Fandom

LOSTpédia

Martin Keamy

Redirecionado de Keamy

3 425 páginas
nesta wiki
Adicione uma página
Falar0 Compartilhar

Martin Christopher Keamy é um mercenário e o líder da equipe militar que viajou para a Ilha a bordo do cargueiro Kahana. Ele alegou ser de Las Vegas, Nevada. ("The Constant") Ele ostenta pelo menos duas tatuagens, uma em cada ombro. É o líder dos assassinos dos Time K.

Antes do Cargueiro

De acordo com Ben, Keamy serviu como primeiro sargento da Marinha dos Estados Unidos entre 1996 e 2001. Desde então passou a trabalhar para diversas organizações mercenárias, tendo seu trabalho mais significativo em Uganda. ("The Shape of Things to Come")

4ª Temporada

No Cargueiro

Keamy é visto praticando tiro ao alvo com armas semi-automáticas junto com Omar e os outros membros da tripulação. ("Meet Kevin Johnson")

Lost-20080304004033705.jpg

Keamy tira o telefone de Desmond.

Após a chegada de Frank, Sayid, e Desmond no cargueiro, Keamy questiona Frank sobre o porquê dele ter trazido os dois com ele. Quando Desmond começa a gritar e agir desordenadamente, ele e Omar o levam para baixo, para a enfermaria do navio, depois vão chamar o médico, trancando Desmond com Minkowski, que também apresenta os mesmos sintomas. Keamy e Omar retornam para a enfermaria após ouvirem o alarme de emergência médica. Os dois dominam Frank, Sayid, e Desmond, e tiram de Desmond o telefone por satélite. Keamy prende Sayid e Desmond na enfermaria e levam Frank para o capitão. ("The Constant")

Quando está saindo do navio, Keamy encontra Frank levando algo para dentro. Ele lembra o piloto para não se atrasar e estar de volta a tempo. Lapidus diz que estará. ("Ji Yeon")

Após partir pela segunda vez em direção à Ilha, desta vez com a missão de executar o protocolo secundário, Keamy sabota o navio ao atrelar um dispositivo em seu braço esquerdo, descobre-se então que tal dispositivo está ligado a uma carga de explosivos dentro da sala de comunicação, na qual em caso de morte ou falha na missão dos mercenários, o dispositivo aciona remotamente os explosivos, destruíndo o navio. ("There's No Place Like Home: Parte 1")

MartinKeamy.jpg

Keamy fala com Ben e ameaça matar Alex.

Na Ilha

Ele e outros mercenários são responsáveis pela morte de Karl e Danielle. ("Meet Kevin Johnson") Eles pegaram Alex como isca, para que Ben saisse de sua casa. Entretanto, Ben permaneceu firme em sua decisão, renegando os sentimentos para com sua filha, de modo a tentar manipular o mercenário. Keamy então atira na cabeça de Alex, matando-a. Ben fica atônito, mas numa súbita mudança de atitude, corre para dentro do quarto secreto e instantes depois, o Monstro aparece para atacar os mercenários do cargueiro. Keamy pode ser ouvido repetidamente ordenando seu pelotão a se retirarem, mas é desconhecido como ele conseguiu escapar.("The Shape of Things to Come")  ("Dead is Dead")

Keamy, então, aparece ileso, com o resto dos mercenários atrás dele, procurando por qualquer sobrevivente. Ele, então, encontra Frank, que insiste que eles devem retornar ao helicóptero antes do anoitecer. Keamy, relutante, concorda, mas quase descobre Miles, Sawyer e Claire nos arbustos devido a um choro de Aaron. ("Something Nice Back Home")

De Volta ao Cargueiro

Frank leva Keamy e os demais mercenários de volta ao Kahana no helicóptero. Lá, Keamy ameaça o capitão Gault com uma arma, acreditando que Gault contou a Ben sobre o seu perfil; Gault diz a Keamy que na verdade foi Michael que o entregou a Ben. Keamy em seguida enfrenta Michael e tenta atirar duas vezes nele, mas a arma falha em ambas tentativas. Keamy pondera após ouvir do capitão que ele é o único a bordo capaz de consertar os motores do navio.

Logo após, Keamy enfrenta Gault e toma na força a chave que ele carrega em seu pescoço. Então ele a usa para abrir um cofre dentro da cabine, de onde ele retira uma uma pasta que contém, em suas próprias palavras, o "protocolo secundário". Keamy afirma que a pasta lhe permitirá encontrar Ben, insinuando que Charles Widmore sabe para onde Ben iria. Então ele pede num tom ameaçador para Gault consertar a sua arma, daí ele deixa a cabine.

Keamy começa a fazer as preparações para retornar a Ilha. Ele ordena que Frank reabasteça o helicóptero, depois se vê Omar o ajudando a colocar um dispositivo eletrônico preso a seu braço. A noite, Keamy e a equipe de mercenários se arrumam, reunem suas armas, e se preparam para entrar no helicóptero. Frank se recusa a levá-los, acreditando que Keamy planeja mstar todos na Ilha. Keamy o ameaça de morte, mas ao invés disso, ele mata o Dr. Ray degolando o seu pescoço. Frank se mantém relutante, então keamy ameaça derramar mais sangue inocente. Neste momento, o Capitão Gault armado com uma pistola o rende, mas ele paraliza ao ver o equipamento em seu braço. Enquanto Gault se distraí perguntando sobre o que significava tal equipamento, Keamy saca rapidamente uma arma e atira duas vezes em seu abdome, matando-o. Frank, ao ver tamanha violência, concorda em levar Keamy e sua tropa de volta à Ilha. ("Cabin Fever")

Na Ilha Novamente

Após chegar à Ilha, Keamy e os demais mercenários algemaram Frank a um assento do helicóptero para certificarem-se que ele não irá escapar e deixá-los para trás. Eles continuam a seguir em direção a Orquídea. Após chegarem, andam silenciosamente enquanto esperam pela chegada de Ben. Quando Ben já chega se rendendo, então Keamy aponta uma arma para a sua cabeça, e depois forçosamente o faz desmaiar com uma coronhada. ("There's No Place Like Home: Parte 1")

TNPLH76.jpg

Ben olhando o cadáver de Keamy.

Keamy e sua equipe voltam ao helicóptero com Ben. Keamy pergunta para Ben o porquê do Sr. Widmore lhe pagar tanto dinheiro apenas para trazê-lo vivo para fora da ilha. Ben, prontamente o responde com uma pergunta - "O Sr. Widmore disse para que matassem a minha filha?". Chegando ao helicóptero, Keamy nota Frank tentando abrir suas algemas, enquanto indaga Frank gritando sobre quem lhe deu a caixa de ferramentas estavam lá, Kate aparece correndo vinda do mato, ela dizia estar sendo perseguida pelos Outros. Keamy ordenou a Lacour, Kocol e Redfern a se posicionarem em defesa avançando pelo mato, logo após ordenara a Ben e Kate a ficarem de joelhos com as mãos na cabeça. Enquanto os homens se afastavam do helicóptero, iam se revelando mais vulneráveis, e assim foram atacados de surpresa pelos Outros, sendo abatidos um por um, até que Keamy e Omar foram cercados. Enquanto isso Kate chamava a Ben para correrem dali, Keamy chega a reparar nos dois fugindo, porém antes de partir correndo atrás deles, Frank o alerta para uma granada ao seu pé. Keamy se desespera e a chuta para o lado aonde está Omar, que o mata ao explodir. Não lhe restando outra alternativa, Keamy sozinho começa a perseguir Ben e Kate que correm para a mata. Em meio à perseguição Sayid o intercepta e os dois lutam ferozmente. Depois de ser esfaqueado por Sayid, Keamy consegue derrubar-lo no chão e começa a estrangulá-lo com um galho quando é atingido por 4 tiros pelas costas, sendo aparentemente morto, por Richard.

Mais tarde, no entanto, Keamy chega à Orquídea sangrando muito, mas armado com a mesma faca que o ferira anteriormente. Sabendo da sua inferioridade, provoca Ben se referindo a Alpert como o seu "namorado" e como "covarde" por ter-lhe atirado pelas costas, deixando claro para Ben atirar na sua cabeça dessa vez se quisesse matá-lo, revelando que o seu colete havia absorvido grande parte do impacto das balas. Diz então que havia feito um "pequeno seguro de vida" abrindo o seu braço esquerdo e mostrando o dispositivo "gatilho do homem-morto", revelando a Ben que muitas pessoas inocentes morreriam se o cargueiro explodisse com a sua morte. Por último desafia-o, dizendo que este não seria um blefe, lembrara a Ben sobre como matou Alex e o que isso representou para de negativo para Ben quando Locke surge. Ele diz que não tem nenhum conflito com Keamy, e solicita que baixe a faca. Keamy mostra-se confuso com a aparição de Locke e, num momento relutante, Ben aparece e o golpeia com o cassetete desarmando-o, depois pega a sua faca e o esfaqueia por 2 vezes na garganta, ferindo-o mortalmente. Antes de morrer, ele diz que Charles Widmore nunca iria parar de procurar por Ben ou pela Ilha. Sua morte então causa a explosão do Kahana. ("There's No Place Like Home: Parte 2")

Realidade Paralela

Martin Keamy trabalhava com um agiota em Los Angeles.

Antes do Voo 815

Keamy emprestou dinheiro para Omer, o irmão de Sayid Jarrah, para que Omer pudesse abrir uma filial de seu negócio de lavagem seca. Apesar de Omer lhe pagar o empréstimo, Keamy tenta extorquir mais dinheiro, dizendo que o empréstimo não foi totalmente pago. ("Sundown")

Em troca de um relógio e US$25 mil, Keamy foi contratado pelo Sr. Paik para matar Jin por ter uma relação sexual com sua filha. Paik mandou Jin para Los Angeles para entregar o relógio e o dinheiro para Keamy. ("The Package")

Depois do Voo 815

O dinheiro que Keamy deveria receber de Jin foi confiscado pelos guardas do aeroporto. Keamy foi até o hotel de Jin para ganhar seu pagamento e ficou desapontado ao saber que o dinheiro não estava com ele. Sun, que viajou a Los Angeles com Jin, prometeu pagar Keamy com o dinheiro de sua conta no banco. Enquanto Sun foi pegar o dinheiro, Keamy levou Jin para um restaurante que tinha acesso, e amarrou Jin em uma cadeira dentro do freezer. Sabendo que Jin era incapaz de entendê-lo, Keamy falou para Jin que sua intenção era de matá-lo seguindo as ordens do Sr. Paik. ("The Package")

Enquanto Omer se recuperava dos ferimentos no hospital, Sayid foi abordado em frente à casa de seu irmão e foi coagido a acompanhar os capangas de Keamy, dentre eles Omar, até uma cozinha de um restaurante, aonde Keamy o esperava para dessa vez extorqui-lo sobre o empréstimo feito a Omer. Sayid atirou no peito de Keamy depois de atirar em Omar e usar o outro capanga de Keamy como escudo no tiroteio que se seguiu. Presume-se que todos os três morreram. Logo após o tiroteio, Sayid ouve barulhos, e encontra amarrado a uma cadeira Jin dentro da câmara frigorífica de Keamy. ("Sundown")

6x10 JinAndKeamy.jpg

Keamy amarra Jin dentro da sala frigorífica.

Keamy ainda estava vivo, apesar de gravemente ferido e agonizando, quando Sun e Mikhail Bakunin chegaram ao restaurante. Keamy notou a presença de Jin, que havia escapado do freezer, e que chega por trás de Mikhail com uma arma apontada para a sua nuca pedindo em coreano que ele se desarme. Como Mikhail foi pego de surpresa, Keamy balbucia para que ele então se vire. Mikhail o fez sem se desarmar e depois de um breve confronto, foi baleado por Jin no olho direito, matando-o, entretanto Sun acabou também sendo baleada nesse confronto. ("The Package")

Curiosidades


Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no Fandom

Wiki aleatória