FANDOM


A contaminação é uma doença desconhecida que se acredita existir na ilha. Quando contaminada, a pessoa fica um tempo confusa. Depois, a personalidade da pessoa muda completamente. A doença parece ser originária da Ilha. Segundo Danielle Rousseau, todo seu grupo adoeceu e ela teve de matá-los. Atualmente, Sayid Jarrah e Claire Littleton estão infectados. É uma das três doenças que originam da Ilha, assim como a "Síndrome da Gravidez" e o "Colapso Temporal".

Eventos

1988-1989

1x09 rousseau

Rousseau conta sobre seus primeiros dias na Ilha

Danielle Rousseau ressaltou que os membros de sua equipe ficaram doentes depois de visitar o Black Rock no Território Negro pela primeira vez e declara que Os Outros são os portadores da doença. Em sua história, contudo, ela diz especificamente que nunca viu qualquer Outro ou qualquer outra pessoa por todo este tempo,estava mentindo pois Benjamin Linus havia roubado seu bebê Alex Rousseau. Ela parecia considerar inicialmente que os sussurros na floresta seriam os Outros. Ela diz também que a doença atingiu a equipe de sua expedição dois meses depois de sua chegada à Ilha. Rousseau matou todos os membros de sua equipe porque eles estavam 'doentes', e justifica suas ações dizendo: "O que teria acontecido se nós tivéssemos sido resgatados? Eu não podia deixar isso acontecer." Ela nunca descreve a natureza da doença e no seu conselho a Sayid diz que ele deveria vigiar os outros sobreviventes atentamente. Isto sugere que os sintomas da contaminação não são necessariamente óbvios, ao menos inicialmente. A doença pode causar também sintomas mentais e não físicos.

QuarantineHatchDoor

A palavra quarentena na porta da Escotilha

A palavra QUARENTENA foi vista do lado de dentro de ambas as escotilhas da estação Cisne e A Flecha, duas das estações DHARMA. A Doença também foi mencionada breviamente por Desmond na escotilha quando ele questionou Jack e Locke. Na Estação Cisne da Iniciativa DHARMA, as saídas da estação estão marcadas com a palavra "QUARENTENA". A equipe da estação tinha roupas especiais (Hazmat) para evitar a contaminação na hipótese de que saíssem da estação. Também lhes era fornecido um composto injetável que, segundo a orientação que lhes foi passada, deveria ser tomado a cada nove dias. O filme de orientação de 1980 não menciona a quarentena, a contaminação ou quaisquer procedimentos especiais. Isto parece indicar qeu os procedimentos da quarentena se iniciaram após 1980. A Doença também foi mencionada brevemente por Desmond na escotilha quando ele questionou Jack e Locke. O pouco que Desmond sabia sobre a contaminação lhe foi dito por Kelvin.

Na Estação Flecha da Iniciativa DHARMA, a palavra "QUARENTENA" foi vista escrita de forma grosseira na parte interna da porta. Surpreendentemente, a palavra não foi vista na Estação Cajado, que era uma unidade médica.

CR4815162342

O frasco da escotilha O Cisne

Quando Ben Linus estava disfarçado como Henry Gale, ele disse que sua esposa ficou doente após uma semana na Ilha ("One of Them"). Isto provavelmente é uma referência à contaminação (ele, contudo, mentiu sobre muitas coisas). Ben também descreve os sintomas da contaminação como uma febre, seguida de delírios e, então, a morte.

Quando foi sequestrada por Ethan, Claire recebeu injeções de CR 481516-23 42 no seu útero. Isto pode ter uma conexão com a doença, visto que a substância CR 481516-23 42 é indicada como sendo uma vacina. É também digno de nota o fato de que Desmond injetava esta mesma vacina nele mesmo a cada 9 dias durante 3 anos, para se prevenir de contrair a mesma doença, embora mais tarde ele diga a Claire que as injeções não serviam para nada. Aaron contrai uma doença que Claire acredita ser a mesma que a equipe de Rousseau havia contraído; no entanto, isso se resolveu em alguns dias.

Juliet diz posteriormente a Jack que as injeções eram um soro que que ela havia desenvolvido e que Ethan administrava em Claire para impedir a sua morte. Juliet atribuiu a misteriosa doença de Claire à falta do soro. Em flashbacks dentro do mesmo episódio, contudo, Ben atribuiu a doença a um implante ativado. Charlie entrega a Claire uma maleta cheia de vacina para ela e seu bebê e, portanto, seu mal-estar não poderia ser resultado da falta do mesmo remédio. Após o retorno de Desmond à Ilha, ele percebe estes remédios e faz uma piada sobre como ele costumava acreditar que havia uma contaminação.

Alguns dos tripulantes do Kahana lidaram com "o que poderia ser melhor descrito como uma crise severa de febre de confinamento". Capitão Gault acreditava que isto tinha alguma relação com a proximidade da Ilha. Ele não interferiu no suicídio de Regina porque ele não queria que mais alguém fosse afetado. Ele suspeitou que Keamy estivesse contaminado também. ("Ji Yeon")  ("Cabin Fever")

2007

Quem acredita na "Doença"

ClaireAaron2x15

Claire suspeitava que Aaron poderia estar contaminado em "Maternity Leave"

Quase todos que acreditam, foram tratados por causa da doença e parece que têm muita crença na mesma. Rousseau acredita de uma forma quase paranóica. Claire também acredita, e mais tarde aceita um kit de vacina DHARMA de Charlie no episódio "Three Minutes". Desmond não parece duvidar de sua existência quando encontra Jack e Locke em "Man of Science, Man of Faith", mas posteriormente mostra ceticismo após ter usado a vacina por mais de três anos. Os Outros parecem que acreditam também - ou querem acreditar.

Após o final da 2º temporada, algumas coisas não estão tão claras: Existem numerosos casos durante a série que apoiam a existência da doença. Quando Desmond é jogado na praia em seu flashback, Kelvin usa uma roupa de proteção HAZMAT para trazê-lo de volta a escotilha, indicando que ele está tentando se proteger de algum tipo de infecção. Kelvin ainda inicia Desmond no processo de injetar a vacina a cada 9 dias.

Há, também, muitos fatos que contrariam a existência da doença. Desmond nota um rasgo na roupa de Kelvin em uma de suas expedições do lado de fora da escotilha, o que o estimula a seguir seu parceiro. Kelvin remove o seu aparelho respiratório e a roupa de proteção HAZMAT em uma área "não segura" sem nenhuma hesitação assim que se afasta da escotilha O Cisne. Se houvesse alguma ameaça de contaminação, a roupa jamais poderia ser vestida e armazenada na de convivência da escotilha. Deveria haver uma área de armazenagem mais segura e talvez até mesmo um meio de desinfetá-la.

Hazmat

Kelvin usando a roupa de proteção HAZMAT.

Desmond diz a Claire que ela esta perdendo seu tempo em dar as injeções a Aaron , o que parece indicar que a vacina nada faz. Isto pode significar que a doença não atinge bebês.

Outra teoria seria que Desmond perdeu sua crença na doença em razão das ações de Kelvin, que parecia ter perdido o desejo de viver e poderia estar se arriscando, o que explicaria porque ele usava a roupa de proteção HAZMAT no dia em que Desmond chegou mas não no dia em que morreu.

  • Aparentemente, Desmond acredita na doença, mas não na vacina.
  • É possível também que os Outros não acreditem na doença.
  • Deixando isto de lado, se a doença é real, não existe nenhuma evidência que prove sua existência.
  • Desmond acreditava na Doença até ele ver o rasgo na roupa de Kelvin e o viu tirando a roupa em uma área que não era segura.

De Lost Experience

Letter

Carta do GWC para a Fundação Hanso

  • O Consórcio do Bem-Estar Global acusa a Fundação Hanso de disseminar uma doença meningocócica trangênica/mutante originária de suas instalações de pesquisas com primatas em Zanzibar na população africana local.
  • A Dra. Eliza Vasquez encontrou algo incomum no exame de sangue de Alvar Hanso que poderia influenciar a saúde dele.
  • O Chocolate Apollo contém algo que ajuda na disseminação viral, e é acobertado pelos seus ingredientes ácidos. De acordo com o Dr. Hackett, isto está relacionado com as tentativas de reformulação da droga no projeto Sumo.
  • Os aldeões de Filan(?) e de Vetul-Milani(?) acreditam que ele foram infectados por um vírus transmitido pelos macacos. Os recrutas da Fundação Hanso no Vídeo do Sri Lanka recebem a missão de dar-lhes o vírus como vacina, e consolá-los enquanto as pessoas morrem.

Incongruências Médicas

  • A Doença Meningocócica é uma infecção do fluido cerebroespinhal por uma bactéria ou um vírus. Meningite é o termo comum para a doença causada por múltiplos elementos patogênicos.
  • Tecnicamente vacinas reais são a primeira forma de prevenção de doenças, e não são aplicadas depois de um contato com um elemento patogênico. A antirábica profilática pós-exposição é comumente aplicada em humanos após a exposição (A antirábica é dada previamente).

Quebra Cabeça

Um dos Quebra Cabeças de Lost continha uma cifra em código em seu verso. A Lostpedia traduziu este código usando uma cópia de A Volta do Parafuso, revelando, entre outras frases, a afirmação "não existe contaminação". De acordo com Gregg Nations, contudo, Kelvin e Radzinsky escreveram estas mensagens, que são a interpretação deles para os mistérios da Ilha.

Questões não respondidas

  • Qual é a natureza da Contaminação?
  • A doença tem origem natural ou artificial?
  • Os problemas de fertilidade das mulheres na Ilha são causados pela doença?
  • Porque aparentemente ninguém na Ilha foi afetado pela doença até o momento?
  Arrow logo
Esse artigo está incompleto.
Você pode ajudar a LOSTpédia expandindo-o.
Arrow logo  

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.