer cai("The Substitute")

O Inimigo e Sawyer, desceram por um barranco em escadas de corda e bambu, em que Sawyer caiu, mas foi salvo pelo Inimigo, até chegarem em uma gruta. Na entrada da gruta, havia uma balança com duas pedras: uma em cada tensor. Uma pedra é branca e a outra preta. O Inimigo se aproxima da balança e joga a pedra branca para fora da caverna. Em seguida, diz para Sawyer que era uma "piada interna". Sawyer ironizou, mas O Inimigo disse que tinha algo realmente importante para mostrá-lo. Os dois, seguiram para uma "sala", com paredes de pedras, cheias de palavras riscadas. Cada palavra, tinha um número precedendo-o. Olhando novamente, Sawyer percebeu que não eram palavras: eram nomes. O Inimigo explicou que aqueles, eram "Os Candidatos". Candidatos, escolhidos por Jacob para perpetuarem seu legado, protegendo a Ilha. Seis destes nomes ainda não estão riscados: 4 - LOCKE, 8 - REYES, 16 - JARRAH, 23 - SHEPHARD e 42 KWON. Sawyer reconhece cada um deles, como Locke, Hugo, Sayid e Jack (a não ser o último, que nem mesmo o Inimigo sabe se ele se refere a Sun ou Jin. Por último, Sawyer vê o nome 15 - FORD na parede, ainda não riscado. O Inimigo, explica, com muito repulsa, que todos, tinham sido visitados por Jacob em algum ponto de suas vidas, provavelmente quando eles estavam vulneráveis e manupuláveis; Jacob foi até eles e os manipulou, para que eles tomassem decisões que eventualmente os levariam até A Ilha. E então, deu para Sawyer as três opções que todos os candidatos tinham:

Ficheiro:Ficheiro:6x04-Jacob's WallFord.jpg

1ª Opção: "Não fazer nada. Ver comos as coisas se desenrolam. E provavelmente, seu nome será riscados." (E risca o nome de Locke, por causa de sua morte); 2ª Opção: "Assumir o trabalho. Proteger a Ilha (de absolutamente nada, segundo o Inimigo); 3ª Opção: "Sair a Ilha e nunca voltar atrás". Sawyer pergunta como ele fará a terceira opção, e O Inimigo diz que eles farão "juntos". E então, Sawyer aceita deixar a Ilha com O Inimigo. ("The Substitute")

Sawyer ficou no esconderijo de Claire durante o Massacre do Templo. Apesar dos pedidos de Jin (que também estava lá), Sawyer preferiu ficar com O Inimigo. Ele cumprimentou Kate quando ela chegou com o Inimigo, Sayid e os Outros. Mais tarde, ele perguntou sobre seus amigos para Kate, que disse que todos estavam bem. Ela lhe perguntou se ele estva aliado à Locke, mas Sawyer respondeu que não tinha "lado".

Pouco tempo depois, O Inimigo deu uma missão à Sawyer: ir até a Ilha da Hidra, para que ele fizesse um reconhecimento de quem estava lá. Ele obedece e parte para a Ilha da Hidra, onde passa pelas jaulas e encontra o antigo vestido de Kate, usado por ela quando eles foram prisioneiros dos Outros. Algum tempo depois, James encontra o avião e uma pilha de cadáveres - passageiros do voo Ajira 316.

6x08 ReconningAjira.jpg

Sawyer encontra o avião Ajira ("Recon")

Ele então nota Zoe, uma mulher que se identifica como a única sobrevivente do massacre da Ajira. Sawyer descobre que a mentira e aponta sua arma para ela, nesse momento, quatro homens armados surgem dos arbustos e o leva até o submarino de Widmore. Zoe o apresenta a Charles Widmore. Sawyer decide fazer um acordo com ele: ele promete trazer o Homem de Preto para Widmore para matá-lo, desde que seu povo ficasse seguro e pudesse sair da Ilha. Widmore aceita o acordo. Quando Sawyer retorna para a ilha principal, ele revela tudo que ocorreu para o Homem de Preto, inclusive seu acordo com ele, sendo elogiado por sua lealdade. Ao escurecer, Sawyer se junta a Kate próximos a fogueira e conta a ela que sua intenção era deixar a ilha com o submarino de Widmore, não o avião Ajira. ("Recon")

Depois da Vida

Voo 815

6x01 TakingAdvantage.jpg

James avisa a Hurley.

Na volta ao seu assento, James tromba com Mars, e olha para Kate antes de se desculpar e continuar. Ele senta perto de Leslie Arzt, quem admira Hugo Reyes e pede para que ele faça a cena que ele faz no comercial do Mr. Cluck's. Depois de Hurley revelar a Arzt que ele ganhou na loteria, James avisa a Hurley para não contar isso para estranhos, dizendo que eles poderiam tentar tirar vantagem dele, mas Hurley negou afirmando que ele é o homem mais sortudo do mundo. ("LA X, Partes 1 & 2")

Depois do Voo 815 (2004)

Jamesatlax.jpg

James e Kate no elevador.

No aeroporto, James divide o elevador com Kate, quem está escapando da polícia. Ele percebeu que ela usa algemas, apesar de Kate tentar escondê-las usando o paletó de Edward Mars. Ganson e Calhoun, dois seguranças do aeroporto, entram no elevador e são avisados de um problema de segurança. James presume que Kate está envolvida, e na próxima vez que o elevador abre, James segura a porta e diz "damas primeiro", para que Kate pudesse fugir antes que os seguranças percebessem ser ela por quem eles procuravam. ("LA X, Partes 1 & 2")


6x08 I'mACop.jpg

James se revela como detetive.

James finge ser um golpista para a resolução de uma operação do Departamento de Policia de Los Angeles. Em sua mesa, ele começa sua busca por uma lista de Anthony Coopers que possam ter vivido em Flórida em 1976. Mais tarde, ele parte em um encontro com Charlotte Lewis, uma colega do pai de Miles. O encontro vai bem até que Charlotte descobre uma pasta com o nome "Sawyer", preenchida com informações pessoais de James. Ele se irrita quando a vê e pede que ela vá embora. ("Recon")

Mais tarde, Miles descobre que James mentiu a respeito de sua viagem para Palm Springs, ele na verdade foi para a Austrália. Miles, furioso, diz a James que eles não são mais parceiros. James mais tarde se encontra com Miles em seu carro e decide revelar a razão da viagem, e conta sobre o passado dos seus pais. Durante a conversa, o carro é esmagado por um outro carro, cujo motorista foge por um beco. Os dois a perseguem e finalmente descobrem sua identidade, era Kate Austen. ("Recon")


Curiosidades

  • Sawyer foi o sexto personagem a ter um flashback.
  • Sawyer foi o sétimo personagem a ter um flashforward.
  • Até o episódio "The Candidate", o número de episódios de Sawyer é 101.
  • James Sawyer Ford forma um nome com 15 letras.
  • Sawyer conheceu todos os personagens principais, exceto Ilana.
  • Sawyer já matou cinco pessoas. Dois eram personagens importantes na ilha: Anthony Cooper e Tom. Os outros três eram Frank Duckett e dois Outros desconhecidos.
  • James Ford, 'Barqueiro de Satã', foi um personagem histórico de Illinois. Ele agiu como um líder cívico mas na verdade era um chefe da máfia.
  • James Sawyer é uma das pessoas que Edmund conhece no romance Edmund et les ours explosifs de Yaruch Bann.
  • Sawyer parece ser um fã de Star Wars. Na balsa ele chama Jin de Chewie, e Michael de Han, em referência a Chewbacca e Han Solo. No episódio "Not in Portland", ele menciona o The old Wookiee prisoner gag. Ele também chama Hurley de Jabba e Ben de Yoda. Também, seu sobrenome Ford pode ser uma referência ao ator Harrison Ford, que interpretou Han Solo na trilogia original. Em "House of the Rising Sun", em uma conversa com Kate sobre se mudar para as cavernas, a frase que Sawyer diz "Bem, esse é a verdadeira trapaça, não é?" é a mesma frase que Han Solo fala em Star Wars.
  • Sawyer é ambidestro: ele escreve, fuma e atira com a mão esquerda, mas ele escreve com sua direita quando criança.
  • Na segunda temporada, Saywer, em uma de suas conversas com Jack, conta que estudou até o ensino médio. ("Lockdown")
  • Sawyer disse que nunca fez uma transfusão de sangue ou tomou medicamento para malária, mas que já pagou por sexo e já teve uma doença sexualmente transmissível.
  • Sawyer pode ter vivido com seus avós depois da morte de seus pais. Sabemos que eles eram vivos porque sua mãe lhe contou.
    • Ou ele poderia ter sido criado por seu tio que mais tarde morreria dde um tumor no cérebro. Quando fazendo o teste de elenco, o papel de Sawyer no roteiro era descrito como alguém que havia sido criado pela tia e pelo tio e que ele tinha aprendido a se tornar um golpista com o seu tio. (Lost: A Primeira Temporada Completa)
      • Parecia bastante próximo de seu tio Doug no funeral de seus pais.
  • Viveu em um trailer e assistia Little House on the Prairie quando criança.
  • O relatório que Locke leu sobre o passado de Sawyer, incluía um relatório da Interpol escrito em francês.
  • É o único sobrevivente a confrontar integrantes dos Outros nos três finais de temporada.
  • Sawyer é responsável pela morte do pai de Locke e ajudou na morte do pai de Jack. Ele estrangulou Anthony Cooper e comprou cervejas para Christian Shephard, o que contribuiu para seu ataque cardíaco.
  • Uma cena alternativa para o final da 4ª Temporada foi gravada mostrando Sawyer no caixão para impedir o vazamento de informações sobre a trama antecipadamente.
  • Ele teve o maior intervalo entre episódios centrais de um personagem vivo e principal, com 38 episódios (dos quais dois eram episódios duplos) de "Every Man for Himself" a "LaFleur". Esse recorde será quebrado se Claire receber um episódio central na próxima temporada, já que ela não possui nenhum desde "Par Avion".

Referências culturais

  • O nome Sawyer é uma referência ao personagem Tom Sawyer dos trabalhos literários de Mark Twain. Tom Sawyer era um órfão e um aprendiz de golpista do sul. Seu mais conhecido golpe foi branquear um muro, no qual ele convenceu os garotos locais a pagá-lo pelo privilégio de pintar um grande e difícil muro. "Ele descobriu uma grande lei da ação humana, sem saber - em outras palavras, que para fazer um homem ou garoto desejar alguma coisa, apenas é necessário tornar a coisa difícil de se obter. The Adventures of Tom Sawyer
  • O nome Sawyer também pode ser uma referência ao personagem fictício Jack Sawyer que aparece nos livros "The Talisman" e "Black House" de Stephen King e Peter Straub.
  • Os nomes James e Ford possivelmente podem ser uma referência aos famos foras-da-lei americanos, Jesse James e Robert Ford. James foi um notório membro da gangue James-Younger, que executou uma série de assaltos bem sucedidos em meados do século 19. Ford foi um jovem fora-da-lei que fez amizade com James e, mais tarde, o matou, recebendo a recompensa de 10,000 dólares pela cabeça de James.
  • No primeiro livro de Arthur Conan Doyle sobre Sherlock Holmes, "Um Estudo em Vermelho", Holmes recebe a visita de uma mulher com o sobrenome Sawyer que procura pela aliança perdida de sua filha. Mais tarde descobriríamos que essa jovem se tratava de um homem, um golpista, e relacionado ao criminoso principal da história.

Referências bíblicas

  • Dois dos discípulos de Jesus eram chamados James.
    • Um desses discípulos tinha um irmão chamado John. Junto com Peter, os irmãos James e John formaram o círculo secreto de discípulos.
    • James foi o primeiro dos discípulos a se casar.

Elenco adicional

Questões não respondidas

  • Qual era a relação dele com Hibbs?
  • O quê Gordy teve que fazer para pagar a fiança e tirar Sawyer da cadeia, para que então Sawyer "devesse uma a ele" (claramente ocorrendo antes do Tampa Job)?
    • O que exatamente foi o Tampa Job?
  • O que ele fazia na França (baseado no relatório da INTERPOL francesa no arquivo que os Outros tem dele, visto em "The Brig")?

Veja Também


Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no Fandom

Wiki aleatória