FANDOM



Benjamin Linus, mais conhecido como Ben, é um antigo residente da Ilha. Ele chegou quando criança, levado por seu pai Roger, que trabalhou para a Iniciativa DHARMA. Depois de ser educado na ilha, Ben se tornou um faxineiro da Iniciativa. Em algum momento, ele se aliou com os Hostis contra a Iniciativa e a destruiu. Depois dessa Purgação, Ben se tornou o líder dos hostis, conhecidos como Os Outros. Em Setembro de 2004, quando o voo 815 da Oceanic Airlines caiu na ilha os sobreviventes se encontraram com Ben várias vezes. Ben mandou os Outros irem até o Templo como segurança e se tornou cativo pelo grupo de Locke. Ben parece poder invocar o monstro e em 31 de Dezembro de 2004, Ben faz o que Jacob ordena e move a ilha - sacrificando sua presença na ilha e sua liderança dos Outros para Locke - sendo transportado para o deserto do Sahara, avançando dez meses no futuro. Ben descobriu que os 6 da Oceanic saíram da ilha e recrutou Sayid em sua guerra contra Charles Widmore e jurou matar a filha de Charles, Penny, em vingança da morte de sua filha Alex. Mais tarde, convenceu Jack que todos que saíram da Ilha teriam que retornar para salvar aqueles que ficaram para trás. Então, embarcou no voo 316 e voltou para a Ilha.

Antes do Acidente

Antes da Ilha

Benjamin Linus, geralmente chamado de Ben, nasceu no dia 19 de Dezembro, antes do terceiro trimestre de gestação. Roger e Emily Linus estavam caminhando em uma floresta 32 milhas longe de Portland, Oregon quando ela entrou em um prematuro trabalho de parto. O parto foi complicado para Emily, e Roger a carregou até a estrada, sinalizando para Horace e Olivia, um casal que estava passando e encostou . Benjamin sobreviveu, mas Emily acabou morrendo. ("The Man Behind the Curtain")

Na Ilha

Com a Iniciativa Dharma

YoungBen2.jpg

Ben, no momento em que chegou à Ilha.

Ben, ainda criança, abarcou na ilha com Roger, seu pai, que recebeu um trabalho de Horace, um matemático importante da Inciativa DHARMA. Após receber os seus deveres, Roger fica profundamente alterado ao descobrir que o seu emprego se tratava de um mero zelador da ilha. Enquanto Ben olhava para o seu pai, que discutia com Horace, uma linda garotinha da sua idade chamada Annie, apresentava-se formalmente. Ela pergunta-lhe se ele é novo na Ilha, e Ben, em seguida, dá-lhe uma resposta afirmativa.

Durante uma aula sobre vulcões dada pela professora Olivia, na qual um vulcão dormente na ilha é mencionado, um ataque à Iniciativa começa. Ben fica paralisado ao ver, pelas janelas da sala, algumas pessoas da Iniciativa correrem apressadas, de um lado para o outro, com armas, mas Annie revela-se bem acostumada a este tipo de situação. Annie acorrenta as portas e seguidamente leva Ben para o canto da sala, onde é o suposto lugar para as crianças permanecerem nesta situação. Nessa mesma noite, Ben ouve seu pai discutindo de novo com Horace, desta vez relativo ao ataque. Ben assusta-se então ao ver o rosto de sua mãe na janela.

Bscap0040.jpg

Ben e Annie com os bonecos.

No dia do seu aniversário, Ben recebe um presente de Annie: um boneco e uma boneca, feitos por ela. Ela fica com o boneco e ele com a boneca. Ela diz-lhe, em seguida, que a partir daquele momento eles nunca estarão longe um do outro. Naquela noite, Ben volta para casa e depara-se com o seu pai bêbedo no sofá. Ben tira-lhe os sapatos e o pai acorda. Roger vê a caixa de presente de Annie, pergunta se é o seu aniversário e diz a Ben que é difícil dar-lhe parabéns, pois fora no dia do seu nascimento que sua mãe falecera, vítima do parto mal-sucedido. Ben, ao ouvir as suas palavras, corre sem parar em direção à floresta, chegando à barreira sônica, onde novamente vê sua mãe saindo da mata. Ela diz-lhe tristemente que ainda não é a hora de ele ir, e nesse momento desaparece nas árvores.

Alguns anos depois disso, em 1973, Ben, ainda jovem, empacota seus pertences, junto com a boneca de Annie. Ele vai até a barreira sônica, com um coelhinho branco, e a desliga, fazendo o coelhinho passar por ela para testar se realmente está desligada, passa então a procurar por sua mãe pela floresta. Ele encontra Richard Alpert, que pergunta se ele está perdido. Ben lhe diz que esta procurando por sua mãe, mesmo ela estando morta. Richard não se surpreende em ouvir isso. Quando Richard diz a ele para voltar para sua casa, Ben diz que quer ir com ele, porque odeia as pessoas da iniciativa Dharma. Richard diz que ele pode, mas que ele precisará ter muita paciência. Assim, Ben volta para casa. ("The Man Behind the Curtain")

Benfired.jpg

Ben logo antes de levar o tiro de Sayid.

Quatro anos mais tarde, em 1977, Ben jovem conhece Sayid em sua cela no Centro de Segurança. Ele dá um sanduíche a Sayid como um gesto de boa vontade, e pergunta se ele é um Hostil, fazendo Sayid improvisar e responde "Você acha que eu sou?". Ben se apresenta e Sayid se surpreende ao conhecê-lo. ("Namaste")

Depois, Ben leva outro sanduíche para Sayid, junto com um livro, "Realidade Separada" de Carlos Castaneda, perguntando se Richard o enviou. Ele falou sobre seu encontro com Richard, e disse que se Sayid fosse paciente, poderia ajudá-lo. Eventualmente, Ben esbarrou com o seu pai falando com Sayid . Roger ralhou Ben por trazer outro sanduíche, jogando-o contra a cela de Sayid, e então mandou ele para casa. Ben, pensando que Sayid era um dos outros, decidiu ajudá-lo a fugir se, em troca, o levasse junto com ele. Ele colocou fogo em uma Van DHARMA como distração, para então libertar Sayid. Enquanto eles fugiam, foram encontrados por Jin numa Van. Sayid derrubou Jin, deixando-o inconsciente e roubou sua arma. Então ele falou para o Ben: "Você estava certo, eu sou um assassino", e atirou nele, deixando-o na floresta. ("He's Our You")

Porém, Ben sobrevive ao tiro. Alguns instantes mais tarde, Jin acorda com seu rádio. Jin vê Ben baleado, coloca-o na Kombi e o leva de volta para as Barracas. Lá, Roger se desespera, e segue-o, as Jin leva o garoto dirto até Juliet, para ele ser operado. Entretanto, Juliet diz a Sawyer que Ben perdeu muito sangue, e percebe que a DHARMA não tinha o material necessário para salvá-lo e pede que Sawyer traga um cirurgião de verdade. Jack, o único com experiência, não ajuda Ben, por causa de "ressentimentos do futuro". Porém Kate acha que deve salvar Ben e se oferece para fazer a transfusão de sangue. Com o tempo, Juliet percebe que não há salvação. Só que talvez, os Outros possam ajudá-lo. Kate e Sawyer, em Kombis da DHARMA, o levam até A Linha, onde um grupo de outros os intercepta. Sawyer pede que eles os levem até Richard Alpert. Após andar um pouco, eles encontram Richard. Richard diz que pode salvar Ben, mas há um preço: ele perderá sua inocência, se esquecerá do que aconteceu, nunca será o mesmo e sempre sera "um deles". Kate e Sawyer concordam em pagar o preço para salvar a vida de Ben. Ainda inconsciente, Richard leva o jovem Ben até O Templo e entra por uma porta com o adolescente. ("Whatever Happened, Happened")
5x11-richard-gets-ben-temple.jpg

Richard leva Ben para o Templo.

Com Os Outros

Após entrar no Templo, Ben foi curado sob circuntâncias desconhecidas. Ele foi levado ao acampamento dos Outros onde ele conhece Charles Widmore pela primeira vez. Ao descobrir que voltaria para A Vila, Ben diz que não queria voltar e queria se tornar um deles. Charles diz que ele viver com a DHARMA, não quer dizer que ele seja um DHARMA. ("Dead is Dead")

5x12 Ben Ethan.png

Ben sequestra Alex. ("Dead is Dead")

Em 1989, Charles manda Ben e Ethan para matar Danielle; chegando lá, o jovem Ethan se oferece para matar Danielle, mas Ben vai fazer o serviço. Lá, ele vai matá-la, mas muda de ideia ao ver o bebê. Ele pega a menina, e avisa para Danielle: se ela ouvir sussurros, que corra para o outro lado, e não o siga. Ben leva Alex para Charles Widmore, que diz que o trabalho de Ben era ter matado-as. E diz "Mate essa coisa", se referindo a Alex. Ben diz que é uma criança, não uma coisa. Ben então diz que Jacob não queria a bebê morta, quem queria, era Charles, e se ele a quer morta, que mate-a. Após refletir, Charles deixa Ben ficar com Alex. ("Dead is Dead")

15 anos mais tarde, Ben, já com seus 20 anos, fecha seu uniforme Dharma de faxineiro. Ele acompanha seu pai até a estação Pérola para entregar suprimentos, e quando Ben o lembra que é seu aniversário, Roger sugere que eles peguem uma kombi e tomem algumas cervejas juntos. Eles param em um lugar lindo, aonde Ben pergunta ao pai se ele realmente o culpa pela morte de sua mãe.
Bscap0025.jpg

Ben no momento em que entrou para os Outros.

Ben olha para o relógio e quando Roger pergunta por que ele está olhando tanto para o relógio Ben desabafa o que queria ter falado a vida inteira sobre ter suportado seu pai durante todos esses anos. Então, Ben diz adeus ao pai, coloca uma máscara de gás e abre uma bomba de gás na kombi. Instantaneamente Roger começa a sangrar pelo nariz e pela boca e depois de segundos, morre. Ben volta sozinho para o Quartel, aonde ele vê os corpos de todos os membros da Iniciativa Dharma mortos. Ele vê o corpo de Horace e fecha os olhos dele. Richard, junto com os Outros, aparece e pergunta a Ben se ele quer que busquem o corpo de seu pai, ao que Ben responde que não. Esse evento, da morte de todos os membros da Iniciativa Dharma ficou conhecido como o extermínio. Fica subentendido que quando, há anos atrás Richard Alpert lhe disse que ele teria que ter paciência para juntar-se aos nativos, estava se referindo à espera pelo momento adequado para matar os membros da iniciativa, conquistando assim o direito de ser um deles. ("The Man Behind the Curtain")

Após o Purgação, Ben assume a liderança dos Outros, já que ele pode se comunicar com Jacob. Os Outros foram formados por uma junção dos Hostis, pessoal da DHARMA que, assim como Ben, trairam a Iniciativa, e pessoas recrutadas do mundo exterior.

Um ou dois anos após a Purgação, Ben estava empurrando Alex no balanço, e ela o chama de "papai". Richard Alpert chega dizendo que o submarino vai partir, e Ben vai "vê-lo". Ele chega e "ele" é Charles, que está saindo da Ilha. Sendo banido. Ambos conversam rápido dizendo que Charles fez aquilo a ele mesmo, ao ter uma filha no mundo exterior, e ele será um líder melhor porque ele, não será egoísta, e dará tudo que for preciso pela Ilha. Widmore acha que um dia, quem será banido, é Ben. ("Dead is Dead")

Ben afirmou que nunca deixou a ilha desde que lá chegou, mas isto se mostrou uma mentira. Em uma sala secreta na casa de Ben na vila dos outros, Sayid descobriu que Ben possuía dinheiro de vários países, assim como passaportes de diferentes nacionalidades (um da Suíça e outro do Brasil são mostrados com destaque). A extensão e motivação das atividades de Ben fora da ilha permanecem um mistério. ("The Economist")

Oneofuscap-251.jpg

Ben recepcionando Juliet em sua chegada na ilha.

Ben recebeu Juliet na doca da Vila dos Outros quando ela havia acabado de chegar à Ilha vinda de Portland, para supostamente trabalhar em um projeto da Mittelos Bioscience. Quando a primeira tentativa de Juliet de tentar salvar as mulheres que engravidaram na Ilha deu errado, Ben a consolou, dizendo que Sabine tinha escolhido engravidar por sua própria conta e risco. Quando a médica disse que queria voltar para casa, pois não poderia fazer nada pelas mulheres, Ben disse que o câncer de sua irmã Rachel havia voltado, mas que se ela ficasse, se comprometeria a curar a doença. ("One of Us")

Não se sabe se Ben foi casado ou romanticamente envolvido com alguém. Em um certo momento, Harper, a terapeuta dos Outros se refere a Ben ter tido um relacionamento com "ela", mas não deixa claro quem "ela" é.

Mais tarde, fica claro que Ben não está apenas interessado nas experiências de fertilidade de Juliet, e sim, tem uma queda por ela. Na verdade, Ben esteve apaixonado por Juliet e essa foi uma das razões que o levou a mantê-la na ilha. Quando Ben percebe que a loira está tendo um relacionamento com Goodwin ele se torna extremamente ciumento, tanto que Harper, a esposa traída de Goodwin, começa a temer sobre a segurança do marido. ("The Other Woman")

Dois dias antes do acidente com o voo 815 da Oceanic, Juliet descobriu que ele tinha um tumor na espinha e o chamou de mentiroso, já que acreditava que a promessa que ele tinha feito de curar sua irmã Rachel em troca de sua permanência na Ilha tinha sido uma mentira.

Depois do Acidente

Mine.jpg

Ben quando mostra o corpo de Goodwin a Juliet.

Quando o voo 815 caiu na ilha, Ben imediatamente entrou em ação, chamando Goodwin e Ethan. Ele ordenou que eles fossem até as partes de trás e do meio do avião e que se infiltrassem: "Escutem, aprendam, não se envolvam". Ele diz a eles que quer uma lista em três dias. ("A Tale of Two Cities") Ele escolhe Goodwin para ir até a parte de trás, esperando que ele não conseguisse e acabasse sendo morto ou machucado, já que tinha ciúmes dele com Juliet, por quem era apaixonado. ("The Other Woman")

Ben e Juliet foram até a estação Chama, onde Mikhail parecia estar controlando uma estação de monitoramento. Nas telas era possível ver vários canais noticiando a queda do voo 815. Ben pediu que o russo providenciasse listas com o histórico dos passageiros e também pediu uma conexão com Richard Alpert. Na tela, apareceu uma imagem ao vivo da irmã de Juliet, Rachel e de seu filho Julian.
Oneofuscap-619.jpg

Ben quando descobre que tem um tumor.

O líder dos Outros disse à médica que tinha ficado magoado e que nunca mentiu. Depois, mandou que Bakunin cortasse a conexão, lavando Juliet ao desespero. Ela pediu novamente que ele a deixasse voltar pra casa, mas Ben disse que ela tinha que terminar seu trabalho primeiro. ("One of Us")

Depois, Ben foi até a Pérola com Juliet , onde eles observaram os sobreviventes da queda do avião através dos monitores de observação, sem saber que Paulo os estava observando. Ben comentou que ele faria Jack realizar sua cirurgia do mesmo jeito que fazia qualquer um fazer qualquer coisa: usando aquilo em que estava emocionalmente ligado. E que também contaria com a ajuda de Michael. Quando eles se foram, deixaram para trás um Walkie-Talkie que Paulo levou consigo para o acampamento. ("Exposé")

Dias 58-67 (2ª Temporada)

Benofthem.jpg

O falso Henry preso na armadilha de Rousseau.

Ben foi pego em uma armadilha por Danielle Rousseau, que também atirou nele com um arco e flecha para ele não escapar. Ele é levado para o Cisne e trancado no depósito de armas, aonde seus machucados são tratados por Jack. Sayid e Locke não acreditam em suas alegações - que ele é Henry Gale, um rico proprietário de minas de Minnesota, que ele e sua esposa estavam em um balão de ar quente que caiu na ilha, e que mais tarde ela morreu de uma doença misteriosa - o que ele mantém até mesmo durante uma brutal interrogatório. (One of Them)

Os três homens decidiram não revelar a existência do cativo para o resto dos sobreviventes, mas, Mr. Eko descobre e depois Ana-Lucia é trazida para ajudar. Ben desenha um mapa da escotilha até o preciso local de seu balão e do túmulo de Jennifer Gale. Sayid, Ana-Lucia, e Charlie seguem o mapa e acham o local exatamente como Ben descreveu, mas Sayid, não convencido, desenterra o cadáver e descobre não uma mulher, mas um homem identificado por sua carteira de motorista como Henry Gale. Durante esse tempo, o incidente do Lockdown toma conta da escotilha, e Locke, cujas pernas ficaram presas debaixo da Porta de Segurança, é forçado para pedir ajuda de Ben para Apertar o Botão. Logo, o grupo de busca retorna e revela a verdade: Esse 'Henry' é um impostor e um dos Outros. ("Lockdown")

Ben podia escutar o que estava se passando fora do depósito de armas onde ele era mantido preso e tem ciência de tudo o que acontecia fora do quarto. Tentou causa uma interiga entre Locke e Jack dizendo a Locke que ele parece ser a sombra de Jack. Mais tarde Locke fica bravo o bastante para jogar coisas da escotilha por toda a parte apenas fora do depósito de armas, aonde Ben é mantido preso. Ben manipula Locke e parece gostar disso.

Benpreso.jpg

Ben preso no console de armas, ainda sob o nome falso de Henry Gale.

Ben diz a Locke que durante o Lockdown ele nunca digitou os números ou apertou o botão; o contador voltou marcar 108 sozinho depois que os Hieróglifos apareceram e soou alguns estranhos sons de máquinas. Disse: "Esse lugar é uma piada, John!" Locke é cético, mas um mero pensamento claramente o desequilibra. Isso foi obviamente uma mentira de sua parte, já que os efeitos de NÃO apertar o botão são agora conhecidos. Conclui-se que ele sabe muito mais do que diz, pois apertou os botões mas mesmo assim sabe dos hieroglifos e dos barulhos de máquinas. ("Lockdown")

Se recusou a comer, beber ou falar por dois dias enquanto esteve preso. Sabe onde Walt está e diz que 'eles' nunca trocariam Walt por ele. Alega que ele foi enviado pelos Outros para achar e trazer Locke porque Locke é "um dos bons". Acredita que ele será morto pelo misterioso Ele, por falhar em sua missão. Tentou estrangular Ana-Lucia até a morte, mas foi interrompido por Locke. Disse a ela que Goodwin tinha esperanças por ela, o que pode tê-lo levado à morte. ("Two for the Road")

Prefere Stephen King (um declarado fã da série) do que Dostoevsky. Também sabe sobre Hemingway e prefere ele a Dostoevsky. Escapou da escotilha, com a ajuda de Michael. No melhor "estilo dos Outros", não deixou rastro ao escapar. ("Two for the Road")

Benlider.jpg

Henry se mostra como o líder dos Outros.

Diz a Locke que estava indo ao acampamento dos sobreviventes quando foi capturado por Rousseau e que sua missão estava relacionada a ele, (Locke). Parecia ser o responsável pela troca de Walt durante o final da 2ª temporada. Ficou irritado com Tom por este não estar usando sua barba durante a troca de Walt. (Como apenas perguntou onde estava, não pareceu ser grande coisa, já que ele não pediu para que a colocasse de volta.). Mencionou que a troca de Michael era "mais do que justa", talvez significando que talvez não seja tão desapontador para eles perderem Walt e o barco, na troca com Michael. O enunciado "mais do que justo" pode se referir que o comportamento de Walt seja muito difícil de lidar. Quando questionado por Michael, "Quem são vocês?" Ele responde, "Nós somos os mocinhos". Alega a Michael que ele nunca mais achará a ilha novamente se ele decidir voltar. (Enquanto capturado em O Cisne, ele alegou que nem "Deus" poderia ver a ilha). ("Live Together, Die Alone")

Dias 68-91 (3ª Temporada)

O seu verdadeiro primeiro nome foi revelado como sendo 'Ben'. ("A Tale of Two Cities") O sobrenome foi revelado a Jack. Até então, ele parece ser o comandante do grupo dos Outros. ("The Glass Ballerina")

Benglass.jpg

Henry enfim se apresenta com o nome verdadeiro: Benjamin Linus.

Foi ele quem enviou Ethan e Goodwin para que se infiltrassem nos grupos de sobreviventes, tanto da seção intermediária do avião, quanto da cauda, respectivamente Sua postura de líder fica clara no café-da-manhã que toma com Kate, em que toda a situação parece ser arranjada ou orquestrada. Ele parece gastar bastante tempo observando o comportamento de Kate e Sawyer, além de tudo mais que se passa na Estação A Hidra, através de câmeras de segurança, que levam sons e imagens a um pequeno cômodo preenchido de monitores (não muito diferente da organização na A Pérola). ("A Tale of Two Cities"), ("The Glass Ballerina")

Ben deu um golpe em Sawyer fazendo ele acreditar ter um marcapasso no coração que faria ele explodir se ultrapassasse os batimentos limite. Ben fez isso para fazer Sawyer se acalmar e para mais tarde mostrar a ele que eles não estavam na mesma ilha do acidente e sim em uma ilha menor 3km da outra ilha, fazendo assim Saywer parar de fugir sabendo que sempre estaria na ilha dos Outros. ("Every Man for Himself")

Ele também mente que nasceu e viveu na Ilha por toda a sua vida. Quando Jack vê os Raios-X de Ben pendurados na Estação Hidra, afirma que pertencem a um homem de aproximadamente 40 anos de idade e com um tumor na coluna. Inadivertidamente, Ben assume que os Raios-X eram dele quando Jack o pressiona. Ele explica que descobriu a doença dois dias antes do voo 815 cair na Ilha e conclui que um "cirurgião de colunas caindo do céu" logo naquele momento era uma cabal prova da existência de Deus. ("The Cost of Living")

Bencirurgia.jpg

Ben acordado durante sua cirurgia.

Ben também parece ter alguma ligação com Alex; ele pergunta a Juliet se Alex havia perguntado por ele, quando Juliet apenas responde que "ela foi levada de volta pra casa". Jack resolve operar Ben. Tudo vai indo bem na primeira parte da cirurgia, até que Jack faz uma incisão em seu rim. Jack afirma que Ben morrerá em uma hora caso ele não feche a incisão, tomando, assim, Ben como refém. Ele diz a Tom e Juliet que devem deixar Kate e Sawyer escapar, senão Ben irá morrer. ("I Do")

Alguns minutos depois de Jack fazer a incisão no rim de Ben, Jack está discutindo com Tom e Juliet. Ao ser contrariado, Jack revela à Tom que ela pediu a ele que matasse Ben durante a cirurgia, fazendo parecer um acidente. Jack, assim como todos os outros na sala de cirurgia, pensava que Ben estava desacordado. Mas ele fala que já estava acordado a alguns minutos e até admite que Jack foi esperto naquela manobra. Ben, pede para que chamem Juliet. Quando esta chega, os dois têm uma conversa particular. Então, Juliet dá a ordem para que deixem Kate e Sawyer escapar afim de quê Ben sobreviva. Jack anestesia novamente Ben e termina a cirurgia, removendo o tumor por completo. Jack sugere que seja feita uma biópsia para saber se é ou não maligno. ("Not in Portland")

BenJackTruce3x13.jpg

Jack apertando a mão de Ben na vila dos Outros.

Após a cirurgia, seus pontos começam a infeccionar. Inicialmente, Jack se recusa a ajuda-lo, mas depois ambos fazem um trato, pedindo que Ben interfira na sentença de Juliet, em troca de tratamento médico. Afirma para Jack que tinham um bom cirurgião no grupo, e que seu nome era Ethan. É levado, junto com Jack e Os Outros para a outra Ilha. Provavelmente estão indo para A Vila dos Outros. ("Stranger in a Strange Land")

Ben é visto jogando xadrez com Jack. Eles conversam sobre sair da Ilha, Ben lhe diz que a Ilha o trará de volta, querendo ou não. Jack diz que nunca iria querer voltar, porém Ben diz: "Aprendi a nunca dizer nunca. E se esse dia vier, espero que você se lembre dessa nossa conversa." E dá um xeque-mate. Esse dia que Ben cita, realmente ocorre em "Through the Looking Glass". (King of the Castle)

Ben foi encontrado uma semana depois morando na vila dos Outros. Ele ainda estava desabilitado, e confinado em uma cadeira de rodas. Ele agradece a Locke por explodir o submarino assim ele não precisaria deixar Jack e Juliet irem embora. Ele também promete a Locke, revelar alguns segredos da ilha, e começa mostrando a ele que estão com seu pai, Anthony Cooper, como refém. ("The Man from Tallahassee")

Juliet repeat the plan.jpg

Ben e Juliet combinando o a armação de Juliet para cima dos sobreviventes.

Os Outros decidiram abandonar sua A Vila. Então, Ben chamou Juliet e explicou o plano que tinha para que ela se infiltrasse no acampamento dos sobreviventes. Ela levaria Kate para a selva e se algemaria e ela, dizendo que também havia sido deixada para trás. Encontrando-se com Jack e Sayid, eles a levariam consigo para a praia, onde ela seria a grande salvadora de Claire que teria um mal súbito, causado pela ativação de uma espécie de implante (provavelmente colocado durante o tempo em que ficou em poder dos Outros). Assim, ela ganharia a confiança dos sobreviventes e poderia se misturar facilmente e eles. Antes de sair, Ben deu a Juliet uma máscara de oxigênio e disse a ela que se veriam novamente em uma semana. ("One of Us")

Quando os Outros deixam a Vila ele traz consigo Locke. Após chegarem às Ruínas ele conversa com ele, demonstrando poder andar novamente com uma bengala e dizendo que isto é possível devido sua presença. Ele também fala para Locke que para ele mostrar todo seu potencial ele deverá matar seu pai. A noite ele leva Locke para que faça isto. Na manhã seguinte, após Locke falhar no teste, ele diz que estão indo embora e que Locke não poderá ir com eles. Diz também que estão deixando uma trilha para Locke, mas que se não matar seu pai, não se deve dar ao trabalho de segui-la. ("The Brig")

Bscap0015.jpg

Ben envergonhando Locke na frente de todos os Outros.

Dois dias depois, Ben descobriu que o seu gravador tinha sumido e se desesperou. Esse desespero foi rapidamente substituído pelo choque ver que Locke tinha realmente matado seu próprio pai. Ben então disse a Locke sobre Jacob e Locke o intimou a levá-lo até o misterioso homem. Quando Ben recusou dizendo que ele era a única pessoa que podia ver Jacob, Locke o acusou de mentiroso.
Man-promo06.jpg

Ben depois de ter atirado em Locke.

Locke deixou Ben enrascado quando disse a todos os Outros que Ben o estava levando pra ver Jacob. Ben finalmente levou Locke, depois de um confronto entre Locke e Mikhail. Alex deu a Locke uma arma, dizendo que ele ia precisar para ver Jacob.

Naquela noite eles foram até a casa de Jacob e Ben disse a Locke para jogar fora toda sua tecnologia porque o Jacob odeia ainda mais tecnologia do que o próprio Locke. Quando eles entraram na casa do Jacob, Ben começou a falar com uma cadeira vazia na qual presume-se que estaria o tal homem misterioso. Locke começou a pensar que Ben estivesse maluco, mas quando ele resolveu ir embora, Locke virou e perguntou o que Ben falou pra ele. Ben disse que nao tinha falado nada, e Locke entao acendeu sua lanterna, o que levou Jacob a ficar furioso, forçando ambos, Ben e Locke pra fora da casa.

No outro dia Ben o levou de volta por um caminho diferente. Ele disse a Locke que ele tinha mentido pra ele todo o tempo. Ele começa a mostrar um poço cheio de corpos dos funcionários da DHARMA. Ele disse que ele não nasceu na Ilha, mas que foi levado até lá pela Iniciativa Dharma. Ben contou a Locke que a DHARMA era pacífica, mas que quando ele descobriu que eles não conseguiam viver pacificamente com os nativos, a purgação começou. Ele disse que ele fez o que tinha que ser feito e que era mais esperto que todos eles e inclusive Locke. Então ele atirou em Locke e disse que atirou porque ele conseguiu ouvir Jacob. Ele então perguntou a Locke o que Jacob tinha o dito e Locke disse que "Ajude-me". Ben deixou Locke lá para morrer dizendo para esperar que Jacob viesse salvá-lo. ("The Man Behind the Curtain")

Benhurt.jpg

Ben totalmente machucado depois de mentir a Jack que havia mandado matar Jin, Bernard e Sayid.

Ben retornou acampamento e parecia extremamente perturbado. Sua filha Alex o abordou e perguntou quando ele tinha voltado e onde estava Locke. Nervoso, Ben disse que tinha voltado naquele exato momento e que Locke tinha sofrido um acidente. O líder dos Outros mandou que Richard chamasse Ryan e comunicou que Jacob tinha mudado de ideia, mandando que eles atacassem o acampamento dos sobreviventes naquela mesma noite. Richard disse que aquela não era uma boa ideia, já que Juliet não teria tempo suficiente para marcar as tendas das mulheres grávidas. Ben então mandou que pegassem todas, e matassem os homens que fossem estúpidos o suficiente para tentar impedir. ("Greatest Hits")

O líder dos Outros estava escrevendo em seu diário, quando foi chamado no rádio por Bonnie que contou a ele que Charlie estava na Escotilha Espelho e que sabia sobre a Estação graças a Juliet. Ele mandou que Mikhail fosse até lá, mas o soviético quis saber como já que o próprio Ben tinha dito que o lugar estava inundado. Ele então, disse que tinha mentido e tentou contatar Tom para avisar sobre a possível cilada, mas o rádio dele estava desligado. Mais tarde, o ex-barbudo contatou o líder para avisar sobre as mortes causadas pelas explosões armadas pelos sobreviventes e contou também que tinha feito os três atiradores reféns. Ele então mandou que matassem Jin, para forçar os outros a contarem para onde tinham ido os sobreviventes.
Benkarlrousseau.jpg

Ben amarrado na árvore com Karl e Rousseau vendo Jack chamar o navio de Naomi.

Diante da pressão, Bernard acabou contando que todos tinham ido para a Torre de Rádio e que souberam do ataque através de Karl. Ben então soube que tinha sido traído pela “filha” e decidiu ir atrás do grupo de Jack para tentar convencê-los a não usar o telefone de Naomi para falar com exterior. Ele mandou que Richard seguisse o plano e levasse os outros Outros para O Templo e partiu com a filha em direção à Torre de Rádio. No caminho, ele disse a Alex que a estava levando para sua verdadeira família e que não permitiria que os sobreviventes saíssem da Ilha.

Finalmente, ele interceptou os sobreviventes, para o espanto de todos e pediu pra falar em particular com Jack. Ele tentou convencer o líder dos sobreviventes não contatar o mundo exterior, pois se isso acontecesse, todos seriam exterminados sem distinção. Mas Jack não acreditou e Ben apelou, contatando Tom e mandando que ele matasse os três atiradores na praia, caso o médico não concordasse em dar o telefone à ele. Jack achou que ele estava blefando e não acreditou, então, Ben ordenou as mortes, e ouviram três tiros através do rádio. Transtornado, Jack partiu para cima de Ben e o surrou. Voltou para perto dos sobreviventes e jogou o líder aos pés de Alex que se abaixou para perguntar se ele estava bem. Ao perceber que Danielle Rousseau se aproximava, ele acabou revelando à filha que a francesa era sua verdadeira mãe. Depois, foi amarrado e seguiu com os demais para a Torre de Rádio. No caminho, ouviu pelo rádio que Jin, Sayid e Bernard estavam bem. Chegando ao local, ele foi amarrado a uma árvore e dizia o tempo todo que era um erro Jack querer contatar o exterior. Quando Naomi finalmente conseguiu o sinal, levou uma facada de Locke que também ameaçou Jack de morte caso ele insistisse em usar o telefone. Ben incentivava Jonh dizendo para ele atirar logo no médico, mas foi calado por Rousseau, que lhe deu uma cotovelada. Jack finalmente conseguiu o sinal e pediu resgate, para o desespero e decepção do Líder dos Outros. ("Through the Looking Glass")

Dias 91-100 (4ª Temporada)

Sawyerben4x02.jpg

Sawyer e Ben discutindo.

Ben, amarrado, acompanha a espera do resgate do grupo. Ele pede a Rousseau que pegue Alex e fuja o mais rápido possível, porque todos alí serão mortos. Quando Ben se refere a Alex como sendo sua filha, Danielle lhe dá um soco e diz que ele não é o pai da garota. Quando Naomi se levanta e foge sem ninguém ver, Ben é o único que presencia e não avisa ninguém. Quando Jack pergunta para onde ela foi, o líder dos Outros responde que não sabe. Quando os sobreviventes decidem ir até a parte da frente do avião, Jack e Kate se separam para buscar Naomi e se abraçam. Nesse momento, Kate pega o telefone por satélite de Jack, sem ele perceber e novamente o único que presencia isso é Ben, que continua calado.

Depois, porcurando por Naomi, Jack percebe que o telefone sumiu e olha para Ben. O líder, que está amarrado sendo levado por Danielle, diz que devia uma a Jack e que não contou porque não queria. Os três então, vão até aonde estão todos os sobreviventes e lá, na decisão de qual grupo escolher, Ben pede permissão a Jack se pode ir com o grupo de Locke, Jack diz que Ben é de Rousseau, e a francesa vai com ele para o lado de Locke. ("The Beginning of the End")

Enquanto Locke e seu grupo vão para a cabana do Jacob, antes de ir para as barracas, Ben tenta dizer a Alex algo, ela o ignora e Karl ameaça brigar com ele, mas é impedido. Ben tenta então manipular Sawyer, dizendo que não terá chances com Kate se saírem da Ilha. Sawyer bate nele e quer matá-lo, mas é impedido por Locke.
Benlocked.jpg

Ben preso na casa de Locke.

Entretanto, Locke muda de ideia quando Ben rouba uma arma de Karl e atira em Charlotte, que chegou na Ilha. Locke está à ponto de atirar nele, mesmo com os protestos de Alex, quando Ben lhe oferece 'informações nas quais eles precisam'. Locke pergunta o que é o monstro. Ben diz que não sabe, mas revela então quem é Charlotte, seu nome e sua história. Que é membro da equipe que vai à Ilha para buscá-lo. Quando perguntado como sabe a informação, Ben diz que tem um informante no Cargueiro. ("Confirmed Dead")

Ben se recusou a revelar a identidade de seu espião, sabendo que esta informação poderia ser a única coisa que o manteria vivo. Ele voltou à vila como prisioneiro, onde Locke o deixou amarrado à uma cadeira em um dos galpões com grades. Lá, ele e Sayid trocaram hostilidades (Sayid, naquele momento também encarcerado, disse que o dia em que ele confiasse em Ben, seria o dia quando ele teria vendido sua alma). ("The Economist")

Mais tarde, durante a noite, ele é levado para o porão da sua própria casa por Rousseau. No dia seguinte, Locke faz café da manhã para ele e pede para que conte tudo sobre O Cargueiro e a tripulação. Ben comenta que Locke deve estar desesperado, pois está procurando ajuda em Ben após Jacob tê-lo abandonado, isso faz com que Locke fique chateado. Kate, mais tarde, leva Miles para o porão, onde conta deveria dizer que Ben estava morto para ganhar 3.2 milhões de dólares. Miles diz ainda que Ben tem um semana para cumprir com as exigências dele. ("Eggtown")

Widmore file.jpg

Ben com a ficha de Widmore.

Dois dias depois, Locke leva à ele o jantar: coelho. Ben brinca se o coelho não tinha um número nele. Ele diz que agora Locke é o líder e que o grupo vai ficar bravo quando perceber que ele não tem um plano, o que, Ben, sempre tem. Locke pergunta a Ben, (para a surpresa dele), se o plano envolvia conseguir 3,2 milhões de dólares. Ben então, propõe um trato com Locke: se o careca lhe der uma certa liberdade, ela contará quem é o homem dono do navio. Locke aceita e Ben mostra uma fita com imagens de Charles Widmore batendo em um dos Outros. Ele declara que Widmore é o homem por trás no navio e que ele quer explodir a ilha. Locke quer mais e pede para saber quem é o homem infiltrado no navio, o que, aparentemente, Ben conta. Mais tarde, Ben é visto andando fora da casa, levando lençóis para dentro. Sawyer e Hurley perguntam o que ele está fazendo alí e Ben responde: "vejo vocês no jantar". ("The Other Woman")

Mais tarde, quando Locke se encontra com todo o seu grupo, Ben revela a ao resto da equipe Locke que eles têm que protegê-lo porque as pessoas do cargueiro têm ordens para matar todo mundo na ilha depois que capturarem Ben. Ele diz a todos que Michael é seu espião no navio, deixando todos chocados e ao mesmo tempo furiosos.
Bendurty.jpg

Ben observando o monstro.

Depois da reunião, Ben pede para Alex, Karl, e Rousseau para ficar para trás e instrui eles para ir até o Templo usando um mapa que ele desenhou para eles. Apesar de relutantes no início, os três eventualmente concordam em ir depois de uma persuasão de Ben. Assim que chegam na floresta, porém, Rousseau e Karl são baleados e Alex se salva ao gritar para seus atacantes desconhecidos "Eu sou a filha de Ben". ("Meet Kevin Johnson")

No dia seguinte, Locke e Sawyer contam a ele de uma misteriosa ligação onde uma voz repetia o código "14J" repetidas vezes. Um agora assustado Ben revela que os encarregados de Widmore conseguiram atravessar a cerca sônica e estão próximos do vilarejo agora. Ele e Locke bloqueiam a porta da casa enquanto Hurley dá voltas pela casa com Aaron no colo e Sawyer troca tiros com os mercenários tentando salvar Cliare e os outros.

A campainha toca e Miles entra pela casa com um walkie-talkie para Ben falar com Keamy, um dos mercenários. Ben revela que sabe todos os detalhes sobre o passado de Keamy, e que faz ideia do tipo de homem que Keamy é. Com raiva, Keamy manda trazerem Alex até ele e diz a Ben que ela ira mata-la. Ben tenta fazer Keamy desistir dizendo que Alex não é nada pra ele, e que ele não liga pra ela, mas Keamy a mata mesmo assim.

Backroom.jpg

Ben entrando em sua sala secreta

Chocado, Ben murmura "eles mudaram as regras", e corre para sua sala secreta, deixando Sawyer e Locke pra trás. Lá dentro ele abre outra porta secreta. Não se sabe exatamente o que ele faz lá dentro, mas tudo leva a crer que ele invocou o monstro de fumaça. Quando ele volta pra sala, diz a todos que devem correr pra fora da casa ao seu sinal. Ele olha pela janela e vê o monstro atacando Keamy e seus soldados, então todos correm pra fora. Ben diz a Locke que ele os encontrará depois, pois precisa se despedir de sua filha.

Pouco tempo mais tarde Ben diz a todos que está indo ver Jacob, e então Sawyer decide que já ouviu demais dos "caras". Sawyer deixa o grupo tentando levar com ele todos, porém Locke e Ben o impedem de levar Hurley, pois sabem que Hurley tem noção de onde a cabana de Jacob fica. Depois de uma tensão entre Sawyer e Locke, Hurley aceita ficar com Ben e Lockey, e Sawyer se vai com Claire e Aaron.("The Shape of Things to Come")

Naquela noite, Locke acordou de um sonho para encontrar Ben fitando-o. Ben afirmou que ele costumava ter sonhos. Eles então continuam a caminhar. Eles chegam à cova coletiva e Locke explica a Hurley sobre o massacre da Iniciativa Dharma por Ben. Contudo, Ben nega e afirma que não foi decisão sua. Locke, enquanto isso, começa a vasculhar os corpos na cova. Ben mostra-se chocado quando Locke acha o corpo de Horace Goodspeed. O bolso de Horace contém o projeto da cabana de Jacob e também o mapa para encontrá-la. Ao chegarem na cabana, Locke entra sozinho, já que Ben acredita que seu tempo (como líder) acabou. Enquanto Locke está dentro da cabana, Hurley e Ben desajeitadamente dividem um Chocolate Apollo. Repentinamente Locke sai da cabana, afirmando que Christian Shephard lhe disse para mover a ilha. ("Cabin Fever")

No dia seguinte, Ben, Locke e Hurley chegam a uma pilha de pedras. Ben desenterra uma caixa escondida sob as pedras. Ele retira um espelho da caixa e começa a se comunicar com alguém no topo de uma grande montanha. Os três, então, continuam seu caminho para a Orquídea. Ao chegarem, Ben percebe que os mercenários já haviam chegado. Ele deu a Locke instruções detalhadas sobre o que fazer após entrar na Orquídea. Locke perguntou como Ben pretendia que ele (Locke) evitasse os mercenários, ao que Ben respondeu "Quantas vezes eu tenho que lhe dizer John? Eu sempre tenho um plano". Ben então caminhou em direção à estação informando que seu nome era Benjamin Linus e que eles estavam procurando por ele. Keamy coloca sua arma na cabeça de Ben, desacordando-o com a coronha da arma.("There's No Place Like Home: Parte 1")

Ben foi levado para o helicóptero pelos homens de Keamy, mas logo foi resgatado por Kate, Sayid e Richard. Ele então retornou á Orquídea para ajudar Locke a encontrar o elevador secreto que levava à estação verdadeira. Antes de descer com Locke, ele disse a Jack que ele e seus companheiros estavam livres para usar o helicóptero para sair da ilha se quisessem.

FDK.jpg

Ao virar a roda sob a Orquídea, Ben é expelido da Ilha e transportado para o ano de 2005.

Dentro da estação Ben abriu o "cofre" que a Iniciativa DHARMA usava para realizar experiências com manipulação do tempo e começou a preenchê-lo com objetos metálicos para causar um curto circuito e destruí-lo para que ele pudesse acessar o espaço sob a estação. Antes que ele pudesse fazer isso, Keamy saiu do elevador, ainda sangrando pelas feridas que Sayid e Richard lhe causaram. Keamy disse a Ben e Locke sobre o "gatilho do homem morto" atado a seu braço (projetado para detonar uma enorme bomba no cargueiro se o coração de Keamy parasse de bater) e então prosseguiu provocando Ben ao descrever a morte de Alex. Ben esfaqueou Keamy até matá-lo, não se importando com o fato de que ao fazer isto estaria causando a morte de todos a bordo do cargueiro.

Após explodir a parede posterior do "cofre" Ben trocou de roupas, vestindo a parka da Iniciativa DHARMA e se preparou para entrar no espaço embaixo da estação. Ele disse a Locke que deixasse a estação e encontrasse Richard, alegando que aquele que movesse a ilha não poderia voltar. Ele então caminhou por um túnel estreito e desceu uma longa escada até uma caverna coberta de gelo coberta com o que pareciam ser antigos desenhos. Dentro da sala havia uma grande roda que parecia ser parte de algum tipo de mecanismo atrás da parede da caverna. Ben começou a girar a roda e logo foi envolvido por uma luz brilhante. ("There's No Place Like Home: Parte 2")

Depois de Mover a Ilha

2005-2007

BenSahara.jpg

Ben "surge" no deserto do Saara

Ben "desperta" no meio do deserto do Sahara, usando uma jaqueta da Dharma com o nome de "Halliwax". Ele é rendido por dois homens, mas rapidamente consegue os derrubar, e então ruma em direção a Tunísia. Em seguida Ben se encontra em um hotel, onde pede por um quarto com o nome Dean Moriarty e também pergunta para a recepcionista a data atual. Ben vê Sayid na tv da sala de espera.

Ben então chega em Tikrit, Iraque, onde ele espiona o funeral de Nadia, que também estava sendo assistido por Bakir, um agente de Widmore. Depois de Sayid o ver e confrontá-lo, Ben revela a ele evidências sugerindo que Bakir teria matado Nadia na Califórnia. Não muito tempo depois, Ben persegue e confronta Bakir em um beco, logo após o início da conversa, Sayid atira em Bakir pelas costas e então continua a descarregar a já descarregada arma nele, já morto. Ben deixar Sayid e o convence que é a guerra dele, e não de Sayid. Sayid, se vendo sem sua vida, praticamente obriga Ben a aceitar sua ajuda, dizendo que a guerra também é dele, já que sua esposa também foi morta. Ben aceita a ajuda de Sayid, promete manter contato, e dá as costas com um sorriso irônico. ("The Shape of Things to Come")

Desde então, Sayid trabalha para Ben como um assassino particular para eliminar algumas pessoas de uma lista, incluindo Sr. Avellino e um economista.

4x03 Ben helps Sayid.jpg

Ben depois do resgate dos Oceanic 6

Em um hospital veterinário em Berlin, Ben trata do ferimento à bala em Sayid, depois deste ter sido alvejado por Elsa, assistente do economista. Ben diz que as pessoas a quem Sayid foi enviado para matar não são boas e que seus amigos estariam em perigo se elas não fossem eliminadas. Ben disse à Sayid que tinha um novo nome para ele. Quando Sayid respondeu que "eles" agora sabiam que ele os estava perseguindo, Ben simplesmente respondeu: "bom". ("The Economist")

Depois de vários assassinatos, Ben encontra Sayid em Moscou logo após ele matar Ivan Andropov, supostamente o ultimo dos associados de Widmore que podia apresentar risco aos Oceanic 6. Ben parabenizou Sayid pelo seu trabalho e lhe disse que este era o ultimo e que era para Sayid ir "viver sua vida". ("He's Our You")

Eventualmente, Ben vai até o prédio de Widmore em Londres para confrontá-lo. Ben encontra Widmore na cama um pouco perturbado e com meia garrafa de scotch no criado-mudo. Widmore pergunta se Ben estava ali para matá-lo, mas Ben diz que ambos sabem que ele não pode o fazer. Charles diz que a ilha lhe pertence e que sempre pertenceu, e que Ben a roubou dele. Ben então diz a Charles que planeja se vingar da morte de Alex, matando a filha de Charles, Penny. Charles então revela que escondeu sua filha em algum lugar, e que a competição seria pra ver se ele encontraria a ilha antes de Ben encontrar Penny. ("The Shape of Things to Come")

Ben sabia da presença de Locke fora da ilha. Ele o viu com Matthew Abaddon em Nova Iorque, depois de Locke se encontrar com Walt na escola do garoto. Algum tempo depois, Ben o seguiu até o cemitério onde Helen estava enterrada e atirou em Abaddon, escapando em seguida.

Um tempo depois desse encontro, Ben chegou ao hotel de Locke, chegando na hora em que Locke se enforcaria. Ele convence Locke a não fazer isso, dizendo que o careca não faz ideia do quão importante é e que ele ainda tem trabalho a fazer. Ben diz que Locke convenceu Jack no final das contas e que poderia convencer os outros também. Locke conta que quando conseguirem todos, eles deveriam ir ao encontro de Eloise Hawking. Depois de ouvir isso, Ben ataca Locke, o estrangulando e matando-o. Ele arruma a cena do crime, tirando as evidência, forjando um suicídio de Locke. Ele pega a aliança de Jin e antes de sair diz: "Sentirei sua falta John. Realmente sentirei". ("The Life and Death of Jeremy Bentham")

Pouco tempo depois, Ben visitou Sayid em Santo Domingo na organização Build Our World e disse para Sayid sobre a morte de Locke, dizendo que ele foi assassinado por Widmore vingando-se aos assassinatos de Sayid. Ben sugeriu que Sayid matasse o homem que estava vigiando Hurley no Santa Rosa e disse que o iraquiano gostava de matar, Sayid disse que Ben estava errado e que não iria matar ninguém. ("He's Our You")

4x13 Benjackcoffin.jpg

Ben e Jack olham o corpo de Locke

Quando Jack invade o lugar do funeral de Jeremy Bentham para ver o corpo, Ben está lá. Ele pergunta a Jack quando ele falou pela última vez com Bentham, e o que Bentham lhe tinha dito. Ele diz a Jack que ele não poderia voltar para a Ilha sozinho, todos teriam que voltar juntos. Jack pergunta como fazer isso, Ben diz que tem algumas ideias e acha que tem um jeito de "ajudá-lo" a achar a Ilha novamente. Quando Jack vai fechar o caixão de Locke e vai sair, Ben diz que Locke teria que voltar junto. ("There's No Place Like Home: Parte 2")

2007 (5ª Temporada)

Enquanto estava levando o corpo de Locke, Jack pergunta como isso tudo aconteceu e Ben responde "Aconteceu porque você foi embora, Jack". Ben, então, diz que eles devem recrutar Hurley, mas Jack retruca dizendo que Hurley está preso em uma instituição mental, e Ben diz que isso facilitará as coisas. No entanto, eles olham para as notícias e veem que Hurley fugiu. ("Because You Left")

5x01 (4).jpg

Ben fecha o caixão de Locke.

Eles levam temporariamente o corpo de Locke para um hotel, onde Jack faz a barba e Ben dá descarga nas pílulas dele. Depois, Ben combina de pegar Jack em 6 horas e deixa o hotel. Ele vai para um açougue e deixa o corpo de Locke lá com uma mulher. Após descobrir onde Hurley está, ele vai visitá-lo em casa. Ele tenta recrutá-lo, mas Hurley está relutante após o que Sayid disse a ele. Quando Ben tenta, Hurley foge e é preso. Ao falhar em recrutar Hurley, ele conta a Sra. Hawking o que aconteceu e que ele não pode levar todos de volta. Ela diz a ele que todos devem retornar em 70 horas, e se não, ela diz "Deus nos ajude". ("The Lie")

No outro dia, Ben chega no hospital para ver Jack e checar como Sayid está. Ele e Jack entram no quarto no momento que Sayid terminou de lutar com um enfermeiro que tentou sedá-lo. Quando eles descobrem que o enfermeiro tinha o endereço de Kate no bolso, Jack decide ir atrás dela e Ben e Sayid vão para outro lugar. Ben diz para Jack, que depois dele pegar Kate, é para encontrá-lo na doca 23 da marinha. Sayid dirige e leva Ben para um estacionamento onde Ben se encontra com seu advogado. Norton diz que tirará Hurley da cadeia, porque as provas são inconsistentes e Ben agradeçe. Depois disso, Ben e Sayid vão até a doca 23 e ese encontram com Jack e Kate, que fica perplexa ao vê-los. Kate acusa Ben de tentar tirar Aaron dela. Jack defende Ben dizendo que ele quer ajudá-los, mas Ben diz que Kate está certa e que ele é quem tentou tirar Aaron dela, sendo assim, Ben pede desculpas a Jack. ("The Little Prince")

Sun aponta uma arma para e diz que ele é o responsávelpela morte de Jin. Ben nega isso, e fala que Jin não está morto e ele tem uma prova disto, se ela o acompanhar durante uma viagem de carro de 30 minutos. Ben está levando Jack e Sun à igreja, e fica bravo porque Jack e Sun estão falando em mata-lo. Ele diz que está tentando protege-los. Logo depois eles chegam na Igreja, onde Ben dá a Sun a aliança de casamento de Jin e diz setir muito por não ter podido entregar aquilo até agora. Ben diz que Locke deu isso a ele. Ben conta a Jack, que Locke não foi visitar ele, mas sim Ben tinha ido visitar Locke. Ben pergunta a Sun se ela irá retornar até a Ilha, e diz que há uma mulher dentro da Igreja que pode ajudá-los a voltar, então Sun concorda. Ben sai do carro e encontra Desmond que pergunta se Ben também está procurando pela mãe deFaraday. Ben não responde e entra na Igreja ao lado de Sun, Jack e Desmond. Ben vê Eloise Hawking, que pergunta porque somente 4 deles estão ali, Ben responde que foi tudo o que ele conseguiu naquele período de tempo, no que Hawking rebate "Vamos começar". ("This Place is Death")

Ben316.jpg

Ben embarcando no voo 316.

Hawking leva o grupo ao subsolo da Igreja, onde fica uma estação DHARMA chamada O Farol. Ben diz nunca ter ouvido falar daquele lugar, mas Eloise acha que ele pode estar mentindo. Enquanto isso na estação O Farol Ben e os outros são informados o tempo exato no qual devem voltar à ilha. Depois de Jack ter uma conversa em particular com Hawking ele encontra Ben sentado no banco da igreja. Ben informa a Jack que Sun foi embora e que ele pegará o corpo de Locke em breve. ele discurssa acerca do Apostolo Thomas terminando com " Mais cedo ou mais tarde, todos nós acreditamos". Ele, então, vai embora dizendo que ainda tem uma promessa a cumprir.

Dois dias depois, Ben está na marina, e liga para Charles Widmore. Ele diz que voltará para a Ilha "hoje". Charles duvida, mas Ben diz que terá sucesso onde Widmore falhou, mas só após matar Penny. Ele anda por um porto, até que Des o vê e chama. Na hora, e reflexo, Ben atira nele. Ben caminha até Our Mutual Friend e começa a falar com Penny, desesperada. Ele explica que lamenta colocar Penny nisso, mas o pai dela, matou a filha dele e ele precisa se vingar. Na hora, Charlie chega e Penny grita para que ele entre de volta. Ela também pede que Ben não machuque Charlie. Ben, ao ver a criança, baixa a arma, na hora, Desmond, que sobreviveu ataca-o, jogando a arma dele na água e jogando-o no mar, apos muitos socos. ("Dead is Dead")

Logo depois, um Ben ensaguentado liga para Jack de um telefone público, dizendo a ele para pegar o corpo de Locke no açougue onde foi deixado. Ele é a última pessoa a entrar no voo 316 da Ajira para o desânimo de Hurley. No avião Ben senta próximo à Jack lendo uma cópia de Ulysses, mas dando a Jack a privacidade de ler a cata de suicídio de Locke. ("316")

De Volta na Ilha

2007 (5ª Temporada)

Bensunfrank.jpg

Ben, Sun e Frank chegando na praia.

Após a aterrissagem do avião, Lapidus ajuda Sun, e se questionam onde os amigos deles foram. Ben diz que todos os outros Oceanic 6 sumiram, se foram, mas ele não sabe para onde. No mesmo dia, Frank e Caesar discutem sobre o que fazer, e Sun percebe que Ben entrou na floresta. O ex-líder dos Outros percebe que está sendo seguido e engana a coreana, aparecendo atrás dela, e pergunta por que ele está sendo seguido. Ela quer saber aonde ele vai, e ele a convida para ir à Ilha principal. A coreana diz que aceita e segue com Ben até o local onde estão as canoas. No caminho, Frank manda Sun não confiar em Ben, mas ela precisa fazê-lo, para encontrar Jin. Frank os segue, mas quando chegam nas Canoas, o piloto e Ben começam a discutir enquanto Sun pega um dos remos e acerta a cabeça de Ben, fazendo-o desmaiar. ("Namaste")

Depois, Ben é encontrado inconsciente e levado para uma enfermaria dentro da estação Hidra. Um tempo depois do acidente, Caesar leva Locke, agora ressuscitado, para ver os passageiros machucados e Locke reconhece Ben como a pessoa que o matou. ("The Life and Death of Jeremy Bentham")

Não muito tempo depois, Locke anda está olhando Ben, quando este acorda. Ben se surpreende ao ver o homem que ele matou ali, vivo, em carne e osso. Locke então o cumprimenta e diz: "Bem-vindo à terra dos vivos". ("Whatever Happened, Happened")

5x07 DeadOrAlive.jpg

Ben, inconsciente e de volta à ilha. ("The Life and Death of Jeremy Bentham")

Ben parece muito surpreso, mas diz a Locke que acreditava que ele iria ressuscitar. Locke pergunta o porquê então da surpresa, e Ben diz que uma coisa á acreditar, outra é ver. Ben, então, diz a Locke que ele, Ben, devia voltar para A Vila para ser "julgado" por aquilo que Locke chama de Monstro. Ben volta até a praia, onde fala com Caesar sobre Locke, mentindo ao dizer que ele não o matou, e que Locke talvez já estivesse na Ilha antes, manipulando-o a pensar que Locke pode ser perigoso. Caesar diz que ele protegerá Ben, e o mostra uma arma. Ben, em seu escritório, pega uma foto dele com Alex, e explica a Locke que ele precisava matá-lo. Locke diz que só esperava desculpas.

Locke diz que vai ajudar Ben a ser julgado. Na praia, Locke vai pegar uma canoa para ir para a Ilha principal, mas Caesar não quer deixar. Os dois discutem, e Caesar vai pegar sua arma. Ben pega-a e na hora, mata Caesar com um tiro no peito, e diz a Locke que matar Caesar são suas desculpas.

Horas depois, Ben e Locke chegam na Ilha. Ben diz que será julgado por ter saído e voltado para a ilha. Locke discorda e diz que Ben quer ser julgado por ter "matado Alex". Na Vila, Ben vê sombras na sua antiga casa, e vai ver quem ou o que é, e encontra Sun e Frank. Sun diz que um velho chamado Christian a mandou esperar John Locke, mas já que John está morto, não seria possível. Mas Ben lhe mostra Locke, vivo e bem, fora da janela. Sun mostra a foto dos Recrutas de 1977. E, rapidamente, Ben percebe que os amigos deles estão em 1977 com a DHARMA.

Após isso, Ben vai até sua sala secreta, abre o armário e passa por uma porta com hieróglifos. Ele engatinha por um pequeno poço, para invocar O Monstro. Sun diz, quando Ben volta, que Locke devia estar vivo antes. Ben diz que Locke estava morto e ele não fazia ideia de que Locke ia ressuscitar quando o matou, porque morto é morto, e o fato de Locke estar vivo o assusta até a espinha. Locke então vem da selva, dizendo que se o monstro não vai até eles, eles vão até o Monstro. Os três (Frank volta para o Acampamento dos Sobreviventes do Voo 316) vão até O Templo, mas, chegando no muro que fica em volta dele, Locke diz que eles não vão para o Templo, mas para abaixo dele, apontando o buraco onde Montaud perdeu o braço. Antes de eles entrarem, Ben pede para que Sun peça desculpas a Desmond por ele, se ela chegar a vê-lo de novo.

InsideIt.jpg

Ben é julgado pela Fumaça Preta. ("Dead is Dead")

Lá dentro, Ben cai um andar, após assumir a culpa pela morte de Alex. Locke vai ver se acha algo para levantá-lo, mas Ben está onde queria estar. Ele vê vários hieróglifos e um mural no centro com um desenho de deuses egípcios. A tocha de Ben apaga, O Monstro emite seus sons e sai como um tapete de alguns buracos no chão. Ben se afasta, e o Monstro se levanta, formando um furacão ao redor dele. A fumaça o faz reviver os momentos mais importantes de Ben com Alex, desde seu sequestro até sua morte, até que a fumaça se extingue e volta ao chão. A tocha reacende. De repente, Alex aparece, e Ben implora pelo perdão de Alex. Ela diz que sabe que a culpa de sua morte foi ele, parecendo perdoá-lo, mas empurra-o contra uma parede agressivamente. O Monstro, sob a forma de Alex, manda-o fazer "exatamente o que John mandar" ou ele o seguirá e o "destruirá". Após o medo, Ben concorda, e Alex desaparece. Ele pega a tocha e acha Locke, com uma corda para puxá-lo do buraco. Ben diz a Locke que o Monstro o deixou viver e sorri levemente. ("Dead is Dead")

5x15 IsHeCrazy.jpg

Ben toma conhecido que John quer matar Jacob.("Follow the Leader")

Ben, John e Sun retornam ao acampamento dos Outros e encontram Richard Alpert. Ben o descreve para Sun, dizendo que Richard é ums espécie de conselheiro. Richard diz que esteve na Ilha em 1977 e viu Jack, Kate e Hurley morrerem. Os dois, juntamente com Locke seguem para onde o bimotor está caído e John diz a Richard que um homem sairá da selva com um tiro na perna e dá a ele instruções do que ele deve dizer ao homem. Quando Richard se depara com este homem, ele vê que não é ninguém mais que o próprio John Locke, que está sendo afetado pelos flashes temporais ("Because You Left"). Quando Ben questiona sobre a precisão de John sobre o fato, ele apenas responde que "a ilha" lhe contou, dizendo que acha que Ben nunca viu Jacob. Depois de os três retornarem ao acampamento, Locke insiste para que Richard o leve para ver Jacob e ainda convida todo o resto dos Outros para virem com eles conhecer o homem que eles obedecem por tanto tempo. Richard, de longe, diz a Ben que Locke será uma pedra no caminho. Ben diz apenas: "por que você acha que eu tentei matá-lo?". Na manhã seguinte, a caminho de ver Jacob, Ben novamente tenta manipular a situação contando a John sobre as preocupações de Richard e pergunta por que eles estão indo ver o líder dos Outros e Jonh diz a ele que quer matar Jacob. ("Follow the Leader")

Vlcsnap-617760.png

Locke explica as várias razões que Ben teria para querer Jacob morto.("The Incident")

Durante a jornada, Ben explica a Sun que, enquanto John era 'o líder' da Ilha, ele ainda respondia a Jacob, e que o título de líder é "incrivelmente temporário". Ele também admite que nunca se encontrou com Jacob pessoalmente. Ele tem uma conversa com Locke, que está curioso em relação ao porquê de Ben não ter dito a Richard sobre seu plano de matar Jacob. Ben conta novamente a John que sua filha morta disse a ele para seguir tudo o que John dissesse. John parece satisfeito com essa revelação, pois, com Ben seguindo suas ordens, ele não precisaria convencê-lo, e diz a Ben que, na verdade, seria ele que mataria Jacob. Ben, mais tarde, está assentado sozinho no antigo acampamento da praia quando Locke aproxima-se dele para fazer uma pergunta. Ben, mal-humorado, faz uma piada dizendo que é de Peixes (na verdade, uma mentira, pois ele é de Sagitário), e John lhe pergunta o que de fato aconteceu no dia em que os dois se encontraram na cabana. Ben, sério, admite que, na verdade, fingiu que conversava com uma cadeira vazia e ficou surpreso quando coisas começaram a voar pela cabana. Ele admite que estava francamente confuso pelo fato de, como líder, nunca ter se encontrado realmente com Jacob. Ele, então, declara finalmente a Locke que era um mentiroso: "É isso o que eu sou", diz ele. Ben, então, pergunta a Locke por que ele queria que ele, especificamente, matasse Jacob, e John responde que, apesar de todo seu trabalho leal para a Ilha, ele ganhou um câncer, sua filha foi morta e, finalmente, ele foi banido, e que a verdadeira questão deveria ser: “por que ele não quereria matar Jacob”?

5x16 Ben takes knife.png

Ben pega a faca de John.("The Incident")

Depois de finalmente chegarem às ruínas da Estátua, Sun pergunta a Ben o que acontecera ao resto da estrutura, ao que ele responde que ela é assim desde que ele chegou à Ilha. Locke, então, diz a Ben para vir com ele para ver Jacob, o que faz Richard protestar veementemente, afirmando que apenas o líder poderia vê-lo. Locke o ignora e entra na estátua com Ben. Dentro das cavernas debaixo da estátua, Locke pergunta a Ben se ele seria capaz de realmente matar Jacob, prometendo mudanças quando Jacob se for. Ele oferece a Ben uma faca, que Ben pega silenciosamente.

5x16 Ben watches jacob burn.png

Ben vê o corpo de Jacob queimar.("The Incident")

Os dois entram na Câmara de Jacob, um fogo arde intensamente no centro. Ben examina uma tapeçaria na parede e, das sombras, Jacob diz suas primeiras palavras para ele, perguntando se ele havia gostado das obras. Locke ordena a Ben fazer o que ele pediu, mas Jacob rapidamente acrescenta que, o que quer que tenha sido que Locke tenha lhe dito, ele ainda tinha uma chance de desistir, oferecendo-lhe a escolha de sair dali. Ben, lacrimejante, se regozija zombando do fato de que Jacob havia finalmente decidido parar de ignorá-lo. Enquanto Jacob ouve, Ben conta que por 35 anos ele viveu na Ilha, durante os quais ele ouviu o nome de Jacob repetidamente, agiu de acordo com suas instruções, recebeu bilhetes e listas, e ele nunca questionou nada disso, que ele fez "o que foi dito para ele fazer". Quando ele se atrevia em querer ver Jacob ele mesmo, sempre foi dito que ele tinha de esperar, ser paciente, ao passo que, quando Locke pediu, ele foi trazido imediatamente. Ben, chegando mais perto, pergunta, emocionado, a Jacob: "O que há de tão errado comigo? E quanto a mim?". Jacob, pausadamente e ironicamente, pergunta de volta: "E quanto a você?". Ben concorda com a cabeça, finalmente compreendendo, e então se lança contra Jacob, esfaqueando-o no peito duas vezes. Jacob cai no chão enquanto Ben fica de pé em choque, ensopado do sangue de Jacob. Ben assiste a Locke empurrar o corpo de Jacob para dentro do fogo, e ele queima. ("The Incident")

2007 (6ª Temporada)

6x04 BenAndJacobsAshes.jpg

Ben observa as cinzas de Jacob. ("The Substitute")

Ben, chocado por suas ações, olhava para dentro do fogo enquanto Locke limpava a faca que matou Jacob. Locke então ordenou a Ben que fosse buscar Richard, apesar de não revelar-lhe o porquê disso. Ben finalmente consentiu, e desceu da Estátua. Ao descer, conversou com Richard mandando-o subir, porque Locke queria falar com ele. Richard, nervoso, agarrou Ben pela blusa e disse que falaria com Locke, mas Ben deveria fazer isso primeiro. Ben ficou confuso, até que Richard o jogou no chão, ao lado de um corpo; o corpo de John Locke.

A despeito das objeções de Richard, Bram agarrou Ben e o levou para a estátua com três outros homens armados. Ben foi o primeiro a entrar, em seguida, Bram, que confrontou o impostor, e ficou chocado quando a entidade lhe revelou que Jacob estava morto. Concluindo que Bram e os demais eram "guarda-costas" de Jacob, a entidade lhes deu permissão para partir. Ao invés, Bram e seus homens abriram fogo com ele, aparentemente o atingindo várias vezes. A entidade então desapareceu atrás de um pilar, transformando-se no monstro e entrando pela porta principal, lançando Bram e seus homens de um lado a outro da sala e os matando a todos, enquanto Ben se escondeu atrás de um pilar. Bram desenhou um círculo de cinzas em volta de si, e o Monstro não pode agarrá-lo enquanto ele esteve dentro do círculo, então lançou um pedaço de rocha contra ele, atingindo-o e lançando-o para fora. Ben, o único ainda vivo, observou o monstro sair pela mesma porta que havia entrado. Ele se virou e deu de cara com a entidade, que estava atrás dele e havia retornado à forma de Locke. A entidade então desculpou-se por Ben tê-lo visto "daquele jeito", confirmando ao aturdido Ben que a entidade era, de fato, o monstro de fumaça, que antes, havia assumido a forma de Alex.

Enquanto a entidade queimava os corpos dos que havia matado, Ben disse ao Inimigo de Jacob, que ele era O Monstro. Ela questionou que não gostava de ser chamada por termo pejorativo "monstro". Ben concluiu: o Monstro tinha assumido a forma de Alex e John, para convencê-lo e obrigá-lo a matar Jacob. O Inimigo declarou que não o obrigou a nada e disse que o último pensamento de Locke, foi "Eu não entendo", admitindo sua admiração por John perceber quão patética sua vida pregressa era, e como ele jamais desejou sair da Ilha. Entretanto, a entidade declarou que sua intenção era completamente diferente da de Locke: ela queria ir pra casa.

Ben e o Inimigo então sairam da estátua. Ben observou enquanto O Inimigo aproximou-se de Richard e disse que era bom vê-lo "fora daquelas correntes". Quando Richard percebeu quem era a entidade, ela o derrubou inconsciente. Após declarar seu desapontamento com todos ao redor, a entidade colocou Richard nas costas e o levou para longe da estátua, deixando Ben com Os Outros, Sun, Frank e Ilana. ("LA X, Partes 1 & 2")

6x04 BenRevealsWhatHappened.jpg

Ben conta para Ilana o que aconteceu com seus homens. ("The Substitute")

Ilana subiu na Estátua para ver o que tinha acontecido. Ben a seguiu e encontrou-a chorando. Ben lhe contou que "John Locke" tinha matado os homens que tinham vindo com ela. Ele tinha se transformado numa fumaça negra e assassinado-os. Ben contou que Jacob foi incinerado na fogueira. Ilana pegou suas cinzas e eles desceram. Os Outros já tinham sumido, e Sun avisou Ilana que eles tinham ido para O Templo. Ilana sugeriu que se eles deveriam ir para lá. Antes de partirem, Sun sugeriu que eles enterrassem Locke.

Ilana e Ben levaram o corpo. Ben questionou porque Ilana tinha levado o corpo até A Estátua, e Ilana contou que "as pessoas devem saber como é o rosto de quem enfrentarão". Ben perguntou o que impedia "quem eles enfrentarão" de mudar de rosto. Ilana então, disse que "Ele" não podia mais. Estava preso naquela forma. Quando chegaram ao Cemitério antigo dos sobreviventes, Ben e Frank cavaram a cova de John. Sun percebeu a tristeza de Ilana e perguntou se ela estava bem. Quando enterraram Locke, Ilana perguntou se Sun, Frank ou Ben conheciam John, e pediu que alguém dissesse algo. Ben, se prontificou, e disse que Locke era um homem melhor do que ele jamais seria e sentia muito por ter assassinado-o. Ilana se surpreendeu ao ouvir isso, assim como Sun e Frank. O grupo partiu para O Templo. ("The Substitute")

Ben chegou ao Templo durante o ataque do Monstro, junto com Ilana, Frank e Sun. Eles encontram Miles se escondendo dentro de uma sala. Ilana, que aparentemente estava tentando evacuar os Candidatos, o pergunta onde Shephard, Reyes e Ford estavam. Quando Miles respondeu que todos eles já haviam deixado o Templo, ela perguntou então onde estava Jarrah, ao que ele disse que o tinha visto pelo última vez se dirigindo à "sala da piscina". Ben então se voluntariou para ir lá e trazê-lo antes que Ilana pudesse impedi-lo. Quando ele chegou à fonte, viu imediatamente os corpos de Dogen e Lennon boiando e Sayid sentado nas escadas com o punhal ensanguentado nas mãos. Ben então se aproximou dele e disse que conhecia uma saída e que ainda havia tempo. Sayid se virou pra ele com uma cara contente e falou "Não para mim". Vendo isso, Ben afastou-se assustado e correu de volta por onde tinha vindo. ("Sundown")


Bensredemptions06e07.jpg

A redenção de Ben. ("Dr. Linus")

Ben deixa o templo, corre pela selva, e alcança o grupo de Ilana. Ele conta que Sayid matou Dogen e Lennon e que o Homem de Preto matou todos que encontrou no templo, da mesma maneira que matara Bram e os outros "guarda-costas de Jacob". No entanto, Ben não menciona que o Homem de preto matou Jacob, o que faz Ilana suspeitar que Ben possa tê-lo matado. Ela pede a Miles que leia os últimos pensamentos de Jacob através de suas cinzas. Miles obedece e revela que foi Ben quem matou Jacob. Quando o grupo chega de volta à praia, Ilana força Ben a caminhar rumo ao cemitério sob a mira de sua arma, então o amarra a uma árvore e o ordena a cavar sua própria cova como punição por ter assassinado Jacob. Ilana mantém vigilância enquanto Ben cava sua sepultura, mas em certo momento ela se afasta um pouco, e o Homem de Preto aparece saindo da selva e o convida Ben a se juntar a seu grupo. Além disso, ele liberta Ben e o diz onde ele encontrará um rifle para se defender de Ilana. Ben, temendo a morte, para de cavar e se põe a correr em disparada rumo à selva; Ilana o persegue. Ben encontra o rifle e o aponta para Ilana, forçando-a a jogar sua arma. Ben então explica as razões pelas quais matou Jacob: Ben esteve enraivecido com ele, mas agora diz estar profundamente arrependido de seus atos. Quando Ilana pergunta a ele porque ele quer se juntar ao grupo do Homem de Preto, Ben responde que é porque ninguém mais o aceitaria. Ilana diz que ela o aceita, e então se vira e o deixa sem nada mais dizer. Ben a seguiu até o acampamento da praia e se oferece para ajudar Sun a se reconstruir sua antiga tenda. Quando Jack e Hurley chegam à cena, uma alegre reunião acontece, mas Ben permanece à distância, olhando e se sentindo deslocado. ("Dr. Linus")

6x10 BelieveMe.jpg

Ben tenta convencer Ilana que ele não atacou Sun. ("The Package")

Na noite em que eles discutem o próximo passo, Richard fica agressivo dizendo que é hora de parar de escutar Jacob e começar a escutar outra pessoa. Sun diz para Jack que Richard quis dizer Locke, e Ben explica que não é exatamente Locke, depois de Jack apontar que Locke está morto. Ben concorda com Jack que Richard não iria ajudar, e explica a Frank que Richard não envelhece. ("Ab Aeterno")

Na manhã seguinte, Ben exige saber pelo o que eles estão esperando. Ilana responde que eles estão esperando pelo retorno de Richard. Mais tarde, Ben encontra Sun desmaiada na floresta, incapaz de comunicar-se em inglês. Apesar disso, ela informa para Ben que quem fez isso com ela foi o Homem de Preto na forma de Locke. Ben ajuda Sun a voltar ao acampamento onde Ilana não acredita que Sun já estava inconsciente quando ele a encontrou. Ben questiona isso e Ilana responde que ela não acredita nele meramente porque ele estava falando. Quando Richard retorna, Ben informa a Jack que o Homem de Preto acampou na Ilha Hidra. ("The Package")

6x12 IslandDoneWithUs.jpg

Ben se pergunta o que acontecerá quando a Ilha terminar com eles. ("Everybody Loves Hugo")

Depois de Ilana morrer quando as dinamites com quais ela planejava explodir o avião detonam em sua mochila, o grupo vai ao Black Rock para pegar mais. No caminho, Ben comenta o fato de que as pessoas podem ser cruelmente mortas uma vez que a Ilha já estivesse terminado com eles, e se pergunta o que ela planeja fazer quando ela terminar com eles. Hurley explode o navio e suas dinamites antes do grupo chegar ao Black Rock. Uma discussão surge sobre explodir ou não o avião, e o grupo se separa em dois. Ben e Miles decidem ficar com Richard, aquele que quer explodir o avião, e eles vão até a Vila para pegar explosivos para destrui-lo. ("Everybody Loves Hugo")

Poucos dias depois, Ben, Richard e Miles chegam na Vila. Miles anda por cima de um corpo enterrado e Richard diz que ele enterrou Alex depois de Ben ir embora. Ben agradece. Eles vão até a casa de Ben, e Ben retira os explosivos de um cofre dentro de sua sala secreta. Eles escutam sons vindo da cozinha e encontram Zoe e Charles Widmore. Widmore diz para Ben abaixar sua arma. Ben pergunta como ele conseguiu voltar para a Ilha e Widmore responde que ele foi convidado por Jacob.

Ben-kills-wid.jpg

Ben mata Charles Widmore. ("What They Died For")

Ben diz que Charles está mentindo e que ele nunca viu Jacob. Widmore responde que certamente o viu, e que a única chance de Ben sobreviver é com ele. Então, Zoe fala com Widmore pelo walkie-talkie que o Homem de Preto está chegando na costa. Ela volta para a Vila e se esconde com Widmore na sala secreta de Ben. Ben e Richard vão para fora da casa para se encontrarem com o Inimigo. Depois do monstro atacar Richard, ele se aproxima de Ben na varanda e diz que Ben é exatamente o homem pelo qual procurava e que ele precisa que Ben mate algumas pessoas por ele. Ben pergunta a razão, e o Homem de Preto lhe diz que Ben pode ter a Ilha quando ele a deixar. Ben concorda, e o Homem de Preto pergunta de quem é o barco na doca. Ben admite que é de Charles Widmore e diz que ele e Zoe estão em seu armário. Ben o leva até os dois, e o Inimigo mata Zoe e ameaça matar a Penny se Widmore não lhe fornecer a informação que deseja. Widmore se recusa a contar qualquer coisa enquanto Ben estiver na sala. Ben sai e enquanto Widmore sussurra sua informação ao Homem de Preto, Ben atira em Widmore três vezes e diz que ele não deve ter a chance de salvar Penny. O Inimigo diz que Ben nunca para de lhe surpreender. Ben então pergunta se há mais alguém que o Inimigo quer que ele mate. ("What They Died For")

Realidade Paralela


6x04 BenIntroducesHimself.jpg

Ben se apresenta para Locke. ("The Substitute")

Em uma realidade paralela, onde a ilha está submersa no Oceano Pacífico, Benjamin Linus se torna um professor de História Europeia do ensino médio em um colégio californiano, provavelmente perto de Tustin. É desconhecido por quanto tempo ele trabalha como professor ou o quanto sua vida mudou sem a influência da ilha em sua vida. É conhecido que ele viveu na ilha por um certo período junto com seu pai e a Iniciativa DHARMA, mas a deixou por motivos desconhecidos.

2004

Enquanto na sala dos professores, Linus descobre que alguém deixou de usar o filtro para fazer café, e começa a reclamar com os professores a sua volta. Então, ele percebe Locke, que está em uma cadeira de rodas. Locke diz que prefere chá, o que Linus aponta como uma "bebida de cavaleiros", antes de se apresentar como professor para Locke. ("The Substitute")

O diretor da escola, Don Reynolds, força Ben a cuidar da detenção depois da escola. Ben argumenta, dizendo que ele precisa se encontrar com o Clube de História da escola, mas Reynolds não dá a mínima para o clube. Mais tarde, Ben e outro professor, Leslie Arzt, reclamam juntos sobre Reynolds. Locke os ouve, e sugere que Ben seja o diretor, já que ele se importa com os estudantes. Ben é intrigado pela sugestão.

Naquela noite, Ben está em casa cuidando de seu pai doente. Ele reclama sobre como se sente um "perdedor" no seu trabalho e seu pai relembra que deseja muito mais para a vida de Ben, e questiona o que teria acontecido caso os dois tivessem permanecido com a Iniciativa DHARMA. Alex Rousseau, uma das melhores alunas de Ben, aparece em sua porta, questionando o por quê de Ben não ter aparecido ao grupo de estudo de História. Ela quer que ele a ajude a estudar para uma prova, e Ben concorda em encontrá-la antes da aula na manhã seguinte.

Ben-alex.jpg

Ben e Alex encontram-se novamente no escritório de Reynolds. ("Dr. Linus")

Na manhã seguinte, Alex conta a Ben que ouviu o Diretor Reynolds e a enfermeira da escola transarem no escritório. Vendo isto como uma oportunidade, Ben pede a Dr. Arzt para entrar no email de Reynolds para procurar evidências(Arzt concorda após Ben prometê-lo uma melhor vaga no estacionamento e um novo equipamento de laboratório assim que ele conseguir a vaga de diretor).

Algum tempo depois, Ben confronta Reynolds com as evidências sobre o seu caso, e ameaça expô-lo a menos que ele peça demissão e indique Ben como seu sucessor. Reynolds responde mostrando a Ben um email de Alex, no qual ela pede a ele por uma carta de recomendação para a Universidade de Yale. Ele ameaça acabar com o futuro de Alex se Ben seguir adiante com seu plano. Ben decide priorizar o futuro de Alex ao invés do seu. Ele, entretanto, faz com que Reynolds permita que ele volte a trabalhar no grupo de estudo de História. ("Dr. Linus")

Dias depois, Ben desconfia de um carro estacionado na frente da escola e vai conversar com o motorista. O motorista diz que está procurando uma escola para seu filho. Ainda desconfiado, ele se afasta cauteloso e depois assiste a esse motorista atropelar Jonh Locke, que estava atravessando a rua em sua cadeira de rodas. Ben é o primeiro a chegar até Locke e a chamar uma ambulância. Ben acompanha Locke até o hospital o tranquilizando, dizendo que ele vai sobreviver aquele acidente. ("Everybody Loves Hugo")

Ben acompanha Locke na ambulância no caminho até o hospital. Tendo conhecido Locke recentemente, ele não lembrava de seu primeiro nome. Locke diz que seu nome é John e que ele iria se casar com Helen Norwood. Ben afirmou para Locke que ele ainda irá casar com ela. ("The Last Recruit")

Depois da recuperação de Locke, Ben vê Desmond na escola novamente, se preparando para atropelar Locke novamente. Ben corre na frente do carro quando Desmond o liga, e não o deixa machucar Locke novamente, gritando para alguém chamar a polícia. Desmond insiste que ele não está tentando machucar Locke, mas ajudá-lo a esquecer. Ben pergunta quem ele é, e Desmond pergunta "Você quer saber quem eu sou?" e começa a socar Ben violentamente. Enquanto sendo batido, Ben tem um flash da linha do tempo original, onde Desmond lhe bate na marina em Los Angeles. Então, Desmond vai embora.

Na enfermaria, Kim Kondracki trata de seus machucados e ele é visitado por Locke. Ben diz o que aconteceu e Locke se prepara para ligar para a polícia, mas então Ben lhe diz o que Desmond disse sobre ajudá-lo a esquecer e que ele acreditou nele. Locke desliga a ligação depois de escutar isso.

Alex se encontra com Ben no estacionamento depois da escola, surpresa que alguém iria querer machucar o "cara mais legal de todos". Ela não quer que ele dirija para casa enquanto tendo o braço machucado, então insiste para ele deixar que sua mãe, Danielle, lhe dê uma carona. Danielle sai do carro e se apresenta, e insiste que ele se junte à elas no jantar. Em sua casa, Danielle diz a Ben que o pai de Alex morreu quando ela tinha dois anos, e que Ben é o que a Alex tem mais próximo de um pai. Ao ouvir isso, Ben se emociona. ("What They Died For")

Curiosidades

  • Ben foi o vigésimo quarto personagem a ter um flashback.
  • Até o episódio duplo "LA X, Partes 1 & 2" o número de episódios de Ben é 50.
  • Tecnicamente, Ben é a razão por seus pais terem morrido.
    • Emily morreu no parto de Ben, e Roger morreu intoxicado por Ben.
    • Os pai e mãe de Ben morreram no dia do seu Aniversário.
  • Após o parto, quando Roger, carregando Emily, chega à estrada, vê-se uma placa indicando uma distância de 32 km até Portland. ("The Man Behind the Curtain")
  • Ele diz que odeia agulhas, embora possa ter sido pelo processo de enganar Sawyer. ("Every Man for Himself")
  • Juliet contou a Ben sobre seu tumor um dia antes do acidente ("One of Us"); Entretanto, 72 dias depois do acidente, Ben disse a Jack: "Dois dias depois de eu descobrir que tinha um tumor fatal na minha coluna, um cirurgião espinhal caiu do céu." ("The Cost of Living")
  • O tumor de Ben se localizava em sua vértebra L4. [1][2]
  • Quando lhe deram uma cópia de The Brothers Karamazov por Locke, Ben perguntou: "Você não teria nada do Stephen King?" ("Maternity Leave") Três meses antes, Ben mostrou não gostar de um dos livros de King, Carrie, para Juliet. ("One of Us")
  • No episódio "Through the Looking Glass", os olhos de Ben mudam de verde brilhante, quando conversa com Richard Alpert para verde azulado quando fala com Jack.
  • Ele usou o nome "Henry" e ganhou o apelido "Benry".
  • Os veículos mostrados no início do episódio "The Man Behind the Curtain" podem dar informações sobre a data de nascimento de Ben:
    • Uma fonte anônima associada a produção alega que foram pedidos carros de 1963 ou antes para as cenas. [3]
    • O carro verde parece ser um Doge Dart de duas portas ano 65. [4]
  • No DVD da terceira temporada pelo episódio "The Man Behind the Curtain", Ben, como líder, e Richard Alpert como alguém que nomeia o líder parecem estar no comando, tendo o poder de escolher alguém para seus lugares na ilha.
  • No quartel, o gabinete de Ben mostra várias mariposas. Pelo menos uma dessas, foi com ele até as ruínas.
    • Compare a data de nascimento de Ben com o dia da queda do voo 815 da Oceanic e a primeira exibição de Lost que foi dia 22 de setembro, também conhecida como equinócio de outono (no hemisfério norte) - o momento em que o centro do sol pode ser observado, diretamente, sobre o equador da Terra. - Isso, efetivamente, faz com que dia 22 de setembro, e da mesma maneira dia 20 de março (equinócio de primavera)- período em que o dia e a noite duram aproximadamente 12 horas cada (geralmente o dia é um pouco maior que a noite).
    • Ben mata seus pais neste dia (como mencionado acima), e também no dia da Purgação, e ainda o dia em que Ben convence Locke a orquestrar a morte de Anthony Cooper, seguindo o exemplo de Édipo.
  • O nome "Dean Moriarty" é uma corruptela de "Jim Moriarty", e "Jim" é diminutivo de "James". O professor James Moriarty era um gênio do crime, arqui-inimigo de Sherlock Holmes.
  • Finalmente, o dia do solstício de inverno marca a primeira vez que Jacob é visto/ouvido na série, por Locke pessoalmente.
  • Quando criança, na 5ª temporada, Ben visita Sayid na prisão e lhe entrega um livro intitulado Uma Estranha Realidade (1971), de Carlos Castañeda. Castañeda foi um antropólogo brasileiro radicado na Califórnia que publicou uma série de livros sobre ervas alucinógenas, estados ampliados de consciência e feitiçaria. Tais ensinamento lhe foram passados por um velho índio iáqui Mexicano de nome Dom Juan Maltus.

Referências ao nome

  • Na Bíblia, Benjamin é o filho caçula de Jacó.
  • Benjamin Linus também é o nome do cientista que descobriu em 1918 o Ácido fólico (B9 ou Vitamina M). O Ácido fólico ajuda a formar o ácido tetrahidrofólico.Ele tem uma ação específica na regeneração e na maturidade das hemácias. É, pois, um fator indispensável do equilíbrio da fórmula sanguínea e de seu bom funcionamento.

A deficiência provoca a anemia megaloblástica. Evita doenças do tubo neural e partos prematuros. É indicado para todo o tipo de anemia, em particular a dos debilitados, prematuros, bebês, anemias macrocitárias da gravidez, anemias carenciais e perniciosas, anemia dos gastrectomisados, doença celíaca, hepatites infecciosas, poliomielite, agranulocitose, desinteria, leucopenias e todas as síndromes hemorrágicas.

  • A mãe de Ben morreu quando estava dando a luz, assim como a mãe do Benjamin da bíblia. O nome de ambos foi dado por suas mães quando estavam prestes a morrer. Em ingles o nome hebreu Benyomin significa "O filho do sul" e "o filho da direta (o contrario de esquerda)".
  • Henry Gale: Ofeiticeiro de Oz
    • Seu pseudônimo e suposta chegada a ilha refere-se ao livro infantil The Wonderful Wizard of Oz, por L. Frank Baum. "Henry Gale" é tio de Dorothy Gale's ,na adaptação popular de 1939 do livro (o livro original nunca mencionou o sobrenome de Henry), enquanto o Balão se refere ao próprio Mágico, que aterrisou em Oz e a deixou em um balão. Esta analogia poderia ser feita examinando uma etapa mais supondo que o "Henry",como o feiticeiro, era o "homem por trás da cortina",isto é o lider real dos Outros, enquanto, antes, nós acreditavamos que era Tom, ou qualquer outro superior a Alvar Hanso. Tambem interessante, Ben Linus também era quem cuidava do submarino, o único jeito de sair da ilha. Em Ozma of Oz, o terceiro livro da série de Baum, tio Henry é mandado sair de férias para a Austrália. Ele e sua sobrinha Dorothy saem e durante uma tempestade, Dorothy e a galinha de seu tio são mandadas para um lugar que Dorothy chama de "país das fadas".
    • Essa e a unica referencia conhecida confirmada dada para este carater discutido pelos produtores Comic Con 2006).
  • Em "The Fifth Child" por Doris Lessing, o personagem principal nomeado Ben (quinta criança) é extraordinario e diferente. Fez com que sua mãe sofresse durante a gravidez e o nascimento. Ninguém gosta dele. Já no começo do livro, ele domina caras mais velhos e mais fortes e age como líder do "grupo".
  • O dia da festa de (papa) Santo Linus (comemora sua morte) é 23 um dos números.

Elenco adicional

Perguntas não respondidas

  • Por que seu uniforme não tem um logotipo da DHARMA?
  • Se a Ilha cura as pessoas, como Ben adquiriu seu tumor?
  • Como veio a se encontrar com Henry Gale, e como Henry foi parar na ilha?
  • O Que aconteceu com a esposa de Henry Gale, já que só encontraram o corpo dele?
  • Ordenou a Richard Alpert que levasse os outros ao templo?
  • Ele concordou com a libertação de Walt? Se sim, por que, já que falou que Jacob queria o garoto e tinha dito que Walt era especial? Qual era seu interesse em Walt?

Links Externos


Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória