FANDOM


Estas informações foram reveladas pelo jogo de realidade alternativa.
Find 815
Oceanic logo
Ver · Editar
Capítulos · Website
Personagens:   Sam Thomas · Sonya · Tracey R · Mãe de Sam · Sr. Ockham · Oscar Talbot · Outros...
Companias: Oceanic Airlines · Grupo Maxwell · Austral Air
Locais: Fossa Oceânica de Sunda · Black Rock · Christiane I

Find815 3

"Find 815", Encontre o 815, foi o segundo jogo de realidade alternativa da ABC e dos criadores de Lost. Ele começou em 31 de Dezembro de 2007 e terminou 2 horas antes do início da 4ª Temporada em 31 de Janeiro. O website principal que é parte do jogo, Find815.com, esteve disponível por mais de 8 semanas antes de ser desligado. O jogo começou com um comunicado à imprensa da Oceanic Airlines sobre o retorno da empresa aos céus após meses de investigação do desaparecimento do voo 815.

A história gira em torno do técnico em Tecnologia da Informação (TI) Sam Thomas que está disposto a encontrar o amor de sua vida, Sonya, que estava a bordo do voo 815 Oceanic. Sam tem lutado em uma campanha contra a decisão da companhia aérea de cancelar as buscas pelo voo, enfatizando que o desejo deles é esquecer tudo e continuar os negócios. O jogadores ficaram sabendo do Find 815 através de um vídeo hackeado no website flyoceanicair.com.

Este segundo jogo explica como os Destroços do voo 815 de que Naomi falava foram descobertos.

Começo

Oceanic sam-3

Screenshots do vídeo hackeado de Sam no flyoceanicair.com

Em 28 de dezembro de 2007, a Oceanic revelou através de um comunicado à imprensa que eles iriam retornar a ativa. O comunicado também incluía uma informação de contato para Georgia Cavanagh. Quando se tentava ligar para ela, a ligação era redirecionado para a caixa de mensagens onde pedia para entrar no novo website, flyoceanicair.com, que iria ao ar em 31 de dezembro. No começo, tudo o que aparecia no site era um propaganda da Oceanic, porém em 31 de Dezembro, o vídeo mudou para um que havia sido hackeado por Sam Thomas. O vídeo revelava Sam com um técnico em TI da Oceanic que havia perdido sua namorada no voo 815 e estava furioso com a Oceanic pela suspensão das buscas por corpos e escombros. O vídeo também mostrava um endereço na internet, Find815.com, que foi como começou o novo jogo.

Resumo dos Capítulos

Capítulo 1

Sam-photo email

Sam analisando a foto arquivada

Artigo Principal: Find 815/Capítulo 1

Sam Thomas assiste um noticiário sobre o voo 815 Oceanic. Após a maior busca da história da companhia, a Oceanic Airlines anuncia que irá suspender as buscas e as investigações do acidente, concluindo que todos os passageiros estavam mortos alguns dias depois. Sam se vê no noticiário, comentando sobre a sua namorada de oito anos de namoro, que estava perdida, Sonya. Sam encontra um e-mail após algum tempo de um destinatário desconhecido. Ele contém um foto adulterada de Sonya, incluindo as palavras "Sunda Trench (Fossa Oceânica de Sunda)," "Christiane I," "Black Rock," e "Não diga a ninguém, conseqüências graves" escondidas na foto. Após responder, o e-mail retorna com uma mensagem de erro, Sam encontra um endereço de e-mail do remetente na mensagem de erro, relacionado a the-maxwell-group.com. Sam, então, levanta-se e olha para os mapas na parede. Ele encontra a Fossa Oceânica de "Sunda" no mapa da parede, ao Leste da Ilha Natal e a circula.

Tentando descobrir mais sobre Christiane I, Sam manda um e-mail para sua amiga Tracey R pedindo ajuda. Ela responde dizendo ser um barco de salvamento ancorado em Jakarta, Indonésia, mas que não pode descobrir aonde está se metendo, já que os detalhes são confidenciais. Sam imediatamente envia um email para seu amigo David Massingham, que é capaz de dar a ele passagem para Jakarta, mesmo que todos os aviões estivessem cheios.

Sam recebe uma mensagem de voz de sua mãe, que está preocupada após seu recente comportamento na tv. Ela pede para que ele ligue para ela. Mais tarde à noite, Sam acorda com o barulho de uma janela aberta que estava batendo por causa do vento. Quando ele se aproxima e fecha a janela, ele vê o reflexo de Sonya, que diz "amo-te loucamente". Ele olha ao redor e vê o velho uniforme da Oceanic Airlines pendurado na porta do guarda-roupas. Sam mais tarde descobre que foi demitido devido aos ataques feitos a empresa em público por ele e manda um e-mail para a Austral Air procurando por emprego. Ele, então, voa para Jakarta para encontrar o Christiane I.

Capítulo 2

Christiane I 2

Imagem do Christiane I

Artigo Principal: Find 815/Capítulo 2

Sam encontra o Christiane I em Jakarta, mas tem dificuldade em conseguir entrar a bordo para a expedição. O capitão, Sr. Ockham, inicialmente informa que eles não podem ter mais nenhum passageiro, mas graças à sua habilidade em consertar equipamentos eletrônicos, Sam consegue convencer Ockham a deixá-lo no navio. Entretanto, o supervisor da expedição, Oscar Talbot, age com muita desconfiança para com Sam. E começa a questionar-lo sobre seu interesse na Fossa Oceânica de Sunda, e sugestiona que ele está tentando fugir de algo. Ockham, no entanto, consegue convencer Oscar que as habilidades de Sam podem ser úteis a bordo do navio, já que o destino deles pode se revelar difícil para os equipamentos elétricos. Talbot consente, mas diz que ficará atento.

Sam recebe um misterioso email sem assunto e sem remetente. Contendo apenas um longo conjunto de números distribuídos com ocasionais erros, oito caracteres estão cinzas ao invés de pretos: - 1 1 . 1 7 8 4. Também, a Austral Air responde o email de Sam, rejeitando seu pedido de emprego. Sam também encontra um site sobre a Fossa Oceânica de Sunda, detalhando vários acidentes com aviões e navios que ocorreram naquela região.

Em uma de suas primeiras noites à bordo do Christiane I, enquanto procurava por uma freqüência em um rádio velho que tinha encontrado, Sam misteriosamente se depara com uma transmissão de rádio datada de 1937, que noticiava sobre o desaparecimento da aviadora Amelia Earhart. Ele manda um e-mail para os responsáveis por transmissões, perguntando sobre a transmissão misteriosa que ele tinha sintonizado e sobre o desaparecimento de Amelia Earhart. Eles explicam que ela pode ter vindo de um entusiasta amador, que de vez em quando transmite gravações históricas. Querendo saber mais sobre Talbot, Sam pede a Tracey que reúna informações sobre ele. Tracey acaba descobrindo que ele vem de uma família solitária e rica da Costa Leste dos EUA com passagens pela história do comércio de diamantes. Tracey também descobre que a pista "black rock" encontrada na fotografia se refere à um navio negreiro, que desapareceu em 1881 após deixar a Papúa Nova Guiné.

Sam grava um vídeo-diário e revela que está repensando sobre a expedição à bordo do Christiane I. Ele ainda não foi claro quanto a associação disso com o voo 815 Oceanic, e está cético sobre o significado do e-mail recebido do Grupo Maxwell, pensando que pode ser uma brincadeira. Ele conclui que irá desembarcar no próximo porto.

Capítulo 3

BRSalvage

O arquivo confidencial da pasta de Talbot

Artigo Principal: Find 815/Capítulo 3

Ockham comenta que Sam não estará em casa a tempo do Natal, pois eles estarão navegando, conduzindo uma busca predetermida, em Janeiro. Ele depois avisa a Sam que um motim está fora de questão, a menos que os bolsos dele sejam mais fundos que os de Talbot. Sam e Ockham conversam sobre Talbot e de onde vem o dinheiro para a expedição, porém Ockham somente sabe que isso converge para um sindicato. A curiosidade de Sam o leva a vasculhar o quarto temporariamente vago de Talbot. Os jogadores, então, fazem a Atividade do Capítulo 3, na qual eles devem encontrar alguma informação sobre a expedição.O jogadores ganham ao solucionar uma série de quebra-cabeças até encontar o código secreto da pasta de Talbot, da qual Sam abre e encontra um documento oficial do Grupo Maxwell com o título, "Proposta de salvamento do náufrago Black Rock". Também descobre-se que o Grupo Maxwell é parte das Indústrias Widmore, negócios da família de Penny Widmore, supostamente comandados pelo pai dela. Sam, então, deixa o quarto e esbarra com Talbot. Esse o acusa de vasculhar as coisas dele. Talbot, então, diz que enquanto algumas pessoas sentem que Sam é essencial para a expedição, ele discorda e o avisa para ficar longe do quarto dele.

Sam recebe um outro e-mail misterioso de um remetente desconhecido, sem assunto. Dessa vez, o e-mail tem uma longa sequência de caracteres com algumas em fontes menores: A A B B C F C. Ele manda um e-mail para Tracey pedindo para que ela diga a mãe dele que está tudo bem, mas que ele não estará em casa para o Natal. Sam também recebe um e-mail dos pais de Sonya, Ian e Pam, que se oferecem para ficar com ele como gesto de apoio familiar devido ao aniversário de namoro dos dois que se aproxima. Sam teve que recusar, explicando que estará fora do país até o ano novo.

Enquanto no deck do Christiane I, Sam percebe alguns sons e barulhos estranhos vindos da sala de comando. Ele vai investigar e encontra os equipamentos eletrônicos funcionando de maneira muito esquisita. Após pressionar alguns botões, as luzes se normalizam e tudo volta ao normal. Tracey mais tarde oferece algumas explicações para o evento anômalo: raios, uma falha temporária no sistema elétrico, ou menos provável, um forte onda eletromagnética. Ela recomenda a Sam tirar um tempo de descanço e sugere uma agência de viagens chamada BaliHolidayFun. Porém, após descobrir a ligação entre Talbot e o Grupo Maxwell, a fonte dos e-mails misteriosos, Sam sente que está na direção certa. Ele também descobre que o e-mail com as colunas de números contém coordenadas geográficas e planeja marcá-las no navegador de Talbot.

Capítulo 4

TalbotSamCh4

Talbot confrontando Sam sobre as coordenadas

Artigo Principal: Find 815/Capítulo 4

Sam consegue acessar o navegador usando da artimanha de dizer que ele estava quebrado e que precisava de conserto. Após colocar os números que ele acredita ser coordenadas, ele vê que localizou ums área ns Fossa Oceânica de Sunda. Talbot, mais tarde, confronta Sam, acusando-o de mentir sobre o problema do navegador. Talbot mostra o pedaço de papel em que Sam escreveu as coordenadas e pergunta para que elas servem. Sam não responde de pronto, mas depois diz que elas vieram do Grupo Maxwell, os patrões de Talbot. Talbot avisa a Sam que ele está passando dos limites e que é melhor ficar longe das coordenadas; ele não vai encontrar o que está procurando.

Sam não aceita o conselho de Tracey sobre o site BaliHolidayFun.com, explicando que ele está sentindo saudades de casa. Tracey falou com a mãe dele; ela está muito preocupada com Sam, mas aliviada por ele estar bem. Sam ouve que está recebendo uma indenização por um seguro de uma Companhia de Caixas que pegou fogo e ele era um dos investidores.

Enquanto caminhava pelo deck do Christiane I à noite, Sam percebeu estranhas luzes verdes no oceano. Tracey explicou que pela descrição elas pareciam ser auroras, um fenômeno natural causado por forças magnéticas na atmosfera. Ela percebeu, porém, que esse fenômeno geralmente ocorre em regiões polares e normalmente não desaparecem tão depressa como a que Sam viu.

Capítulo 5

Ch5-FoundSomething

Ockham dizendo que eles encontraram o Black Rock

Artigo Principal: Find 815/Capítulo 5

Sam foi capaz de convencer Ockham a navegar pelas coordenadas que ele recebeu do Grupo Maxwell para procurar pelo Black Rock. Logo após a mudança de curso, entretanto, Talbot descobriu e Ockham deve que retomar o controle do Christiane I. Talbot disse que os empregadores dele têm centenas de coordenadas vindas do diário deMagnus Hanso, o capitão do Black Rock, e perguntou a Sam porque as coordenadas deles seriam as mais importantes. Sam, então, explicou para Ockham de onde as coordenadas vieram e também revelou a Talbout a maneira codificada que as mensagens chegavam até ele. Após quase mudar a rota do navio seguindo as ordens de Talbot, o radar apita e Ockham diz que eles encontraram o Black Rock.

Austral Air mandou um e-mail para Sam avisando sobre uma vaga de emprego para ele, porém Sam teve que recusar a entrevista, dizendo que algumas coisas aconteceram. Tracey deixou uma mensagem expressando a preocupação dela e o apoio a Sam. Ele agradeceu, mas também disse que está preocupado sobre o que está por vir. Outro e-mail codificado apareceu na caixa de entrada de Sam; ao traduzí-lo a mensagem era "All is lost" (Tudo está perdido).

Sam está no deck à noite quando ele ouve o que parece ser Sonya sussurando, "Sam... amo-te loucamente". Ockham diz a ele para não se preocupar, explicando que o vento pode pregar peças nessa área. Sam convenceu Ockham a deixá-lo dirigir um dos ROVs (Veículo Operado Remotamente) até o fundo para dar uma olhada nos destroços, porém o tempo rigoroso fez com que eles esperassem.

No outro dia, Sam navega o ROV e não encontra o Black Rock, mas sim o avião do voo Oceanic 815.

Companhias por trás do Find 815

O jogo foi criado por Hoodlum, uma empresa australiana baseada em Brisbane. O CEO e co-fundador da compania é Tracey Robertson (possivelmente daonde Tracey R veio). O jogo também está sendo desenvolvido pelo co-fundador Nathan Mayfield (quem está por trás do site do Grupo Maxwell) e por possivelmente outras pessoas.

Aparentemente, o jogo foi encomendado pela ABC e pelo Yahoo7, já que os dois já foram clientes do Hoodlum. Esta informação foi confirmada(não oficialmente) quando, durante o Capítulo 1 do jogo, os sites oficiais da ABC e do Yahoo7 hospedaram um jogo que era necessário para completar o capítulo. O primeiro boletim de imprensa anunciando o regresso às vias aéreas da Oceanic Airlines, também foi liberada por meio de ABC Medianet.

Histórico de Pré-Lançamento

Artigo Principal: Lost_Experience#Sequência

Após o término do primeiro jogo de Lost, The Lost Experience, rumores de um segundo jogo foram repetidamente negados pelos criadores de Lost.

Links Externos

Estes links abaixo são de blogs populares que cobrem o Find 815.


Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória