FANDOM


Para outros resultados de "Michael", vá à página "Michael (desambiguamento)";


Michael Dawson é um dos sobreviventes da parte intermediária do voo 815. É o terceiro membro original do Time B. Ele teve problemas paternos com seu filho, Walt, mas os dois se acertaram com a convivência na ilha. Após o seqüestro de Walt pelos Outros, Michael se arriscou em uma tentativa de resgate, mas foi capturado também. Ele matou Ana Lucia e Libby para conseguir libertar Ben Linus do cativeiro e causou a captura de Jack, Sawyer e Kate quando ele fez um acordo com os Outros. Após deixar a Ilha em um barco a motor com Walt, Michael voltou para Manhattan, mas consumido pela culpa, ele acaba por se afastar de Walt e se torna suicida. Ben e Tom conseguiram que Michael integrasse secretamente a tripulação do Kahana para sabotá-lo, finjindo ser um faxineiro chamado Kevin Johnson. Ele morreu quando explosivos C4 foram detonados no Kahana, junto com todos os outros a bordo.

Antes da Queda

Relacionamento com Susan

Michaelsusanberço.jpg

Michael e Susan, ainda novos, comprando o berço de Walt.

Antes do acidente na Ilha, Michael Dawson era trabalhador da construção civil e aspirante a artista plástico. Ele vivia com sua namorada Susan, que queria ser advogada e o jovem casal estava na expectativa da chegada de Walt em suas vidas, que no nasceu em 24 de agosto e ganhou no nome do avô, Walter Dawson. Entretanto, não muito tempo depois, o relacionamento de Susan e Michael acabou e quando foi oferecida a ela uma oferta de trabalho irrecusável, Susan se foi, e levou Walt consigo, deixando Michael sem nenhum acesso ao menino. ("Special")

Lutando para ver seu filho de novo, Michael queria ter seus direito de pai preservados, mas ao mesmo tempo, não tinha como prover o mesmo nível de vida que Susan dava o garoto. Depois de discutir com a ex-namorada através de uma ligação num telefone público, Michael atravessou a rua sem olhar para os lados e sofreu um acidente de carro. ("Special")

Reavendo Walt

No hospital Michael desenhou um cartão para Walt, uma tradição que parece ter mantido por muitos anos. Enquanto ainda se recuperava, Michael foi visitado por Susan que disse que iria pagar por todas as despesas do hospital. Michael questionou seu motivos e ela admitiu que queria que ele assinasse um documento onde desistia de seus direitos de pai sobre Walt, que seria adotado por Brian Porter, seu novo marido. (Special) Michael rejeitou a ideia e iniciou um processo para ter a custódia do filho. Durante uma audiência, o advogado de Susan disse a Michael que: "para alguém que quer o bem do garoto, você não parece conhecê-lo muito bem." Esse fato afetou a relação de Michael com o filho, já que ele nunca esteve perto de Walt. ("Adrift")

Michaeldespedida.jpg

Michael se despede de Walt, ainda pequeno.

Tendo perdido a custódia de Walt, Michael permaneceu no EUA, mas algum tempo depois foi contatado por Brian Porter, que lhe disse que Susan tinha acabado de morrer por um problema no sangue. Brian insistiu para que Michael ficasse com a custódia de Walt, e enquanto Michael pensava que o marido de Susan não tinha carinho por seu filho, na verdade, ele pensava que o garoto era estranho e diferente. Na Austrália, Michael se encontrou com Walt e disse a ele que a partir aquele momento iria cuidar dele. Walt perguntou sobre o cachorro de Brian, Vincent, e Michael disse a ele que Brian permitiu que ele ficasse com o cão. Juntos, eles embarcaram no voo 815, da Oceanic. Michael estava preocupado pois nunca tinha convivido com uma criança na vida, quanto mais, seu próprio filho. Antes de entrar no avião, ele ligou para sua mãe, expressando sua insegurança e perguntando a ela se poderia ajudar a tomar conta de Walt. Mas isso nem pôde acontecer por causa do acidente. ("Special")  ("Exodus")

Na Ilha

1ª Temporada

Normal pilot15.jpg

Michael tentando se aproximar de Walt.

Depois do acidente do voo 815, a nova relação entre Michael e seu filho foi testada. Walt conhecia Michael a apenas algumas semanas e não tinha respeito por ele, ou não o considerava como pai. Grande parte do tempo de Michael foi gasto na tentativa de construir uma conexão com seu filho. Walt acorda com os barulhos do Monstro achando que pode ser Vincent na floresta, mas Michael segura seu filho antes que ele saia correndo atrás do barulho. ("Pilot, Parte 1")

Michael fica preocupado por Walt ter desaparecido da praia e pergunta para Sun se ela não o viu em algum lugar, o que causa ciúmes em Jin, que grosseiramente manda Sun fechar o último botão de sua blusa. Michael, constrangido, se retira e encontra Walt na floresta onde ele estava procurando por Vincent, mas só encontrou uma algema abandonada, que ele entregou para Jack depois de separar uma briga entre Sawyer e Sayid. Como Walt ainda não havia encontrado Vincent, Michael tentou animá-lo dizendo que iria comprar outro cachorro pra ele assim que chegassem em casa, mas isso fez Walt ficar ainda mais distante de seu pai. Durante uma conversa com Jack, Michael descobre que Vincent está vivo, pois Jack diz a ele que viu um labrador na floresta logo depois do acidente. ("Pilot, Parte 2")

Durante uma tempestade, Michael pergunta para Walt o que ele estava fazendo com o Locke e este responde que Locke disse que um milagre aconteceu com ele. Michael proíbe Walt de andar com Locke, que diz ser seu amigo, e Michael garante que ele também é seu amigo e vai procurar por Vincent assim que parar de chover, e no instante seguinte, para de chover. ("Tabula Rasa")

Michael Sun Tabula Rasa.JPG

Michael surpreende Sun durante o banho.

Enquanto procura por Vincent na floresta, Michael ouve barulhos estranhos no mato e sai correndo. Ao chegar correndo em uma parte remota da praia ele se depara com Sun nua enquanto ela está se limpando. Os dois tem um momento constrangedor e Michael vai embora pedindo desculpas. Na manhã seguinte ele é acordado por Locke, que diz que encontrou Vincent e o deixou amarrado em uma árvore para que Michael pudesse trazê-lo para Walt. Algum tempo depois Michael aparece na praia trazendo Vincent preso a uma corda, o que deixa Walt muito feliz. ("Tabula Rasa")

Para tentar ganhar mais respeito com seu filho, Michael se oferece para ir caçar javali com Locke e Kate e pede para Sun cuidar de Walt através de sinais. Durante a caça, Michael e atacado por uma javali e machuca a perna, o que o obriga a voltar para a praia antes do tempo. Kate volta com ele enquanto Locke continua sozinho na caçada. Quando já estão distantes de Locke, Michael e Kate percebem os barulhos do monstro indo na direção de onde Locke estava, o que os faz acreditar que ele está morto, e quando Locke volta vivo ao acampamento mais tarde, Michael pergunta se Locke conseguiu ver o que era aquela coisa. Locke mente dizendo que não. ("Walkabout")

Micahel e Locke.JPG

Michael pergunta a Locke sobre o monstro.

Michael está andando na praia com Walt quando é repentinamente atacado por Jin. Jin está quase matando Michael afogado quando é impedido por Sawyer e Sayid, que por sua vez prendem Jin com a algema em um dos trens de pouso do avião. Após ser interrogado por Sayid, Michael convence a todos que não fez nada para ser atacado por Jin. Mais tarde Michael é procurado por Sun, que revela a este que sabe falar inglês e diz a Michael que Jin o atacou por ele estar usando o relógio que era do pai dela. Michael liberta Jin com o machado, devolve o relógio explicando que havia encontrado ele abandonado nos restos do avião e pede para ele nunca mais chegar perto dele ou de seu filho. ("House of the Rising Sun")

Depois que Jack descobriu as cavernas, Michael optou por ficar na praia em vez de se mudar pra lá. Michael ajudou no resgate de Jack quando este ficou preso dentro de uma das cavernas que desabou e assim mostrou a todos sua experiência em construção mostrando quais pedras podiam ou não serem removidas. Depois do resgate de Jack, Michael muda de ideia e decide se mudar para as cavernas com Walt. ("The Moth")

Depois de Shannon ter uma crise de asma, Sun se aproxima de Michael enquanto este está limpando um peixe nas cavernas e diz que sabe como ajudá-la. Algum tempo depois Michael volta da floresta com algumas ervas nas mãos e as entrega para Sun, nesse momento Jin grita com Sun e dá uma bronca nela em coreano. Sun se retira com as ervas e Jin olha para Michael com um olhar de ameaça, mas Michael simplesmente diz para Jin "nem começar" e vai embora. ("Confidence Man")

Bambooaquaduct.JPG

O aquaduto de bambu projetado por Michael.

Durante a noite, Michael acorda e vê que Walt está conversando com Locke e pedindo pra ir caçar com ele. Michael manda Walt voltar pra cama com um tom de voz bastante autoritário. Na manhã seguinte Michael está mostrando para Jack um projeto que ele fez sobre como fazer duchas usando a fonte de águas e bambus quando Charlie os chama dizendo que Hurley quer lhes mostrar alguma coisa. Ao subir a colina eles se deparam com um Campo de Golfe elaborado por Hurley. Não demora muito e eles começam a fazer um torneio de golfe. Durante o torneio Walt aparece, aparentemente chateado por ter sido deixado sozinho por seu pai. Michael pede desculpas e pergunta se Walt não quer jogar, mas Walt recusa e vai embora. ("Solitary")

Michael escuta walt.JPG

Michael escuta enquanto Walt defende Locke.

No outro dia Michael foi o último sobrevivente a ver Ethan antes que ele fosse descoberto como não sendo um dos passageiros do avião e diz a Jack que o viu indo na direção da praia, na mesma direção onde Claire tinha ido momentos antes. Depois do seqüestro de Claire Michael se oferece para se juntar ao grupo de busca, mas Locke diz que já tem gente demais. Michael então diz que vai montar seu próprio grupo de busca, o que Locke aprova e os manda para o sul enquanto Locke e seu grupo vão para o norte. Michael fica muito nervoso por ser excluído do grupo de busca formado por Locke e afirma estar cansado ser tratado como cidadão de segunda classe porque o Mister Careca sabe caçar porcos. Para a surpresa de Michael, Walt defende Locke afirmando que ele é o único guerreiro da ilha. Michael afirma que apesar de não ser um guerreiro ele vai para o sul. Michael retorna durante a noite e vê que o outro grupo de busca encontrou o Charlie, mas Clair continua desaparecida. ("All The Best Cowboys Have Daddy Issues")

Na praia, Michael tira sarro de Sawyer por estar tentando abrir a maleta Halliburton com um grampo e dá o conselho de bater com ela em algo duro. ("Whatever the Case May Be")

Michael está ouvindo Hurley contar a ele sobre a sua fracassada tentativa de pegar um peixe quando Jin se aproxima e lhe dá um peixe limpo como recompensa pelo seu esforço. ("Hearts and Minds")

Normal special14.jpg

Michael dando bronca em Walt.

No outro dia Michael está mais uma vez procurando por Walt na selva e pergunta para Charlie, Jack e Hurley se eles o viram, mas nenhum deles viu. Quando Michael finalmente encontra Walt ele está com Locke e Boone e está atirando uma faca numa arvore. Michael manda Walt voltar para as cavernas e começa a brigar com Locke por estar dando facas para uma criança e estar colocando o filho dele contra ela quando Boone ataca Michael. Michael dá um soco em Boone e Locke os separa. Locke diz que Michael trata Walt como uma criança enquanto ele o trata como adulto e é por isso que ele tem uma ligação com Walt e Michael não. Locke diz também que Michael não passou tempo o suficiente com Walt para perceber que ele é um garoto "diferente". Michael manda Locke ficar longe dele e de Walt e vai embora. (Special)

De volta nas cavernas Michael observa Walt dormir e desabafa com Sun sobre como não saber mais o que fazer para Walt entender que ele esta do seu lado. Michael não acha justo que Walt cresça naquela ilha e começa a bolar um plano para sair da ilha. Michael propõe para alguns dos sobreviventes a construção de uma jangada usando restos do avião e pede ajuda para Walt, que está lendo uma revista em quadrinhos. Enquanto os dois estão remexendo escombros do avião procurando algo para usar na construção da jangada, Walt finge que vai buscar água para ir atrás de Locke. Michael vai atrás de Walt e vê os dois conversando nas cavernas. Michael começa a gritar com Locke dizendo que já havia dito a ele para ficar longe de Walt e se ele chegar perto do filho dele de novo ele o mata. Walt se vira contra seu pai dizendo que ele nunca ligou para ele quando ele era pequeno e que só apareceu depois que a mãe dele morreu. Michael fica bravo por Walt cobrar dele coisas que ele não pode mudar e ponhe Walt de castigo. Michael ainda tira das mãos de Walt o gibi que ele estava lendo e o joga na fogueira. (Special)

Michael encurralado.JPG

Michael encurralado pelo Urso Polar.

Hurley se aproxima de Michael para dizer que Walt pegou Vincent e sumiu. Michael vai atrás de Locke, mas Walt não está com ele também e apesar dos desentendimentos com Michael, Locke diz que vai ajudá-lo a procurar pelo garoto. Michael encontra a coleira de Vincent e começa a ouvir Walt gritando. Michael e Locke encontram Walt escondido atrás de algumas árvores enquanto um urso polar esta tentando matá-lo. Depois de escalar por cima dessas arvores Michael consegue resgatar Walt e enfia uma faca no pescoço do urso polar que vai embora mortalmente ferido. Os dois se abraçam e Walt pede desculpas por ter fugido. Michael olha agradecido para Locke, pois sem a ajuda dele Walt poderia estar morto. Mais tarde nas cavernas Michael mostra Walt todos os cartões de aniversários que ele mesmo desenhou para o filho e que ele enviou pra ele, mas Susan nunca entregou esses cartões para Walt. A partir desse dia Walt e seu pai criam um vínculo e passam realmente a tratar um ao outro como pai e filho. (Special)

Jin está ocupado pescando, enquanto Sun o observa da floresta. Ela pega uma carteira de motorista da Califórnia do bolso e começa a cavar um buraco para enterrá-la. Enquanto isso, Michael vem correndo, procurando por Vincent. Ele pede desculpas por interrompê-la e Sun diz à ele, que precisa de um momento sozinha. Michael então vê e pega a licença. Sun tenta explicar que ela iria deixar Jin e que acha que sua punição seria ficar na Ilha. Michael a conforta dizendo que está tudo bem. Os dois quase se beijam, mas Vincent aparece, e Sun foge. ("Buried Secrets")

Michael está nas cavernas quando Locke e Boone aparecem carregando Claire nos braços depois de a encontrarem vagando pela floresta (Homecoming)

Michael passa a dedicar todo o seu tempo para terminar a jangada, a qual está tomando forma rapidamente e em breve estará pronta. Um dia ao andar na praia Michael assiste enquanto Jin grita com Sun. Michael vai tirar satisfações com Jin depois que ele derruba Sun no chão e enquanto ele defende Sun ela chega e lhe dá um tapa na cara. Sun sai andando com Jin deixando Michael confuso. Ele está trabalhando na jangada quando Sun se aproxima dele para dizer que bateu nele para protegê-lo de Jin pois ele não sabe o que seu marido é capaz de fazer. Michael diz pra Sun que isso não problema é dele. Mais tarde Michael está conversando com Walt em cima da jangada quando Jack se aproxima para perguntar a ele quem é que vai na jangada depois que ela estiver pronta e Michael responde que só cabem 4 pessoas e o último lugar já foi ocupado por Sawyer já que ele ajudou na construção fornecendo cabos de aço. ("...In Translation")

Jangada em chamas.JPG

A primeira jangada em chamas.

Nessa mesma noite alguém bota fogo na jangada de Michael e esta é totalmente destruída. Michael se vira contra Sun acusando Jin de ser o responsável pela sabotagem e diz que quando encontrá-lo vai acabar com ele. No outro dia de manhã Sawyer aparece na praia trazendo Jin amarrado e assim que o vê Michael imediatamente parte pra cima dele e começa a bater em Jin. Depois de vários socos Michael só para de bater em Jin quando Sun grita e pede para que ele pare. Todos na praia ficam surpresos por Sun estar falando em inglês enquanto ela explica a todos que Jin não botou fogo na jangada e sim estava tentando apagar o fogo e até queimou suas mãos. Ninguém parece acreditar em Sun então Locke lembra a todos que eles não estão sozinhos na ilha. Michael examina os restos queimados da jangada lamentando o fato de não poder reutilizar nada quando Walt se aproxima se oferecendo para ajudá-lo a construir uma nova jangada. Mais tarde Jin se aproxima de Michael carregando vários bambus nos ombros e diz uma única palavra para Michael: "Barco". A partir de então Jin e Michael iniciam a construção de uma nova e melhorada jangada. ("...In Translation")

Enquanto constroem a jangada, Michael tem a ideia de construir um aparelho para que a localização da jangada se torne mais fácil em alto mar caso vejam algum navio e Jack diz que vai pedir Sayid construir. ("Numbers")

Hurley, Michael, e Jin estão jogando golfe no campo. Depois de Jin perder o jogo, ele dá um "piti", gritando em coreano. Quando Michael e Hurley tentam entender o que está acontecendo, Jin fala toda a verdade: ele está infeliz, não quer que tenham pena dele, ninguém o entende e ele está cansado das algemas. Quando Michael e Hurley finalmente saem, Jin senta, chorando e repetindo: "Eu sou tão sozinho". ("Jin Has a Temper-Tantrum On the Golf Course")

Michael está descansando na praia com Sawyer e Walt quando Kate aparece correndo pedindo pelas garrafas de bebidas de Sawyer para que Jack possa tratar de Boone que está gravemente ferido. Mais tarde Michael é convocado por Jack para ajudar a amputar a perna de Boone usando uma das fuselagens do avião, mas Michael não consegue ficar presente nesta cena e pede para sair. Jack concorda. Depois da morte de Boone, Michael está na praia quando Clair aparece carregando seu bebê recém-nascido.("Do No Harm")

Michaeljangada.jpg

Michael arrumando a jangada.

No dia seguinte Michael acompanha o funeral de Boone na praia quando Locke aparece e Jack o ataca culpando-o pela morte de Boone. Na construção da jangada, Walt faz perguntas sobre a segurança dela, e Michael tenta tranqüilizá-lo. ("The Greater Good")

Michael esta com Jack e Sawyer arrumando alguns últimos detalhes na jangada quando Arzt chega dizendo que eles devem partir o mais rápido possível pois os ventos estão soprando para o norte e em breve os ventos vão soprar para o sul e se a jangada sair com o vendo na direção do sul eles vão parar na Antártica. Mais tarde Kate se aproxima de Michael para pedir um lugar na jangada e ela dá a sugestão de em vez de levar Sawyer ele a leve no lugar já que ela sabe como velejar e Sawyer não sabe. Michael recusa e diz a Kate que ela não pode ir pois a jangada está lotada. Apesar de negar o lugar de Sawyer para Kate na jangada, Michael começa a pensar a respeito de deixar Sawyer e colocar Kate no lugar e diz isso para Sawyer que vai tirar satisfações com Kate. ("Born to Run")

Dr. Arzt está pegando um inseto quando Michael chega e pergunta sobre as condições do tempo para o lançamento da Balsa. Arzt então admite ter inventado toda aquela história sobre a temporada das monções porque queria que eles lançassem a balsa o mais cedo possível. Ele conta a Michael que foi para Sydney encontrar a mulher que conheceu na internet, que desapareceu durante seu primeiro jantar em um restaurante. A pior parte é, que ele poderia ter permanecido e visitar alguns bares em Sydney, mas em vez disso, ele reservou uma passagem de volta para Los Angeles: Voo Oceanic 815. Michael diz que gostaria de se sentir solidarizado por ele, mas que nenhum deles queriam estar na Ilha. Arzt pede desculpa por ter mentido e Michael sai, dizendo que a balsa está acabada e que eles estão indo para buscar ajuda. ("Tropical Depression")

Michael está trabalhando na jangada e pede para Walt uma garrafa de água. Pouco depois de beber água Michael começa a passar mal com uma fortíssima dor de barriga. Mais tarde ao analisar a garrafa Jack percebe que a água tinha sido contaminada e Michael logo desconfia de Sawyer. Michael então expulsa Sawyer da jangada acusando-o de envenená-lo e Sawyer diz que Kate foi a responsável e conta a todos que Kate é fugitiva e que faria qualquer coisa para fugir com uma nova identidade. Kate assume ser uma fugitiva que estava sendo levada presa pelo agente federal, mas que não tinha envenenado Michael. Michael não parece acreditar e aceita Sawyer de volta. Durante a noite Walt conta pro seu pai que foi ele quem queimou a primeira jangada pois ele não queria ir embora. Michael perdoa o filho e diz que se ele quiser eles não precisam ir embora. Walt esta sério e diz que eles precisam ir embora sim. ("Born to Run")

Jangada em alto mar.JPG

A segunda jangada parte.

Michael é acordado por Walt que está gritando sobre uma mulher que está no acampamento. Daniele então diz a todos que os Outros estão vindo para matá-los e que e eles devem se esconder pois da última vez que ela os viu eles roubaram o seu bebê e eles vieram logo depois de ela avistar no horizonte uma coluna de fumaça preta. Michael decide que é hora de partir com a jangada e ao tentar colocá-la no mar o mastro que sustenta a vela quebra. Michael culpa Sawyer pela quebra do mastro, mas antes que eles iniciem uma briga uma coluna de fumaça preta aparece no horizonte. Sawyer consegue um bambu grande o suficiente para construir um novo mastro e com a ajuda de todos os sobreviventes a jangada é concertada rapidamente. Sayid entrega para Michael um radar que ele arrumou do velho bimotor e um sinalizador para ser usado caso vejam algum barco. Finalmente a jangada fica pronta e todos se reúnem na praia para se despedir de Michael, Walt, Jin e Sawyer. Michael se despede de todos e dá um abraço sem jeito em Sun. Os quatro sobem na jangada e partem para o alto mar. ("Exodus: Parte 1")

Ao se afastar da ilha Michael fica supreso com o tamanho dela e se pergunta como ninguém encontar uma ilha daquele tamanho. Michael explica para Walt como funciona o radar contruido por Sayid e torce para alguém achá-los. Como um gesto de amizade, Jin dá a Michael o relógio que era de seu sogro e que causou a primeira briga entre os dois. Ele ensina Walt a manejar o leme e o deixa guiar um pouco quando Walt pergunta porque ele e sua mãe não ficaram juntos e Michael diz que eles queriam coisas diferente e que ele não esteve presente na infância de Walt pois a sua mãe não deixou e ela fez isso pois achou que era o melhor pra ele. Walt adminite que que sua mãe estava errada quando um troco que estava boiando no mar quebra o leme da jangada e por pouco não afunda. Sawyer consegue recuperar o leme e Michael consegue arrumar. ("Exodus: Parte 2")

1X24-RaftOthers.jpg

Os Outros encontram a jangada.

A noite cai. Sawyer decide ligar o radar para ver se há alguma embarcação próximo a eles. Uma luz no radar indica que há algo próximo e Sawyer quer disparar o sinalizador, mas Michael está na dúvida se aquilo é mesmo um barco ou se é lixo boiando. O sinal começa a se distanciar e Michael também decide disparar o sinalizador. Depois de alguns instantes de tensão uma luz se ascende não muito longe deles. Um barco está vindo na direção da jangada. Todos começam a comemorar achando que serão resgatados. Um homem que está na frente pergunta a Michael o que eles estão fzedno tão longe e Michael conta sobre o avião e a ilha. O homem age de maneira estranha e diz que eles terão que levar o garoto. Michael fica sério diz que ele não vão levar ninguém. O homem desliga a luz. Alguém dá um tiro em Sawyer e este cai na água. Michael fica desnorteado pela escuridão e não pode fazer nada quando três homens entram na balsa, batem nele, o jogam na água e sequestram Walt. Michael então vê quando uma mulher joga uma bomba na jangada e esta explode na frente de seus olhos. A única coisa que Michael pode fazer é gritar por seu filho equanto o Walt também grita por seu pai na parte de trás do barco e desaparece na escuridão da noite.("Exodus: Parte 2")

2ª Temporada

2x02 michael sawyer.JPG

Michael e Sawyer voltando a ilha.

Depois da balsa ser explodida pelos Outros, Michael grita constantemente por seu filho e acaba se afogando, Sawyer tira Michael da água e o coloca em um dos destroços da balsa e tenta reanima-lo com pancadas no peito e respiração boca-a-boca, depois de algumas tentativas Michael volta e continua a gritar o nome de seu filho, dizendo que mesmo que ele não pudesse fazer nada no momento para resgata-lo, Walt saberia que ele estaria vivo e iria salva-lo. Michael começa a culpar Sawyer pelo rapto do filho, dizendo que se não fosse o sinalizador nada disso teria acontecido, então manda Sawyer sair do destroço da balsa, mas é interrompido por uma pancada, que logo descobrem ser um tubarão. Os dois acham um dos pontões flutuando e Sawyer da arma para Michael atirar no tubarão caso o mesmo o atacasse enquanto nadava até o pontão, Michael mata o tubarão e os dois ficam no novo destroço até o amanhecer, então descobrem que a maré os levou devolta par a Ilha, eles pisam em terra firme e logo ouvem Jin gritando e aparecendo de dentro do mato, logo depois aparecem um pequeno grupo armado com porretes, referidos como Outros por Jin. ("Adrift")

Michaelpc.jpg

Michael falando com "Walt" pelo computador.

Michael, junto com Sawyer e Jin é golpeado por Eko e depois jogado em uma espécie de prisão, Michael pergunta sobre seu filho, mas nada é respondido, eles permanecem lá até que o grupo de cima decida o que fazer, logo após algum tempo e algumas perguntas são liberados por Ana-Lucia. Depois de visitar o acampamento dos outros sobreviventes na estação Flecha, todo o grupo seguiu em direção ao acampamento principal. No caminho, Michael fugiu para encontrar Walt, mas foi convencido a voltar por Jin e Eko, que asseguraram a ele que quando chegasse a hora certa, eles pegariam Walt de volta. ("...And Found")

A vontade de Michael de reencontrar Walt não passou e quando ele se comunicou com alguém que dizia ser seu filho através do computador da escotilha; pegou algumas armas e fugiu para a selva no norte da Ilha. ("The 23rd Psalm") Ele não foi muito longe, pois foi capturado pelos Outros, e levado ao acampamento deles. Lá, ele encontrou Ms. Klugh, que fez a ele muitas perguntas sobre o desenvolvimento de Walt. Foi permitido que ele visse seu filho por um breve instante. Depois de um emocionante reencontro, Walt foi novamente arrancado dos braços de seu pai, que caiu em lágrimas. Ms. Klugh, usando sua emoção, ofereceu a Michael um acordo. Se ele soltasse Ben que havia sido capturado pelos sobreviventes e levasse Jack, Kate, Sawyer e Hurley a eles, Walt seria libertado. Michael concordou desolado, mas disse que se cumprisse o trato, queria um barco. ("Three Minutes")

Michael está amarrado, quando Juliet entra. Ela diz a ele que o barco é dele, para que ele vá embora com Walt depois que tenha salvo Ben. Ela comenta que Walt é especial, que ele não é um menino comum e por isso que ela está preocupada com ele. Ela então revela que está feliz que Michael irá tirar Walt da ilha e assegura que Ben fará o que ele quer. Ela conta sobre o trato dela com Ben, sobre sua irmã. Ela menciona a lista de Michael e dá a ele boa sorte. (The Deal)

Michaelsangue.jpg

Danny Pickett tirando sangue do braço de Michael.

Fazendo seu caminho de volta para a costa da Ilha, Michael foi encontrado por Kate e Jack. De volta à estação Cisne, ele tinha tempo para cumprir sua missão. Para isso, ele atirou em Ana-Lucia, e também acidentalmente em Libby. Com a morte de Ana-Lucia e com Libby agonizando, Michael libertou o “Outro” conhecido como Ben, atirando em si mesmo no braço para convencer o restante dos sobreviventes que foi mais uma inocente vítima da periculosidade dos Outros. ("Two for the Road") Michael reuniu os sobreviventes pré-determinados para “resgatar Walt”, insistindo que fariam isso da sua maneira, além de recusar a ajuda de Sayid que era o mais qualificado para ajudar no resgate. Enquanto muitos dos sobreviventes ficaram sentidos com a história, Sayid não sentia o mesmo e confidenciou a Jack que acreditava que Michael tinha sido “comprometido”. Ainda que tivesse suas dúvidas, Jack concordou que somente ele, Kate, Sawyer, e Hurley precisariam ir naquela missão. Entretanto, antes de sair na missão, secretamente Jack deu a Michael uma arma sem balas. ("Live Together, Die Alone")

Na selva, Michael e os outros encontram um grande pássaro que deu um golpe repentino no grupo. Michael instintivamente atirou no pássaro e percebeu que seu cartucho estava vazio e quando Jack se ofereceu para recarregar a arma, Michael percebeu que Jack estava suspeitando dele. O grupo foi escoltado por dois dos Outros, um dos quais foi morto por Sawyer. Aquele que sobreviveu, fugiu do grupo, o que fez com que Michael e Jack ficassem com medo de que os Outros descobrisse seu plano. ("Live Together, Die Alone")

Michaelreencontrowalt.jpg

O reencontro de Michael e Walt, antes deles partirem da ilha.

Jack então disse que os Outros já haviam sido avisados porque Michael havia traído o grupo. Michael pediu desculpas e pediu para que eles entendessem suas razoes, mas nenhum deles pode perdoá-lo, principalmente Hurley, que o obrigou a admitir sua participação nas mortes de Ana-Lucia e Libby. Enquanto andava pela selva, o grupo foi emboscado pelos Outros, e todos foram feitos reféns. O grupo foi levado para o píer da Balsa Pala, onde Ben mostrou sua autoridade como líder dos Outros.

Ben reconheceu que Michael cumpriu sua palavra e lhe devolveu Walt junto com o barco que tinha prometido. Ben disse a que Michael que viajando na coordenada 325 da bússola, ele e o filho encontrariam resgate. Michael perguntou a Ben como ele poderia ter certeza de que ele não diria às pessoas onde os Outros estavam e Ben respondeu que ele não ia correr o risco de que todos ficassem sabendo o tipo de coisa que ele fez para ter seu filho de volta. ("Live Together, Die Alone")

Michael também fez a pergunta que estava na ponta da língua de todos os sobreviventes: quem os Outros realmente eram. Com a sinistra resposta de Ben de que eles eram os "mocinhos", Michael e Walt deram partida no barco e partiram do píer. Enquanto Walt olhava para seus amigos capturados, Michael manteve seu olhar no horizonte – deixando a Ilha com seu filho. Mesmo depois de tudo o que teve que fazer, na cabeça de Michael, os dois estavam juntos novamente. ("Live Together, Die Alone")

Depois da Ilha

Em Nova Iorque

Tomado de culpa pelo assassinato de Libby e Ana Lucia, Michael tenta se matar jogando seu carro contra uma parede. Michael acorda em um hospital e Libby entra, contudo, tudo não passa de um sonho. Michael acorda novamente e uma enfermeira entra no quarto, se oferecendo para chamar Walt, cujo nome estava em um bilhete preso à camisa de Michael, endereçado a Walt.

Meetkevin176.jpg

Michael no hospital.

Algum tempo depois, Michael vai até a casa de sua mãe, que está tomando conta de Walt. Sua mãe diz que não entende como eles conseguiram sobreviver a um desastre aéreo dois meses atrás, e como chegaram ao continente. Ela também não entende o porque de Walt estar tão entristecido. Michael deixa sua mãe e segue até uma loja de penhores, onde vende o relógio que Jin lhe havia dado em troca de uma arma. No beco atrás da loja, ele se prepara para cometer suicídio quando Tom o impede, dizendo que Michael tem um trabalho a fazer. Neste momento, Tom percebe que a razão pela qual Walt não quer mais ver o pai se deve ao fato de Michael ter contado ao filho sobre o assassinato de Libby e Ana Lucia. Tom também diz a Michael que não importa o que ele faça, a "ilha" não o deixará se matar.

Michael volta a seu quarto de hotel, onde tenta dar um tiro na cabeça, mas a arma não dispara, apesar de estar carregada. De repente, na televisão surge a notícia de que os destroços do voo Oceanic 815 foram encontrados no fundo de uma vala no oceano, e que todos os passageiros estão mortos. Michael então vai até o quarto de hotel de Tom, que está acompanhado de outro homem, supostamente um amante. Tom diz a Michael que ele irá se disfarçar como um ajudante chamado Kevin Johnson a bordo de um cargueiro patrocinado por Charles Widmore, que partirá de Fiji.


No Cargueiro

Michaelandthebutton.jpg

Michael após apertar o botão da bomba

Michael chega a Fiji e encontra Minkowski, Naomi e Miles quando embarca no cargueiro. Assim que entra no barco, percebe uma caixa com seu nome o esperando, e recebe uma última ligação de Tom antes de iniciar sua "missão".

Já navegando, conhece Frank Lapidus que diz que o naufrágio do Oceanic 815 é uma fraude. Mais tarde, vê alguns tripulantes do cargueiro praticando tiro ao alvo com armas automáticas, e os questiona, dizendo: "Pensei que está era uma missão de resgate". Os tripulantes fazem pouco caso e continuam atirando. Mais tarde, em seu quarto, abre a caixa que lhe havia sido endereçada, e descobre uma pasta contendo explosivos. Michael então leva a pasta áté a sala das máquinas do cargueiro e se prepara para ativar o contador, quando Libby aparece dizendo para Michael não fazer aquilo. Michael ignora a aparição e insere o código de acionamento, só que os explosivos não detonam. No lugar de uma explosão, surge um bilhete onde se lê: "AINDA NÃO".

4ª Temporada

Algum tempo depois, Michael é chamado por Minkowski, que diz que ele tem uma ligação do continente. Michael replica, dizendo que ninguém sabe que ele está ali, mas Minkowski insiste, e diz que quem está ligando é alguém chamado Walt. Sozinho na sala de rádio, Michael descobre que na verdade é Ben quem está ligando da ilha. Ben então lhe diz para permanecer a bordo e desabilitar o rádio e depois a sala das máquinas, explicando que alguns dos tripulantes do cargueiro são inocentes e que ele, Ben, não mata inocentes mesmo estando em guerra, ao contrário de Charles Widmore. ("Meet Kevin Johnson")

Michaelon.jpg

Kevin Johnson é revelado como sendo Michael

Desmond e Sayid são levados até uma nova sala por Ray, o médico do cargueiro. Ele abre a porta da sala e Sayid percebe várias baratas e uma mancha de sangue na parede. Ray reclama que isso já deveria ter sido tirado e chama o faxineiro Kevin para limpar. Kevin diz que não pode agora, mas Ray o manda limpar. Kevin começa a andar pelo corredor e quando seu rosto sai das sombras, Desmond e Sayid o reconhecem como sendo Michael. Michael se introduz como sendo Kevin Johnson e cumprimenta Sayid e Desmond, que por sua vez, mantém a postura apesar de estarem muito confusos. ("Ji Yeon")

Depois dois homens tentam deixar o barco, e o Capitão Gault surra os dois e diz que está tentando "salvar" todos do barco do mesmo destino de Minkowski e Brandon. Ele manda que Michael limpe a sujeira. Todos deixam o local e Sayid, pergunta porque Michael está no barco, ele responde que está lá para morrer.

Michaelhurts.jpg

Michael é ajudado por Frank

Sayid e Desmond descobrem mais tarde que Michael está na sala de motores, e vão falar com ele, que está acompanhado. Sayid diz que o capitão os mandou para ajudar, e o companheiro de Michael sai da sala. Michael diz que eles não deveriam estar ali. Sayid o agarra, Michael diz que ele não entenderia, Sayid diz que entenderia perfeitamente e ordena que ele conte como foi parar no Cargueiro. Michael conta tudo que foi visto nos flashbacks à Sayid e Desmond. Sayid pergunta se ele está trabalhando para Ben. Michael confirma, e Sayid o domina com uma chave de braço, o levando para a sala do capitão. Lá, Sayid diz à Gault: "Esse homem não é quem você pensa. Ele era um passageiro do voo 815. Passei dois meses com ele, quando ele nos traiu. Ele que sabotou sua sala de rádio, destruiu os motores e seu nome não é Kevin Johnson. É Michael Dawson, e ele é um traidor" ("Meet Kevin Johnson")

Quando Keamy retorna ao cargueiro com os mercenários feridos seguindo-se ao ataque às Barracas, ele questiona se Gault seria quem passou informações suas a Ben. Gault o leva para ver Michael, que havia sido mantido preso após ser delatado por Sayid. Quando Michael admite ter passado a Ben as informações, Keamy tenta matá-lo, apertando o gatilho da arma por diversas vezes. Então, ele deixa Michael inconsciente. Depois, Frank Lapidus vem para libertar Michael. Eles discutem rapidamente, com Michael insistindo que Keamy mataria todo mundo na Ilha. Logo, Michael é levado para o maquinário do cargueiro. ("Cabin Fever")

Depois de Jin, Sun e Dan chegarem ao navio, Desmond informa Michael que o motor está consertado. Ele então tenta se explicar para Sun e Jin, e tenta dizer que que não está trabalhando para o Ben, ao invés de reparar seus erros anteriores. Então, Desmond o chama, tendo descoberto um grande depósito de C-4 na sala de comunicações. ("There's No Place Like Home: Parte 1")

Enquanto tenta impedir a explosão, Michael percebe que eles terão que congelar a bateria com nitrogênio líquido. Infelizmente, só há um cilindro da substância disponível. Michael atrasa a detonação ao congelar a bateria coectada ao C-4, mas é incapaz de adiá-la indefinidamente em razão do equipamento de Keamy e da morte deste. Enquanto o tempo se aproxima o momento da explosão, Michael convence Desmond e Jin a deixar a sala de comunicação. Logo depois que Jin parte relutante, Christian Shephard aparece para Michael, dizendo-lhe que ele pode "ir agora". ("Meet Kevin Johnson") (em referência ao fato de a Ilha manter Michael vivo). Michael ao ver Christian, uma pessoa desconhecida para ele, pergunta "Quem é você?". O cargueiro explode, matando Michael. ("There's No Place Like Home: Parte 2")


Curiosidades

  • Quando Keamy vai atirar em Michael no episódio "Cabin Fever", sua arma falha, pois como foi visto em "Meet Kevin Johnson", ainda não está na hora de Michael morrer.
  • Michael foi o décimo personagem a ter um flashback.
  • Até o episódio "There's No Place Like Home: Parte 2" o número de episódios de Michael é 47.
  • Michael foi o personagem que mais apareceu em mobisódios, junto com Jack, sendo 5.
  • Michael é o único arcanjo designado na Bíblia. Ele também é conhecido como o grante príncipe; Na época do Apocalipse, ele irá resgatar todos cujos nomes estão no livro, uma possível referência a lista de Jacob.
    • Ele aparece em uma visão do profeta Daniel enquanto os Israelitas são escravos na Babilônia.
    • Ele também lidera uma batalha no Livro da Revelação.
  • Michael é o primeiro sobrevivente a saber que o nome verdadeiro de "Henry Gale" é Ben. ("The Deal")
  • Michael foi o primeiro membro do elenco principal da série que saiu do programa e retornou mais uma vez como personagem principal.


Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória