Fandom

LOSTpédia

Hugo "Hurley" Reyes

3 425 páginas
nesta wiki
Adicione uma página
Falar1 Compartilhar


Hugo Reyes, mais conhecido como "Hurley", é um dos sobreviventes da seção intermediária do Voo Oceanic 815. O pai de Hurley desapareceu, ou melhor, fugiu quando ele tinha 10 anos. Posteriormente, Hurley sofreu de um distúrbio alimentar e após um traumático acidente ele foi enviado para um sanatório onde ele começou a ver uma pessoa imaginária. Desde então, ele mudou e está extremamente consciente de sua sanidade e de como as pessoas o veem. Quando Hurley ganhou na loteria, ele não ficou feliz, já que imaginou que sua vida iria mudar.

Hurley é tipicamente despreocupado e mantém o ânimo de seus companheiros do campo dos sobreviventes. Ele tem um distúrbio alimentar mas conseguiu superá-lo com a ajuda de Libby e conseguiu mantê-lo sob controle mesmo após a morte dela. Hurley é também a voz da razão no grupo e usa seu bom senso para resolver situações difíceis. Normalmente amigável, ele e Charlie Pace desenvolveram uma forte amizade.

Após se reunir com Jack e alguns outros sobreviventes de seu grupo, Hurley foi uma das poucas pessoas que conseguiram embarcar no helicóptero após a explosão do cargueiro. Hurley também fez parte da história falsa dos Oceanic Six e continuou alegremente com sua vida por cerca de um ano antes de começar a ter visões do finado Charlie fora da Ilha. Ele acabou por ser internado novamente no Instituto de Saúde Mental Santa Rosa. Conversou com Charlie, assim como com outras pessoas mortas, causando a deterioração de seu estado mental, ou não. Depois de um tempo incerto, Sayid o resgatou do hospício. Hurley acabou se entregando para a polícia, que achava que ele havia assassinado três homens, quando Ben o visitou tentando convencê-lo a voltar. Após uma conversa com Jacob, Hurley decidiu pegar o voo 316 e voltou para a Ilha no ano de 1977, onde se tornou um funcionário da Iniciativa DHARMA.

Antes da Ilha

Infância (1977-1987)

Hurleycriança.jpg

Hurley pequeno ajudando o pai.

Hugo Reyes é de origem latina de uma área de Los Angeles. Quando era criança, Hurley não tinha essa aparência física. Ele era magro e sua mãe não o deixava comer. Tinha uma admiração pelo pai, que sempre o chamava para ajudá-lo em suas arrumações em mecânica. Um dia, seu pai disse que iria até Las Vegas por causa de alguns trabalhos, e nunca mais voltou. ("Tricia Tanaka is Dead")

No Instituto Mental Santa Rosa (2001-2003)

Hurleydavetempo.jpg

Hurley e seu amigo imaginário Dave no hospício.

Antes da queda do avião, Hurley esteve envolvido em um acidente, onde ele e mais 23 pessoas estavam em cima de um deque que acabou desmoronando, matando duas pessoas. Acreditando que o desmoronamento do deque foi por culpa de seu peso, (apesar do deque suportar apenas 8 pessoas), Hurley sente uma culpa enorme e entra em um estado catatônico, não fazendo mais nada além de comer constantemente. Quando começa a cair na real, sua mãe o coloca no Instituto de Saúde Mental Santa Rosa, (onde sem o seu conhecimento, Libby também era uma paciente, no mesmo período de tempo), onde ele foi tratado de uma síndrome de estresse pós-traumático com uma suave esquizofrenia. A mãe de Locke também esteve internada nesse instituto em algum momento de sua vida. No instituto, o médico de Hurley tentou explicar que o acidente do deque não foi sua culpa, afinal o deque só poderia suportar 8 pessoas e que o deque teria desmoronado com ou sem a presença de Hurley. ("Dave")

Também no instituto, Hurley conheceu Dave, um paciente que parecia ser uma pessoa normal naquele lugar. Dave aconselhava Hurley a comer tudo o que ele queria e ignorar os avisos do Dr. Brooks de seguir sua dieta e tomar os seus remédios. Finalmente, Dr. Brooks tira uma foto de Hurley e Dave juntos. Quando mostra a foto para Hurley, ele vê que apenas ele mesmo está na foto, sem Dave. Dr. Brooks então explica que Dave é uma criação da imaginação de Hurley, uma parte que não quer que ele se recupere e que continue comendo para facilitar sua culpa. Assim que percebe que Dave é uma imaginação sua, (embora ele quase foge do instituto por insistência de Dave), Hurley fecha a janela do instituto deixando Dave para fora. Isso foi um atalho para a recuperação de Hurley e logo ele sai do instituto. ("Dave")

Hurley volta a sua vida normal, indo morar com sua mãe e recuperando seu trabalho no Mr. Clucks. ("Everybody Hates Hugo")

4 8 15 16 23 42 (2003-2004)

Um dia, Hurley se torna milionário. Ele joga na loteria com os números que escutava seu ex-amigo do instituto, Leonard Simms, repetir constantemente. Os números eram: 4, 8, 15, 16, 23, 42. E com esses números, Hurley ganha 116 milhões de dólares. ("Numbers")

Hurley tinha uma queda por uma garota chamada Starla que trabalhava em uma loja de discos. Ele se despede do emprego e passa o dia com seu amigo Johnny, o qual fica totalmente perturbado ao descobrir que Hurley virou um milionário sem lhe contar nada. Starla e Johnny fogem, juntos. ("Everybody Hates Hugo")  ("Tricia Tanaka is Dead") Embora sendo rico, a vida de Hurley começa a piorar cada vez mais, como se o dinheiro lhe trouxesse azar. Seu avô, Tito, morre na conferência de imprensa; o padre do funeral de seu avô é atingido por um raio; a esposa do seu irmão o troca por outra mulher; sua mãe quebra o tornozelo quando sai do carro para ver a nova casa que Hurley comprou para ela; a casa em questão começa a pegar fogo; Hurley é preso sendo confundido com um traficante de drogas. ("Numbers")

Numbers062.jpg

Hurley ganhando na loteria.

Apesar de todas essas más sortes, a fortuna de Hurley cada vez aumenta mais. Ele vira dono de uma companhia de caixas, (na qual Locke trabalhava), e vai cada vez lucrando mais. Na época da queda do avião, a fortuna de Hurley estava avaliada em 156 milhões de dólares. Nessa época, Hurley compra o Mr. Clucks e vira chefe de seu ex-chefe. Em uma entrevista para TV, a jornalista não se satisfaz com a entrevista de Hurley e pede para entrar na loja. Hurley, já meio desconfiado, aceita que ela entre. Logo que a jornalista entra, o Mr. Clucks é atingido por um meteorito e a jornalista acaba morrendo. Aparece na TV durante um flashback de Jin, quando o mesmo entrega a mensagem ao seu patrão. ("Tricia Tanaka is Dead")

Meteroid Clucks.jpg

O meteorito caindo no Mr. Cluck's

Logo após o acidente do Mr. Clucks, Hurley se torna ainda mais obcecado pela sua "maldição". Sua mãe resolve pedir para que o pai de Hurley volte para casa e depois de 17 anos fora, ele retorna. Nota-se uma incrível raiva que Hurley sente do pai por ele ter sumido por todos esses anos. David, o pai de Hurley, o leva até uma vidente, (a qual ele havia pedido para ajudar Hurley), para ajudá-lo. Mas Hurley logo percebe que o pai comprou a vidente e fica ainda mais com raiva do pai. ("Tricia Tanaka is Dead")

Hurley perecebe que não é o dinheiro e sim os números que são amaldiçoados. Ele volta então para o instituto para descobrir as origens do número com Leonard. Leonard explica que ouviu esses números quando trabalhava com um oficial naval chamado Sam Toomey. Que os dois escutaram os números quando estavam monitorando sinais de rádio no Oceano Pacífico. Mesmo contra os pedidos do pai e da mãe, Hurley vai até a Austrália para procurar Sam Toomey. Lá ele descobre com a viúva de Sam, Martha, que Sam também achava que os números eram amaldiçoados e se suicidou. ("Numbers")

Ficou no mesmo hotel que Charlie, no quarto 2342. Quando vai voltar para casa, Hurley quase perde o voo por várias razões, incluindo de que ele precisou comprar uma passagem a mais para um "homem de seu tamanho". Entretanto, Hurley embarca no Voo 815 com a esperança de chegar a tempo para o aniversário de sua mãe.

Na Ilha

Dias 01-44 (1ª Temporada)

1x01 Jack Hurley Claire.jpg

Hurley e Jack ajudando Claire a escapar da asa que irá cair.

Logo depois da queda do avião, Hurley ficou observando a fuselagem, possivelmente pensando sobre o azar que os Números lhe causavam. Então foi chamado por Jack para cuidar de Claire que estava tendo contrações. Hurley primeiramente não gostou muito da ideia, já que "coisas" aconteciam com as pessoas ao seu redor. Hurley a levou para a sombra da asa do avião que mais tarde despencou. Eles teriam morrido, se Jack não tivesse os salvado da explosão! Hurley se responsabilizou por "gerenciar" a comida do avião. Inclusive deu duas refeições para Claire, caso seu bebê nascesse. Hurley foi uma das pessoas que presenciaram, quando o Monstro deu sua manifestação arrancando árvores da terra na primeira noite. Na discussão sobre o Monstro na manhã seguinte, Hurley defendeu a ideia de que eles "nem sabem se realmente estão numa ilha". Mais tarde teve a ideia de retirar os corpos da fuselagem (pronunciou C-O-R-P-O-S pois Walt estava presente, mas o mesmo o corrigiu). Shannon achou melhor o resgate cuidar disso quando chegar. Mais tarde quando começou a chover e os sobrevivente foram obrigados a se abrigar na fuselagem, ele reagiu estilo "Eu avisei!". ("Pilot, Parte 1")

Ele observou a briga de Sawyer e Sayid e deu um comentário, o que o fez ganhar um "belo apelido" de Sawyer. Mais tarde ganhou a amizade de Sayid, enquanto ele consertava o "transceiver", dizendo coisas sobre Sawyer e conversando sobre a Guerra do Golfo. Enquanto tentava pescar, Jin ofereceu um ouriço-do-mar á ele, que simplesmente recusou dizendo não estar com tanta fome à ponto disso e riu dele. Jack o pediu ajuda para encontrar todo tipo de remédio que achar, especialmente antibióticos. É revelado que Hurley não sabe nada sobre medicina. Ele ajudou Jack á cuidar de um ferido, mas acabou desmaiando quando viu sangue. ("Pilot, Parte 2")

Ele ajudou Jack a montar uma espécie de "barraca-médica" discutindo com ele da possibilidade do Monstro ser um dinossauro, e discutiram sobre a saúde de Mars. Nisso Hurley acaba descobrindo que Kate é uma fugitiva vendo a foto de “procura de prisioneiro” dela. Foi Hurley que avisou a Jack que Kate, Charlie, Shannon, Sayid, Boone e Sawyer haviam voltado. Ele ouviu o discurso de Sayid sobre "coletar água e comida". Mais tarde ficou "alertando" á Jack sobre Kate ser perigosa. Jack mudou de assunto e mandou Hurley procurar antibióticos no avião, mas ele recusou o "convite" por causa dos corpos. Jack foi no lugar dele e o mandou observar Mars. Mais tarde, quando foi buscar mais água teve um "tenebroso encontro" com Kate e sua arma, o quê o fez sair correndo com medo dela por ela ser fugitiva. Foi Hurley quem avisou a Jack que Kate estava armada na tenda com Mars. Depois de Sawyer atirar em Mars, Hurley ficou dando palpite sobre morte ou não de Mars. ("Tabula Rasa")

HurleyCharlieFish1x04.jpg

Hurley ajudando Charlie a pescar um peixe.

Ele estava presente quando os javalis "atacaram" os sobreviventes na quarta noite. Quando a comida do avião acabou, Hurley brigou com Sawyer por ele estar com os últimos amendoins. Hurley ouviu o discurso de Locke sobre caçar os javalis. Hurley ajudou Charlie á pescar com uma lança, embora não tiveram nenhum sucesso, eles já estavam formando futuros laços de amizade. Quando Kate voltou da caçada com Michael ferido, Hurley o socorreu. Ele também presenciou quando queimaram a fuselagem do avião. ("Walkabout")

Quando Joanna se afogou, Hurley estava presente na praia, assim como todos. E quando a água estava acabando, Hurley chamou Jack para ele decidir o quê fazer. Terminou a discussão com Jack dizendo a Hurley e Charlie que ele não decidiria nada. Embora Hurley insistisse que "ele era o líder". ("White Rabbit")

Desde que está na ilha, Hurley rapidamente faz laços com Jack e Charlie, e consegue manter um bom relacionamento com todos, provavelmente por causa de sua aparência amigável. Porem, ele se abre com poucas pessoas na ilha ele revela seu segredo — que é muito rico — apenas para Charlie, Walt e Jack. Entretanto, Charlie e Walt receberam a revelação como uma piada, e Jack demonstra uma certa reação. Hurley se mostra uma pessoa feliz e sempre fala coisas engraçadas. Ele é bem ativo na ilha, criando um campo de golfe para relaxar e divertir as pessoas; criando o censo que revelou que Ethan não estava no voo; entrando na floresta para achar Rousseau; recuperando a bateria para Sayid usar no radar da jangada.

Hurley acompanhou Rousseau, Jack, Locke, Kate e Arzt pela floresta no final da primeira temporada. Depois da morte de Arzt, Hurley começa a se culpar por tudo de ruim que acontece com todos. Depois de retornar para a escotilha, Hurley descobre que os números que estão na escotilha são os mesmos que tanto lhe dá azar, ele tenta impedir Locke de explodir a escotilha sem sucesso.

Dias 44-67 (2ª Temporada)

2X18 HurleyLibbyKissing.jpg

O momento de Hurley e Libby.

Depois que Desmond vai embora, Hurley é designado para o trabalho de listar toda a comida na escotilha. por causa de uma experiência anterior, ele fica com medo de perder sua amizade com os outros por causa da distribuição da comida. Ele tenta explodir o armazém dos alimentos com o que sobrou das dinamites, mas Rose o convence a desistir dessa ideia. Ele então decide dar a comida toda para todos pegarem como quiserem. ("Everybody Hates Hugo")

Hurley acha que tem chance de um relacionamento romântico com Libby durante a segunda temporada. Ele se torna mais próximo dela enquanto lavava roupa na escotilha, e ele também sentia que ele conhecia ela de algum lugar, mas não se lembrava que ela também era paciente do mesmo hospital psicológico em que ele estava. Libby insiste dizendo que foi porque ele pisou na pé dela enquanto corria para o voo 815. ("Fire + Water")

HurleySawyer.jpg

Sawyer chantageia Hurley após descobrir seu armazém secreto.

No episódio "One of Them", descobrimos que Hurley tem um armazém secreto de comida da escotilha. Sawyer o pega com a comida e o faz ajudá-lo a pegar um sapo que o estava incomodando. Ele diz a Sawyer que sabe que é gordo, que ele sempre foi gordo. Diz também que, mesmo roubando comida, todos ainda gostavam dele.

No episódio Dave, Hurley destrói seu armazém secreto de comida tentando emagrecer com a ajuda de Libby. Mas ele é posto em teste quando uma nova "entrega" de comida acontece na ilha. Ao mesmo tempo, ele começa a ver seu amigo Dave, que diz a ele que a ilha e tudo que acontecia nela era fruto de sua imaginação, que ele ainda não havia se recuperado no hospital psicológico. Diz que ele existe sim, na vida real, e que depois que Hurley se recusou fugir do hospital com ele, ele entrou num estado catatônico mais profundo, e que Hurley se encontra nesse estado até hoje.
Hurley&Dave.jpg

Hurley e seu amigo imaginário Dave tentando convencê-lo a pular de um penhasco.

Dave usa exemplos como: Os números que um dos lunáticos do hospital de Hurley, Leonard, vivia falando, apareciam em todos os lugares; Hurley não perdeu nenhum peso; ganhou na loteria; e uma mulher atraente como Libby estava interessada nele. Dave diz que apareceu na mente de Hurley porque seu subconsciente que "acordar". Dave diz que pra isso ele precisa cometer suicídio pulando de um penhasco. Mas, na hora que Hurley ia pular, Libby aparece e lhe mostra que tudo é real, perguntando, por exemplo, se ele sabia o que havia acontecido com os sobreviventes do outro lado da ilha. Ela então o beija, mostrando outra evidência. ("Dave")

Hurley sai da cabana de Rose e Bernard. Neil aparece e pergunta o que ele está fazendo. Ele olha para a garrafa de Vinho Cabernet que Hurley deixou cair e pergunta se ele vai dar um passo adiante com Libby. Contudo, ele só faz essa pergunta porque também está de olho nela. Hurley diz a ele que agora tem um encontro com Libby. Neil cumprimenta ele e vai embora. (The Adventures of Hurley and Frogurt)

2X24 HurleyKlugh.jpg

Bea Klugh diz para Hurley voltar ao acampamento.

Hurley e Libby então começam um pequeno relacionamento, que dura bem pouco. Libby morre com um tiro que levou de Michael enquanto ia buscar cobertores na escotilha para o piquenique que eles iam fazer. ("Two for the Road")

Hurley cava a cova de Libby e Kate a de Ana Lucia. Michael pede a Hurley para se juntar no ataque ao acampamento dos Outros, mas Hurley está muito chateado para isso. Isso deixa Michael enfurecido, que foi mandado pelos outros levar ele junto com Jack, Kate e Sawyer, para assim poder pegar Walt de volta. durante o funeral então, Hurley se vira para Michael e, furioso pela morte de Libby, diz que vai acompanha-lo. ("Live Together, Die Alone")

No final da segunda temporada, Hurley vai com Jack, Kate, Sawyer e Michael ao encontro dos Outros. No caminho um grande pássaro verde sobrevoa o grupo e Hurley jura ter escutado o pássaro dizer seu nome. Michael leva o grupo a uma emboscada, onde todos são paralisados com dardos, menos Hurley que colocou os braços sobre a cabeça e congelou. Os Outros então os leva a uma doca, vedado e amordaçado. Depois que Michael se reencontra com Walt, eles liberam Hurley dizendo que a sua tarefa era voltar para seu acampamento e dizer a todos para não voltarem ali. Hurley então pergunta sobre seus amigos e Ben diz que eles vão ficar com os Outros agora. ("Live Together, Die Alone")

69-91 (3ª Temporada)

Hurley volta ao acampamento dos sobreviventes e conta a eles que Os Outros capturaram Jack, Kate e Sawyer, e falaram que eles não deveriam voltar lá nunca. Hurley começa a perceber que Desmond está diferente, prevendo o futuro. ("Further Instructions")

Hurley ajuda Charlie a procurar por Eko, mas não o encontram. ("The Cost of Living") Hurley e Charlie procuram Desmond para tentar desobrir o motivo e o por que Desmond conseguir prever o futuro, embebedando-o. Mais tarde, Hurley precisa apartar a briga entre Charlie e Desmond. ("Flashes Before Your Eyes")

Nakombi.jpg

Hurley, Charlie, Jin e Sawyer dando uma volta na kombi.

Hurley é visto sobre o túmulo de Libby. Ele está falando com ela e nós percebemos o quanto ele sente falta dela. Hurley descobre uma kombi na ilha, depois que Vincent lhe trás um braço com uma chave. Hurley pede ajuda a todos para que arrumem a kombi juntos, mas apenas Jin aceita, (porque não entende inglês). Mais tarde, Charlie e Sawyer o ajudam a virar a kombi e Hurley, em um momento de fé e esperança, enfim consegue ligar a kombi e dar alguns passeios pela ilha com ela e seus amigos. Ele se sente mais aliviado ao pensar que realmente não existe nenhuma maldição. ("Tricia Tanaka is Dead")

Hurley desafia Sawyer numa partida de pingue-pongue, para ver se Sawyer volta a ficar com suas coisas ou não. Sawyer pensa que não irá perder, mas no fim, Hurley ganha a partida dele e Sawyer precisa ficar uma semana sem dar apelidos para ninguém. No final do episódio, Hurley vai falar com ele, e Sawyer bravo quase o chama por apelido, Hurley fala: Ei cara, ou é Hurley ou Hugo. ("Enter 77")

Hurley e Sawyer estavam jogando ping pong quando Nikki saiu de dentro da selva e entrou em colapso na frente deles. O milionário deduziu que as últimas palavras dela foram "Paulo mente" e partiu com Sawyer e Jin para a selva em busca de pistas. Lá, eles encontraram o brasileiro morto, mas sem nenhuma causa aparente. Depois de levar o corpo dele para a praia, Hurley decidiu ir perguntar a Desmond se ele tinha “sentido” alguma coisa. O “brotha” disse apenas que tinha visto a atriz discutir com Sawyer mais cedo naquele dia.
Hurlwash.jpg

Hurley ajudando Sawyer a ser um cara legal.

Hurley então confrontou Sawyer que disse não ter matado o casal e mostrou que a arma que carregava não estava carregada. Sem saber o que tinha acontecido de verdade, Hurley presidiu o funeral de Paulo e Nikki, e ajudou Sawyer a enterrá-los, sem perceber que os efeitos da paralisia da atriz pareciam estar passando, já que ela conseguiu abrir os olhos a tempo de ver a areia caindo sobre seu rosto. ("Exposé")

No dia seguinte, Hurley passa por Sawyer, bate em seu pé e o manda apenas o escutar. Ele diz para Sawyer que o grupo o vê como líder agora, e que ele tem que se dar bem com todos. Depois das mortes de Paulo e Nikki, o grupo foi atrás dele e mesmo assim, com todas as coisas que aconteceram, veem nele um líder. Hurley diz para Sawyer que haverá uma votação, e que se ele não mudar as coisas, se ele não pedir desculpas para o pessoal, ele será banido da praia. Mesmo sendo durão, Sawyer teme ser banido. Depois de tentar pescar um peixe, Sawyer pede a ajuda de Hurley para agradar o pessoal. Hurley diz que o voto de Claire é precioso e manda Sawyer entregar um cobertor para ela, chamá-la de Claire e perguntar se Aaron está bem. Mais tarde, quando Sawyer caça um javali com Desmond e o assa para o grupo comer, ele diz para Charlie lembrar do javali na hora do voto e Charlie pergunta: "Que voto?". Sawyer então percebe que foi tudo uma armação de Hurley e vai até ele para tirar satisfações. Hurley diz que é bom ser bonzinho e que fez isso porque eles veem Sawyer como líder, e que se Sawyer não quer ser líder, ele não tem escolha, porque Jack também não escolheu ser líder. Assim, Hurley sai e deixa Sawyer pensando sozinho. ("Left Behind")

109125 0272 ful copy.jpg

Hurley questionando Desmond sobre sua visão.

Hurley foi abordado por Desmond que pediu que ele dissesse onde estava o cabo pois alguém estava a caminho. Ele foi com o “brotha” até Jack pedir o kit de primeiros socorros e exigiu saber o que estava acontecendo pois temia que alguém fosse se machucar. Então, Desmond explicou que em sua nova visão, tudo precisava se encaixar como um quebra cabeças. Hurley ajudou o “brotha” a convencer Jin a acompanhá-los, e junto com Charlie o quarteto seguiu viagem. Eles chegaram até o local onde estava o cabo e o coreano ajudou o milionário a puxá-lo para fora da areia. Acampados nesse local, eles se divertiram ouvindo histórias de terror, até que viram uma luz no horizonte e escutaram um barulho que pareceu ser de um helicóptero. Na manhã seguinte, eles seguiram para a selva em busca da pessoa que pareceu ter saltado de pára-quedas do helicóptero. Hurley não aguentou a caminhada e parou para se sentar perto de uma árvore. De repente, Desmond subiu nas costas do milionário e tirou de cima da árvore uma mochila que tinha um aparelho GPS que foi testado por Hurley, mas estava sem bateria. Eles seguiram a caminhada e o milionário começou a discutir com Charlie sobre quem é melhor herói: The Flash ou Super Man. Logo, a visão da morte de Charlie começou a se realizar e Hurley assustado assistiu uma flecha passar rente ao rosto do amigo.
Doc-promo07.jpg

Hurley atirando com o sinalisador.

Depois do susto eles continuaram a caminhada e se separaram em um momento: Hurley seguiu com Jin e Desmond foi com Charlie. Logo, o coreano chamou a atenção dos amigos para uma coisa dependurada na árvore. Era o pára-quedista que foi tirado de cima da árvore pelos quatro. Hurley viu que o pára-quedista não era Penny, antiga namorada de Desmond, mas que a moça de quem tiraram o capacete disse claramente o nome do “brotha”. ("Catch-22")

Depois de tirar Naomi de cima das árvores, Hurley, Charlie, Jin e Desmond perceberam que ela estava gravemente ferida. Des mandou que Hurley fosse procurar a mochila da pára-quedista para ver se havia algum suprimento médico lá e o milionário acabou disparando acidentalmente o sinalizador que encontrou. O grupo encontrou Mikhail Bakunin no meio da selva e ele se ofereceu para ajudar Naomi em troca de eles o deixarem ir. Na manhã seguinte, quando Bakunin já havia ido, Hurley tomava conta da pára-quedista e brincava com o aparelho GPS que encontrou na mochila dela fingindo que ligava para sua mãe. Ele então percebeu que Naomi estava recobrando a consciência e perguntou se ela estava ali para resgatá-los. Explicou que ele era sobrevivente do voo 815 da Oceanic e que assim como ele, muitos haviam sobrevivido ao acidente. Mas em seguida ele ouviu atônito que aquilo era impossível, pois, segundo Naomi, o avião da Oceanic tinha sido encontrado, mas ninguém havia sobrevivido. ("D.O.C.")

Quando Sawyer saiu de sua tenda no meio da noite, percebeu que Jin e Hurley estavam agindo de forma suspeita, mas os dois conseguiram despistar o golpista. Na verdade, eles estavam acomodando Naomi em uma tenda próxima. Na manhã seguinte, Charlie perguntou a Desmond se não seria melhor que eles contassem a verdade sobre a pára-quedista à Jack, mas o “brotha” foi contra e pediu que eles encontrassem alguém em quem realmente pudessem confiar. Então, Hurley procurou Sayid e perguntou se ele poderia guardar um segredo. Mais tarde, quando o iraquiano tentava entender como funcionava o rádio que estava nas coisas de Naomi, Kate acabou os surpreendendo e o milionário tentou inventar uma desculpa, dizendo que tinham encontrado o rádio nos destroços do voo, mas a Sardenta não acreditou. ("The Brig")

Hurley estava caminhando junto com outros sobreviventes pela mata. Eles seguiam Jack, que tinha dito ter uma ideia para surpreender os Outros e o milionário afirmava para os amigos que o médico lhes mostraria uma coisa muito secreta.
Bscap0174.jpg

Hurley se despedindo de Charlie.

Em certo ponto da floresta, o líder dos sobreviventes parou e disse que Juliet já havia lhe contado a algum tempo sobre os planos de Ben e que, desde então, ele pensava em uma maneira de se defenderem. Nesse momento, ele chamou Danielle e disse que ela estava ajudando em seu plano. Ele contou que Juliet marcaria as tendas, mas ao invés de grávidas, os Outros encontrariam dinamite. Todos já estavam de volta à praia, quando Hurley viu um barco se aproximando. Dele, saiu um rapaz que correu em direção aos sobreviventes. Sayid o interceptou e pulou em cima dele. Sawyer gritou dizendo para deixar o garoto em paz e o ajudou a se levantar. Era Karl que vinha trazendo o recado de que os Outros estavam chegando naquela noite. O namorado de Alex contou tudo o que sabia, fazendo com que Jack decidisse que atitudes eles deveriam tomar. O milionário se assustou quando o garoto tirou sua arma e a ofereceu aos sobreviventes, pensando que ele atiraria. Mais tarde, ele foi até Desmond e Charlie e perguntou se poderia ir com eles até a nova Escotilha pois não queria presenciar explosões, ou participar de novas caminhadas. O músico disse que não, justificando que o milionário era grande demais para caber no pequeno barco.
Kombihurley.jpg

Hurley, surgindo como um herói na kombi da Dharma e salvando todos no acampamento.

Hurley ficou chateado e ia se afastando quando Charlie o chamou de volta, pediu desculpas, dizendo que ele não se esquecesse que o amava e lhe deu um abraço. Ainda chateado, Hurley retribuiu meio sem graça e se afastou. Os sobreviventes já se preparavam para irem direção à Torre de Rádio quando Hurley se aproximou e perguntou se Claire precisava de ajuda com o bebê, mas ela disse que não e os dois se juntaram aos outros para iniciarem a caminhada. ("Greatest Hits")

O milionário partiu em direção à Torre de Rádio com os demais sobreviventes. No dia seguinte à partida, quando Sawyer e Juliet decidiram ir até a praia para saber o que tinha acontecido com os três atiradores, Hurley se ofereceu para ir junto. Ele disse que ninguém estava lhe dando atenção e que só queria ajudar, mas foi impedido por Sawyer, que disse que ele só os iria atrasar. Triste ele se afastou. Ao chegarem à praia, Juliet e o golpista se depararam com 3 Outros bem armados e concluíram que nada podiam fazer, até que Hurley surgiu dirigindo sua Kombi e atropelou um dos Outros. Os que restaram também acabaram sendo mortos, assim como Tom, que levou um tiro à queima-roupa de Sawyer. O golpista disse à Hurley que não o tinha perdoado pelo sequestro de Walt. O milionário então pegou o rádio que estava com Tom e começou a falar, como se conversasse com os Outros, mas ele acabou ouvindo a voz de Jack que era quem estava com o rádio que pertencia a Ben. Ele contou ao médico que estava tudo bem e que os atiradores estavam sãos e salvos, graças a ele, que tinha chegado na hora certa. Ele também contou a Claire que Charlie ainda não tinha voltado da Escotilha Submarina, mas pediu que ela não se preocupasse, pois tudo ficaria bem. ("Through the Looking Glass")

Dias 91-108 (4ª Temporada)

Hurleymergulho.jpg

Hurley no mar.

Hurley está muito alegre após Jack comunicar, pelo rádio, que o barco que eles contactaram e um grupo de salvamento está a caminho. Como o encorajamento de Bernard, ele pula como "bola de canhão" no oceano. Quando chega a terra, ele vê Desmond voltando e imediatamente percebe a ausência de Charlie. Ele tenta descobrir o que aconteceu, mas os outros estão muito ocupados querendo saber se ligam para Jack e o alerta sobre o cargueiro, isso faz com que Hurley grite, "Onde está Charlie?!", Desmond pesarosamente informa que o amigo dele está morto e fala sobre o último aviso que ele deu. Sawyer quer ligar e comunicar Jack, mas Sayid está convencido que a transmissão está sendo monitorada. Quando Sawyer está quase ligando para Jack, Hurley pega o Walkie-Talk e o joga na água. Ele então diz que é melhor começarem a ir, e ele o resto do grupo se armam e seguem em direção a floresta para encontrar Jack e os outros.

4x01 TBOTE Hurley peek-a-boo.jpg

Hurley olhando para dentro da casa de Jacob.

Após recusar-se em falar sobre a morte de Charlie com Sawyer, Hurley fica para trás e se perde. Ele ouve estranhos barulhos e sussurros, então ele vê uma casa na mata. Ele cuidadosamente se aproxima e olha para dentro, vendo a imagem obscura de um homem em uma cadeira de balanço. De repente, um olho aparece na janela, fazendo com que Hurley grite e corra. Mas após correr alguns metros, ele vê novamente a casa. A porta se abre. Ele fecha os olhos e diz a si mesmo que aquilo que está vendo não é real, e quando abre os olhos, a casa desaparece. Ele tropeça e cai, e é surpreendido quando olha e vê Locke ao seu lado.

Hurley e Locke conversam sobre a mensagem de Charlie, e concordam que chamar o barco foi um erro. Eles prosseguem para encontar o resto do grupo, acreditando que eles devam alertar os outros o mais rápido possível. Após encontrá-los, é Hurley que informa Claire sobre a morte de Charlie. Eles se abraçam e choram, e Hurley emocionado diz, "Ele estava tentando nos ajudar".

Grupodividido.jpg

Hurley escolhe o grupo de Locke.

Quando Jack declara que ninguém irá acompanhar Locke porque ele é "louco", Hurley é o primeiro a apoiar Locke. Ele fala sobre Charlie, dizendo que ele foi a estação O Espelho para ajudar o grupo, e obteve sucesso, mas então algo aconteceu a ele para que mudasse de ideia. Chorando, ele diz que a última coisa que Charlie fez foi avisá-los sobre as pessoas no barco. Hurley diz que vai ouvir Charlie e vai com Locke para a Vila. Outros, incluindo Claire, seguem o pensamento dele. ("The Beginning of the End")

Quando Locke anuncia que o grupo deve parar em uma casa antes de ir para a Vila, Hurley, parecendo meio confuso diz que a casa é em outra direção. Quando Locke e Ben demonstram olhares estranhos (achando que ele nunca deveria ter visto a casa), Hurley, desajeitado, diz que ele quis dizer a cabine do avião. Ele está presente quando o grupo encontra Charlotte e quando Ben revela as informações que sabe sobre ela. ("Confirmed Dead")

4x03 Hurley in the closet.jpg

Hurley enganando Sayid, Miles e Kate.

Quando Locke informa que o grupo tem de parar em uma cabana antes de continuar para as barracas, Hurley, parecendo confuso, diz que a cabana fica na direcção oposta. Quando Locke e Ben o olham apreensivos (pensando que ele não deveria ter visto a cabana), Hurley assustado diz que se referia à cabine do avião. Ele está presente quando o grupo encontra Charlotte e quando Ben revela toda a informação que sabe sobre ela. ("Confirmed Dead") Inicialmente Hurley discorda de Locke sobre a sua decisão em manter Charlotte como refém, no entanto participa de um plano que Locke faz para capturar os membros do grupo de Jack que vão resgatar Charlotte. Hurley é deixado de propósito amarrado e preso em um armário de uma das casas da vila, gritando por socorro. Quando é descoberto por Sayid, Kate e Miles, diz que Locke o abandonou. Entretanto Locke e Sawyer conseguem capturar o grupo depois de Hurley ganhar a confiança destes. Hurley pede desculpa por os ter decepcionado e revela-lhes que ainda é um membro do grupo de Locke. ("The Economist")

Hurleyaaron.jpg

Hurley segurando Aaron.

Quando Hurley estava levando a comida para Miles na casa do cais, Kate se oferece para fazer, dizendo que Locke pediu. Hurley agradece e conta a localização de Miles e percebe que acabou de fazer uma coisa errada. Kate promete não contar a ninguém e vai até a casa do cais. Mais tarde, Hurley é visto em sua casa com Sawyer, assistindo filmes na televisão, até Kate chegar e ele deixar os dois a sós na cozinha. ("Eggtown")

Dois dias depois, Hurley está jogando de acertar as ferraduras com Sawyer e acaba ganhando. Sawyer pergunta como ele é tão bom, e Hurley diz que acha que é boa sorte. Enquanto isso, Ben, que já está livre para andar pela vila, aparece na frente deles levando lençóis para sua casa. O gordinho e Sawyer ficam perplexos e perguntam o que ele está fazendo ali. Ben apenas diz que os vê no jantar. ("The Other Woman")

No dia seguinte, Hurley está na casa de Claire com todos os outros esperando por Locke. Quando o careca chega com Miles e conta que eles serão mortos pela equipe de Miles após eles pegarem Ben, Hurley e Claire indagam se Ben é confiável. Hurley aponta que Ben nem mesmo disse quem é o espião e Hurley se assusta quando Ben diz, calmamente, que o espião é Michael. ("Meet Kevin Johnson")

Hurley está jogando WAR com Sawyer e Locke quando o telefone toca. Ele pega Aaron se esconde na casa de Bem junto com todos. Ele quebra a janela para ajudar Sawyer e Claire a entrar, mesmo com Ben dizendo para ele não fazer isso. Mais tarde, quando eles vão para fora e veem o Monstro, Hurley pergunta "Você chamou essa coisa?". Uma vez que Ben os alcança, Locke e Sawyer estão discutindo sobre quem vai ficar com Hurley, quando Sawyer decide que irá voltar para Jack. Hurley os convence de parar com a discussão e vai com Locke e Benjamin encontrar Jacob. ("The Shape of Things to Come")

Os três armam acampamento. Na mesma noite, Locke leva Hurley à cova coletiva, revelando que Ben matou aproximadamente 100 pessoas da Iniciativa DHARMA, ao qual Ben não faz nenhum comentário. Hurley fica abismado, então, John oferece a Hurley uma possibilidade de voltar à praia, embora fosse à noite e sozinho. Em vez disso, Hurley permanece com eles e Ben elogia a capacidade de Locke de forçar a escolha de Hurley. Embora Ben duvide da sua capacidade de localizar a cabana, Hurley encontra-a. Locke acende um lampião e entra sozinho, deixando Ben e Hurley esperando do lado de fora. Enquanto Locke está dentro da cabana, Hurley e Ben repartem uma barra de chocolate Apollo. Ele junto com Ben ouve, de Locke após ele sair, que eles devem mover a Ilha. ("Cabin Fever")

HurleyIsland.jpg

Hurley, saindo da Ilha.

Hurley e John são guiados pela floresta por Ben. Ele explica que se eles precisam mover a ilha, conforme Jacob disse a John, o único lugar para se fazer isso é a estação Orquídea. Durante o caminho, Ben para perto de algumas rochas e descobre uma maleta que estava escondida. Dentro dela há um espelho, um pacote de biscoitos da Iniciativa Dharma e um binóculo. Locke dá o pacote de biscoitos para Hurley, que o abre e começa a comer. Hurley vê Ben fazer sinais de luz com o espelho e ouve Locke perguntar oquê ele estava dizendo. Ben responde que é particular, e diz a Hurley que os biscoitos que ele está comendo têm 15 anos. ("There's No Place Like Home: Parte 1")

Hurley-lost.jpg

Hurley, quando encontram Penny.

Jack e Sawyer alcançam Hurley na Orquídea. John está tentando descobrir como entrar na estação. Jack se aprocima de Locke e os dois têm uma "discussão de liderança", de acordo com Hurley. Hurley, Kate, Sawyer, Jack e Sayid embarcam no helicóptero, pilotado por Frank, e decolam em direção ao cargueiro. No percurso, Frank percebe que o helicóptero tem um vazamento de combustível, devido a um buraco no tanque causado por uma bala perdida. Como o nível de combustível estava muito baixo, Frank acreditava que eles somente conseguiriam chegar até o cargueiro se eliminassem 75Kg. Sawyer se joga no mar, permitindo, assim, que os demais consigam chegar ao cargueiro.

Enquanto se dirigem novamente para a ilha, já com Sun, Aaron e Desmond a bordo do helicóptero, uma luz forte preenche o céu e a ilha desaparece enquanto todos observam. Logo após o combustível termina e o helicóptero cai no mar. Depois, no bote do cargueiro, todos estão quietos até que Hurley diz que "Locke moveu a Ilha". Jack fica agitado e discorda. Enquanto os dois discutem, Frank vê uma luz próxima e percebe que é um barco. Todos começam a gritar e o barco começa a se aproximar do bote salva-vidas. Neste momento, Jack repentinamente se lembra do que Locke lhe disse sobre terem que mentir sobre o que aconteceu com eles na Ilha, e compreende que isto deverá ser feito, e rapidamente divide seu plano com os outros no bote. ("There's No Place Like Home: Parte 2")

No barco de Resgate, Hurley e Sayid eram os únicos que se nagavam a mentir. Sayid concordou, mas Hurley se manteve decidido. ("The Lie")

Uma semana depois de embarcarem no barco de Penny, os Oceanic Six preparam-se para partir do barco de Penelope com uma história falsa bem preparada, enquanto Desmond e Frank permanecem no barco. ("There's No Place Like Home: Parte 2")

Fora da Ilha

2005-2007

Hurleyintheplane.jpg

Hurley no avião.

No avião de Resgate, Hurley, permanece queito, quando saiu da ilha, se encontrou com seus pais em Honululu, assim como Jack e Sun. Ele apresenta seus pais à Sayid. ("There's No Place Like Home: Parte 1")

Na entrevista coletiva, um repórter sugere que por ter estado tanto tempo isolados em uma ilha, eles estão com uma saúde ótima. Hurley questiona se a pergunta era direcionada a ele, e o repórter replica com outra questão, querendo saber como seria ter todo o seu dinheiro de volta. Hurley responde que não o quer de volta. ("There's No Place Like Home: Parte 1")

Hurleyflf.jpg

Hurley na coletiva.

Hurleybirthday.jpg

Aniversário de Hurley.

Algum tempo depois, vemos Hurley andando pela sua casa, que parece estar vazia. No entanto, ele se assusta ao ver um coco no chão e começa a ouvir sussuros. Ele pega uma pequena imagem de Jesus Cristo para usar como arma e caminha devagar em direção às vozes. Quando abre a porta, ele percebe que os sussuros são de um grande grupo de amigos e familiares numa festa surpresa de aniversário. Sua mãe o repreende por pensar em usar uma imagem sagrada como arma. Na festa, Sayid, Nadia, Kate e Aaron estão presentes. Kate diz que Jack está atrasado. David Rayes leva Hugo para fora da casa para mostrar-lhe seu presente de aniversário: o Camaro que eles estavam restaurando antigamente. O pai diz que o restaurou quando achou que seu filho estava morto, como uma forma de homenagem. Hurley e seu pai entram no carro para dar uma volta, mas ele imediatamente percebe os números no hodômetro, ele sai do carro e corre assustado pela rua. ("There's No Place Like Home: Parte 1")

Em julho de 2005, Hurley viaja para a Coreia para ver Sun. Os dois se abraçam e Hurley pergunta se mais alguém vem, o que Sun responde que não. Ela lhe apresenta o bebê, Ji Yeon Kwon e Hurley diz que ela é a cara de Jin. O gordinho diz que eles deveriam ir ver Jin e então ela, o bebê e Hurley vão até um cemitério, onde observam o túmulo de Jin. ("Ji Yeon")

Hurleypreso.jpg

Hurley sendo preso.

Algum tempo depois, quando Hurley está em uma loja de conveniência comprando uma bebida e beef jerky (uma espécie de carne seca vendida em pacotes) ele, de repente, vê algo e 'enlouquece', batendo em uma prateleira e correndo para fora da loja. Ele entra dentro do Camaro e acelera, o que causa uma perseguição pela polícia. Ele bate o Camaro e tenta escapar correndo. Enquanto está sendo preso, ele grita que é um dos "6 da Oceanic".

Após ser preso, ele é levado para a delegacia de polícia onde é interrogado pelo Detetive "Big Mike" Walton, parceiro da oficial Ana-Lucia Cortez na Delegacia de Polícia de Los Angeles. Após mentir sobre nunca ter conhecido Ana-Lucia, Hurley é deixado sozinho e, enquanto está olhando para o vidro da sala de interrogatório, ele tem uma alucinação. Ele vê o oceano do lado de fora da janela e uma pessoa que se parece com Charlie Pace quebrando o vidro e inundando a sala.
Hurleycharlie.jpg

Hurley conversando com Charlie.

Quando Hurley bate na porta e grita por socorro, Walton volta, e, Hurley olha para o vidro e percebe que esse nunca havia sido quebrado, e que eles não estão embaixo d'água. Hurley fica aliviado quando Walton diz que essa atitude desvairada pode levá-lo ao internato.

Hurley está internado mais uma vez no Instituto de Saúde Mental Santa Rosa. Durante a permanência, ele recebe a visita de Matthew Abbadon. Abbadon indentifica-se como um representante da Oceanic, porém começa a questionar agressivamente Hurley, perguntando "Eles ainda estão vivos?". Hurley também vê mais uma vez Charlie que insiste em dizer "Você sabe que eles precisam de você". Finalmente, Jack visita Hurley no ginásio. Após jogar basquete, Hurley suspeita de Jack. Ele o acusa de estar verificando se Hurley não contou o segredo deles. Ainda nessa cena, ele pede desculpas a Jack por ter se juntado ao grupo de Locke e ter seguido para a Vila, ao invés de ficar com ele durante a chegada do cargueiro. ("The Beginning of the End")

Após isso, a condição mental de Hurley deteriorou-se ao ponto em que começa a acredita que ele e o resto dos 6 da Oceanic morreram sem nunca ter escapado da Ilha e que estão agora presos no pós-morte. Ele continua receber visitas de Charlie, e quando começa a receber visitas de Jack, como Charlie havia previsto, ele lê uma nota que Charlie escreveu para Jack dizendo "Você não deveria criá-lo" (referindo-se a Aaron). ("Something Nice Back Home")

Hurley continou a receber visitas de amigos da ilha, pessoas que ele acredita estarem mortas. Quando Locke, em uma cadeira de rodas para em sua frente, Hurley, imediatamente assume que ele morreu também. Locke assegura que está bem vivo e uma enfermeira confirma sua presença. Locke não consegue persuadir Hurley à voltar para a ilha e quando o gosrdinho vê Abaddon parado no carro, entra em pânico e grita por ajuda. Os enfermeiros tentam acalmá-lo e o levam de volta para o instituto. ("The Life and Death of Jeremy Bentham")

Hurley413 2.jpg

Hurley, no Santa Rosa, recebendo Walt.

Algum tempo depois, Walt visita Hurley no sanatório. Walt pergunta porque ninguém foi foi visitá-lo após o resgate. Hurley pede desculpas, mas Walt acrescenta que uma pessoa o visitou: Jeremy Bentham. Walt pergunta porque Bentham e os 6 da Oceanic estão todos mentindo. Hurley sussura que eles estão mentindo para proteger as pessoas que ficaram na Ilha. "Como meu pai?" Walt pergunta. "Como seu pai, sim", resonde Hurley, visivelmente nervoso. ("There's No Place Like Home: Parte 2")

Hurley413 1.jpg

Hurley jogando xadrez com Mr. Eko.

Sayid chega ao sanatório de Hurley tarde da noite e executa um homem no estacionamento. Sayid encontra Hurley jogando xadrez, aparentemente sozinho, já que a cadeira do outro lado da mesa está vazia. Sayid quer que Hurley venha com ele para um "lugar seguro". Hurley responde que ele não vê Sayid "há séculos" e não compreende porque ele deveria seguí-lo. Sayid diz que "as circunstâncias mudaram": Bentham está morto, tendo, supostamente, se suicidado dois dias antes. Hurley não quer chamar Bentham por este pseudônimo e está prestes a chamá-lo por seu nome real quando Sayid o impede, acrescentando que eles estão sendo vigiados. Hurley diz que ele tem tido conversas regulares com pessoas mortas e a última coisa que ele precisa é de paranoia. Sayid responde que ele acabou de matar um homem que estava vigiando Hurley há uma semana e que a paranoia o mantém vivo. Sayid assegura a Hurley que eles não voltarão para a ilha, mas apenas irão para um "lugar seguro". Hurley aceita, mas quando está para sair da sala, ele faz mais uma jogada no tabuleiro de xadrez, vencendo o suposto oponente na cadeira vazia, Mr. Eko. ("There's No Place Like Home: Parte 2")

2007 (5ª Temporada)

Hurleyjail.jpg

Hurley é preso.

Hurley e Sayid passam em um drive thru antes de ir para o lugar seguro. Lá, os dois são atacados por diversos homens, mas Sayid mata-os, e um deles envenena Sayid. Hurley o pega e eles fogem. ("Because You Left")
Hurley foge, na fuga, ele encontra o espírito de Ana Lucia Cortez. Ela o manda comprar roupas novas. Hurley comprar novas roupas e leva Sayid para casa. David, o pai de Hurley o ajuda com a polícia. Hurley entrega Sayid desmaiado e pede que seu pai o leve até Jack. Hurley conta tudo para sua mãe, desde o Monstro até a Iniciativa DHARMA. Ela acredita. A noite, Ben vem pedir a ajuda de Hurley. Este diz que nunca ajudaria ele. Então ele se entrega para a polícia e diz que matou os homens no lugar seguro. ("The Lie")

Na cadeia em uma jaqueta laranja, Hurley parece estar muito feliz. Ele liga para Jack para perguntar se seu pai tinha levado Sayid até ele e perguntar se ele está bem. Jacl reponde que sim para ambas perguntas. Hurley também diz à Jack para dizer a Sayid que ele fez exatamente o que ele tinha mandado (fazer exatamente o oposto do que Ben mandar), e Ben nunca pegará ele agora. ("The Little Prince")

Hurley comprando os acentos vagos.jpg

Hurley embarcando no avião.

Depois, Ben encontra seu advogado. Ele diz que ninguém tem um caso sólido contra Hurley porque o homem encontrado fora do Instituto Mental Santa Rosa, tinha sido morto antes de Hurley fugir. Norton diz que o juiz nunca mandará Hurley para a prisão e ele será um homem livre. Ben agradece. ("The Little Prince")

Quando sendo liberado na prisão, Hurley tenta convencer o guarda de que ele não deveria ser libertado porque é um assassino, porém o guarda diz que ele havia dispensado e que deveria ir ao táxi na frente dali. Hurley compartilha um táxi com Jacob. Também há um case de violão no táxi. Jacob, na conversa que estão tendo, revela saber o nome de Hurley. Hurley pensa que ele é um fantasma mas Jacob diz que não está morto. Ele pergunta a Hurley por que não queria voltar à ilha, e Hurley diz que ele acredita ser amaldiçoado e que causou a morte e tragédia de todos ao seu redor. Jacob fala que ele é abençoado por ter a habilidade de falar com os mortos e que ele não é louco. Ele diz a Hurley sobre o voo 316 e que tudo que ele tem que fazer é estar naquele avião. Quando Jacob deixa o táxi, Hurley lhe diz que havia deixado seu violão, porém Jacob diz que não é dele. ("The Incident")

Hurley é visto mais tarde num guichê da Ajira Airways comprando uma passagem para o voo 316 e querendo comprar também todas as outras poltronas vagas. A agente de viagens inicialmente não entende porque ele queria comprar todos lugares vagos, argumentando que mais pessoas queriam voltar para casa, mas Hurley insiste e compra todas as 78 poltronas vazias, salvando a vita de outras pessoas. Depois disso, Jack chega e encontra Hurley. Surpreso, o médico pergunta como Hurley soube, e o gordinho responde que não importa, o que importa é que ele vai pegar o voo. Os dois então, embarcam no avião. Quando Ben chega atrasado no voo e Hurley o vê, ele levanta gritando que Ben não pode ir com eles. Jack acalma Hurley dizendo que é assim que precisa ser e Hurley senta dizendo que ficará bem. Quando as turbulências começam, Hurley avisa o passageiro ao seu lado para colocar o cinto e tapa seus olhos com uma viseira quando o flash toma conta do avião. ("316")

De Volta na Ilha

1977 (5ª Temporada)

Hurley se lembra apenas de ser arremessado e depois de estar num lago. Ele grita por socorro na cachoeira, tentando equilibrar-se em seu violão. Jack chega e o ajuda a ficar em pé no lago. Os dois acordam Kate, que pergunta se eles voltaram.
HurleyDHARMA.jpg

Hurley como parte da DHARMA.

Os três vão começar a procurar o avião e os outros quando alguém chega numa kombi da DHARMA e aponta uma arma para eles. Hurley se assusta ao ver que é Jin. ("316")

Jin avisa Sawyer sobre o grupo e o agora chefe de segurança vai até o encontro deles. Em um vale, Jack, Kate e Hurley saem da kombi e olham, felizes e surpresos, para Sawyer também em um uniforme da DHARMA. ("LaFleur")

Rapidamente, Hurley é o primeiro a cumprimentar Sawyer, dando um "abraço de urso" nele. Sawyer diz: "Vai com calma Kong", e Hurley comenta que sentiu falta dos apelidos. O gordinho de início fica confuso com a história de viagem no tempo, mas compreende no final. Ele é o primeiro a comentar que o inglês de Jin está perfeito. Sawyer vai buscar roupas para o grupo que chegou e pede para Juliet seu "moleton largo" com uma estampa.

Hurley, Kate e Jack vão para a Vila, onde fingem ser novos recrutas da Iniciativa DHARMA que chegaram de submarino. Hurley pergunta a Sawyer: "E se eles perguntarem algo tipo, quem é o presidente de 1977?", e Sawyer responde que não é um questionário. Depois de sua entrevista, Hurley recebe um macacão com um logo desenhado com um garfo e faca e um chapéu de chef, escrito embaixo "Chef", sua nova profissão. Junto do grupo de novos recrutas, ele tira a foto de 1977 e vê Sawyer, trazendo Sayid prisioneiro, que foi confundido com um Hostil. ("Namaste")

No dia seguinte, no almoço, Hurley leva comida para Jack e Kate que estão sentados. Quando Kate diz que perguntará a Juliet o que acontecerá com Sayid, Hurley diz que se Sawyer não contou nada, Juliet também não contará, já que eles são um casal e moram juntos. Jack diz que já sabia disso, mas Kate parece ficar atordoada, Hurley continua, dizendo que esteve na cara desde quando eles chegaram, até Jack mandar o gordinho parar de falar.
5x11-16.jpg

Miles explicando a Hurley sobre viajem no tempo.

Hurley levanta e diz que fará mais waffles. ("He's Our You")

Após a descoberta que um deles havia libertado o prisioneiro, Sawyer manda Miles manter Jack, Kate e Hurley em uma casa. Miles deixa eles presos. Apos uma conversa com Jack, Miles vê Hurley olhando sua própria mão. Miles pergunta o que ele está fazendo. Hurley diz que está vendo se está desaparecendo, igual McFly Marty de De Volta para o Futuro. Miles explica para ele que não funciona assim. O que Aconteceu, Aconteceu, se o Ben não morreu da primeira vez que ele levou o tiro, não morrerá. Miles explica que a conversa que eles estão tendo já aconteceu, mas não para eles. Eles, podem morrer, porque aquele é o presente deles, mas ben não, porque aquele é o passado dele. Mas quando Hurley pergunta por que Ben não se lembrava deles quando os encontrou já adulto, Miles não sabe responder. Mais tarde, nesse dia, Juliet vai até a casa para falar com Jack e Hurley e Miles estão jogando dominó. Juliet pede a eles que saiam e os dois saem voltando a conversar sobre viagens no tempo. ("Whatever Happened, Happened")

Hurleyfindsthebody.jpg

Hurley descobre o corpo.

Miles vai pegar sua kombi, mas Hurley está usando ela para colocar caixas de sanduíche, feitos com molho de alho, para levar até,a Orquídea. Após uma breve discussão, Miles aceita levar o "Chef" da DHARMA com ele.

No meio do caminho, Hurley começa a dar indiretas perguntando a Miles se "foi ele", porque estava fedendo o lugar. Miles irritado diz que não, e talvez seja o molho dos lanches de Hurley, que está escrevendo algo em um caderno. Hurley manda Miles parar e ele vai checar. Hurley descobre um corpo, e Miles, diz quem é ele: o nome dele é Alvarez, e ele estava cavando um buraco pensando em Andrea, quando sentiu sua prótese do dente de metal sair do lugar, e logo em seguida atravessar seu cérebro, e assim, ele morreu. Na hora, Hurley percebe que Miles pode falar com os mortos, mas Miles não assume. Hurley diz que seu segredo estará a salvo com ele, porque ele também pode.

De volta a estrada, Hurley continua escrevendo, quando Miles pergunta se ele fala com pessoas mortas como se eles estivessem vivos. Hurley responde que sim, e ás vezes até joga xadrez com eles. Miles diz que não é assim que funciona, e na hora, Hurley diz que Miles assumiu que pode falar com os mortos, ou não saberia como funciona. Miles diz que ele não fala com os mortos. Só sente o que eles queriam que outros soubessem antes deles morrerem.

Hurleyseesnumbers.jpg

Hurley vê os números sendo inscritos.

Eles chegam na Orquídea, e logo de cara, o Dr. Chang fica bravo ao ver que Hurley veio junto. Mais ainda ao ver que ele sabe sobre o corpo. Pierre diz que se Hurley disser uma palavra sobre o corpo, será transferido para a Ilha da Hidra, trabalhar na Hidra com fezes de urso polar. Pierre os manda esperar, e entra na estação sendo construída. Hurley chama o astrofísico de idiota, e Miles diz que aquele idiota, é seu pai.

Miles diz que a primeira dica de que ele era seu pai, foi ele ver sua mãe, no terceiro diz em que eles estavam na Ilha. O gordinho e o médium, em seguida, dão uma carona ao Dr. Chang até o Cisne, que está sendo construído. No caminho, Hurley fica dando dicas sobre a relação entre Miles e Pierre, deixando Miles irritado. No lugar, Hurley vê dois homens fazendo a escotilha. Ele vê um construtor colocando o código 4 8 15 16 23 42 na porta.
Mileshurleyjin5x14.jpg

Hurley, Miles e Jin observando Radzinsky.

Na volta, Hurley continua esrevendo, e falando sobre o pai de Miles, que fica cada vez mais irritado, até que pega o caderno de Hurley e começa a ler um texto de acontecimentos parecidos com alguns de " Star Wars: O Império Contra-Ataca", ao que Hurley responde que ele planeja escrever esse filme e mandar para George Lucas. Ao chegarem na Vila, Hurley pede desculpas por ter dito aquilo a Miles, que o perdoa facilmente. Hurley diz que o pai dele sumiu quando ele tinha 10 anos, e a melhor coisa que ele fez, e que ele recomenda a Miles, é perdoa-lo e dar uma segunda chance.("Some Like it Hoth") Com sua farsa indo por água abaixo, Jin, Kate, Sawyer, Jack, Juliet, e Hurley se encontram na casa de Sawyer para discutir o que fazer. Sawyer sugere duas coisas: ou deixar a Ilha roubando o Galaga, ou "começar do zero", ir para selva, e acampar. Jin se nega a dexar a Ilha, sabendo que há a possibilidade de Sun estar lá, talvez perdida. Hurley concorda que seria irônico, depois de tudo que eles fizeram para voltar, sair apenas 3 dias depois. Daniel, chega e pede para Kate e Jack o levar até os Outros, para ele falar com Eloise, sua mãe. Sawyer discute, mas o grupo acaba se dividindo: Sawyer, Jin, Hurley e Juliet vão acampar; Jack, Kate e Daniel vão tentar detonar uma bomba e arrumar tudo que já houve.
Hurleytakingfood.jpg

Hurley pegando comida.

Hurley faz suas malas, pega sua caixa para violão, e enquanto ele e Hurley saem de suas casas, eles veem Radzinsky e dois atiradores da DHARMA passando pela Vila com armas, enquanto o alarme soa. ("The Variable")

Hurley arruma suas coisas, pega comida na cafeteria, enchendo uma bolsa de suprimentos e vai ao encontro de Jin e Miles e os três começam a ir até a praia, quando Pierre Chang chega e os para. O Dr. Chang pergunta se eles são mesmo do futuro e o que Daniel falou era verdade. Hurley diz que isso é bobeira e então Pierre começa a fazer perguntas a Hurley. Ele pergunta em que ano Hurley nasceu, ao que o gordinho responde 1931, e Pierre diz: "Então você tem 46 anos?" ao que Hurley confirma. Quando Pierre pergunta quem é o atual presidente, Hurley não consegue mais mentir e diz que eles são do futuro. Mais tarde, Hurley, junto com Miles e Jin, observam Sawyer, Juliet e outros entrarem no submarino, dizendo que Sawyer sempre tem um plano. ("Follow the Leader")

Em seguida, Hurley aparece dirigindo uma kombi da DHARMA, acompanhado por Miles e Jin, através das Barracas, na qual resgata Jack e Sayid. Hurley dirige até o canteiro do Cisne, até ser parado por Kate, Juliet e Sawyer, que bloqueavam a estrada. Jack e Sawyer vão ter sua ‘conversa de cinco minutos’, enquanto Hurley espera na kombi e cuida de Sayid. Logo depois que Jack se encaminha para o Cisne sozinho para detonar a bomba, Jin identifica Phil e alguns seguranças indo para o Cisne também, e Sawyer, Kate, Miles e Juliet pegam a kombi para ajudar Jack. Hurley não é visto durante a batalha, mas, provavelmente, ficou com Jin e Sayid, e estava com eles durante O Incidente. Com a detonação da bomba, Hurley foi mandado de volta para 2007. ("The Incident")

2007 (6ª Temporada)

HurleywhoareyouJacob?.jpg

Hurley tem uma conversa com Jacob. ("LA X, Partes 1 & 2")

Hurley presenciou uma luz branca forte, um som, dor de cabeça e logo ficou surdo. Quando abriu os olhos, era noite: a explosão da bomba havia mandado-o de volta para 2007. Jin saiu da Kombi da DHARMA, e explicou mais ou menos para Hurley, oque havia acontecido. Hurley o mandou ir procurar Jack, porque Sayid ainda estava sangrando e precisava de ajuda. Jin correu. Hurley ficou tentando estancar o sangramento de Sayid, que sussurrou para Hurley que quando morresse, seu espírito iria para algum lugar ruim. Hurley então ouviu sons na floresta. Ele pegou uma arma e foi investigar. Sem saber atirar, Hurley começou a fazer ameaças verbais, antes de ver que quem estava observando-o, era um homem loiro conhecido. O homem foi até Sayid e Hurley lhe disse que Jin estaria de volta a qualquer segundo. O homem, disse que estava morto há uma hora, por um antigo amigo, que se cansou dele, então Jin não o veria. Então, o homem disse que Hurley precisava salvar Sayid, e para isso, deveria levá-lo até "o buraco na parede, onde Jin esteve com o time francês", e depois seguir até o Templo, para salvar Sayid, e instrui que Hurley deve levar o estojo de violão. O homem ainda se apresentou, seu nome era Jacob. Hurley ouviu atenciosamente e logo Jin chegou, dizendo que eles precisavam ajudar Juliet, que estava presa embaixo do Cisne. Depois de puxarem uma viga, liberando a entrada do Cisne, para Sawyer, Jack veio avaliar a situação de Sayid. Ele disse que não poderia mais salvá-lo. Hurley rebateu, dizendo que ele podia. Insistiu para que eles o levassem até o Templo, porque era a única esperança. Miles perguntou como ele sabia disso, e Hurley disse que "Jacob havia lhe dito". ("LA X, Partes 1 & 2")

HurleysendedbyJacob.jpg

"Jacob nos mandou!". ("LA X, Partes 1 & 2")

Ao amanhecer, Hurley, com o estojo de violão, Kate e Jack e Jin levando Sayid, partiram até o "buraco na parede", enquanto Miles e Sawyer ficaram para enterrar Juliet. O grupo desceu pelo buraco, e andou por alguns túneis, até Kate desaparecer. Logo, Jack começou a procurá-la, e Hurley, Jin e Sayid foram levados também. Por último, Jack. Os sequestradores, na verdade, era Os Outros, que estavam morando no Templo. Cindy Chandler, aeromoça do voo 815, reconheceu os reféns. Dogen foi até eles e mandou que eles fossem mortos, mas antes disso, Hurley revelou que eles tinham sido enviados por Jacob e para provar, mostrou o estojo de violão. Dentro dele, havia um Ankh de madeira, que Dogen quebrou, e de dentro, tirou um papel. Ele perguntou em japonês qual o nome de cada um deles, e Lennon traduziu. Hurley respondeu primeiro, e foi seguido de Jin, Kate e Jack (que também disse o de Sayid). Dogen então, mandou que levassem Sayid até "A Fonte". Hurley assistiu os Outros mergulharam Sayid inconsciente, e enquanto ele se debatia, Hurly foi um dos que gritou para que o tirassem da água. Logo, retiraram Sayid da Fonte, e ele estava morto. Pouco tempo depois, Lennon e Dogen conversaram com Hurley. Hurley percebeu que Dogen sabia falar inglês, mas não gostava de usar a língua inglesa. Quando perguntaram se Jacob iria para o Templo, Hurley contou se sua morte, para a surpresa de todos. Rapidamente, Lennon e Dogen começaram a armar defesas por todo o Templo para "mantê-lo fora" (se referindo ao Inimigo). Algum tempo depois, Miles e Sawyer também foram capturados. No mesmo dia, Lennon veio insistindo para falar com Jack em outro lugar. Jack não aceitou, e enquanto os dois discutiam, Hurley viu, enquanto Sayid levantava, quando era para ele estar morto. ("LA X, Partes 1 & 2")

Jacktalkstolennon.jpg

Hurley, depois de ver Sayid ressuscitar. ("What Kate Does")

Hurley foi correndo abraçar o amigo ao vê-lo voltar a vida. Jack pediu que Hurley o deixasse respirar. Logo, Hurley foi para o lado de fora do Templo, para Jack examinar Sayid sob a luz do sol. O ferimento de Sayid estava quase completamente cicatrizado. Sayid pergunta quem são as pessoas no Templo. Hurley responde que são Os Outros, que os capturaram - novamente -, e não sabe, mas acha que dessa vez eles estão os protegendo. Miles, ainda completa, que Hurley está na liderança, então está tudo "ótimo", sendo irônico. Dogen logo chega e pretende levar Sayid, quando Sawyer intervém e abandona o Templo. Hurley é levado de volta para a sala da Fonte com Miles, Jin e Jack.

Depois de Sayid voltar, Hurley e Miles o seguram. Ele foi torturado por Dogen. Jack vai discutir com ele. Miles pergunta do que Sayid se lembra, coisas como "luz branca", "anjos" ou "espíritos", mas Sayid diz que só se lembra de ser baleado. Hurley pergunta se ele é um zumbi, mas Sayid nega. Jack volta e pede que Miles e Hurley o deixem a sós com Sayid por alguns minutos. Hurley até comenta, quase que "agradecendo", que prefere mesmo sair, porque geralmente conversas privadas o levam a fazer coisas que ele realmente não entende. Jack ri e diz que sente o mesmo. Então Miles e Hurley saem. ("What Kate Does")

6x04-Jacob's WallReyes.jpg

"8 - REYES"

Em outro lugar na Ilha, O Inimigo levou Sawyer até a Gruta de Jacob, onde lhe mostrou uma parede cheia de sobrenomes, a maior parte deles, riscados. O Inimigo explicou para Sawyer que todas as pessoas correspondentes aos nomes ali, eram Os Candidatos. Todos tinham sido recrutados por Jacob em algum ponto de sua vida (mesmo sem saberem, apenas pelo fato de terem conhecido Jacob), para que um deles, assumisse seu posto, como protetor da Ilha, sendo que todos os nomes riscados, não eram mais candidatos. "Reyes", é o candidato número 8, e assim como todos os demais candidatos, tem três opções: ficar na Ilha até ser riscado; assumir o posto ou sair da Ilha. O sobrenome de Hurley não foi riscado. ("The Substitute")

No Templo, Hurley e Miles ficaram jogando o "jogo da velha" como folhas e gravetos. Quando Hurley sentiu fome, ele entrou no pátio do Templo e perguntou para um homem de branco onde ficava a cozinha. O homem apontou-lhe, mas rapidamente, Hurley percebeu que o homem de branco era Jacob. Jacob mandou Hurley pegar uma caneta, porque ele precisava anotar instruções para que Hurley ajudasse alguém a chegar na Ilha.

Hurley anotou em seu braço todas as instruções dadas por Jacob. Logo, Hurley foi até um corredor no Templo cheio de inscrições nas paredes. Quando ele encontrou a que estava procurando, Dogen o interrompeu e mandou ele voltar para o pátio. Jacob apareceu, e mandou Hurley dizer que era um candidato e fazia o que queria. Dogen falou algo em japonês e saiu de perto. Jacob então mandou que Hurley levasse Jack junto. Para isso, Jacob mandou Hurley lhe dizer que "ele tinha o que era necessário", e Jack entenderia. Hurley obedeceu a Jacob e convenceu Jack a acompanhá-lo, saindo do Templo por uma "passagem secreta".

Ficheiro:Hurley at the caves once again.jpg

Hurley e Jack andaram pela selva, seguindo as instruções anotadas no braço de Hugo. Ao chegarem num rio, eles encontraram Kate, voltando na direção do Templo. Hurley deu as instruções de como voltar, mas Kate lhe disse que não voltaria; ela ia procurar Claire, e ir até o antigo acampamento da praia. Jack lhe contou que "algo" desconhecido tinha acontecido com Claire e convidou Kate para ir com eles, mas Hugo deixou bem claro que Jacob tinha convidado apenas os dois, e apesar de Jack insistir no convite, Kate decidiu continuar sozinha e deixou os dois, indo para a outra direção. Mais tarde, Hurley se desculpou por "estragar o clima" de Jack e Kate, dizendo que pensava que o casal teria muitos filhos e se casaria. Mas Jack lhe diz que não tem nada para estragar, e completa que seria um péssimo pai, e logo, chegaram nas cavernas. Jack encontrou um inalador, que pertencia a Shannon, pelo qual, Jack e Sayid torturaram Sawyer. ("Confidence Man") Nas cavernas, Hurley teorizou que eles fossem os corpos encontrados lá, depois de viagens no tempo. Jack então lhe contou que tinha encontrado aquele lugar seguindo o espirito de seu pai, e não procurando água.

Depois, que Hurley o perguntou, Jack contou para Hurley que tinha voltado para A Ilha porque estava devastado, e pensou que aquele lugar fosse curá-lo, e então, eles chegaram no Farol, em que eles entraram após Jack derrubar a porta.

Lost.s06e05-lighthouse.jpg

Jack e Hurley no topo do Farol. ("Lighthouse")

De acordo com as instruções de Jacob, no topo do Farol, Hurley começou a posicionar os espelhos até 108º. Jack ficou observando enquanto Hurley girava a roda, até perceber que quando Hurley passou por 42º, ele viu o reflexo de uma igreja coreana. Observando a roda, Jack percebeu que haviam nomes ao lado de todos os graus: Os Candidatos. E seu nome, "Shephard", assim como na gruta de Jacob, estava ao lado do número 23; assim como o de Hurley, "Reyes", estava ao lado do 8. Jack, então, apesar dos protestos de Hurley, tomou o controle das correntes e as girou até 23º. A imagem que apareceu nos espelhos foi a casa em que ele vivia quando era jovem. Raivoso, ao perceber que Jacob estava provavelmente vigiando todos eles, Jack pegou uma luneta e quebrou todos os espelhos. Jack deixou o Farol e ficou sentado perto dali, olhando o oceano. Na hora, Jacob apareceu para Hurley e lhe disse que ver o que estava nos espelhos, era a única forma de perceber o quão importante Jack realmente é; e ambos precisavam ficar longe do Templo, pois alguém ruim estava indo para lá. ("Lighthouse")

Na manhã seguinte, Hurley acordou perto da floresta. Jack o chamou para eles voltarem para O Templo, mas depois do recado de Jacob, Hurley fez de tudo para confundir Jack e tirá-lo do caminho para o Templo. Os dois entraram na floresta e Hurley indicou o caminho errado para Jack, mas logo Richard Alpert apareceu e disse que os conduziria até o Templo. A contra gosto de Hurley, eles seguiram Richard.

Normal dr-linus-264.jpg

Hurley apavorado com a atitude de Richard. ("Dr. Linus")

Logo, Hurley começou a questionar porque Richard não envelhecia, e o mesmo, respondeu que não tinha nada a ver com viagem no Tempo, ele é assim porque Jacob lhe deu um "dom". Jack então perguntou quanto Richard sabia sobre Jacob, e Richard disse que ele estava morto. Logo, o trio chegou no Black Rock. Jack ficou confuso, perguntando se eles não estavam indo até o Templo, mas Richard os informou sobre o massacre que tinha acontecido lá. Hurley então, admitiu para Jack que Jacob tinha lhe dado uma "dica", de que algo tinha acontecido lá. Richard então instruiu que eles não confiassem em Jacob e entrou no Black Rock, dizendo que precisava morrer.

Os dois o seguiram, e Hurley percebe que Richard está mexendo inapropriadamente com a dinamite (jogando-a sobre uma caixa sem nenhum cuidado, por exemplo) e tenta convencê-lo a não se matar, mas Richard explica que ele não pode se matar; é impossível, por causa de seu dom. Hurley continua com medo da dinamite e lhe conta sobre Arzt, que tinha explodido três anos antes. Entretanto, Jack concorda em ajudar Richard, dizendo que se ele quisesse morrer, Hurley e Jack não poderiam impedi-lo. Jack acende o pavio de uma dinamite e se senta ao lado de Richard. Sem entender o plano de Jack, Hurley sai e diz que estará há 1,5 km de distância dali. Porém, por algum motivo, a dinamite não explodiu, convencendo Jack de que ele tinha uma missão. Depois de sairem do navio, Jack, Richard e Hurley, voltaram para o Acampamento da Praia, onde Hurley reencontrou Sun, Ilana, Miles, Frank e Ben. ("Dr. Linus")

Ficheiro:Hurley6X09 HutleyTalksIsabella.jpg

Na mesma noite, Hurley ficou sentado com o grupo na praia, enquanto Ilana lhes explicou que conhecia Jacob, e pouco tempo antes de ela ir para a Ilha, ele tinha lhe dado uma missão: proteger Os Candidatos restantes. Sun explicou para os que estavam ali, que ela, Jack e Hurley, eram três dos seis candidatos restantes, para substituir Jacob. E Ilana ainda disse que quem iria saber o que fazer em seguida, seria Richard. Richard riu, disse que não sabia o que fazer e ia começar a escutar outra pessoa e entrou na selva. Hurley, então começou a conversar com o espírito de uma mulher, Isabella, ex-esposa de Richard, que tinha morrido em 1867. Jack percebeu Hurley conversando com alguém, e (pensando que era Jacob), começou a questionar Hurley. Hurley lhe disse que aquilo não tinha nada a ver com Jack e seguiu Richard na floresta.

Ficheiro:Hurleygives the last message.jpg

Ao amanhecer, Hurley alcançou Richard no jardim. Richard estava gritando sobre uma "oferta". Hurley lhe perguntou sobre que oferta ele estava falando, mas Richard começou a gritar com ele, dizendo que realmente não sabia o que fazer em seguida e mandando ele voltar para a praia. Mas Hurley o interrompeu e lhe disse que tinha um recado de Isabella. Hurley lhe contou que Isabella tinha lhe perguntado porque ele enterrou a cruz. Hurley então, começou a "traduzir" mensagens do espírito de Isabella para Richard, que ouvia, mesmo sem ver a amada, que estava bem ao seu lado. Ela lhe disse que o amava, e que não era culpa dele que ela morreu, e eles já estavam juntos. Então Isabella se foi. Richard agradeceu a Hurley, que respondeu que ele merecia, depois de tudo que ele tinha passado. Hurley então ficou parado, pensando, e Richard perguntou se tinha algo errado. Hurley então, respondeu que tinha mais algo que Isabella tinha lhe dito, algo que Richard tinha de fazer, se não todos eles iam para o inferno: ele tinha que impedir o Homem de Preto de sair da Ilha. ("Ab Aeterno")

Depois da Vida

Numa realidade paralela, Hugo Reyes nunca foi para a Ilha, porque a mesma foi submersa depois de uma explosão atômica entre 1954 e 1977. Em consequência disso, a Torre de Rádio da Iniciativa DHARMA, parou de transmitir os Números (4 8 15 16 23 42), e o amigo de Hurley, Leonard Simms, nunca os ouviu. Hugo ganhou na loteria (utilizando outros números) e se tornou milionário. Hurley comprou o Mr. Clucks, e abriu uma rede maior ainda de fast-food. Hurley viajou para a Austrália por motivos desconhecidos.

Voo 815

A bordo do voo 815, Leslie Arzt insistiu para que Hurley imitasse sua fala, de um comercial na televisão, como sotaque australiano e riu demias quando conseguiu oque queria. Hugo ainda lhe contou que é tão bem sucedido, porque ele "gosta de frango e ganhou na loteria". Um estranho, avisou Hurley que não deveria contar para qualquer um que ganhou na loteria, porque as pessoas poderiam tirar vantagem dele. Hurley agradece pelo conselho, mas diz que nunca nada de ruim aconteceu com ele, e não acha que acontecerá. ("LA X, Partes 1 & 2")

2004

Hurley, após desembarcar do avião, falou no celular com alguém, reclamando sobre algo na Austrália, enquanto esperava na fila para pegar um táxi. ("LA X, Partes 1 & 2")

HurleytalktoJohn.jpg

Hurley anima Locke. ("The Substitute")

Hurley, eventualmente, foi em sua empresa de caixas em Tustin. No estacionamento, não havia nenhuma vaga para ele, apesar de ser o dono da companhia, então Hugo estacionou em qualquer lugar. Quando saia, ele deparou-se com um homem irritado numa cadeira de rodas. O homem, John Locke, disse para Hugo tirar seu carro dali porque ele estava praticamente ocupando duas vagas e ele precisava abrir uma rampa para sair com o carro. Hurley se desculpou com Locke, comentando que deveria ter uma vaga ali para ele. John, perguntou se ele trabalhava ali, e Hugo lhe disse que era o dono da empresa. Locke, lhe contou que tinha acabado de ser demitido por Randy Nations e Hurley lhe disse que Randy era um "grande idiota". Então, Hurley lhe deu um cartão de uma empresa de empregos temporários que também era dele e recomendou que John se animasse. John, alguns dias depois foi na tal empresa, e conversou com Rose Nadler, que lhe deu um emprego temporário de professor substituto. ("The Substitute")

Curiosidades

  • Hurley foi o décimo terceiro personagem a ter um flashback.
  • Hurley foi o segundo personagem a ter um flashforward.
  • Até o episódio "The Candidate" o número de episódios de Hurley é 103.
  • Hurley, já matou um Outro, Ryan Pryce
  • Hurley vale $156 milhões de dólares.
  • O teto do quarto de Hurley dá forma a uma ferradura de cavaldo, um símbolo tradicional de boa sorte. ("Tricia Tanaka is Dead")
  • Quando o amigo imaginário de Hurley, Dave aparece na ilha, ele diz a Hurley que ele nunca deixou o hospício e que a ilha e os sobreviventes são parte da imaginação de Hurley. Dave diz a ele que ele precisa pular do penhasco para terminar com essa alucinação e voltar ao mundo real. Esse é o mesmo tema do filme "Vanilla Sky", estrelando Tom Cruise. Libby também diz a Hurley que ela fica magoada quando ele lhe diz que ela é parte de sua imaginação. Em "Vanilla Sky", Tom Cruise tem um psicólogo que também não consegue acreditar que ele é imaginário. Libby pergunta se Hurley se lembra do nome de uma das vítimas do acidente e ele não lembra. Em "Vanilla Sky", é perguntado ao psicólogo se ele lembra o nome das filhas e ele também não se lembra. Também, o primo de Tom Cruise é o ator que interpreta Ethan.
  • Hurley sabe falar espanhol fluentemente.
  • Ele deve $83K a Walt, por perder em Backgammon.
  • Usou o termo "dude" 214 vezes até "There's No Place Like Home: Parte 2".
  • Dentro do Case que Jacob deixou para ele tem um Ankh, que significa a vida eterna.

Elenco adicional

3x10 dad leaves.jpg

Hurley criança ("Tricia Tanaka is Dead")

Perguntas não respondidas

  • Por que seu apelido é "Hurley"?
  • Ele é amaldiçoado, como ele mesmo diz, ou abençoado, como lhe disse Jacob?
  • O pássaro disse mesmo seu nome?
  • Ele é realmente louco?
  • Se não tiver sido uma alucinação, de quem é o olho que ele vê na Cabana de Jacob?

R:O olho é de John Locke


Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no Fandom

Wiki aleatória