FANDOM


Concurso Episódios Quinta Temporada
Concurso 6ª Temporada

Episódio 01


Estrelando:


Sinopse

Flashbacks

Jacob

1896 - (108 anos atrás):

A temporada começa com uma mulher correndo segurando um bebê recém-nascido no colo. Ela o esconde no mato e volta a correr. Porém é cercada entre os oito homens armados que a seguiam e um penhasco. Um dos homens pergunta onde ela escondeu o filho. Beatriz, a mulher, não diz onde está. Ela diz "Eu te amo, Jacob" e em seguida se joga do penhasco. Os homens ficam se perguntando quem é Jacob. A cena volta para o filho de Beatriz chorando na floresta: o bebê é Jacob!

Ben Linus

1972 - Ben com 12 anos estava numa sala da Vila. Charles Widmore, na época presidente da Iniciativa Dharma, entra na sala e tenta fazê-lo assumir que foi ele que invadiu a Estação Orquídea. Ben assume a culpa e completa que odeia o lugar onde vive e que não vê nada de especial ou divertido na Ilha. Charles se levanta e pega uma fita de Orientação da Dharma "Orientation - The Island", e convida-o a descobrir os segredos da Ilha durantes os próximos anos, sem saber que Ben estava os traindo. Ben questiona que é somente uma Ilha. Charles nega e põe o vídeo para Ben assistir.

1975 - Ben com 15 anos, é visto se encontrando com os hostis escondido da Dharma. Richard lhe pergunta se ele está tendo sucesso com a espionagem. Ben menciona que Annie está "perguntando demais". Richard lhe diz para não perder tempo com a garota e não acabar com o plano deles. Ben diz que Widmore está planejando ir embora da Ilha, e Richard o manda descobrir "onde está Hanseem" o mais rápido possível. Quando volta para a Vila, encontra seu pai, os pais de Annie e Widmore em sua casa preocupados com ele. Widmore lhe diz que Annie havia sido morta por um homem chamado Hanseem, o qual Ben deveria matar no futuro. Widmore lhe entrega um bilhete que encontrara no bolso de Annie - "Ela sabe demais".

1992 - Logo depois da Purgação, Ben manda não buscarem o corpo de seu pai. Richard anuncia que chegou a hora de matar Hanseem, pois só assim, Jacob conseguirá ser o dono definitivo da Ilha, já que Widmore havia ido embora. Richard o guia até Hanseem dizendo que somente ele poderá matá-lo. Richard volta para mover a Ilha para que Widmore nunca mais retorne. Hanseem estava amarrado numa árvore e pronto para ser executado. Ele e Ben parecem já se conhecerem. Ben diz que quer conversar e que irá pagar justiça por todas as mulheres grávidas e crianças que Hanseem matou. Porém, Hanseem se solta e derruba Ben. Os dois lutam e Hanseem acaba fugindo.

Ben conta o ocorrido para Richard, que ainda não havia movido a Ilha. Richard promete guardar segredo e mentir que Hanseem havia morrido. Porém, adverte que se algum dia ele retornar, ele retornará forte o suficiente para retomar a Ilha, e Jacob ficará furioso por terem lhe enganado. Ben corre o risco. Richard mostra a Ben como mover a Ilha.

Tempo Real

Depois de mover a Ilha, Benjamin acorda na cabana de Jacob. Porém, Jacob havia saido. Ali estava somente Christian Shephard. Ele diz a Ben que John Locke libertara Jacob das cinzas que rodeava a cabana. Christian diz que Ben deve tomar cuidado com Jacob, pois "Hanseem está na Ilha". Ben fica preocupado alegando que Hanseem está morto. Christian desmente Ben e lhe conta tudo que se passa na cabeça de Jacob. Ben pega uma arma no armário e sai da cabana com Christian lhe alertando que "a guerra pela Ilha apenas começou".

No acampamento, Juliet e Sawyer brincam de "Eu Nunca". É revelado que Sawyer e Juliet já se apaixonaram, já mataram alguém por acidente, já planejram a morte de alguém, já flertaram alguém casado, e já deixaram de cumprir alguma promessa. Eles brincam até o momento que Sawyer diz que "nunca invetou de fazer uma brincadeira qualquer como desculpa para tentar esquecer algo ou alguém". Essa rodada afetou ambos, que bebem um gole. Juliet questiona onde eles (Oceanic 6) possam estar agora. Sawyer diz que qualquer lugar é melhor que ali. Juliet diz que parar ali na Ilha não foi tão ruim quanto parece pros dois. E finalizam que Juliet e Sawyer tem muita coisa em comum.

Na manhã seguinte, Locke conta a Richard todo o ocorrido dos dias anteriores até o momento que Ben move a Ilha. Richard pergunta se ele mencionou algo sobre Jacob, Widmore ou Hanseem. Locke nega e Richard acha ótimo. Ele diz a Locke que a Ilha está com "uma visita", Hanseem. Richard diz que o restante do grupo irá encontrar Hanseem, enquanto ele e Locke irão procurar Ben.

Enquanto Richard e Locke iam encontrar Ben, Richard contou a história de Hanseem. Ele conta que Hanseem foi o primeiro dono da Ilha, e único sobrevivente do naufrágio do navio Black Rock. Seu sonho era ter um filho, porém, nenhuma criança nascia naquela Ilha, com a exceção de Jacob, cuja mãe, Beatriz, o escondeu na floresta e se matou. Hanseem sempre procurou por Jacob, porém nunca o encontrou. Desde o momento que Jacob está na ilha, aquele lugar passou a ser um lugar especial, onde milagres acontecem. Esses milagres chamaram a atenção da Iniciativa Dharma, que queria expandir esse poder para o mundo inteiro. Jacob invoca Ben para trair a Dharma e matar Hanssem, pois era o único jeito de Jacob se tornar o dono da Ilha. Richard diz que estava com Ben no dia que ele deveria ter matado Hanseem. E acrescenta que o sonho de Ben, é ser o dono definitivo da Ilha.

No acampamento, Sawyer observa Charlotte e Miles discutindo. Sawyer e Miles guerreiam numa "batalha de apelidos" e Charlotte diz que Miles sempre foi assim. Miles e Charlotte estão indo embora quando Sawyer pergunta para onde eles vão. Eles dizem que, mesmo depois de tudo, ainda não pararam as buscas por Benjamin Linus. Sawyer vai junto com eles.

Richard e Locke encontram Benjamin, que não esperava vê-los novamente. Richard mente para Ben que Os Outros chegarão ali em breve. Locke não entende a mentira, porém não desmente. Ben diz a Richard que deverão proteger John de Hanseem. Richard consente. Locke questiona e Ben diz: "Porque no momento a Ilha é sua." Locke questiona sobre a Ilha ser dele. Richard diz que Jacob o escolheu como próximo herdeiro. Porém, Locke questiona que nunca o viu. Ben diz: "Acredite, você com certeza já o viu."

Juliet estava pegando frutas, perto do Acampamento, quando ouve sussurros e encontra Harper e os Outros. Harper diz que Hanseem está na Ilha, e que Juliet irá com eles encontrar Hanseem. Harper anuncia que eles serão obrigados a trair Ben. Juliet vai com eles, sem avisar ninguém do acampamento.

Na floresta, um homem estava brincando com Vincent. Sawyer, Miles e Charlotte surgem discutindo. Sawyer confunde o homem com Locke, que diz que "não é John Locke", ele estende a mão para Sawyer e se apresenta: "É um prazer conhecê-lo, meu nome é Jacob. E quem são vocês?".

Episódio 02


Estrelando:


Sinopse

Flashbacks

O episódio começa com Sawyer em um momento claro de depressão, logo após enganar Cassidy, a única mulher que chegou perto de amar em sua vida, e está se sustentando com os 600 mil dólares roubados dela. Ainda se escondendo, mora em um motel barato. Pela aparência do quarto, ele está começando a desenvolver um problema sério com bebida.

Ele vai até uma loja de bebidas logo que acorda, no meio da tarde, e é abordado por uma menina jovem que lhe pede para comprar bebida pra ela em seu aniversário de 19 anos. Ela o paquera, e Sawyer aproveita a oportunidade e a convida para ir a um bar comemorar. Eles saem, bebem, e os avanços dela ficam mais sexuais, mas ele não parece se incomodar, pelo contrário, ele parece satisfeito em tirar proveito da situação.

Eles vão para o motel e, depois de irem para a cama, ele tenta descobrir quem ela é. mas o que descobre não o agrada: Ela não o escolher por acaso, sabe quem ele realmente é, seu nome, e quanto dinheiro roubou de Cassidy e então revela ser menor de idade e ter gravado a aventura deles, o chantageando pelo dinheiro. Cita também uma terceira pessoa, não revelando seu nome, que a direcionou à Sawyer como alvo.

Tempo Real

Em seu encontro com Jacob, Sawyer é convidado para seguir com ele, deixando uma Charlotte muito assustada e um Miles confuso para trás. Os dois voltam para o acampamento com o objetivo de unir forças para sobreviver à guerra que está prestes a começar, o qual apenas Charlotte parece reconhecer a devida grandiosidade.

Ben, Richard e Locke procuram retornar à cabana de Jacob para proteger a vida de Locke, que parece ser o único que não entende o que realmente está acontecendo. Ben está muito determinado a chegar na cabana, mas Locke parece desconfiar de suas verdadeiras intenções. Richard, que à princípio mostrava lealdade à Locke, não justifica seus motivos para continuar seguindo Ben, deixando Locke cada vez mais desconfiado dos motivos de Richard.

Sawyer segue Jacob sem saber o destino de sua jornada, e acaba nas portas do Black Rock, que lhe causa náuseas em lembrar que tirou a vida do verdadeiro "Sawyer" lá dentro. Jacob ' então lhe revela que ao tirar a vida de Anthony Cooper, que tem laços de sangue com o "dono" da ilha, Sawyer trouxe de volta à vida Hanseen, um homem muito perigoso cuja alma estava presa ao Black Rock. Quando Sawyer lhe questiona como Jacob sabe tanto sobre ele, Jacob convoca o monstro de fumaça, que toma a forma da mesma garota que trapaceou Sawyer no passado.

Episódio 03


Estrelando:


Sinopse

Flashbacks

Uma mulher caminha com um bebê no colo em um bairro residencial, esta mulher deixa o bebê na porta de uma casa, junto com o bebê ela deixa um medalhão da DHARMA e uma carta. A mulher toca a campainha e sai rapidamente para que ninguém a veja, a mulher diz: "Jacob, por favor, cuide da minha pequena Charlotte, eu já fiz o que você me mandou!" Esta mulher é a verdadeira mãe de Charlotte, Selma.

Charlotte aos 16 anos, ela esta em uma sala com seus pais, eles parecem estar muito apreensivos, eles resolvem contar à Charlotte que alguém a deixou na porta de sua casa, quando ela ainda era um bebê. Eles entregam à Charlotte o medalhão da Dharma e a carta. As duas irmãs da Charlotte a provocam por dizerem que ela não é a verdadeira filha de seus pais.

Charlotte, já adulta, ela vai até uma loja de antiguidades, ela mostra para o vendedor se ele sabe de onde o medalhão veio, ele diz que não, mas um homem que estava atrás de Charlotte diz que sim, este homem é Abbadon. Os dois vão a um café, e Abbadon diz que esse colar é da extinta Iniciativa Dharma, para provar a ela que ele sabe o que é o medalhão, ele diz para ela ir até a Tunísia, e que lá ela pode encontrar outros destes, o que nos relembra de seu flashback onde Charlotte está na Tunísia e encontra outro medalhão da Dharma ("Confirmed Dead"). Charlotte diz que é uma grande coincidência encontrar ele em uma loja de antiguidades, então Abbadon diz: ‘’Não confunda coincidência com destino’’.

No seu próximo flashback, Charlotte e Faraday estão em um café. Charlotte conta a ele sobre Abbadon, que ele diz que ela poderia encontrar mais medalhões iguais ao dela e que ela encontrou. Ele diz que Abbadon também procurou por ele, ele diz que Abbadon teria ficado interessado sobre seus estudos de viagem no tempo, mas ele o ignorou, achando que ele poderia ser um cientista querendo roubar seus estudos. Charlotte convence Daniel aceitar a missão, ela mostra para ele os protocolos. Daniel se interessa pela estação Orquídea.

Charlotte se encontra com Abbadon novamente, ele a elogia dizendo que gostou de seu jeito, e diz que sua função na missão é saber lidar com os sobreviventes em pânico e com os moradores da ilha, Charlotte não pode deixar de que os tripulantes do cargueiro revelem sua verdadeira missão.

Em seu último flashback Charlotte está na proa do cargueiro, ela lê a carta que sua mãe deixou para ela: Charlotte, quando você ler isso você já estará matura o suficiente para entender. Eu sou sua mãe, meu nome é Selma, e seu nome não é Charlotte Lewis, e sim Charlotte Doran. Eu fui obrigada a te abandonar em frente dessa casa, Jacob me obrigou, e eu não tive escolha. Um dia você irá voltar para cá, e finalmente irá entender tudo. Você é especial Charlotte, ele me disse. Jacob tem poderes inimagináveis, ele saberá se eu desobedecer, por favor, me entenda, e não me odeie. Você não tem como fugir do seu destino, ele está marcado. Com amor, de sua verdadeira mãe. Selma. 23/7/1970 Charlotte diz não entender a carta, já que ela nasceu em 1979, e a carta foi escrita em 1970. Faraday diz que tempo é relativo, após essa conversa os dois se beijam.

Tempo Real

Na ilha de Sumba:

Os Oceanic Six são recebidos pelos moradores, um deles fala inglês. Eles vão para uma casa, lá eles pensam se não é melhor entregar Aaron para a sua verdadeira família, mas Kate está determinada em ficar com ele. Depois o avião da Oceanic chega para os buscar, Karen Decker os recebe, eles se despedem dos moradores e embarcam no voo, que sabemos que tem destino para Honolulu no Havaí.

No Barco da Penny:

Frank descobre que Henrik e Mathias são brasileiros, Penny e Desmond ouvem uma transmissão de rádio que diz que foram encontrados seis sobreviventes do voo 815. Frank comemora, dizendo que agora ele irá provar para o mundo de que não é o bêbado louco. Desmond e Penny decidem o destino de sua viagem, Mathias dá a idaia para que os dois vão se esconder de Charles Widmore no Brasil, Frank diz que precisa ir para os Estados Unidos resolver alguns assuntos.

Mathias está conversando com Charles Widmore no telefone, Widmore diz que Mathias deve mantêr Penny e Desmond sempre próximo a ele, pois assim poderá informar aonde os dois estão (por isso a ideia de Mathias, de que Desmond e Penny devem ir para o Brasil), Widmore diz para Mathias que a Dharma está mais perto do que nunca de retornar. Henrik ouve a ligação de Mathias, e diz que ele é um traidor.

Na ilha:

Rose e Bernard estão na praia, Rose diz para Bernard que os que estavam no bote de Faraday estão vivos. Charlotte chega na praia apressada dizendo que precisa encontrar Juliet, porque só ela pode encontrar Ben. E na cabeça confusa de Charlotte, ela acha que Ben é o único capaz de vencer Jacob, pois ela pensa que se é Ben que está com a ilha e não Widmore, Ben é capaz de vencer Jacob. Rose, Bernard e Miles ajudam Charlotte a encontrar Juliet. Eles encontram a fruteira de Juliet, eles discutem o que pode ter ocorrido com ela, já que sua fruteira está jogado no chão.

Miles tem uma visão de Christian dizendo que Charlotte deve seguir o seu destino, que ela deve ir sozinha em direção ao Templo, Vincent guia Charlotte. Rose e Bernard levam Miles para a praia, eles ouvem o barulho do bote de Faraday, ele volta com 4 sobreviventes e Jin. Faraday conta para Rose e Bernard que Jin foi o único sobrevivente da explosão do cargueiro, Rose e Bernard recebe os sobreviventes calorosamente, em especial, Jin. Miles diz para Faraday que Charlotte foi sozinha para mata, Faraday vai atrás dela.

Charlotte encontra sua mãe, e todos os outros, eles estão em frente ao Templo, e Hanseem está preso amarrado entre eles. Selma e Juliet contam um pouco sobre o passado de Charlotte e Hanseem. Eles dizem que Hanseem foi o único sobrevivente do Pedra Negra, desde então ele se tornou o dono da ilha, e todas as mulheres que engravidaram lá, Hanseem as matá-va. Ele fazia isso, pois a uma lenda na ilha, que o verdadeiro dono deve nascer e ser concebido lá, e enquanto essa pessoa não chega, ele poderia ser o dono provisório. Hanseem sai da ilha, mas deixa um veneno letal espalhado por ela, que o corpo da mulher começa a tratar o bebê como um invasor do corpo, assim todas as grávidas e bebês da ilha morrem.

Agora que Hanseem está de volta, ele veio para matar as duas únicas pessoas que conseguiram ser concebidas e nascer na ilha, uma delas é Jacob e a outra é a Charlotte. Os outros revelam para Charlotte, que se ela sobreviveu, ela é a escolhida para libertá-los de Hanseem, e sendo assim ela deve matá-lo para que o novo líder fique com a ilha, e só assim o novo líder poderá assumir o seu posto, sendo que o antigo dono tem que morrer. Eles dizem que esse novo líder é John Locke, e que Ben também deve morrer, já que ele também foi o dono da ilha por um tempo, mesmo que ele tenha mentido para isso, já que ele diz que matou Hanseem. Mas os outros dizem que Richard fará isso com as próprias mãos. Charlotte diz que pensou que Jacob era o grande vilão, já que na sua carta Selma diz que Jacob a obrigou abandoná-la, os outros explicam que ele fez isso, para mantê-la viva.

Então os outros começam a gritar para que ela cumpra seu destino, matar Hanseem, mas Charlotte diz que ela não pode, pois ela não é uma assassina. Quando ela diz isso, são ouvidos quatro disparos vindo de direção da mata e Hanseem cai morto no chão. Todos ficam completamente apavorados, e Selma diz: "A Charlotte devia ter feito, Jacob não irá perdoar dessa vez."

Episódio 04


Estrelando:

Sinopse

Tempo Real

No Cockpit do Avião

No cockpit, estão Sayid, Hurley, Kate, Aaron e Sun. Hurley diz a Sayid que estava louco para ver seus pais. Sayid diz que ninguém estava esperando por ele e Hurley fala que Sayid podia sempre contar com ele. Sayid agradece. Enquanto isso, Jack pergunta a Kate se ela iria ficar mesmo com Aaron. Kate diz que nada o tiraria dela e que não cabia a Jack dizer se aquilo era certo ou errado. No banheiro do cockpit, Sun está chorando, olhando para o seu reflexo no espelho. Depois de alguns instantes, ela diz, enquanto continua a chorar: “Não se preocupe Jin. Pagarão por sua morte. Eu prometo.”.

Mais tarde, Hurley está no banheiro, lavando suas mãos. De repente, Hurley vê Libby ao seu lado. Ela diz que ele não devia tê-los deixado lá, que eles precisavam dele. Ela pede para que ele voltasse, pois coisas ruins estavam prestes a acontecer. Hurley acorda em seu assento, assustado. Logo, percebe o que tinha acontecido e se acalma. Sayid diz a ele que eles estavam prestes a pousar. Hurley sorri forçadamente.

No Barco da Penny

Frank Lapidus é acordado por gritos. Ao sair, vê Mathias parecendo querer pular para a água. Ao perguntar o que tinha acontecido, Mathias diz a Frank que Henrik tinha caído na água há algum tempo. Logo, Penny e Desmond chegam. Frank diz a todos que era impossível procurarem por Henrik àquela hora e que provavelmente ele já estaria morto. Mathias começa a chorar. Porém, é possível ver alguns traços de frivolidade em meio às constantes lágrimas. A cena muda para o corpo de Henrik flutuando pelas profundezas do oceano. Sua garganta está cortada.

Na Ilha

Ben, Richard e Locke andavam pela floresta. Logo, Locke se aproxima de Ben e pergunta como Ben não tinha saído da ilha. Ben diz que sabia que, se movesse a ilha, possibilitaria a liberdade de Jacob, e ele pensou que a primeira coisa que Jacob faria ao ser libertado era expulsar Ben de lá, mas ele não o fez. Locke, então, pergunta se Ben arriscaria sua própria vida pela ilha. Ben responde que desde pequeno lutava pelo bem maior e que Locke devia começar a fazer isso. Mais tarde, Locke e Richard param de caminhar e falam que Jacob queria conversar com Ben. Ben diz que sabia que eles tinham um plano, e, ao terminar de falar, pega uma arma que estava em seu casaco e atira nos outros dois. Ben logo explica que tinham sido atingidos por dardos que possuíam o veneno de uma aranha que iria paralisá-los por algumas horas e também diz que iria sair da ilha. Logo, começa a correr, deixando Locke e Richard estirados no chão.

Enquanto corre, Ben acaba trombando com Jin, fazendo os dois caírem. Ben aponta a arma para Jin, mandando-o ficar parado. Ben levanta-se e recomeça sua corrida. Ben pára em um lugar deserto, no meio da mata e começa a contar seus passos. Depois, chega a certo ponto e começa a cavar o chão daquele local. Logo, uma porta de escotilha, com um símbolo DHARMA com uma nuvem em seu centro aparece. Ben abre a porta e desce para dentro da estação. Ao chegar, ele ativa oito interruptores e se dirige a um painel, que fica próximo a uma cabine fechada. Enquanto ativa vários botões no painel, Ben é surpreendido por Jacob, que pergunta se Ben pretendia viajar. Ben, sem responder, pergunta se Jacob tinha andado muito pela ilha, e Jacob responde que tinha certos assuntos a tratar e que somente queria conversar com Ben. Ben, impaciente, diz que estava indo. Jacob pergunta para onde. Ben responde que sairia da ilha, pois também tinha certos assuntos a tratar. Jacob pergunta se era com Widmore, e Ben responde: “Também.”.

Jacob diz que, se Ben saísse, só haveria um jeito de voltar. Ben diz que tem um plano. Jacob, depois de um tempo, diz que Ben teria de assumir algumas responsabilidades, pois tempos perturbadores estavam a vir. Ben disse que não iria negá-las. Assim, Ben entra na cabine e a fecha. Em alguns instantes, toda a estação começa a tremer e uma luz branca extremamente forte começa a sair da cabine onde Ben havia entrado. Logo, a luz domina a estação inteira (assim como um barulho infernal), nos impossibilitando de ver qualquer outra coisa.

Daniel está correndo pela floresta, enquanto grita por Charlotte. De repente, ele pára, parecendo muito cansado. Vemos uma gota de sangue escorrendo do seu nariz. A cena muda para Daniel sentado em um bar escuro, com o cabelo mais curto e sem barba. Daniel olha para os lados, parecendo confuso. Depois, ele se levanta e começa a cambalear pelo bar, até puxar o braço de um homem e perguntar em que ano eles estavam. O homem responde que estavam em 2008. Daniel cai sentado no chão, e, então, sussurra: “Não... Não! De novo não!”.

Flashforwards

Sun:

Sun está em seu apartamento, deitada ao lado de Ji Yeon. O telefone toca e Sun vai atendê-lo. Durante a conversa, ela diz que cumpriu o que estava de acordo com o plano e, depois, começa a perguntar se tinha certeza de que o tinha visto vivo. A pessoa que está do outro lado da linha desliga. Sun derruba o telefone e começa a chorar, voltando a deitar-se.

Hurley, Sayid e Jack:

Hurley e Sayid estão em um elevador. Hurley pergunta a Sayid onde estava indo. Sayid disse que ele veria com os próprios olhos. Ao saírem do elevador, Sayid e Hurley seguem por um corredor cheio de portas enumeradas. Eles param na frente da porta com o número 4496. Sayid bate na porta. Logo, Benjamin Linus a abre, parecendo satisfeito. Ele os convida para entrar. Sayid e Hurley entram e se dirigem à cozinha, onde alguém está sentado, bebendo uma cerveja. Logo, vemos que é Jack Shephard (com uma barba relativamente grande). Sayid, Jack e Hurley se cumprimentam. Ben chega e os convida a se sentar.

Com todos sentados, Ben pergunta a Hurley se ele tem gostado da sua vida pós-ilha e que se gostava de ficar em um hospício. Hurley se irrita, mas Jack o acalma, dizendo que precisavam lhe dizer algo. Jack diz que eles precisavam voltar. Hurley se assusta, perguntando para onde. Ben diz que deviam voltar para o lugar de onde vieram. Hurley, por alguns instantes, fica pensativo. Enfim ele responde que voltaria. Mas pergunta como. Ben diz que tem um plano e, ao ser questionado por Hurley, diz que não há tempo e que tudo já estava arranjado. Ben vira-se para Sayid e diz que conversou com a Sra. Kwon. Hurley pergunta se Sun voltaria também. Jack diz que todos teriam de voltar. Hurley pergunta se Sun queria mesmo voltar e Ben lhe diz que a tinha dado um incentivo. Ben diz que não há mais tempo para perguntas, se levanta e pergunta a Hurley se ele iria acompanhá-los. Hurley diz que sim. Hurley chama Jack e diz que precisava contar-lhe algo. Antes de Jack terminar de falar, Hurley diz que o pai de Jack apareceu e disse que tinha uma missão para eles.

Kate:

Kate está em sua cama, dormindo ao lado de Aaron. Logo, ela acorda, o acaricia e se dirige às escadas. Enquanto estava descendo, Aaron começa a chamá-la. Assustada, Kate volta rapidamente. Ao voltar, Kate vê que Aaron estava de olhos fechados. Ela deita-se ao lado dele, o acorda e pergunta o que tinha acontecido. O garoto, ainda ofegante, diz que “ele” falou para Aaron que todos o estavam esperando. Quando Kate pergunta quem era “ele”, Aaron responde que era seu avô.

Episódio 05


Estrelando:


Sinopse

Flashbacks

Daniel Faraday está se encontra com um velho amigo, chamado Henry num bar de Minnesota em 1999. Eles conversam sobre algumas das pesquisas que seu estrito grupo de amigos vem desenvolvendo e Daniel diz que estava passando um tempo na cidade pra pegar uns equipamentos pessoalmente. Alguns dias depois, Daniel e o mesmo amigo estão caminhando numa rua movimentada da cidade, e Henry fala que as coisas estão complicadas entre ele e sua mulher, Jenny. Então Daniel revela que até que é um pouco bom no que se trata de mulheres, o que faz o amigo rir de incredulidade. Então o amigo diz que, para espairecer, já que a mulher pediu um tempo alegando que ele preferia a ciência a ela, ele vai viajar de balão.

Alguns meses depois, Jennifer liga para Daniel dizendo que o marido Henry realmente viajou, se culpando e tudo mais. Então Daniel diz pra ela ficar calma e vai pra casa dela. Alguns dias depois disso, Daniel está com alguns amigos no laboratório. Eles conversam sobre a possiblidade de haver algum complexo ou base no Pacífico, onde detectaram anomalias eletromagnéticas, e especulam que esse complexo conseguiu, de algum modo, ocultar-se do mundo.

Em 2004, Daniel e seu amigo Paul estão num bar. Daniel fala das ligações constantes de Abbadon, então Paul alerta ele pra que tenha muito cuidado, alegando que pode ser um ladrão de estudos. Após alguns acontecimentos, Daniel acaba tendo uma estranha visão do futuro devido às exposições dele á elevados níveis de eletromagnetismo em suas experiências. Nessa visão, ele está na Ilha, onde misteriosamente acaba num lugar onde há um grupo de pessoas considerável, e no momento que ele chega, uma ruiva mata um velho indefeso. Após a visão, ele bate a cabeça sem querer na mesa do bar, e acaba esquecendo-se dela posteriormente. No mesmo ano, Daniel está na Inglaterra, numa cabine telefônica conversando com Grant, e diz que vai embarcar no Kahana, em busca das respostas que eles estão há tanto tempo desejando conseguir.

Tempo Real

Daniel está com uma arma na mão. Aparentemente, ele matou Hanseem, mas não sabe o porquê e nem se lembra de como chegou ali. Então, ele foge desesperado, quando de repente, o céu fica roxo, e uma anomalia eletromagnética ocorre, do mesmo modo que ocorreu quando Desmond implodiu a Estação Cisne. O fenômeno acaba. Perplexo e sem entender nada, ele continua correndo até que se cansa, seu nariz escorre sangue sem que ele se dê conta disso, então, sua mente viaja no tempo. A cena final do episódio anterior então se repete, com Daniel atordoado e querendo saber em que ano está. Charlotte chega, alegando que voltou do banheiro e parece não entender o que está acontecendo com Daniel. Daniel dá um escândalo no bar, até que sua mente retorna à Ilha. Então sua busca por Charlotte se torna ainda mais necessária, já que agora achar Charlotte significa não perder sua vida: Charlotte é sua constante!

Enquanto isso, Jin está indo pra Estação Cajado em busca de medicamentos para uma sobrevivente que está doente no acampamento. No caminho, ele faz uma descoberta inesperada, encontrando Kelvin Inman vivo! Jacob convoca os Outros a comparecerem ao local onde fica a Estátua do Pé de quatro dedos, para que ele se auto-proclame o dono definitivo da Ilha.

Flashforwards

Daniel e Grant estão num café, e Daniel está particularmente animado com tudo o que tem pra dizer. Ele está explicando as conclusões que teve a partir de experiências únicas que teve na Ilha, e se refere à um fenômeno que Grant e ele já estudavam. Daniel diz que teve muita sorte em ter tido a chance de experimentar os dois lados de um caso particularmente único de dois ângulos completamente opostos, então fica a pergunta: foi coincidência ou destino ele ter conhecido Kelvin e Desmond?

Episódio 06


Estrelando:


Sinopse

Flashbacks

Uma mulher está entrando em uma clínica médica. Vemos que a mulher é Rose Nadler, porém ainda está solteira, com o nome de Rose Henderson. Ela está levando consigo exames para o doutor Dillon Markinson, seu ex-marido e pai de sua filha, Stacy, que já está morta. Ao ver os exames, Markinson confirma a Rose que ela está com câncer, e esta logo cai no choro, dizendo ser "muito irônico o fato de que seu destino era o mesmo da filha deles". Quando Dillon pede que Rose não pense em Stacy, ela diz que "pensa nela todos os dias, diferente dele, que tem mais o que pensar." Rose diz isso olhando para um retrato do médico abraçado com uma jovem bonita.

Pouco tempo depois, Rose está saindo de um tratamento no hospital. Ela senta-se em um banco e começa a escrever em um diário, quando um estranho começa a conversar com ela. Segundo ele, sua esposa tinha câncer, mas já havia morrido. O estranho então, revela-se Matthew Abaddon, e oferece a Rose uma xícara de café, pois eles têm "muito a conversar". No café, ele lhe dá um ingresso para a Opera, dizendo-lhe que ela devia ir para distrair-se. Rose recusa de início, mas Abaddon insiste, não lhe deixando escolha. Já na rua, Abaddon está no celular, e diz: "Henderson [Rose] já tem o ingresso. Ela não desconfiou."

No próximo flashback, vemos Bernard em seu consultório arrumando algumas coisas, saindo e trancando a porta. Percebe-se, então, que seu consultório é vizinho de um prédio onde está acontecendo um show de Opera. Quando Bernard dirige-se ao seu carro, ele ouve Rose tentando andar com o seu, mas sem sucesso por causa do gelo. A cena de flashback de como os dois se conheceram "S.O.S." repete-se.

Bernard está em um pub, mas sem exagerar na bebida, quando um estranho senta-se ao seu lado, mas seu rosto não é visível para nós. Este estranho pede muitas bebidas, o que leva Bernard a aconselhá-lo a maneirar. O estranho então diz que está daquele jeito pois sua esposa tinha uma doença fatal, sem cura, e havia morrido, mas ele agora descobriu a cura. Bernard fica desconfiado, mas quando o estranho mostra-lhe um folder sobre Isaac de Uluru, Bernard considera-se sortudo por encontrar o estranho e sai do pub. O estranho revela-se novamente Matthew Abaddon, que paga por todas as bebibas que pediu, mesmo sem sequer tocar em quase nenhuma, e pede ao barman que "fique com o troco". Aparentemente, ele pagou muito a mais, pois o barman fica chocado. Este flashback obviamente acontece depois que Bernard e Rose já estão casados, pois Bernard vê em Isaac a cura para o câncer de sua esposa.

Tempo Real

No Searcher

Desmond acorda no meio da noite, pois teve um sonho envolvendo a ilha e Kelvin Inman. Penny consola Desmond, dizendo que eles estão próximos ao Brasil e que ele nunca mais voltará à ilha, mas isto não conforta Desmond totalmente.

Mais tarde, descobrimos que Mathias ouviu a conversa entre os dois, e, em uma conversa com um desconhecido (provavelmente Widmore), se oferece para influenciá-los a voltar para a ilha, podendo assim, dizer as coordenadas da ilha a seu chefe. Widmore recusa e manda Mathias continuar espionando o casal. Ao sair da sala de comunicação, Mathias depara com Frank Lapidus ainda acordado, olhando para o céu. Ele desconfia de que o piloto tenha ouvida sua conversa com Widmore, mas depois de uma rápida conversa, suas suspeitas acabam e ele vai se deitar. Então vemos que Frank ouviu sim a conversa entre os dois, mas apenas o final. Frank se questiona "Mandando relatórios... mas para quem?"

Na Ilha

No Cajado, Kelvin escolhe não entrar na escotilha, deixando Jin entrar sozinho. O coreano depara-se com o equipamento que Sun disse ter visto Ji Yeon, e se emociona imaginando sua filha ali. Na parte de fora da escotilha, uma figura misteriosa aparece para Kelvin. De estatura baixa, com cabelos muito brancos e uma expressão severa, ali está uma velha encarando o homem – a Sra. Hawking, atendente da joalheria na qual Desmond fora comprar o anel de Penny. Hawking então explica a Kelvin que ele morreu no dia 22 de setembro de 2004, mas devido a uma falha no tempo, o evento de sua morte não ocorreu, mas que ele devia se matar para corrigir esta falha. Ela entrega-lhe uma arma. Kelvin parece relutante a se matar, mas Hawking insiste, e, quando ele está prestes a cometer o suicídio, ele aponta a arma para Hawking e atira. Entretanto, ao invés de cair no chão morta, a velha leva as mãos ao machucado e diz a Kelvin que “ele desperdiçou a chance que o Destino lhe ofereceu, e agora sua morte será dolorosa. Kelvin espanta-se e sai correndo, e é seguido por Jin, que estava de saída da estação. Kelvin, então, tenta se matar, mas a arma não dispara contra ele. Ele tenta se jogar de um abismo, mas Jin segura-o e joga-o para trás, derrubando Kelvin no chão. Ao levantar-se, ele se depara com Hawking, ensangüentada por causa do tiro, dizendo que não adianta mais, pois o Destino já estabeleceu como ele morrerá. Kelvin então grita alto e fecha os olhos, e ao abri-los, Hawking não está mais ali.

Na estátua, Jacob pergunta a Charlotte se ela matou de fato Hanseem, e a garota nega. Jacob pergunta ao grupo d’Os Outros quem matou Hanseem, e Adam adianta-se dizendo a Jacob que ele deveria perguntar a Daniel, pois Os Outros encontraram-no caído na floresta, o que pode sugerir que ele topou com o assassino no caminho. Jacob pergunta e Daniel diz não saber de nada, mas Jacob rebate dizendo que Daniel "não pode mentir para ele [Jacob]". Charlotte então grita com Jacob, dizendo para ele parar de interrogá-los, que Hanseem já está morto e não importa quem matou-o. Jacob então, concordo ironicamente: "Você tem razão, Charlotte Doran... seu amigo não parece ter matado Hanseem. Isso só faz de vocês dois inúteis." Ele então ergue os braços, e Sawyer reconhece o movimento.

Na praia Steve mostra-se preocupado com Tracy. Rose e Bernard discutem a situação da garota, pois "a ilha não adoece as pessoas, e sim as cura." Eles continuam com o assunto até que eles brigam. Então, Rose começa a olhar para Steve acariciando Tracy, quando algo bate com força em seu joelho. É Vincent. Ele está "chamando" Rose para a floresta. A mulher então lembra-se de Miles dizendo a Charlotte: "Você deve seguir o cachorro. É o seu destino." Ela então entra na floresta, seguindo Vincent. Miles vê mas não tenta impedir. Bernard procura por Rose na praia, e Miles diz que ela foi na floresta atrás de Vincent, e os dois seguem sua trilha. Vemos então que Vincent levou Rose até a Cabana de Jacob. Dentro da Cabana está Christian Shephard, e ele explica a Rose que ela está ali por causa de sua grande sede de respostas, e que ele irá responder a todas suas perguntas. Christian diz então que o câncer de Rose foi curado quando ela caiu na ilha pois ele precisava ser curado para que Rose cumprisse sua missão. Rose parece não entender, e Christian explica que todos na ilha estão ali para cumprir uma missão. Aqueles que morreram, morreram pois já cumpriram sua missão, e ao cumpri-la, a pessoa se torna "livre da ilha", podendo então morrer ou sair dela para sempre, e que aqueles que saíram da ilha (Oceanic Six) algum dia voltarão. Ele diz então que a missão se Rose é manter o equilíbrio entre os sobreviventes, impedindo-os de fazer burradas e mantendo suas esperanças no alto, o que quer dizer que Rose somente estará livre da ilha quando todos cumprirem suas missões. Ele então diz que Bernard e Miles estão procurando por ela, mas que demorarão a achá-la pois Claire está criando uma trilha falsa. Ele explica então que Claire tem morado na Cabana há algum tempo, pois ele fez com que a garota visse a importância de Aaron para a ilha, mas que ele precisava amadurecer ainda. Para não criar dúvidas e perguntas nos sobreviventes, de como Claire perdera o filho, ela tem morado ali. Ele diz ainda que "Claire está tão viva quanto ele". Quando Rose diz que Christian é familiar a ela, ele diz que é mesmo, e brevemente ela descobriria porquê. Ele então encerra a conversa dizendo que o mal se estabeleceu na ilha, e não importa o que aconteça, ela deve continuar cumprindo sua missão, e que tempos difíceis estão por vir. Enfim ela sai da Cabana e encontra-se com Miles e Bernard. Miles parece sentir que a Cabana está por ali, mas os três viram-se para voltar ao acampamento

Na estátua, vemos Sawyer gritando para Charlotte, Daniel e Selma correrem quando reconhece que Jacob está chamando o monstro.

Na floresta, Kelvin começa a ouvir os sussurros com a voz de Desmond, dizendo "4, 8, 15, 16, 23, 42" várias vezes. Nessa hora, o monstro, sendo chamado por Jacob, passa pelos dois, mas sem atacá-los. Kelvin, apavorado, saca a arma e dispara vários tiros no monstro, que vira-se e começa a bater o homem nas árvores próximas. Jin tenta impedi-lo, mas o monstro começa a sufocá-lo.

Rose, Miles e Bernard estão voltando para a praia quando deparam-se com o monstro matando Kelvin e sufocando Jin. Rose então deduz que, se Jin sobreviveu à bomba no cargueiro, algo que tecnicamente é impossível, ele ainda não cumpriu sua missão. Ela corre em direção ao monstro e grita que Jin ainda não cumpriu sua missão. O monstro larga o coreano e segue seu caminho levando consigo o corpo de Kelvin.

De volta à estátua, o monstro chega, e avança na direção de Charlotte. Daniel prepara-se para se colocar na frente da garota, mas Selma empurra-o para o lado e coloca-se de escudo para sua filha. O monstro então envolve a velha, e Charlotte grita com força, mas Jacob nada faz. Selma então cai inerte no chão, morta. Charlotte chora. Quando Daniel vai consolá-la, algo segura em seu tornozelo. É Kelvin, em seus últimos momentos de vida, e ele diz que precisa dizer algo importante. Daniel escuta as últimas palavras de Kelvin e vira-se para Charlotte, que está lívida de raiva por causa da morte de sua mãe.

Na praia, Jin está inconsciente em uma maca, mas está vivo, e Tracy está melhorando da doença. Quando Rose vai dormir, Bernard diz a ela para esperar. Ele diz então que ouviu Rose gritar ao monstro algo sobre uma missão, e que na hora o monstro soltou Jin. Ele exige à sua esposa que ela explique o que é essa “tal de missão”.

Episódio 07


Estrelando:

Sinopse

Tempo Real

Benjamin Linus, na Tunísia, contrata Mathias para espionar Penny e Desmond, que finalmente chegam ao Brasil. A situação destes dois não é das boas, pois sobrevivem com o resto do dinheiro de Penny, com uma quantia que Lapidus os manda dos Estados Unidos e um favor de Mathias. É aí que Desmond decide que irá voltar para Londres com Penny para terem uma vida melhor. Widmore e Ben são alertados desta viagem por Mathias, e começam a se prepararem para realizar os seus objetivos com Penelope.

Quando chegam à Londres sob falsas identidades, se hospedam na casa de Alexander Widmore, um primo de Penny que tem rivalidade com Charles Widmore. Mas Charles e Benjamin já esperavam por eles.

Enquanto um quer salvar Penelope, outro quer matá-la. Alexander pede para que Desmond e Penny saiam pela porta dos fundos, mas eles são surpreendidos por Ben, que está sendo ajudado por Sayid e Mathias.

Com Penelope, Desmond, Alexander e Charles sob mira das armas, Mathias revela a Ben ser leal a Widmore, atirando no ombro dele. Sayid logo mata Mathias e deixa Alexander e Charles desmaiados. Mesmo assim, Ben quer cumprir a sua promessa de matar Penny. Sayid o convence a fazer ao contrário, falando que Penny pode ser útil.

Flashforwards

Meses se passaram depois do ocorrido na casa de Alexander, e Desmond, sozinho no Brasil, decide comprar uma aliança de casamento para Penny. Assim ele faz, e viaja para Londres. Sentado no bar do aeroporto já na Inglaterra, recebe a visita de Matthew Abaddon, dizendo que Charles Widmore está o esperando para ver Penny em um carro.

Desmond vai até o carro, e Widmore dá para ele a caixa com as cartas que Des havia mandado para Penny no seu período na prisão. Desmond pergunta por que Charles estava lhe dando aquilo, e é respondido a ele que Charles, após a morte de Penny, se sente culpado pela filha não ter a vida que queria. Desmond guarda a caixa para si, e vão até um cemitério, onde observam o túmulo de Penny. Abbadon, também lá presente, diz para Desmond tentar derramar uma lágrima.

Horas se passam e Desmond volta para a casa de Alexander Widmore, onde encontra Penny, que havia forjado sua morte. Ele mostra a ela as cartas que havia lhe mandado, mas interceptadas por Charles Widmore. Mas então Desmond e Penny entram dentro da casa, e ele se surpreende ao ver que Alexander, Kate, Aaron, Jack, Ben, Walt, Hurley e Sayid estavam ali esperando por ele começando uma reunião para voltarem para a Ilha.

Episódio 08


Estrelando:

Sinopse

Flashbacks

Kate está conversando com alguém no celular e então desliga. Quando chega em casa, percebe que a porta está entreaberta, e fica então preocupada. Ela entra, e ouve que alguém está conversando com Aaron. Ela empunha então uma arma e invade o quarto. Vemos então Locke com Aaron. Locke estava fazendo com o garoto o mesmo teste que Alpert fez com ele quando pequeno. Ele se vira para Kate e fala que Aaron é o escolhido. Já em outra peça, Kate questiona-o do por que do interesse em Aaron, e John responde que ele é especial. Ao ser questionado de como saiu da ilha, ele responde que foi da mesma forma como certas coisas estranhas aparecem nela. Ele então tenta convencer Kate a voltar para a ilha junto com Aaron, e lembra que Aaron não é filho de Kate. Ela então se irrita, e diz para John ir embora. Mas antes de ir embora, Locke ainda fala que a ilha precisa "de todos vocês, Kate", e então some.

Vemos Sayid chegando em um hotel. Depois de entrar, um funcionário o avisa que alguém o está esperando no quarto. O mesmo diz que é um homem chamado Jeremy Bentham. Sayid sobe as escadas preocupado, saca uma arma e entra no quarto, apontando a arma para a pessoa que o esperava. Ele então vê que é Locke, que observava uma foto de Sayid com Nadia. Locke fala que sente muito. Sayid, ainda meio confuso, lhe tira a foto das mãos, e pergunta o que ele quer. Locke lhe interroga como está sua vida depois que deixou a ilha. Sayid se irrita, lembrando do que acontecera com Nadia. Locke então diz que precisa que ele volte para a ilha. Sayid concorda, e pergunta como. Locke fala que ele sabe quem dará essa resposta, e termina perguntando se Sayid acredita em milagres.

Jack está chegando no hospital. Um funcionário lhe diz que um homem o procurou, e estava o esperando em sua sala. Jack pergunta quem é. O funcionário diz que o homem se apresentou como Jeremy Bentham, e que quando soube que Jack estava ocupado no momento, disse: "É sim, porque ou se vive junto, ou se morre sozinho". Jack se dirige para a sala rapidamente, e encontra Locke lá, deixando-o perplexo. Locke diz que sabe que a vida de Jack estava vazia, porque este sabia que tinha tomado a decisão errada ao sair da ilha e ainda tinha levado outros consigo. Jack tenta negar, mas Locke pergunta por que então ele não tem conseguido dormir nas últimas noites. Locke então fala que enquanto eles não cumprirem sua missão, eles estarão ligados à ilha, que Jack precisa assumir sua posição de líder, e que voltar é a única chance de salvar Kate e Aaron. Jack acaba concordando, e Locke diz que ele vai ter ajuda para voltar, acrescentando que o destino deste é voltar e levar os outros consigo.

Hurley está sentado em uma cadeira jogando damas com seu amigo Ralf. Uma enfermeira chega então dizendo que há visita para ele, um homem chamado Jeremy Bentham. Hurley é então levado pela enfermeira, e quando entra na sala, toma um susto ao ver Locke lá. Os dois se abraçam, e Hurley pergunta se Locke está mesmo vivo. John diz que sim, aliviando um Hurley apreensivo. Locke então fala que eles estão sendo vigiados, e quando Hurley diz que não, Locke pergunta: "Se não, o que você viu naquela loja?". Quando John fala que todos têm que voltar, Hurley fica assustado, dizendo que jamais voltaria. John diz que já está indo embora, mas que voltar é a única forma de salvar Kate, Aaron, Jack e Sun.

Sun está trabalhando em um escritório. A secretária então entra no escritório, dizendo que alguém quer vê-la. Locke então entra também, se apresentando como Bentham. Já sozinhos, Locke diz que está em uma missão, e pergunta se Sun não quer saber de Jin. Sun responde negativamente, afirmando que tanto Locke, como Jack, como Sayid só pensaram neles mesmos durante todo o tempo. Locke fala que está ali por pensar nos outros, inclusive por causa de Ji Yeon. Sun então se irrita e pede para John sair. John pede para que ela se afaste "dele", e termina dizendo "Sun, ele precisa de você. Não o decepcione", deixando uma Sun confusa no escritório.

Uma campainha toca. Vemos então Walt dizendo à vó que atendia. Quando abre, encontra um Locke bem vestido e com a roupa seca, mesmo com a forte chuva que caía, trazendo nas mãos um jogo de gamão. Walt fica muito surpreso. Locke então se apresenta à Luzia como professor de Walt, com a desculpa de que teria ido ali para entregar o jogo, pois tinha descoberto que Walt gostava de gamão. Depois, a sós, Walt pergunta o que Locke fazia ali. Locke fala que estavam precisando dele, e que ele sabia mais do que ninguém disso. Walt fala que agora então Locke sabia o porquê dele ter queimado a jangada. Ele também lembra que Locke abriu "aquela coisa" mesmo depois dele ter pedido que não, mas concorda em fazer o que é preciso. Ele só faz mais uma pergunta para Locke: "Você sabe o que vai acontecer com você daqui a uma semana, não sabe?", deixando um Locke satisfeito com a pergunta.

Desmond está em um bar vendo um jogo do Celtic na TV. Ele comenta com um homem ao seu lado que eles irão virar o jogo no finzinho, se levanta e vai ao banheiro. Quando está por sair, todas as luzes se apagam, e quando Des tenta sair, vê que a porta está trancada. Então alguém fala para Des esperar um pouco. As luzes voltam, e Des, assustado se vira e reconhece Locke. John fala que não há tempo a perder , e pede que Desmond preste atenção no que ele vai dizer. Ele continua dizendo que muitas coisas aconteceram na ilha desde que eles saíram, e que é preciso que todos voltem, incluindo Des. Desmond fala que isso não iria acontecer, e Locke rebate dizendo que a ilha já deu um presente a Desmond, deixando ele ver Penny, mas que agora é hora de ele voltar e acabar sua missão. Locke acrescenta perguntando se Des achava que era coincidência ele ter parado naquela ilha, e de ter conseguido o barco para isso. Des pergunta como ele sabia dessa coisas, mas Locke sai, dizendo que a vida de Des está naquela ilha. Desmond sai para procurar Locke, mas não o encontra mais, e podemos ver ao fundo o narrador do jogo dizendo que o Celtic acabava de virar o jogo, com um gol no último minuto.

Tempo Real

Fora da Ilha

A cena continua de onde parou no episódio "A Caixa". Desmond mostra desconforto com a presença de Ben, mas Jack intercede, dizendo que eles não estão ali para brigar. Jack pergunta se Des sabia que "ele" havia morrido, ganhando uma resposta positiva. Jack então fala que não há tempo a perder, e que precisa que Desmond se junte a eles. Desmond responde que jamais voltaria para a ilha. Sayid diz que aquilo não é fácil para ninguém, mas que todos sabem que é preciso. Desmond concorda, embora não suporte a ideia. Ele pergunta se todos têm que voltar, e pergunta por Sun. Jack responde que sim, e Ben fala que tiveram um contratempo com Sun, mas que logo isso se resolveria. Des então concorda em voltar, e é cumprimentado por Jack, que diz: "Bem-vindo à outra vida, Brotha".

Na Ilha

Locke está sozinho de noite no meio da floresta. Então Boone aparece, e pergunta o que que há com ele. Ele se surpreende com o surgimento de Boone, que questiona Locke o porquê de ele não saber o motivo das coisas. Boone fala que já está na hora, e quando Locke pergunta na hora do que, Boone responde: "do seu sacrifício". O monstro então aparece atrás de John, que se assusta e foge. Ele cai, e a paralisia volta. A cena muda, e vemos Locke em uma cadeira de rodas, à beira de um penhasco. Locke então olha para trás e vê Yemi. Ele pergunta quem é, e Yemi responde: "Você não me reconhece, John?". Yemi fala que John foi feito para caminhar com as próprias pernas, e não com outras. Locke questiona Yemi, dizendo que ele fala como se o conhecesse. Yemi então segura Locke à beira do penhasco, e grita dizendo que é para Locke acordar. Locke fica assustado, ao que Yemi fala: "Levante seus olhos e olhe para o norte", e joga Locke no penhasco. Locke então acorda, e vemos que era uma alucinação. Locke se levanta, e vemos que Alpert está ao seu lado, ainda adormecido. John olha para o horizonte, e vê um grande redemoinho preto no céu, que diminui e se dissipa.

Locke começa a andar na direção do sinal, mas é chamado por Alpert. Locke conta o que viu, deixando Alpert assustado. Locke questiona por que Alpert traiu Ben, e decide voltar ao caminho que trilhava antes. Quando já estava de costas, Alpert o chama novamente e fala: "Você não deveria ter escolhido a faca, John", e atira em Locke.

Locke acorda, e percebe que está preso em uma jaula. Alpert aparece, e Locke o pergunta como é que ele errou o tiro. Alpert retruca dizendo que não errou, mostrando a mancha de sangue na camisa de John. Ele revela a John que estava lá quando John nascera, porque Jacob achava que ele era o escolhido. Locke pergunta se ele era mesmo o escolhido, e Alpert diz que ele não é exatamente a pessoa que achavam que era, mas que aquilo já não importava mais, e que Locke já não podia fazer mais nada agora. Alpert vai embora, e Locke, achando que falava ainda com Alpert, pergunta sobre quem ele é realmente. Quando ele se vira, ele vê Charlotte, que responde: "Você é quem vai salvar essa ilha, John!".

Todos estão perplexos com o que acontecera. Sawyer não entende porque Jacob atacou Selma, e vai tirar satisfações. Jacob então se irrita e uma força joga Sawyer longe. Sawyer ameaça atirar em Jacob, mas Charlotte o impede. Jacob então Chama o monstro a atacar Charlotte. Sawyer atira em Jacob, mas a bala volta em seu braço. O monstro então aparece e ataca Charlotte, mas algo acontece, e o monstro se dissipa sem fazer mal algum à ruiva. Jacob parece surpreso, e diz que às vezes o destino prega algumas peças. Ele vai embora, e Daniel corre para ver como está Charlotte. Ela diz que está bem e que não sabia o que tinha ocorrido ali. De repente, ela entra em transe, dizendo que está ouvindo a mesma voz que falara com ela antes quando Jacob estava ali, e sai correndo pelo meio da floresta, seguida por Dan. Eles encontram Vincent, que guia os dois até uma cabana. Lá, Charlotte se depara com Christian Shephard. Ela pergunta quem é ele, e ele responde que ela está ali por que necessita de respostas. Ela pergunta como derrotar Jacob, deixando Christian satisfeito. Vemos então Charlotte andando pelo meio da floresta, e a cena repete a anterior, com ela encontrando Locke e respondendo sua pergunta, dizendo que é ele quem irá salvar a ilha.

A cena continua, com Locke dizendo que ele não está em condições de salvar nem a si próprio. Charlotte então pergunta pela fé de John, e o monstro aparece atrás dela, quebrando a jaula. Ela pergunta se Locke está pronto para conhecer algumas coisas que estão escondidas, e junto eles saem pela floresta. Mais tarde, Jacob se encontra com Alpert, e diz que os planos haviam mudado, citando Charlotte. Ele também leva Alpert até a jaula que estava quebrada, dizendo que agora a guerra começava.

Continuando a caminhada, Charlotte e Locke chegam até algumas pedras. Charlotte então aciona um mecanismo, revelando uma nova estação, "O Trovão". Os dois entram, e no fundo de um corredor escuro, os dois encontram Christian, acompanhado de Daniel. Christian pede que Locke se sente, e enquanto procura algo em uma gaveta, pergunta qual é o tamanho da fé de Locke. Ele então tira da gaveta uma fita de vídeo na qual está escrita "Orientation – The Island", e coloca a fita num aparelho que estava à frente de John.

Episódio 09


Estrelando:

Sinopse

Flashbacks

Sun Kwon, mais jovem, está em uma aula de História da Arte na Seoul National University. Quando a aula termina, ela sai da classe e passa pelos corredores da faculdade. Vemos Matthew Abbadon observando-a de longe. Depois, vemos Sun em uma grande exposição de quadros, observando um em particular.

Logo, um homem moreno chamado David Ednysti se aproxima dela e os dois começam a conversar. Durante a conversa, percebemos que se trata de uma pintura de um barco e que foi ele que o pintou. Ele diz que tinha feito aquele quadro mais como um projeto e que se chamava "Lizzie", em homenagem a sua esposa, que o chama de longe depois de um tempo. Logo, descobrimos que Libby é a esposa de David. Ele se despede de Sun e vai embora com Libby. Enquanto Sun vai embora, vemos vários quadros. Entre eles há uma pintura do Black Rock.

Sun está andando por uma rua movimentada. Depois de um tempo, vai até um telefone público e liga para Jae Lee, dizendo que não podia mais fugir, já que seu pai tinha descoberto. Jae Lee, que está no saguão do seu hotel, a encoraja e diz que conseguiu passagens. Sun concorda, desligando em seguida. Enquanto caminha, Abbadon a chama e diz que ela tinha esquecido sua bolsa. Sun agradece, pega sua bolsa e vai embora. Depois, Abbadon liga para alguém com seu celular e diz que "está na hora de ser feito".

Um homem loiro e de olhos azuis está em um apartamento. Depois, vai até uma gaveta e pega um par de luvas descartáveis, vestindo-as posteriormente. Dirige-se à parede, tentando escutar alguma coisa no corredor. Abre uma pequena fresta, visualizando uma pequena parte do corredor, enquanto podem-se escutar vários barulhos abafados de socos e coisas se quebrando. Depois de um tempo, vemos Jin passando pelo corredor. Logo ele desaparece. O homem sai do apartamento e vai à direção de onde Jin veio. Ele se depara com uma porta de outro apartamento, entreaberta. Ele entra no apartamento e vê Jae Lee no chão, todo ensangüentado. Depois, pega ele pelo pescoço, diz: "Siga o seu destino" e o joga da janela. O homem volta para o seu quarto, joga as luvas fora e liga para alguém, dizendo que o tinha matado. Depois, vemos Matthew Abbadon em um bar, com um celular na mão. Parecendo estar satisfeito, ele diz: "Ótimo".

Benjamin Linus está no banheiro luxuoso da casa de Alexander Widmore. Ele está em frente ao espelho, usando um celular. Pergunta se ela não tinha aparecido e se não a tinha visto em nenhum lugar do aeroporto. Depois, diz que deveria continuar procurando, desligando em seguida. Então, Jack Shephard bate na porta e diz que Desmond tinha chegado. Ben responde que já estava indo. Quando Jack se afasta, Ben começa a se encarar no espelho, sussurrando as seguintes palavras: "O que está tramando, Abbadon?".

Tempo Real

Fora da Ilha

Sun está dormindo em seu apartamento, na Coreia. O telefone toca e ela o atende. Logo, são ouvidos vários sussurros. Entre eles, há também uma voz bem baixa, dizendo: "É o seu destino. Siga-o pelo seu destino". Sun acorda assustada e, logo depois, começa a se arrumar.

Sun está em um táxi, conversando com sua mãe pelo telefone. Ela diz que não sabe quando volta e que é para ela cuidar bem de Ji Yeon. Depois, em um grande aeroporto, Sun é interceptada pelo mesmo homem de olhos azuis que matou Jae Lee. Ele diz que precisava conversar com ela. Ela diz que não podia e, então, ele pressiona uma arma contra a barriga de Sun, dizendo que só iria pedir uma vez.

Sun acorda em uma sala com somente uma mesa de madeira e algumas cadeiras. Há também uma porta sem maçaneta. Ela vai até a porta e começa a gritar para tirarem ela de lá. Depois de um tempo, desiste. Então, o homem loiro abre a porta e entra na sala. Ele diz que não costumava deixar as pessoas inconscientes e que não queria nada de Sun, confirmando-se como um simples mensageiro já que o homem que deveria estar conversando com ela estava em Londres. Ele pergunta a ela se ela acreditava no destino. Depois, pergunta a ela se ela estava pronta para o chamado dela e que, se estivesse, ela deveria segui-lo. Assim, ele sai da sala, deixando Sun completamente perplexa.

Na Ilha

Aparecem os dizeres: "Orientation - The Island" na televisão. Logo depois, Pierre Chang aparece em um escritório, dizendo-se ser Edgar Halliwax. Ele diz que a pessoa que está assistindo ao vídeo tem uma missão muito importante a cumprir e que essa missão deve ser individual. Depois, fala sobre a grande importância da ilha, que foi escolhida para ser a sede do Projeto Dharma após várias pesquisas por parte do Grupo Hanso. Assim, diz que a ilha é muito especial e que suas características podem atravessar o limite da realidade que conhecemos, concluindo que, no vídeo, tentaria explicar algumas das características mais importantes da ilha.

A cena começa com Halliwax dizendo que "é um modo complicado, inseguro, mas, se usado com sabedoria, eficiente". Depois, diz que pode parecer irreal, mas que a fé deveria orientá-lo. Então, Christian Shephard desliga a televisão dizendo que aquele era o caminho de John. Depois, Locke se levanta e diz que sempre tinha recebido missões, pensando que estava fazendo o bem e que estava cheio de arriscar tudo porque alguém o mandava fazê-lo. Locke sai da sala, chutando a cadeira em que estava sentado.

Locke está sentado no chão da floresta, em frente ao Trovão. Logo, Charlotte sai da estação e senta-se ao lado de John. Ela diz que ele tinha de ir e que sabia como era sacrificar-se por algo. Locke diz que já tinha sido usado pela ilha milhares de vezes e que já tinha sacrificado vidas inocentes por ela. Charlotte diz que aquele era o chamado dele e que não há segundas chances. John, depois de ficar um tempo encarando Charlotte, acaba aceitando.

John Locke, Charlotte Lewis e Daniel Faraday andam pela floresta. Depois de ser questionado pelos outros dois sobre a localização do lugar, Locke diz que já tinha estado lá e sabia o caminho. De repente, Richard Alpert sai de um arbusto apontando uma arma para os três. Ele diz que Jacob queria falar com John. Então, Miles sai do mesmo lugar que Alpert saiu, agachado. Quando Alpert tenta dizer algo importante a John, Miles atira nele. Alpert cai de joelhos, mas, antes de cair por completo, atira no pescoço de Miles. Charlotte e Daniel vão até o corpo de Miles. Quando John também vai, Charlotte diz para ele seguir sem eles. John, então, deixa-os.

A cena começa com Christian Shephard sentado na cadeira de balanço, na cabana de Jacob. Então, Jacob entra na cabana, dizendo que Christian tinha se superado. Quando Jacob pergunta a Christian o que ele estava pretendendo, ele responde que Jacob não procurava mais pela salvação da ilha, mas sim por vingança. Jacob diz que fez tudo pela ilha, mas Christian diz que ele só tinha gerado conflitos e que, agora, a guerra era inevitável. Jacob diz que sabia que Christian tinha mostrado a John o segredo, que o tinha mandado ir. Christian afirma que o destino tinha chamado John, e que a ida dele mudaria todos os acontecimentos que estavam prestes a vir. Jacob, então, fala: "É aí que você se engana meu caro Christian. É ai que você se engana". A cena muda para John Locke andando pela floresta. Então, ele encontra uma área aberta e, logo, vemos que ele se deparou com o Black Rock.

Episódio 10


Estrelando:

Sinopse

Flashbacks

Fora da Ilha

Juliet está sentada na praia com amigos e família. Todos estão fazendo a contagem regressiva de passagem de ano, entre todas as pessoas apenas Juliet não parece feliz. Rachel então surge e tira Juliet da areia e leva-a até o mar para pular sete ondas, Juliet fica olhando Rachel no mar quando vê Libby, sua irmã mais velha. Ela abraça Juliet e deseja a ela um feliz ano novo, Rachel volta do mar e abraça suas duas irmãs, Juliet as agradece dizendo que se não fosse por elas, ela continuaria na pior.

As três irmãs estão comemorando o aniversário de Juliet, que parece desanimada mesmo com a data comemorativa. Libby então coloca sua música favorita (Downtown de Petula Clark) na jukebox, e Libby conta às irmãs sua experiência com Desmond, e em seguida conta que arranjou um emprego em Sydney com um homem misterioso chamado Matthew Abaddon, e, depois de acalmar Juliet e Rachel, as três brindam.

Juliet está separando as suas correspondências quando encontra uma carta de sua irmã, Libby. Na carta dizia que seu trabalho estava ocupando muito de seu tempo, que ela não poderia trocar correspondências mais, mas mesmo assim ela as amava muito. Juliet encontra um envelope do "Hospital estadual de Miami", ela o abre e descobre que Rachel está com um câncer no útero, Rachel vê Juliet lendo suas correspondências e pergunta o porque dela estar com essa cara. Juliet diz que sabe que ela está com câncer e promete que irá curá-la e que ela poderá realizar seu sonho de ser mãe.

Na Ilha

Bea Klugh e Ben Linus estão conversando sobre a lista de passageiros do 815. Bea menciona Libby, e diz que ela trabalha para Abaddon, e suspeita que o fato de ela estar no mesmo hospício de Leonard Simms e no avião não sejam meras coincidências. Bea então demonstra sua desconfiança em relação a Juliet, mas Ben diz confiar em Juliet e diz para não se preocuparem com Libby pois ela não poderá se comunicar com Widmore se trabalhar para ele. Em seguida, ao sair da casa, Ben encontra-se com Juliet e Goodwin, e constrangido, sai.

Tempo Real

Na Ilha

Os Outros estão andando sem rumo e sem liderança pela tempestade. É então que Juliet nota uma mulher no meio da floresta... Libby! Emma a vê também... Juliet pede a Harper para liderar o grupo e corre atrás da irmã.

Charlotte e Daniel estão em torno dos corpos de Miles e Richard. Daniel diz que eles devem enterrá-los, mas Charlotte diz que “aquilo é só carne”. Em seguida, eles se encontram com Juliet, e depois de uma breve conversa, os dois saem para procurar por Locke.

Os Outros chegam na Flecha, e Amelia demonstra preocupação por Juliet estar na floresta sozinha. Harper e Adam se oferecem para ir buscá-la. Harper, porém, convence Adam a ficar. Quando Adam entra na escotilha, Harper tira uma arma escondida de seu bolso e promete vingança a Juliet.

Enquanto isso, Locke, no Black Rock, começa a ter visões de Jack, Kate, ele mesmo, Hurley e Arzt pegando as dinamites... depois, a mesma cena sem a presença de Locke. Locke, sem entender o que está acontecendo, corre e se depara com o Monstro. O Monstro envolve-o e uma voz, vinda provavelmente do Monstro, diz que a ilha está incompleta com a saída daqueles que não deveriam sair... e que agora cabe a ele trazê-los de volta ou o ciclo de existência da Ilha será prejudicado e todos nela morrerão. Locke pede por ajuda, e a voz diz que ele receberá a ajuda necessária. Nesse momento, aparece Juliet da floresta.

Quando Locke pede ajuda a Juliet para sair da ilha, ela ironiza dizendo que foi ele que destruiu o único meio de sair de lá. É então que Juliet se lembra de uma estação Dharma escondida, O Foguete, também conhecida como “A Caixa Mágica”, que permite quem a utilizar sair da ilha, mas ela não sabe onde fica a estação. É então que Libby aparece novamente, e ao seguí-la, eles chegam à estação.

No Foguete, escotilha composta de um computador, televisão e um teletransportador, Juliet e Locke assistem a mais um vídeo de Pierre Chang. Locke antes de terminar de ver o vídeo pede que Juliet ative o “Telepod” e é teletransportado para fora da ilha. Juliet termina de assistir o vídeo e descobre que quem usa aquela escotilha deve voltar antes de 23 dias, morrerá. Juliet corre para tentar avisar Locke disso, mas alguém atira no computador, inutilizando o Telepod: é Harper. Ela diz que como Juliet arruinou suas chances de viver feliz com uma família, ela também arruinará as chances de Juliet rever Rachel e Julian. Juliet chora, e Harper sai da escotilha.

Na floresta, Harper está satisfeita consigo mesma. Ela começa então a ouvir sussurros, e começa a ver Goodwin, Libby e Selma. Ela tenta atirar neles, mas não consegue. Os sussurros dizem que ela causou grandes problemas para a ilha, e o Monstro aparece e põe um fim à vida de Harper.

Fora da Ilha

O seqüestrador de Sun revela seu nome: Armin Huerner. Ele diz saber tudo sobre ela, e diz que não vai machucá-la: mas vai levá-la ao seu destino.

Na casa de Alexander, Ben diz que é hora de ir. Penny parece relutante a deixar Desmond, mas em seguida cede às escolhas de Ben. Duas vans estão esperando por eles: em uma delas está um capanga de Ben: Heitor Chorley. Eles distribuem-se e dirigem-se a um aeroporto. Penny então pede que Alexander siga o carro que Desmond entrou.

Sem saber que é Penny quem está seguindo-os, Chorley faz de tudo para despistá-la, sob comentários de Hurley e Desmond, que diz achar aquele carro familiar. Ben então diz para Chorley deixar que sejam seguidos, pois acha que o perseguidor é Penny.

Eles chegam no aeroporto, e Penny corre atrás de Desmond, mas é surpreendida por Ben e Sayid. Alexander demonstra preocupação pois Widmore pode ter homens vigiando o aeroporto, e de fato, vemos que há dois agentes de Widmore: Richter e Winston. Do ponto de vista de Richter, vemos ele e Winston, ligando para Widmore para avisar que eles encontraram Ben: e a supostamente finada Penny. Porém, quem atende é Matthew Abaddon. Ele diz que reportará para Widmore, e manda que Richter e Winston parem os Oceanic Six e os outros de embarcarem no avião. Em seguida, vemos Abaddon ligando para Huerner e mandando que ele mude a direção do voo para a Tunísia ao invés de Londres. Ele então diz que está indo encontrá-lo, e deixa a sala, sem avisar nada para Widmore. Logo depois, descobrimos que Richter e Winston enviaram uma mensagem para um outro número, já que Widmore “não confia em mais ninguém”.

Huerner manda o piloto mudar a direção do voo, levantando suspeitas de Sun. Ela discretamente abre uma bolsa, e se depara com várias pistolas e sub-metralhadores. Ela fica espantada.

Ben e Sayid falam que “alguém” pode acabar decolando apenas com os outros e deixá-los para trás, portanto a despedida de Desmond e Penny deve ser curta. Ele então reconhece Richter, pois “era um dos nomes que Ben entregou-lhe para matar”. Eles então adiantam-se para a pista, mas são seguidos por Richter e Winston.

Seguindo as ordens de Abaddon, de “pará-los a todos os custos”, quando todos estão próximos de entrar no avião, Richter e Winston sacam as armas e atiram em Ben, Desmond, Penny, Alexander e Sayid. Graças ao aviso de Jack, que percebeu o que ia acontecer pouco antes, todos escapam ilesos, assim como os atiradores. Eles entram por uma porta do aeroporto, que revela um corredor, e acabam despistando Sayid ao sair por outra porta. Eles disparam então contra Desmond... que é protegido por Alexander! Este cai no chão, sangrando, sob gritos frenéticos de Penny pela morte do tio. Desmond puxa sua namorada e eles conseguem entrar no avião. Ben ordena que o piloto decole, e nós descobrimos que o piloto é Frank Lapidus! Eles conseguem enfim fugir. Nesse momento, aparece Abaddon seguido de quatro guarda-costas. Ele interroga Richter e Winston, e em seguida, atira nos dois, manda seus agentes se livrarem dos corpos e preparar seu avião, pois “todos estão indo à Tunísia”.

Episódio 11


Estrelando:

Sinopse

Flashbacks

Kate está sentada em um banco de praça esperando por alguém. Este alguém é Raggs, o detetive que trabalhava no departamento de Ana-Lucia. Kate entrega um papel a Raggs com informações sobre alguém em Iowa. Essa pessoa é Cassidy Phillips. Quando Raggs diz ter encontrado Cassidy, Kate pede que ele dê um jeito de levá-la a Los Angeles. Kate então lembra-se de Sawyer pedindo para ela, no dia em que eles saíram da Ilha, para que falasse com Clementine. Pouco tempo depois, Raggs conclui seu serviço trazendo Cassidy e Clementine para Los Angeles. Kate sai no meio da noite para visitá-la, e elas se lembram de seu breve encontro no passado. Kate inventa ter conversado com Sawyer no avião, onde ele estava depressivo por ser um pai ausente e querer muito ver a filha. Isso comove Cassidy, que apresenta Clementine a Kate. Ao voltar para casa, Jack demonstra ciúmes por Kate ter saído no meio da noite. Kate combina por telefone de apresentar Aaron a Clementine, e Jack pergunta o que está acontecendo. Ao ouvir que ela está fazendo o favor que Sawyer lhe pediu, Jack fica nervoso com sua esposa. Kate então vai à casa de Cassidy e encontra a mulher doente. Ela explica que está doente a um tempo, mas agora a doença ficou mais perigosa e os médicos deram a ela meros dias de vida. Ela então entrega a Kate uma foto de Cassidy com Clementine abraçadas. Kate não entende porque Cassidy deu-lhe aquilo, mas Cassidy diz “sentir que deve dar a foto para Kate”.

Tempo Real

Fora da Ilha

Penny lamenta a morte de seu tio Alexander, causada pela mesma. Hurley conversa com Frank, que conta ter sido encurralado por Abaddon assim que deixou Penny e Desmond para trás. Abaddon sabia que Frank deixara a Ilha, portanto interrogou-o de todas as formas possíveis, obtendo somente respostas neutras de Frank, e por isso colocou homens para vigiá-lo durante todo esse tempo, até que Ben e Chorley apareceram e tiraram-no de lá pois ele precisava voltar para a Ilha, e levar todos no avião. Jack e Kate trocam alguns diálogos sem conteúdo e incômodos, nos quais Jack tende a olhar torto para Aaron. Enquanto isso, Abaddon continua cuidando dos assuntos no aeroporto de Londres. Ele suborna o chefe de segurança do aeroporto para que nada que aconteceu ali seja divulgado, e consegue se livrar dos corpos de Richter e Winston antes que sejam achados. Em seguida, Abaddon segue em seu caminho à Tunísia. De volta ao avião, Aaron e Walt trocam olhares estranhos. Quando Kate derruba a foto de Cassidy e ambos abaixam-se para pegar, eles acabam encostando um no outro, e Walt tem um mal pressentimento com relação a Aaron. Kate confronta Walt, defendendo Aaron. Ben explica seu plano para Jack, de ir até a estação Oásis e usá-la para localizar a Ilha em espaço e tempo e voltar para lá. Jack questiona se será “assim tão fácil”, e Ben diz que jamais disse que seria fácil. Enquanto isso, Desmond questiona as razões de Penny estar naquela missão suicida. Penny revela então que descobriu estar grávida há alguns dias. Desmond surpreende-se com a notícia, mas a surpresa logo vira felicidade e ele e Penny se abraçam. Já no avião de Huerner, Sun saca a arma que pegara da bolsa de Huerner e exige que este responda a todas suas perguntas. Huerner diz que Sun não é uma assassina, e ela diz que a última pessoa que disse isso terminou com uma bala na barriga, referindo-se a Collen. Em um local desconhecido, um homem vê uma mensagem perdida em seu pager. Ele lê-la e fica surpresa, imediatamente dando meia-volta. Esse homem é Charles Widmore

Na Ilha

Sawyer está desmaiado no chão da floresta, ferido pela bala ricocheteada por Jacob. Então, alguém aparece para ajudá-lo... Claire! Ela ajuda Sawyer com o ferimento e manda Sawyer ir ao acampamento, pois lá ele terá uma missão. Enquanto isso, Rose e Bernard estão conversando sobre o aniversário do dentista e Jin pesca, até que eles avistam um corpo ensanguentado vir boiando na direção deles. Eles percebem que é uma mulher com uniforme da Dharma chamada Eloise Faraday. Após reconhecer o sobrenome como o mesmo de Daniel, eles avistam algo caindo no meio da floresta e correm para ver o que é. No coração da floresta, Charlotte e Daniel continuam sua busca por Locke, e acabam por encontrar Juliet na floresta. Ela pergunta se Daniel conseguiria consertar um computador, e ele nega. É então que o Monstro de fumaça chega, e eles ouvem sussurros mandando que Daniel vá à praia, Juliet à flecha, e Charlotte siga o Monstro, pois cada um deles deve cumprir uma missão pela Ilha, e eles se separam. Jin, Rose e Bernard encontram o que caiu na floresta: uma mulher. Ela faz Rose de refém, e eles logo percebem ser a mesma mulher cujo corpo foi encontrado na praia. Eles levam Eloise até seu corpo, e perguntam o que ela faz ali. Ela diz que sua missão é desativar algo que já deveria ter sido desativado: o mecanismo da estação Espelho, pois assim irá salvá-los. Sawyer chega e diz que a última vez que eles seriam “resgatados”, estavam tentando matá-los. Eloise então saca uma arma e ordena que Sawyer leve-a para o Espelho. Ele o faz, e pede que Jin, Rose e Bernard reunam o resto dos sobreviventes para levá-los a um local seguro. Juliet chega na estação Flecha, e pede que os Outros sigam-na até a estação Hidra. Após algumas discussões, os Outros acabam por seguir Juliet pela floresta. Enquanto isso, Charlotte continua seguindo o Monstro e chega na Cabana de Jacob. A figura de Selma aparece para ela e diz que ela tem um destino que há muito foi escrito para cumprir naquela ilha: guiar seu povo para segurança e vitória. Sawyer leva Eloise até a entrada do Espelho, e ela tira roupas de mergulho e vai seguindo o cabo, e deixa uma bomba escondida para trás, que Sawyer descobre por sorte e joga-a para o lado, mas fica inconsciente. No acampamento, Rose, Bernard e Jin continuam a reunir os sobreviventes, encontrando alguns problemas com Neil, Steve e Tracy, mas acabam por convencê-los. Quando estão prestes a sair, Daniel aparece e vê o corpo de Eloise, que ele reconhece como sua ex-mulher. Então, ele e Jin seguem o caminho que ela seguira com Sawyer há algum tempo para encontrá-los. Ao chegar no cabo, eles acordam Sawyer e nadam até a estação. De volta à Cabana, Jacob ordena que Christian ensine-o a controlar o Monstro da forma que a Iniciativa Dharma fazia, pois ele não obedece mais as ordens de Jacob pela forma normal. Christian nega-se no começo, mas acaba cedendo e concorda em levar Jacob até a Vila. Lá, Christian mostra o que há por trás da parede dos hieróglifos: uma sala ampla com ainda mais hieróglifos, que representam um código, que ele coloca para Jacob. Jacob então consegue controlar o Monstro novamente. Os Outros seguem seu caminho pela floresta, quando ouvem um barulho vindo na frente deles. Eles sacam suas armas, mas o barulho revela-se ter vindo de Rose, Bernard e dos poucos sobreviventes atrás deles. Eles juntam-se aos Outros na caminhada por um local seguro.

Episódio 12


Estrelando:

Sinopse

Flashbacks

Matthew Abaddon caminha pela floresta da Ilha em direção à Cabana de Jacob. Lá, Jacob pergunta se ele irá continuar trabalhando para a Ilha ou se será consumido pela inveja por ter perdido o posto. Abaddon diz querer trabalhar para a Ilha, e Jacob diz que a função de Abaddon será dar um “empurrãozinho” no Destino para que certas pessoas essenciais à Ilha cheguem lá. Tempo depois, Richard Alpert aparece para Abaddon em uma praça e entrega-lhe uma ficha de John Locke. Ele diz que Locke deve ir para a Ilha a qualquer custo, e para isso, deve estar na Austrália pouco antes do dia 22 de Setembro. Já depois do Oceanic 815 cair na Ilha, Richard diz a Abaddon que seus serviços estão dispensados: Jacob não precisa mais dele. Abaddon insiste, dizendo que sua vida é a Ilha e portando Jacob não pode simplesmente se livrar dele assim, mas Richard nada faz, apenas deixa Abaddon gritando que quer voltar enquanto vai embora. Abaddon está em um bar, deprimido, quando é encontrado por Charles Widmore. Abaddon ameaça Widmore, dizendo que Widmore é o maior traidor da história pois tentou provar cientificamente as propriedades da Ilha criando a Iniciativa Dharma, mas Widmore ironiza dizendo que Abaddon já não tem nenhuma conexão com a Ilha. Isso abala Abaddon, e Widmore sugere que os dois trabalhem juntos, e para voltarem à Ilha, eles precisam eliminar Ben e Richard. Abaddon concorda com Widmore, e assim, é “recrutado”. Anos depois, Abaddon está seguindo Locke pelas ruas. Ele leva Locke a um lugar abandonado e diz que Locke está prestes a morrer, pois tinha apenas 23 dias para permanecer fora da Ilha, e aquele era o 23º. Locke não acredita em Abaddon, e Abaddon friamente atira no peito de Locke, matando-o.

Tempo Real

Fora da Ilha

Sun continua a ameaçar Huerner, quando o avião começa a pousar. Huerner vê sua oportunidade, domina Sun e tira a arma da coreana, obrigando-a a sentar. Os Oceanic 6 e compania chegam em uma pista de aterrizagem abandonada no meio do deserto. Bem guia-os até algumas caminhonetes e, após separá-los nos veículos, eles seguem até a estação. Eles percebem também uma trilha, como se alguém já tivesse passado por ali a pouco tempo. Pouco tempo depois, Abaddon chega no mesmo local e avisa Huerner que Ben e os outros estão a caminho. Enquanto isso, Ben encontra o local e os carros param. Todos passam a procurar a entrada da estação, que é rapidamente encontrada por Desmond: ela já havia sido encontrada, pois estava em um buraco cavado. Ben confirma ser a escotilha certa. Apesar de tudo indicar que alguém já estará ali, eles descem mesmo assim. Jack, Ben, Sayid, seguidos depois por Kate, Aaron e Hurley. Eles admiram o local, quando percebem a presença de alguém ali: Sun. Kate surpreende-se, e Huerner sai das sombras atirando para cima. Sayid saca sua arma, mas Huerner rapidamente faz Sun de refém. Hurley tenta um ataque surpresa contra Huener, mas suas pobres habilidades em tiro impedem que ele consiga. Huerner domina Hurley, e novamente impede que Sayid reaja fazendo reféns. Ben confronta o agressor, perguntando sobre seu patrão, e Huerner diz que o patrão não é Widmore, mas um homem com razões muito mais concretas. Enquanto isso, no deserto, Penny, Desmond e Walt preocupam-se com o barulho de tiros vindo lá de baixo. É então que outro carro aproxima-se no horizonte, e Chorley atira, mas é logo atingidoe cai morto. Todos entram em panico, e Frank reconhece um dos passageiros do carro como Abaddon. Ele desce no Oásis e manda seus dois capangas vigiarem Frank, Penny, Desmond e Walt. Huerner alegra-se ao ver Abaddon. Ben surpreende-se, dizendo que achava que Widmore vinha puxando as rédeas o tempo todo. Abaddon conta que ele foi expulso da ilha, portanto ele tem o direito de voltar, mas não Widmore. É então que um de seus capangas cai na escotilha, e algum tempo depois, Frank aparece descendo a escada. Walt e Desmond seguem. Abaddon exige saber como eles conseguiram matar seu capanga, quando Widmore aparece com três capangas e Penny. Abaddon murcha ao ver o homem para qual ele fingira trabalhar por tanto tempo. Ben enfurece-se ao ver o rival, e Sayid começa a perceber o quão ruim é a situação. Widmore conta que recebeu a mensagem de Winston, e que desconfiava dele há muito tempo, e que seu plano de substituir Ben ao levar os Oceanic 6 de volta jamais funcionaria. Widmore e Ben discutem, Abaddon perde rapidamente o controle da situação, e Huerner volta a usar Sun de escudo. Widmore manda Ben encontrar a Ilha, e este dirige-se a um computador para fazê-lo. Ben então rapidamente saca seu cacetete e atinge Widmore no rosto. Seus capangas preparam-se para atirar, mas Sayid consegue desviar a mira de dois deles: o outro toma um tiro de Huerner, por trás de Sun. Penny foge do meio dos capangas e, juntamente com Walt, Frank e Hurley, abaixa-se. Kate empurra Aaron na direção de Hurley e corre para ajudar Jack, que está na briga com os capangas junto com Sayid. Ben continua a bater em Widmore, mas este consegue sacar um Hand Taser e começa a eletrecutar Ben com uma expressão doentia. Sayid, Kate, Jack e Frank, que juntou-se à briga, conseguem dominar os dois capangas, mas Widmore continua a torturar Ben. Huerner contenta-se em proteger Abaddon. Widmore diz a Ben que assim que o aparelho encontrar a Ilha, ele não será mais necessário e poderá morrer. Sayid então tira Widmore de cima de Ben e atinge-o na cara. Este ergue um pouco o rosto para ver que o dispositivo encontrou a Ilha. Ele então atira em Ben, que morre chamando por Alex. Sayid tenta atacá-lo, mas Widmore aponta a arma e diz que matará todos se alguém tentar reagir. Quando Jack duvida que Widmore possa matar alguém ali, ele atira em Abaddon, matando seu antigo capanga. Huerner enfurece-se e tenta atirar em Widmore, mas este faz Aaron de refém, e diz que todos ali são mortais, e todos estão com a vida nas mãos dele. Ele então entra no Telepod e volta para a Ilha! Os restantes ficam perdidos: agora, não há mais quem leve-os de volta. Huerner revela então que já esteve na Ilha, e sabe operar aquilo. Ele leva todos de volta à Ilha pelo Telepod.

Na Ilha

De volta ao Espelho, Sawyer, Jin e Daniel confrontam Eloise por um tempo. Na Cabana, Claire aparece e pergunta o que Charlotte faz ali, quando o Monstro chega trazendo Jacob e o corpo de Christian. Claire corre ao corpo de seu pai com lágrimas nos olhos, tentando reanimá-lo. Jacob manda que o Monstro ataque Charlotte, mas este, ao chegar perto da moça, muda de rumo e avança em Jacob, jogando-o na Cabana e colocando-se em volta da mesma para impedi-lo de sair. Christian diz a Claire que ele esperava a morte há muito tempo, pois ele nem deveria estar vivo se não fosse por aquela Ilha. Charlotte então segura Claire e elas correm para a floresta, pois Charlotte diz que a Ilha não será mais um local seguro em pouco tempo. No Templo, os Outros usam o barco Elizabeth para ir à Hidra, mas Juliet dá meia volta para ir ajudar Sawyer, Daniel e Jin. Rose e Bernard seguem a loira, dizendo que precisam fazer isso por karma. Juliet reconhece a situação e os três vão, enquanto que os Outros e os sobreviventes vão à Hidra. No Espelho, Eloise está desativando o mecanismo, quando Sawyer tira um lança-arpão e atira nela. Ela tenta responder com tiros de sua arma, mas tudo que consegue fazer é explodir algumas janelinhas da estação, e água começa a inundar todo o local. Eles percebem então, que antes de morrer, Eloise desativou o mecanismo. Eles então pulam no mar para fugir do afogamento. Em um barco perto da Ilha, alguns homens avistam a Ilha em um mapa. Agora que ela não está mais protegida pelo bloqueio de sinais, que voltou com a volta ao tempo, uma grande frota de barcos consegue vê-la e aproxima-se dela. Os Outros veem isso, e aceleram a fuga. A próxima cena na Ilha é dos Oceanic 6, Walt, Penny, Desmond, Frank e Huerner chegando e vendo construções Dharma em todos os lugares.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória