FANDOM


Para outros resultados de Christian, vá à Christian (desambiguamento);


Christian Shephard foi o pai de Jack Shephard e Claire Littleton, marido de Margo Shephard, e avô de Aaron Littleton. Antes de perder sua licença por realizar procedimentos cirúrgicos sob estado alcoólico, ele era Chefe de Cirurgia no Hospital São Sebastião. Depois de ser despedido, Christian viajou para a Austrália onde aparentemente morreu devido a um ataque cardíaco induzido pelo álcool. ("White Rabbit")  ("Do No Harm")  ("Par Avion") Entretanto, após a queda do Voo 815, no qual seu filho Jack transportava seu corpo de volta para Los Angeles, ele começou a aparecer, aparentemente vivo e bem, para Vincent, Jack, Hurley, Claire, e Miles. Mas essas aparições, como mais tarde foi explicado, eram manifestações do Homem de Preto, o que leva a crer que o verdadeiro Christian está muito provavelmente morto.

Antes da Morte

Um dia, quando jovem, Christian começou a namorar uma moça chamada Margo. Consequentemente, ele a pediu em casamento, mas seu pai disse-lhe no dia de seu casamento que desaprovava aquela união. Todavia, seu pai lhe deu um relógio como herança de família naquele mesmo dia. Christian aceitou o presente, mas nunca o usou. ("The Watch").

Christian 1970.jpg

Christian discute com seu filho, Jack, sobre o que é ser um herói.

O relacionamento de Christian com seu filhos Jack foi, desde o começo, distante e autoritário. Uma ocasião que demonstra a tensão que havia entre os dois foi quando Jack, em sua infância, tentou defender seu amigo, Marc Silverman, contra dois garotos mais velhos. Christian tomou essa briga como uma chance para dissuadir a natureza heroica de seu filho. Christian explicou que Jack não precisava ser um herói, porque ele "Não tem o que é preciso". Christian afirmou anos atrás que ele era como Jack durante sua infância ("White Rabbit"), e Jack notou por si próprio depois de ser resgatado da ilha que seu pai era um bom contador de histórias. ("Something Nice Back Home") Além disso ele ensinou Jack a jogar xadrez quando criança. ("King of the Castle")

O tempo passou, e Christian demonstrou um problema alcoólico, tornou-se desconectado de seus amigos, e se distanciou de sua família, chegou ao ponto de fazer viagens esporádicas. ("White Rabbit") Durante um destes períodos de ausência, Christian manteve um relacionamento extra-conjugal com uma mulher australiana chamada Carole Littleton. Carole ficou grávida dele, e logo depois deu à luz a Claire. Christian viu Claire regularmente quando ela era jovem, mas parou pois Carole não gostava de dividir Christian com a família Shephard na América. A decisão sobre parar de visitar foi finalmente real quando Lindsey, a irmã de Carole, começou a ficar nervosa e agressiva. A mãe de Claire disse a ela após um tempo que o seu pai estava morto. ("Par Avion")

Anos depois, Jack se formou na escola de medicina e começou a trabalhar ao lado de seu pai no Hospital São Sebastião em Los Angeles. Na residência de Jack, ele operava uma menina de 16 anos, quando acidentalmente cortou seu saco dural. Nervos jorraram para todos os lados. Desesperado, Jack tentou consertar a situação, mas seu pai o mandou fechar os olhos, Contar até 5 e só depois, continuar a cirurgia, ou o medo continuaria nele. Jack o fez, e realizou a cirurgia com sucesso.

No corredor do hospital, Jack deu um sermão em seu pai, dizendo que todos pensam que ele só conseguiu a residência por causa de Christian, e agora, todos vão achar que ele não sabe ser um cirurgião. ("Pilot, Parte 1")  ("Man of Science, Man of Faith")  ("Not in Portland")

Na vida adulta de Jack, Christian se aproximou mais dele. Em um instante, quando Jack estava trabalhando com uma paciente, diagnosticou que não existia nenhuma ponta de esperança para ela, porém Christian lembrou-o que até mesmo pessoas precisam de esperança. Jack discordou, mas eventualmente tentou ajudar com o problema "impossível" dela. Futuramente essa paciente, chamada Sarah, casou-se com Jack. ("Man of Science, Man of Faith")

Christian PA.jpg

Christian com sua estranha filha, Claire.

Algum tempo depois, antes do casamento de Sarah e Jack, Christian conversa com ele, dizendo que seu pai não gostava de Margo e essa era a razão dele nunca usar o relógio que seu pai lhe deu no dia do casamento. Porém ele diz que está fazendo a coisa certa com Sarah e pediu a Jack para ser um pai melhor do que ele foi. Então Christian passa o relógio a Jack, que o coloca imediatamente. ("The Watch")

Algum tempo após o casamento, Christian recebeu um telefonema de um médico conhecido de Sidney. Através dessa conversa, Christian soube que Carole estava em coma, resultado de um acidente de carro. Ele decidiu voltar à Austrália. Pretendia pagar pelas despesas médica anonimamente, mas Lindsey e a adolescente Claire retornaram ao hospital e o encontraram no quarto de Carole. A princípio, Christian tentou ir embora sem causar qualquer problema, mas a hostilidade entre ele e Lindsey levou Claire a fazer perguntas. Christian revelou sua identidade como seu pai.

Christian ATBCHDI.jpg

Christan tentando persuadir Jack.

Ele revelou à filha que teve um caso com sua mãe. Ele via Claire sempre, quando ela era bem pequena, mas parou de visitá-la porque sua mãe não gostava da ideia de ele ter outra família nos EUA, e também porque a tia de Claire, Lindsey, o odiava. A mãe de Claire disse a ela que seu pai havia morrido. Christian voltou à Austrália quando a mãe de Claire sofreu um grave acidente e ficou em coma. Christian tentou convencer Claire a não manter sua mãe viva através de aparelhos por “motivos errados”, mas Claire recusou a ideia. Depois de conversar com Claire, ele voltou aos EUA. Após esses acontecimentos, Claire, também, tornou-se hostil em relação a ele.("Par Avion")

Um caso difícil no hospital foi o de um homem chamado Angelo Busoni, que era acompanhado por sua filha e "intérprete", Gabriela. Christian e Jack explicaram-lhe que o caso de Angelo era inoperável, e Christian recusou-se a realizar a cirurgia. Gabriela, entretanto, disse que havia ouvido sobre a milagrosa cirurgia que Jack realizou em Sarah e havia vindo por "ele", e não Christian. Jack se compadece e concorda em tentar a difícil cirurgia. ("The Hunting Party")

Enquanto as semanas de preparação para a cirurgia se passam, Christian começa a perceber a ligação de seu filho com Gabriela. Uma noite ele conversa em particular com Jack para desencorajá-lo de se envolver pessoalmente, lembrando-o que ignorar a linha do profissionalismo seria um erro para sua carreira e seu casamento. Jack se sentiu ofendido e ignorou o conselho de seu pai. Após a morte de Angelo, durante a cirurgia, Christian tentou confortar seu filho, mas Jack ficou enfurecido com o fato de que Christian já havia dito a Gabriela o resultado da cirurgia. ("The Hunting Party")

Posteriormente Christian ingressou nos Alcoólicos Anônimos, esperando por um fim aos seu problema com a bebida. Nesta época o casamento de Jack começou a desmoronar. Sarah estava tendo um caso, e o seu divórcio com Jack o levou a se tornar obcecado em persegui-la, tentando determinar a identidade do outro homem. Jack acabou por acusar o seu pai de ser o outro homem, e durante um de seus encontros do AA, Jack atacou fisicamente seu pai. Após este doloroso incidente, Christian retornou ao alcoolismo. ("A Tale of Two Cities")

O problema alcoólico de Christian acabou por interferir em sua vida profissional, com profundas implicações. Ele operou uma mulher chamada Beth enquanto estava sob a influência do álcool, acidentalmente causando sua morte. Toda a equipe de cirurgia de Christian concordou com o fato que não havia nada que Christian pudesse fazer para salvar a vida da paciente, exceto Jack. Jack insistiu que toda a verdade fosse revelada, mas Christian pediu que ele não mencionasse o álcool, pois isto causaria a perda de sua licença médica. Jack não estava convencido, até que Christian tentou se reconciliar com seu filho. Christian desculpou-se por ser tão duro durante a infância de Jack e explicou que a medicina era a sua vida. Jack concordou em assinar o laudo, mas posteriormente, após descobrir que a paciente estava grávida, ele revisou suas afirmações, dizendo que seu pai foi responsável pela morte da mulher e de seu filho em gestação. Após estes acontecimentos, Christian perdeu sua licença médica e distanciou-se de Jack. ("All The Best Cowboys Have Daddy Issues")

AnaMeetsChristian.jpg

O primeiro encontro de Christian e Ana Lucia, no aeroporto.

Christian estava bebendo no bar do aeroporto, onde Ana-Lucia trabalhava como guarda de segurança. Depois de contar a ela sobre a briga com Jack, ele perguntou se ela gostaria de viajar com ele para a Austrália como sua guarda-costas, depois de ela lhe dizer que era policial.

Ele não disse a ela o que iria fazer lá (indicando que estava envergonhado demais para dizer a verdade à ex-policial, talvez pensando que, se ela soubesse a verdade, poderia não querer ajudá-lo). Tudo o que ele revelou foi que iria fazer algo “um pouco perigoso” e que precisava de alguém para protegê-lo. Para não usar seus verdadeiros nomes, Christian decidiu chamar Ana Lucia de “Sarah”, nome de sua nora, e ela a chamou de “Tom”. ("Two for the Road")

Ainda na Austrália, foi até um bar. É possível que, sendo sarcástico por natureza, tenha se referido a si próprio como o perigo que enfrentaria – então precisava de proteção contra si mesmo. Cumprindo seu dever, Ana-Lucia acompanhou Christian até a casa de uma mulher chamada Lindsey. Ele tentou entrar de qualquer jeito mesmo diante das recusas dela. Primeiro, Ana não interveio ao ver que ele parecia somente querer ver uma garota a quem chamava de filha. Depois, quando ele ficou violento, ela o trouxe de volta para o carro. Quando ela perguntou a Christian o que ele tinha de errado, ele parou e ficou quieto, com vergonha do que tinha feito. ("Two for the Road")

Christian Outlaws.jpg

Christian encontra Sawyer em um bar em Sydney.

JackMorge.jpg

Jack vê o corpo de seu pai.

No dia seguinte, Christian e Ana Lucia estavam estacionados perto de um cais. Ana Lucia começou a questionar Christian sobre a mulher da noite anterior, mas ele recusou-se a dar qualquer resposta direta. Ela lhe disse seu verdadeiro nome, mas Christian não retribuiu. Ela salientou a vida patética que Cristian estava vivendo e perguntou por que motivo eles estava na Austrália para começar. Christian admitiu que seu filho estava tentando ajudá-lo, mas ele se sentia tão ferido que teve que fugir. Ele sugeriu que entrassem no bar do cais para beber alguma coisa, mas ela recusou.

Depois disso, Christian deixou Ana Lucia e foi para o bar, onde conheceu Sawyer e contou a ele o que tinha acontecido com Jack. Depois de Christian dizer que tinha esquecido sua carteira, Sawyer lhe pagou vários drinques, que aparentemente mataram-no, já que ele morreu pouco depois por causa de um ataque cardíaco (como Jack havia dito). ("Outlaws")

Depois da Morte

Antes do Acidente

Seu corpo foi encontrado em um beco em Sydney. ("White Rabbit")

Jack identificou o corpo e fez os preparativos para levá-lo de volta à Los Angeles. Seu corpo poderia ou não estar no voo 815 já que Jack disse várias vezes que não tinha feito os preparativos necessários para o traslado do corpo; na Ilha, seu caixão foi encontrado vazio. Ele foi visto várias vezes vivo por Jack usando tênis brancos. Mas não se sabe se o que Jack teve foram visões sobrenaturais ou alucinações. ("White Rabbit")

Na Ilha

Através de seus dias na Ilha, Christian apareceu várias vezes para os sobreviventes do voo 815 e outras pessoas. Porém, essas aparições, eram, na verdade, uma farsa criada pelo Homem de Preto, para convencer Claire a segue-lo e Jack encontrar água. ("The Last Recruit")

Jack não mencionou a aparição de seu pai na ilha para ninguém além de Locke, mas Sawyer posteriormente se mostra incomumente interessado no pai de Jack quando ele começa a suspeitar que ele era o mesmo homem que encontrou no bar de Sydney. Jack disse a Sawyer o que sentia pelo seu pai, alegando que "ele não queria assumir a responsabilidade pelos seus atos, então ele culpava o destino." Quando Jack perguntou porque Sawyer estava interessado, ele simplesmente alegou se tratar de curiosidade. ("Outlaws").

Entretanto, Sawyer mais tarde revelou a Jack que ele de fato havia visto seu pai uma semana antes do acidente. Sawyer repetiu as palavras de Christian sobre Jack ser um homem melhor e sobre como Christian admitiu sua incapacidade de ligar para Jack e lhe dizer que ele o amava. Sawyer salientou que, "algo me diz que ele acabou nunca fazendo aquela ligação. Mundo pequeno, não?" Jack ficou visivelmente comovido por isto. ("Exodus: Parte 1")

Fora da Ilha

Chist.jpg

Christian aparece para Jack.

Dois anos depois de Jack sair da Ilha, Christian apareceu para ele. Primeiro, Jack percebe de relance Christian quando este passa por ele no hospital. A segunda vez ocorreu quando Jack estava trabalhando até tarde da noite no hospital. Quando Christian diz o nome de Jack, um dos colegas de trabalho dele aparece e Christian desaparece. Jack acredita que teve uma alucinação. ("Something Nice Back Home")

3 anos depois do resgate, Jack refere-se a ele como se ainda tivesse vivo. Jack apresenta para uma farmacêutica uma receita de oxicodona, dizendo que foi escrita por Christian Shephard. Quando a farmacêutica diz que precisa ligar para o consultório do médico, Jack hesita, dizendo que não é para ela incomodá-lo. Mais tarde, bêbado e perturbado, Jack diz ao Dr. Hamill para chamar pai dele e demiti-lo, caso ele estivesse bêbado. ("Through the Looking Glass")

Perguntas Não Respondidas

  • Por que Lindsey o odiava tanto?


Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória