FANDOM


  Wrench logo mini.png
Artigo ou seção sob construção.
São esperadas frequentes revisões, traduções e/ou complementações a esse conteúdo.
Wrench logo mini.png  
Island.jpg

A Ilha vista na 1ª Temporada, episódio "Exodus: Parte 2"

A Ilha é o local principal para os acontecimentos de Lost. A Ilha é frequentemente tratada como se fosse um personagem, com seus próprios desejos e intenções. A Ilha exerce "poderes" incomuns, que podem atingir muito além de seu território geográfico, no mundo exterior. A Ilha é notoriamente difícil de ser encontrada e pode aparentemente "se mover", de algum jeito desconhecido. A Ilha aparentemente esteve no Pacífico Sul em alguma parte de sua história, mas como ela frequentemente se move, sua localização atual é desconhecida.

História

Antigamente

Statue 5x08.jpg

A Estátua.

Pouco é conhecido da história da Ilha. Existem restos de uma estátua, um Templo, um poço que guia a uma roda congelada, juntamente com outras ruínas. ("Live Together, Die Alone")  ("Stranger in a Strange Land")  ("There's No Place Like Home: Parte 2")("This Place is Death") Isso tudo sugere que uma cultura significante estava presente na Ilha em algum ponto do passado.

Hieróglifos estão gravados em vários lugares ao redor da Ilha, como na sala da roda congelada, no Templo e na porta secreta de Ben abaixo de sua casa na Vila. ("The Shape of Things to Come")  ("There's No Place Like Home: Parte 2")  ("This Place is Death")

Lost wall l.jpg

A Porta Secreta de Ben.

Aparentemente, os primeiro moradores da Ilha foram Jacob e seu Inimigo. Segundo o Inimigo, frequentemente Jacob "trazia" visitantes para a Ilha antes do naufrágio do Black Rock. ("The Incident")

Os primeiros visitantes conhecidos na Ilha são os tripulantes(entre eles Ricardo) do Black Rock. Eles chegou na Ilha em 1867("Ab Aeterno") A tripulação consistia em Magnus Hanso, Jonas Whitfield, outros tripulantes, Ricardo, Ignacio e outros escravos. O mapa da Escotilha diz que restos de Magnus Hanso estão em algum lugar da Ilha. ("Exodus")  ("Lockdown")  ("The Brig")

Os esqueletos de duas pessoas conhecidas como "Adão e Eva" foram achados em uma caverna. Jack estimou seu tempo de decomposição os colocando na década de 50 ou 60; contudo, os produtores disseram que a presença de Adão e Eva está relacionada com o aspecto de viagem temporal da série. Mas a origem dos esqueletos é na verdade da mãe de Jacob e do homem de preto e o outro esqueleto, do próprio homem de preto. (Ep/6x15) ("House of the Rising Sun") Finalmente, foi dito por Juliet que Richard Alpert sempre esteve na Ilha.("Jughead")


Exército dos Estados Unidos

A Ilha foi uma de várias do Oceano Pacífico designadas a testes nucleares pelo Exército Americano nos anos 60. Contudo, um grupo de 18 soldados de um batalhão do exército foram mortos pelos Hostis sob a ordem de Jacob. Antes dessa derrota, os soldados levaram uma bomba à Ilha, chamada "Jughead". Seguindo as instruções de Daniel Faraday, a bomba foi coberta com concreto e enterrada em algum lugar da Ilha para evitar sua detonação. ("Jughead")

Iniciativa DHARMA

Purge.jpg

A Purgação.

Um novo grande período de atividade humana na Ilha começou nos anos 70 por causa da Iniciativa DHARMA. Projetos de construções começaram a ser realizados pela Ilha, incluindo uma série de estações. Eles também construíram uma comunidade conhecida como A Vila. Túneis foram cavados, juntamente com vários projetos de construção de estradas. A Ilha também foi equipada com aparelhos de comunicação.

Charles Widmore estava liderando seu grupo de pessoas, possivelmente nativos, durante essa época. Ben ajudou o fim da Iniciativa acontecer, evento conhecido como A Purgação. Isso resultou em várias mortes de quase todos os membros da Iniciativa. A Purgação ocorreu dia 19 de dezembro de 1992, o aniversário de Ben. Ben se tornou o líder dos Outros.

Náufragos

Tailsectionsink.jpg

A cauda do avião submerge.

  • Em algum tempo durante 2001, Desmond Hume ficou preso na Ilha durante uma corrida ao redor do mundo com seu barco "Elizabeth". Ele entrou em uma tempestade e desmaiou, e foi resgatado por Kelvin Inman. Dia 31 de dezembro de 2004, depois de mais de três anos na Ilha, Desmond foi resgatado junto com os Oceanic Six.
  • O balão de Henry Gale caiu na Ilha em julho de 2004. Henry Gale sobreviveu à queda por tempo suficiente para escrever um bilhete à Jennifer.
  • Em 22 de setembro de 2004, o voo 815 da Oceanic Airlines caiu na Ilha durante um evento eletromagnético ocasionado por Desmond Hume ao não apertar o botão na estação O Cisne na Ilha. Dos 324 passageiros, pelo menos 71 sobreviveram.
  • Em 17 de dezembro de 2004, Naomi Dorrit caiu de para-quedas na Ilha depois de seu helicóptero cair. Alguns dias depois, o time científico do Kahana e o time mercenário foram até a Ilha. Naomi e os mercenários foram eventualmente mortos. Os três membros do time científico ficaram presos na Ilha depois da explosão do Kahana, enquanto o piloto Frank Lapidus escapou com os Oceanic Six. ("There's No Place Like Home: Parte 2") Mais tarde, Charlotte morreu e Daniel Faraday conseguir sair da Ilha por um tempo desconhecido até voltar e ser assassinado.


Geografia

Islands.jpg

A Ilha principal vista da Ilha da Hidra, revelada por Ben a Sawyer.

Map3.jpg

Um dos mapas da Ilha de Danielle Rousseau.

O tamanho da ilha ainda não foi determinado. Seu diâmetro aparenta ser uma caminhada de vários dias, como demonstraram os sobreviventes da cauda em sua viagem para se juntar aos da fuselagem, também pelo retorno de Kate e Sawyer da Ilha da Hidra, e pela jornada de Kate, Locke, Sayid e Rousseau primeiro à Chama e depois à vila dos Outros. Com a revelação do satélite na ilha, é provável que nenhum dos Losties tenha circunavegado inteiramente a ilha tão longe. Baseado nesses fatos, a ilha é maior que 20 milhas em um lado, mas exatamente o quão larga ela é ainda é impossível de definir-se. De acordo com a escala dos mapas de Rousseau são 24 quilômetros (35, 65 milhas) de comprimento ao longo de um lado.

A ilha tem diferentes zonas geográficas. Há uma faixa litorânea bem distinta. A maior parte aparenta compreender a praia, mas há alguns lugares meio rochosos e de difícil locomoção, como a enseada onde Kelvin guardou o barco de Desmond. Também aparecem penhascos que dão de cara com o mar, como o lugar de onde Dave é visto pulando.

A floresta e a selva parecem compor a maior parte do interior da ilha. Embora pareçam ser a mesma coisa, há algumas diferenças entre elas. A floresta parece ser mais escassa com arvores menores, enquanto a selva parece ser mais densa com mais videiras pendendo sobre as arvores.

Em um platô nos montes está o Campo de Golfe original da ilha. As Cavernas ficam localizadas nesses montes também.


Os penhascos podem ser vistos no mapa de Ben, assim como em algumas cenas. Jack é salvo por Locke de cair de um penhasco.

Há montanhas por toda a ilha, incluindo pelo menos um vulcão no sul. Há dois cumes principais, ambos vão do norte ao sul.

O vale entre os cumes contém rios, córregos e cachoeiras.

Campos abertos são comuns na ilha, assim como onde Shannon traduz o sinal francês, e onde Hurley e Charlie andam na van da DHARMA. Eles aparentam estar na maioria das vezes dos lados dos montes.

Locais

Artigo Principal: Portal:Locais

Alguns locais na Ilha foram formados ambos pelas ações da Iniciativa DHARMA, Os Outros, e outras várias influências, sejam elas humanas ou sobrenaturais.

Muitos dos locais na Ilha são geologicamente baseados. Outras localidades foram criadas pelos sobreviventes em resposta a certos acontecimentos. Para esses locais, o nível de mistério que os circunda é mínimo. Na ordem em que eles são apresentados, eles são os seguintes: O Acampamento, o Cemitério, as Cavernas, o Esconderijo da Rousseau, o Campo de Golfe, a Cachoeira, a Horta, a Enseada, o O Buraco, a Igreja, a Tenda de Meditação, e o Túmulo do Eko.

Localidades advindas da Iniciativa DHARMA

A Iniciativa DHARMA construiu uma série de instalações em toda a Ilha. Numa finalidade da Ilha, há uma série de estações de ciências. As estações conhecidas são: O Cisne (originalmente um laboratório de pesquisas magnéticas), O Cajado (estação médica), A Flecha (terminal de suprimentos), A Chama (comunicação), A Pérola (observação das outras estações), A Tempestade (usina elétrica e química) e A Orquídea (estação de viagem no tempo e espaço). Todas essas estações, exceto por uma que parece um armazém (A Chama) e um depósito (A Flecha) são subterrâneos. A usina, possui um andar em nível terrestre e um subterrâneo. A Orquídea, possuí um andar botânico de fachada, um local subterrâneo e uma sala congelada abaixo de tudo, com uma Roda Congelada, provavelmente o local mais subterrâneo da Ilha. A Iniciativa construiu também na Ilha uma porta de metal com uma parede de rochas atrás, conhecida como A Porta (fachada). Próximo à costa da Ilha, há O Espelho que fica submerso. Uma doca instalada conhecida como Balsa Pala existia para movimentar pessoas entre as estações listadas e outras instalações.

Ainda na Ilha principal, há um local conhecido como O Templo, segundo o último remanescente da Iniciativa DHARMA, é o único lugar seguro da Ilha, e sabe-se que é construído pela DHARMA, pois um símbolo desconhecido foi visto num mapa feito pelo mesmo.

Na Ilha da Hidra há a estação chamada A Hidra (pesquisas zoológicas), que diferentemente das outras instalações é principalmente no chão.

Na área do Rocha Negra há uma Torre de Rádio construída pela Iniciativa DHARMA. A Torre de Rádio foi designada para a transmissão de sinais num círculo contínuo para longas distâncias.

Próximo ao centro da Ilha principal há casas fixadas no chão com energia elétrica e água, circundados por uma Cerca Sônica. Após a Purgação, o grupo conhecido como Os Outros, composto por nativos, remanescentes da DHARMA, recrutados e sequestrados, tomou posse desta vila, conhecida como Barracas.

Noutra parte da Ilha, há uma vila, provavelmente construída pelos nativos conhecidos como Os Hostis (antes deles tomarem posse das Barracas) por ser bem rústica, mas também é provável que tenha sido construída pela DHARMA porque A Porta está localizada nessa vila, conhecida como Vila Falsa.

Outros locais

Existem outros locais que possuem um certo nível de mitologia. A especulação sobre a origem destes locais torna seu nível de mistério na Ilha maior que o dos locais geográficos e que o dos locais dos Sobreviventes, mas não os torna insuperáveis na Ilha. Estes locais são os seguintes, na ordem que apareceram na série: a Vila Falsa, a Porta, O Depósito de Cápsulas, A Pedreira, e o Esconderijo da Alex.

Alguns outros locais na ilha pedem mais explicações. Estes locais foram feitos ou pelos moradores anteriores da Ilha, ou a Iniciativa DHARMA, mas em todos os casos suas origens e significados são misteriosos e não podem ser esclarecidos no momento. Na ordem que apareceram na série, são os seguintes: o Território Negro, A Ponte, O Bimotor, o Navio Black Rock, o Balão, a Estátua, e a Caverna dos Ursos.

Flora e fauna

Artigo Principal: Animais

A Ilha tem um número de espécies animais não nativas do Mar do Sul incluindo javalis. Alguns animais não-nativos fazem aparições individuais na Ilha, tal como o cavalo negro da Kate, o gato Nadia de Mikhail, e um pássaro. Galinhas selvagens, abelhas, e sapos de árvore foram vistos pelos sobreviventes. Os Outros também mantinham um gado na Chama, e Bea Klugh tinha um cavalo.

Do mar, vários tipos de peixes e mariscos proveram utilidades para sustentação. Sun deu a Jack uma agulha de um ouriço-do-mar para a transfusão de Boone.

A Iniciativa DHARMA trouxe certos animais não-nativos como o Urso Polar para a Ilha da Hidra, onde os animais eram modificados para um grau desconhecido. Durante a purgação, os Ursos Polares ficaram livres e fizeram seus lares na Ilha principal. Um tubarão para experimentos da Iniciativa foi visto no mar, e foi dito que golfinhos foram usados também para esse fim.

A Ilha está também na trajetória de migração das gaivotas.

Dentre a vasta vegetação da Ilha, existe uma grande variedade de frutas como mangas, mamão e goiabas.

Veja: Comida

Mares, correntes e navegação

A Ilha contem uma variedade de características magnéticas. Essas características parecem criar um desvio local significante na direção das bússolas o que faz com que a navegação seja dificultada. A única pessoa que se tem conhecimento de que deixou a Ilha recebeu instruções para sair com a Balsa Pala e manter a direção de 325 para alcançar as rotas marítimas foi Michael. Outra pessoa, Desmond, tentou navegar para longe da Ilha velejando para oeste mas acabou velejando em círculos e de volta a Ilha.

As mares na Ilha cresceram dramaticamente no outono de 2004 em direção a praia. Elas parecem ter permanecido ao nível alcançado desde aquela época. Mares não usuais podem também contribuir para problemas de navegação. Quando vários dos sobreviventes do acidente aéreo tentaram deixar a Ilha por meio de jangadas através de mares ou dificuldades de navegação, eles pareciam estar se movendo em círculos ao redor da Ilha ao invés de sair para mar aberto.

Propriedades de cura

Artigo Principal: Propriedades de Cura

A Ilha (ou algo na Ilha) pode conter poderes de cura a qual cura pelo menos as doenças de habitantes antigos e acelera a recuperação de ferimentos suaves ou moderados.

Transição no Tempo

Após Ben Linus girar a Roda Congelada, de algum modo alguns sobreviventes começaram a se mover no tempo dentro da Ilha. Depois de várias viagens, John Locke girou novamente a roda congelada e os movimentos cessaram, apesar de alguns dos sobreviventes ficarem presos em 1974.

Curiosidades

O legal sobre a Ilha é que ela pode evocar essas imagens de grande importância na sua vida, e aí então os personagens têm que lidar com as consequencias. E estas visões muitas vezes provocam testes, na linha do que é mais importante para o personagem.

—Produtor Executivo de Lost, Carlton Cuse

  • Locke diz ter olhado "nos olhos dessa Ilha, e o que eu vi... era maravilhoso." ("White Rabbit")
  • Locke é puxado pelo "Monstro" a um buraco no chão, ironicamente o que poderia ser "o olho dessa Ilha". ("Exodus: Parte 2")

Apelidos

Artigo Principal: Apelidos

O único nome oficial dado pelo escritores para a Ilha até agora é "A Terra do Olho". Essa é também o nome de uma canção na oficial trilha sonora.

Os sobreviventes tem vários e diferentes apelidos para a Ilha e alguns deles com características geográficas:

  • Por Jack: "Coração da Escuridão";
  • Por Shannon: "Buraco de Merda de Ilha", "Ilha Louca Misteriosa";
  • Por Sawyer: "Casa", "Lar Doce Lar", "Cidade da Ilha", "Floresta do Mistério", "A Floresta Mágica", "Essa Rocha", "Meio da Droga do Nada", "Monte Vesúvio", "A Floresta", "Ilha dos Macacos";
  • Por Charlie: "Ilha Maldita", "Fresh Wide Open", "Meio do Nada", "Floresta Pavorosa", "Depressão de Areia";
  • Por Michael: "Droga de Ilha", "Floresta Assombrada";

Questões não respondidas

Para teorias dos fãs sobre as questões não respondidas, veja: A Ilha/Teorias
  • A Ilha tem um nome, se tem, qual é?
  • Qual a origem das propriedades de cura aparentes na Ilha?
  • Por que a Ilha não curou o tumor de Ben?
  • Como foi calculada a rota para a Ilha antes de o Farol ser instalado?
  • A descarga foi um evento discreto, ou isso criou algum fenômeno atual, ou mudou a natureza da Ilha?
  • A Ilha realmente exige sacrifícios, como Boone proclamou?

Veja Também


Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória